quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

MONOMOTOR CAI EM MANAUS

Manaus - Um avião de pequeno porte, modelo Embraer 720, da empresa Tio Táxi Aéreo, caiu, por volta de 8h, em uma área verde do Bairro da União, zona centro-sul de Manaus. Ao todo, cinco pessoas morreram e um homem foi encaminhado para o Hospital 28 de Agosto, mas ainda não foi identificado.
Conforme a assessoria do hospital, o paciente deu entrada em estado gravíssimo, com queimaduras por todo corpo. Ele está neste momento no centro cirúrgico.
Segundo o tenente João Filho, do Corpo de Bombeiros, estavam no avião João Frederico, Jefferson Juarez, Henrique Tiez Neto, Ruan Lemos, Ana Alice Lemos, de 4 anos; e o comandante João Jerônimo. A aeronave saiu do aeroclube às 7h45 com destino a Novo Aripuanã.
O ajudante de pedreiro Geilson de Sousa, 39, foi a primeira pessoa a chegar ao local do acidente. Ele conta que a tragédia seria maior se o piloto não tivesse desviado o avião para a mata. “Depois da explosão, eu corri para ver se tinha alguém vivo e consegui salvar o homem que foi para o 28 de Agosto. Tentei salvar a criança, mas o fogo tomou conta”, disse.  
O setor de sobreaviso do Sétimo Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aéreos (Seripa VII) informou que uma equipe da instituição já foi para o local do acidente. O Seripa VII informou ainda que o órgão não tem prazo para finalizar investigações de acidentes.
fonte/D24am.com

ACIDENTE COM ATR-42 DA PAKISTAN INTERNACIONAL AIRLINES


Um ATR42-500 da PIA, matrícula AP-BHO, realizando o voo PK-661, de Chitral para Islamabad (Paquistão) com 42 passageiros e 5 tripulantes, declarou emergência em razão de problemas o motor esquerdo. Logo após perdeu o contacto de radar, as de 16: 30L (11: 30Z). 
Moradores em Havelian perto de Abbottabad (Paquistão) ouviram sons consistentes com um impacto. O local do acidente foi localizado naquela posição cerca de 25nm ao norte de Islamabad.
Serviços de emergência estão a caminho do local do acidente.
Segundo as fontes do governo local, sete corpos foram recuperados, as chances de encontrar sobreviventes são "sombrias".
fonte/AvHerald

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

AVIÃO DE XUXA É ATINGIDO POR RAIO E FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA EM BRASÍLIA


A apresentadora voava para Teresina, capital do Piauí, quando a aeronave em que estava foi atingida por um raio.

O piloto rapidamente tomou providências e precisou fazer um pouso de emergência em Brasília.
Xuxa publicou um vídeo no YouTube falando sobre o caso. "Foram alguns minutos que a gente passou o maior sufoco. Consegui gravar algumas coisas ali. Eu estava gravando um arco íris lindo para mandar para minha filha. Comecei a ficar nervosa. Está tudo certo. Eu estava indo para o Piauí para a inauguração da Casa X".

E continuou: "Foi bem difícil tudo. Eu, enfim, sai agora para falar com vocês. Devo umas explicações para as pessoas que estão me esperando no Piauí. Sem condições de ir. Me desculpem. Graças a Deus está tudo bem. Pensei muito só na minha filha e na minha mãe. A gente não pode deixar as coisas para amanhã, temos que fazer hoje. Não da para deixar para amanhã não ta?".
Assista:

Antes, em seu Facebook, a apresentadora aparece usando máscara de oxigênio.



Sem falar nada, ela escreveu na legenda: "Gente... perdão, não poderei chegar no Piauí... nosso avião foi atingido por um raio e fizemos um pouso de emergência em Brasília".

E tranquilizou os fãs: "Graças a Deus tudo bem com a gente".

fonte/foto/UOL

sábado, 3 de dezembro de 2016

EMBRAER 190 VAI SER TESTADO NA ILHA DE SANTA HELENA

Um avião Embraer 190 vai pousar no novo aeroporto da ilha de Santa Helena, uma possessão britânica no Atlântico Sul, nesta terça-feira, dia 29 de novembro, confirmaram fontes governamentais regionais.
A aeronave procede do Aeroporto Internacional do Recife, no Estado de Pernambuco, Brasil, e transporta a bordo apenas três tripulantes. O Embraer 190 ficará na ilha até à quinta-feira, dia 1 de dezembro.
Há poucos dados acerca desta visita, mas uma nota do Governo de Santa Helena, distribuída na semana passada, convidou a população a observar a evolução da aeronave, que durante dois dias estará na ilha para fazer diversos voos de testes, o que, naturalmente, será um acontecimento na pacata ilha que tem cerca de cinco mil habitantes.
As obras do aeroporto de Santa Helena terminaram no início do ano e custaram mais de 250 milhões de libras esterlinas (cerca de 360 milhões de dólares) à Coroa Britânica. Foi feito um voo inaugural com um Boeing 737-800 da companhia sul-africana Comair, ao serviço da British Airways, mas os resultados não foram os melhores, já que o aeroporto, construído no alto de um rochedo, é afetado por frequentes ventos cruzados que dificultam a operação e colocam algumas dificuldades à operação.
O fenómeno começou a ser estudado com maior profundidade. Da parte de alguns responsáveis técnicos e pilotos, o B737-800 não será o melhor avião para ser utilizado nas próximas carreiras regulares para a ilha, e as companhias interessadas em escalar a ilha – a British Airways e a recém constituída companhia regional Atlantic Star Airlines – deverão optar por aeronaves de menor lotação que serão tripuladas por pilotos que serão submetidos a treino específico para poderem contornar as situações que, eventualmente, encontrarão sobre a pista de Santa Helena.
No passado dia 21 de outubro a Atlantic Star Airlines, em cooperação com uma empresa de leasing de aviões promoveu o pouso na ilha de um avião Avro RJ100, um jato regional de quatro motores a jato. O avião ia da Europa para o Chile e fez uma escala da ilha, levando a bordo 13 pessoas. Era pilotado pelo comandante Hjalgrim Magnussen e pelo piloto Christian Petersen, ambos da Ilhas Faroé, na Dinamarca, com grande experiência em aeroportos de ilhas e com iguais problemas de vento, tal como os que se registam em Santa Helena. Os testes foram animadores e deram alguma razão a quem defende um tipo de avião mais pequeno e com boa força de motores.
O Governo de Santa Helena no comunicado distribuído na semana passada adianta que os jatos regionais Embraer 190 são apontados como uma das possíveis soluções para o tráfego regular de passageiros no aeroporto da ilha.
fonte/NewsAvia

VOO DA AZUL FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA EM FORTALEZA

Um Embraer E195 (matrícula PR-AUN) da Azul Linhas Aéreas Brasileiras realizou um pouso de emergência no Aeroporto Internacional Pinto Martins, na cidade de Fortaleza, no Estado do Ceará, Nordeste do Brasil, na tarde desta sexta-feira, dia 2 de dezembro. De acordo com a empresa, o voo AD2446 saiu do Aeroporto Internacional de São Luís, no Estado do Maranhão, e seguia com destino a Recife, no Estado de Pernambuco, quando a tripulação foi surpreendida por uma avaria técnica.

O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), do Comando da Aeronáutica, confirmou que a aeronave apresentou um cheiro de queimado. Assim que surgiu a avaria, o piloto declarou emergência e pediu prioridade para pousar no aeroporto da capital cearense. O Cenipa ainda contou que a aeronave pousou sem problemas, inclusive sem o cheiro a fumo.
Entretanto a Azul Linhas Aéreas Brasileiras distribuiu um comunicado à imprensa no qual informa que a aeronave que fazia voo 2446, que partiu de São Luís com destino ao Recife na tarde desta sexta-feira, teve o seu pouso alternado para o aeroporto de Fortaleza devido a um problema de origem técnica. O pouso ocorreu normalmente.
A companhia esclareceu que os passageiros estão a ser assistidos pela companhia aérea, até à hora dos seus embarque e retoma da viagem para Recife. O avião está entregue aos serviços de Manutenção e Engenharia da companhia.
fonte/NewsAvia

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

CONTROLADORA DE VOO COLOMBIANA DIVULGA CARTA

A controladora de voo Yaneth Molina, divulgou uma carta para sua classe profissional, dizendo que fez todo o possível para tentar evitar o acidente com o voo da Chapecoense. No relato, a funcionária do aeroporto Olaya Herrera, em Medellín, agradece ao apoio que recebeu dos companheiros. 

Yaneth ainda lamenta que tenha recebido ameaças nos últimos dias. Segundo a controladora, a imprensa têm contribuído para desinformar a respeito dos procedimentos adotados nos momentos que antecederam a tentativa de aterrissagem.
– Fiz o humanamente possível e o tecnicamente obrigatório para preservar as vidas – reforçou Molina, que assinou a carta como Yanki Mike, o seu codinome na aviação.
Confira a íntegra da nota abaixo.
"Queridos companheiros:
É reconfortante para mim saber que neste momento tão difícil ainda conto com o apoio de vocês. De todos os rincões do país me enviaram mensagens de força e acompanhamento neste momento difícil da minha vida profissional. Não posso, senão, agradecê-los de antemão e com o coração por todo o seu apoio.
Nosso trabalho é tão especial que hoje me ponho nestas circunstâncias de modo, tempo e lugar para enfrentar a crueza da realidade que resultou deste impasse.
Companheiros, por minha família e por esse trabalho que valorizo e respeito posso afirmar com absoluta certeza que, de minha parte, fiz o humanamente possível e o tecnicamente obrigatório para preservar a vida desses usuários do transporte aéreo, lamentavelmente meus esforços foram infrutíferos, pelas razões que todos vocês já conhecem.
A vida me pôs nesta pouco agradável posição de ter que enfrentar uma situação como a do dia 28, situação a qual, por nosso trabalho, nos vemos expostos todos os dias, todos os turnos, esta vez foi comigo e reitero ante a vocês que me manifestaram apoio, que tudo o que fiz na transmissão foi para preservar a integridade dos ocupantes principalmente dessas duas aeronaves e consequentemente dos ocupantes das outras aeronaves que estavam sob minha responsabilidade.
Lamentavelmente, por causa dos meus colegas jornalistas, pessoas ignorantes e alheias a este trabalho e que sobretudo ignoram os procedimentos, têm ameaçado minha integridade física e minha tranquilidade pessoal, pelo que estou analisando soluções às quais espero discutir com as diretrizes da entidade.
"Um amigo é alguém que nos conhece, mas nos ama de todas as formas." - Fr. Jerome Cummings
Com todo o meu respeito e coleguismo, de todo o coração
Yaneth Molina
Yanky Mike
fonte/ZeroHora

terça-feira, 29 de novembro de 2016

ACIDENTE COM TIME DA CHAPECOENSE NA COLÔMBIA

Uma aeronave Avro RJ-85, da empresa LAMIA, registro CP-2933 realizando o voo LMI-2933, de Santa Cruz (Bolívia) a Medellín (Colômbia) com 72 passageiros e 9 tripulantes,  caiu a cerca de 15nm a sudeste de Medellín, na área de La Ceja (Colômbia), às 21: 56L (02: 56Z de 29 de novembro) durante aproximação para pouso.

Autoridades do Aeroporto de Medellín informaram que uma busca foi iniciada no local do acidente no município de La Ceja nas encostas do Cerro Gordo (coordenadas aproximadas N5.9805 W75.4183).

Foram confirmados 6 sobreviventes (3 jogadores, uma comissária de bordo, um mecânico e um jornalista) e 76 mortes declarando que um dos 6 sobreviventes inicialmente morreu no hospital.

fonte/AvHerald

Associação Chapecoense de Futebol é um clube de futebol brasileiro, sediado na cidade de Chapecó, Santa Catarina. Foi fundado em 10 de maio de 1973, com o objetivo de restaurar o futebol na cidade de Chapecó

domingo, 27 de novembro de 2016

GREVE NA LUFTHANSA PROJE PREJUÍZO DIÁRIO DE 10 MILHOES DE EUROS



Os pilotos da Lufthansa vão manter-se em greve até ao sábado, dia 26 de novembro. A decisão foi tomada pelo sindicato ‘Vereinigung Cockpit’, que mantém um braço de ferro com a companhia aérea alemã à qual os pilotos reclamam um aumento médio salarial de 3,66% pelos últimos cinco anos, período de tempo em que os seus salários não foram alterados.

O sindicato começou por marcar uma greve aos voos de e para a Alemanha para a passada quarta-feira, dia 23 de novembro, e que depois prolongou para quinta e sexta-feiras, dias 24 e 25, e voltou a estender a paralisação para sábado, desta vez direcionada apenas aos voos de longo curso.

A Lufthansa afirma que a greve provocou o cancelamento de 2.618 voos, de todas as suas operações de e para a Alemanha entre a passada quarta-feira e esta sexta-feira, dia em que a previsão é de 830 cancelamentos. A companhia aérea estima que mais de 315 mil pessoas tenham sido afectadas pelos cancelamentos de voos. Segundo o jornal ‘Bild’, a greve está a custar à Lufthansa cerca de 10 milhões de euros por dia.

Esta é a 14.ª greve dos pilotos da Lufthansa desde a primavera de 2014. O diferendo entre a administração da empresa e o sindicato deve-se a um impasse nas negociações salariais.

“Nós pagamos aos pilotos significativamente mais do que a concorrência. Somos responsáveis por mais de 120.000 empregados e queremos que a Lufthansa tenha um futuro”, defendeu na quinta-feira, Harry Hohmeister, um dos administradores da empresa, considerando “impossível” aceitar as reivindicações salariais do sindicato ‘Vereinigung Cockpit’.

A administração da Lufthansa revelou que um copiloto em início de carreira ganha 6.550 euros brutos por mês, enquanto um comandante em fim de carreira tem um vencimento superior a 22.000 euros.

fonte/NewsAvia

terça-feira, 22 de novembro de 2016

AMANHÃ GREVE NA LUFTHANSA


A companhia aérea alemã Lufthansa vai cancelar 876 dos três mil voos que tinha programado para quarta-feira devido a uma greve dos pilotos que deverá afetar 100 mil passageiros.

A Lufthansa informou hoje que vai operar 2124 voos dos três mil que estavam programados e precisou que serão afetadas rotas de curto e longo curso.

O protesto dos pilotos da Lufthansa não afetará as filiais Eurowings, Swiss, Austrian Airlines, Air Dolomiti e Brussels Airlines.

Dos 876 voos afetados, 51 são ligações internacionais, calculando-se que sejam prejudicados cerca de 100 mil passageiros.

A Lufthansa disse na segunda-feira que a greve, convocada pelo sindicato Vereinigung Cockpit, é o caminho errado para a negociação do acordo coletivo e afirmou não compreender a recusa do sindicato em solucionar o diferendo através de um mediador neutro.

Esta será a 14.ª greve dos pilotos da Lufthansa desde abril de 2014.

Hoje, o pessoal de cabine da Eurowings, uma companhia de baixo custo do grupo, está a fazer uma greve de 15 horas (das 5 às 20 horas locais, menos uma hora em Portugal continental) nos aeroportos de Hamburgo e Düsseldorf.

A paralisação obrigou ao cancelamento de pelo menos 66 voos, sobretudo ligações aéreas nacionais, mas também algumas ligações a Praga e Viena.

A greve do pessoal de cabine da Eurowings foi convocada pelo sindicato do setor dos serviços Verdi, que pede um aumento salarial para 460 funcionários e suplementos segundo a função.

fonte/JN



sábado, 19 de novembro de 2016

FLIGHT SIMULATOR - REALISTIC TRAINING 2016


HELICÓPTERO CAI NO RIO


Helicóptero caiu na região da Cidade de Deus (Foto: Reprodução/ Centro de Operações Rio)
Helicóptero caiu na região da Cidade de Deus (Foto: Reprodução/ Centro de Operações Rio)













Um helicóptero do Grupamento Aeromóvel da Polícia Militar caiu perto da Cidade de Deus, na Zona Oeste do Rio, no começo da noite deste sábado (19). A imagem do helicóptero caído foi flagrada por uma câmera do Centro de Operações Rio da Avenida das Américas. A informação foi confirmada pelo coordenador de comunicação social da Polícia Militar, Major Ivan Blaz.
De acordo com o oficial, tudo indica que o helicóptero fez um pouso forçado e, a princípio, não há vítimas fatais. Desde cedo, o Comando de Operações Especiais da PM estava no local dando apoio à Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da região. A área foi palco de intensos tiroteios. Policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da Cidade de Deus, trocaram tiros com criminosos.
A Lamsa, concessionária que administra a Linha Amarela, pede que os motoristas evitem a região.
fonte/foto/

sábado, 12 de novembro de 2016

MONOMOTOR FAZ POUSO FORÇADO EM FLORIANÓPOLIS

Aeronave fez pouso forçado na Grande Florianópolis (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

Aeronave fez pouso forçado na Grande Florianópolis (Foto: Polícia Militar/Divulgação)


Um avião monomotor Cessna 182 Skylane fez um pouso forçado no bairro Sul do Rio, em Santo Amaro da Imperatriz, na Grande Florianópolis, por volta das 11h desta sexta-feira (11). De acordo com o  Aeroclube Santa Catarina, o piloto teve apenas ferimentos leves. A aeronave pertence a uma escola de paraquedismo.
A suspeita inicial é de que a aeronave tenha tido uma pane e obrigado o condutor a pousar, conforme o aeroclube. Minutos antes, dois paraquedistas haviam saltado do avião e aterrissado no aeroclube de São José, na mesma região.
O piloto, além de estar com a documentação regularizada, é considerado um profissional experiente com mais de 300 horas de voo. Ele recebeu atendimento da equipe do helicóptero Águia da Polícia Militar que o encaminhou ao Hospital Celso Ramos, em Florianópolis, conforme o aeroclube.



Piloto foi encaminhado ao hospital em Florianópolis (Foto: Polícia Militar/Divulgação)Piloto foi encaminhado ao hospital em Florianópolis (Foto: Polícia Militar/Divulgação)fonte/foto/G1Dados da aeronave via RAB
MATRÍCULA: PTIBL
 
 
Proprietário:
DAVI CARLOS DUCKSTEIN
CPF/CGC:

Operador:
DAVI CARLOS DUCKSTEIN
CPF/CGC:

 
Fabricante:
CESSNA AIRCRAFT
Modelo:
182P
Número de Série:
18261042
Tipo ICAO :
C182
Tipo de Habilitação para Pilotos:
MNTE
Classe da Aeronave:
POUSO CONVECIONAL 1 MOTOR CONVENCIONAL
Peso Máximo de Decolagem:
1338 - Kg
Número Máximo de Passageiros:
003
Categoria de Registro:
PRIVADA SERVICO AEREO PRIVADOS
Número dos Certificados (CM - CA):
6464
Situação no RAB:
Data da Compra/Transferência:
300407
Data de Validade do CA:
26/11/18
Data de Validade da IAM:
281017
Situação de Aeronavegabilidade:
Normal
Motivo(s):
Consulta realizada em: 12/11/2016 17:35:28

EMBRAER PROPÕE LAY-OFF PARA 2000 FUNCIONÁRIOS EM SÃO JOSÉ DOS CAMPOS

Embraer

Foto: Claudio Vieira / OVALE
Caíque Toledo
Editor de Internet
A Embraer iniciou nesta quarta-feira a negociação de um lay-off para os trabalhadores da fábrica de São José dos Campos. A ideia é suspender provisoriamente os contratos por um período de dois a cinco meses, para no máximo 2.000 funcionários.
Segundo a empresa, o acordo está sendo negociado com o Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos -- há uma reunião sobre o tema agendada para o próximo 23. O acordo prevê que os funcionários do processo sejam distribuídos em grupos, ao longo de dois anos: de janeiro de 2017 até dezembro de 2018.
Os participantes do programa passariam o período em lay-off realizando cursos de qualificação. Segundo a Embraer, o lay-off é uma alternativa que 'possibilita à empresa diminuir temporariamente os custos, contribuindo para que ultrapasse o período de baixa demanda e ociosidade passageira, para continuar a produzir normalmente em um cenário mais favorável’.
“Ao mesmo tempo, o lay-off permite ao empregado preservar o vínculo empregatício, retornando às condições normais de trabalho ao final do período”, disse a empresa, em nota.
Proposta. O Sindicato dos Metalúrgicos apresentou uma contra-proposta ao lay-off planejado pela empresa: redução na jornada de trabalho, sem redução de salário, para que a Embraer possa fazer os ajustes necessários na produção.
"Na nossa opinião, a empresa não vive um problema financeiro. Essa contenção é para pagar a multa de corrupção, e eles querem que o trabalhador pague isso", disse o vice-presidente da entidade, Herbert Claros, em entrevist. "A Embraer transferiu parte da produção para os Estados Unidos e Portugal. Uma hora a conta ia chegar", completou.
Reunião por reajuste pode iniciar greve
Paralelamente ao anúncio da intenção de criar um processo de lay-off, a Embraer e o Sindicato dos Metalúrgicos ainda negociam a proposta de reajuste salarial aos funcionários da fábrica.
Na última terça-feira, os trabalhadores rejeitaram uma proposta de abono fixo apresentada pela Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), que cuida das negociações salariais em nome da empresa joseense.
De acordo com o Sindicato, a Embraer teria até hoje, sexta-feira, para oferecer uma nova proposta, ou os funcionários entrariam em greve.  Agora, foi agendada uma nova reunião para a próxima quarta-feira, onde o tema será novamente debatido. Segundo o Sindicato, caso as partes não cheguem a um acordo, os trabalhadores iniciarão a paralisação já na quinta-feira.
"Isso já está votado. Se eles não melhorarem a proposta, se eles manterem a postura, a greve começa na quinta-feira mesmo", disse o vice-presidente da entidade, Herbert Claros.
A proposta oferecida pela Embraer era de congelamento de salário e um abono que varia de R$ 7 mil a R$ 9 mil. O abono oferecido na última proposta era de R$ 4 mil. Os funcionários pedem 11% de reajuste e estabilidade no emprego.
fonte/foto/OVale

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

NOVA AERONAVE PARA INSTRUÇÃO,

sonaca-aircraft-ext-newsavia
O ‘buzz’ começou na edição de 2015 da ‘Aero Expo’ na Alemanha onde se comentava iria aparecer um competidor sério, europeu, no segmento de aviação geral, que construiria um aparelho ideal para as escolas e academias de todo o mundo. 

Na altura a norte-americana Piper apresentava a sua versão diesel, um monomotor económico, montado numa receita antiga, pesada, embora muito fiável.

Vários projectos foram lançados ao longo dos últimos anos mas durante o difícil processo de certificação, tanto a FAA como a EASA não permitiram que a maior parte das aeronaves, sequer, saíssem dos hangares. Outras permaneceram como aviões experimentais.

Enquanto isso escolas e academias de todo o mundo viam a sua frota a envelhecer, ou optavam por modelos novos, mais econômicos, com estruturas em fibra, que deixam sempre a desejar em termos de robustez e custos de manutenção. Que levante a mão o piloto que não tenha dado uma valente trancada durante os seus voos de instrução!

Os modelos das aeronaves mais usados nas escolas e academias, os Piper e os Cessna, têm contra si motores pesados e desatualizados, embora extremamente fiáveis e dispendiosos para os padrões de hoje. Além do mais, quer a Continental, quer a Lycoming nada têm planeado para breve.

Tudo isto foi tido em conta por uma experiente empresa belga, cuja maioria de capital é detida pelo próprio governo.

Engenheiros do Grupo Sonaca, um respeitado construtor com 85 anos de história, fabricante de componentes estruturais para a Airbus, Bombardier, Embraer e Dassault, meteram mãos à obra e convenceram a sua administração de que haveria mercado para um avião fiável, robusto e bem construído.
Fizeram uma exaustiva auscultação ao mercado e partiram para a mesa de desenho. Concluíram que para ser mais rápidos na colocação do avião no mercado teriam de encontrar um desenho maduro, num projeto que eles próprios pudessem desenvolver com o seu know-how

Encontraram na África do Sul, na ‘The Airplane Factory’, o parceiro ideal. A empresa detinha o desenho em fase avançada de um monomotor de dois lugares de asa baixa, e a sua maior ambição era voar o projeto que já estava praticamente armado.

Formou-se então a empresa Sonaca Aircraft, cujos acionistas são o Grupo Sonaca e a ‘The Airplane Factory’, e de imediato a equipa teve acesso a um financiamento inicial de três milhões de euros para construir os primeiros modelos e avançar com a certificação EASA, que deverá verificar-se em 2017.

Muitos cálculos tri dimensionais e alterações de desenho foram feitas até que o primeiro protótipo estivesse pronto a voar. Mas não foi só no ar que o projeto mostrou a sua agilidade, ainda antes da sua demonstração e apresentação na ‘Aero Expo’ deste ano caíam as primeiras encomendas provenientes  de escolas na Bélgica, Reino Unido, Alemanha e França, num valor estimado de 3,9 milhões de euros.

750 kg MTOW e estrutra reforçada totalmente em alumínio são apenas algumas das novidades do SONACA 200
A aeronave tem 750 kg MTOW e uma estrutra reforçada totalmente em alumínio.
 Estas são algumas das novidades do SONACA 200.

Este sucesso comercial, não aterra ao acaso, acontece porque a equipa da Sonaca Aircraft liderada por Pierre Vanwetter fez questão de ouvir os clientes finais na fase de desenho e testes (que ainda decorrem). As escolas, os seus instrutores, mecânicos e, até mesmo, pessoal administrativo foram ouvidos. Nos primeiros voos a satisfação foi total, e assim chegaram as primeiras encomendas.

Pierre Vanwetter - Head of Marketing & Sales
Pierre van Wetter – Diretor de Marketing e de Vendas da Sonaca Aircraft.

Já imaginou uma aeronave moderna, segura, com custos de operação muito baixos, robusta, fiável e divertida de voar?
Nós também estamos ansiosos por conhecer esta nova maravilha da aviação geral, que, se cumprir com o prometido vai obrigar à concorrência uma atualização dos seus modelos.

fonte/foto/NewsAvia

terça-feira, 25 de outubro de 2016

ATUALIZADO - MONOMOTOR CAI EM PASSO FUNDO


Queda de aeronave mata dois tripulantes em Espumoso Divulgação/Brigada Militar
Foto: Divulgação / Brigada Militar
 Um avião monomotor, modelo EMB-711 Corisco, sofreu um grave acidente ao final da manhã desta terça-feira, 25/10, causando a morte do piloto e do diretor executivo do Grupo Cielo, Joduciel Roberto Kolberg, de 33 anos. Após reabastecimento em Espumoso, o avião decolou e, logo em seguida, acabou caindo e provocando um choque violento com o solo. O avião tinha como base Passo Fundo, pois pertence à empresa Cielo. Em consequência do acidente morreu o piloto Diego Bohrer e um passageiro, provavelmente da própria empresa Cielo. Não há informações sobre as causas da queda, fator que depende de análises e investigações. O Comandante Diego era piloto comercial com IFR e instrutor de voo. No próximo dia 12 de novembro ele completaria 35 anos de idade,  deixa a esposa e um filho.

fonte/ONacional
A queda de um avião monomotor matou duas pessoas por volta das 11h desta terça-feira em Espumoso, no norte do Rio Grande do Sul. De acordo com as primeiras informações, a aeronave, que é particular, caiu logo após decolar no Aeroporto Municipal de Passo Fundo. Conforme apurou a Rádio Gaúcha, as vítimas ainda não foram identificadas. 

Segundo o Aeroclube de Espumoso, o monomotor caiu cerca de 300 metros depois da cabeceira da pista. Haviam apenas duas pessoas na aeronave. 

As informações iniciais indicam que o avião estava com excesso de carga e a decolagem ocorreu com vento de cauda, o que não é indicado nessas situações. A estrutura estava carregada de vodca. 

Uma equipe da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) está se deslocando para local. A Brigada Militar e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) estão atendendo a ocorrência. Segundo informações do Aeroclube, o avião não chegou a explodir, mas ficou completamente destruído.

AJUDE A ESQUADRILHA DA FUMAÇA EM TRANSFORMAR O A-29 SUPER TUCANO EM BRINQUEDO DA LEGO

Dez mil é o número suficiente de votos que a FORÇA AÉREA BRASILEIRA e a Esquadrilha da Fumaça (EDA) precisam para que a empresa Lego possa produzir a aeronave A-29 Super Tucano da Fumaça em formato de brinquedo. E para atingir essa meta, precisamos dos votos de todos vocês. Para votar, basta entrar neste link: https://ideas.lego.com/projects/156154 seguir as orientações.

 Antes de votar, o internauta precisa fazer o cadastro no site da Lego. Para aqueles que possam achar difícil a forma de votar, nosso seguidor do Twitter, Anderson Cazarotti, escreveu um rápido tutorial para que você possa contribuir com essa nossa corrida contra o tempo: https://goo.gl/PAZfYq.   

O Comandante da Fumaça, Tenente-Coronel Líbero Onoda Luiz Caldas, afirmou que a meta deverá ser atingida. “Estamos muito felizes com a mobilização de todos nas redes sociais, pois estão votando bastante na campanha. Acredito que vamos chegar, com certeza, a 10 mil votos e vamos poder divulgar a aeronave brasileira da EMBRAER para todo o mundo por meio de brinquedos”.

Como tudo começou
No Dia das Crianças, a Força Aérea Brasileira divulgou um vídeo em que o engenheiro mecatrônico Alex Paschoaletto, formado pela Universidade de Brasília (UnB), montou a aeronave A-29 Super Tucano em formato de brinquedo da Lego. Segundo o próprio Paschoaletto, em texto publicado no site da empresa, a proposição inusitada foi feita porque ele é um grande admirador do trabalho da instituição. “A Esquadrilha da Fumaça realiza demonstrações dentro e fora do Brasil e enche nossos olhos de alegria quando faz suas manobras e escritas desenhadas com a fumaça. Eu tenho muita consideração pela Esquadrilha, e que maneira melhor de prestar uma homenagem do que fazendo aquilo que eu sei criar de melhor?”

Paschoaletto já possui o costume, desde criança, de transformar suas paixões em brinquedo da Lego. “Tudo que o homem constrói - como carros, aviões e barcos - eu admiro muito e tento criar em formato de brinquedo. A minha primeira criação profissional foi feita em 2012 de um carro da Toyota. Desde então, não parei mais de criar”, explicou. E este ano, ele escolheu a Esquadrilha da Fumaça para poder homenageá-la. “Poder contribuir com a divulgação da Fumaça, uma instituição brasileira tanto admirada por todos, só me dá orgulho. Se esse brinquedo for produzido, poderá ser vendido não só aqui no Brasil, mas também em todo o mundo”.

Paschoaletto revela que é grande admirador da Fumaça desde criança. “Eu morava ao lado do Cindacta II, em Curitiba. Assim, eu assistia às demonstrações da Esquadrilha e, em todas as vezes, ficava maravilhado com as acrobacias. Nunca vi ninguém criticando o trabalho da Fumaça. Só ouço elogios. Por isso, resolvi fazer essa grande homenagem”. 

A réplica do A-29 possui os seguintes elementos: trens de pouso recolhíveis, profundor e leme móveis, canopy removível, permitindo acesso a um interior detalhado, suporte para display na estante e hélice de cinco pás, de acordo com a original. Segundo ele, o grupo Lego não possui peças próprias para fazer uma hélice de cinco pás. “Portanto, foi um desafio a mais poder fazer esta configuração. Para quem curte técnicas avançadas, essa parte vai ser um prato cheio”, ressaltou. O modelo está em escala aproximada de 1:39 e dispõe de aproximadamente 400 peças.

*Outras informações com a Seção de Comunicação Social pelo telefone: (19) 3565-7236.
Fotos: Alex Paschoaletto
Assista ao vídeo de como montar o A-29 da Fumaça em formato de brinquedo da Lego: 

 

TAP PORTUGAL ADMITE PILOTOS - PRAZO ATÉ 4 NOVEMBRO

A TAP Portugal tem a decorrer um processo de recolha de candidaturas para pilotos. Poderão se habilitar indivíduos de ambos os sexos, com idades compreendidas entre os 21 e os 40 anos de idade, habilitados com licença de piloto comercial de avião e que tenham, pelo menos, 250 horas de pilotagem. 

As condições de admissão constam de um anúncio publicado pela companhia, que a seguir reproduzimos e no qual constam os requisitos necessários para os pilotos se candidatarem à seleção dos novos pilotos da companhia aérea de bandeira portuguesa.

Os selecionados serão depois dirigidos para um curso de formação que será ministrado de acordo com as exigências da TAP Portugal. O prazo de recepção das candidaturas termina no dia 4 de novembro.


anuncio-pilototap-700px



fonte/foto/NewsAvia

segunda-feira, 24 de outubro de 2016

QUEDA DE BIMOTOR EM MALTA

The Metroliner that crashed this morning. Photo: Shaun Psaila 
The Metroliner that crashed this morning. Photo: Shaun Psaila


Cinco pessoas morreram na manhã desta segunda-feira na sequência da queda de um bimotor, em Malta. 
Segundo informações da Reuters, estariam a bordo oficiais ligados à União Europeia (UE), mais concretamente à Frontex, um organismo direcionado para o controlo de fronteiras externas.

O avião em causa é um Swearingen SA227-AT Expediter, registro N577NX, nrº série AT-577, um aparelho que pode transportar até 10 pessoas, e teria como destino Misrata, na Líbia. O avião caiu pouco tempo depois de levantar voo do Aeroporto Internacional de Malta, em Luqa.

Segundo a edição online do Times of Malta, o voo teria sido fretado no Luxemburgo (CAE Aviation) para ser usado precisamente por oficiais da Frontex. O mesmo jornal cita fontes locais que revelam que nenhum dos tripulantes teria sobrevivido.

fonte/Reuters/JN

domingo, 23 de outubro de 2016

23 OUTUBRO - DIA DO AVIADOR E DA FORÇA AÉREA BRASILEIRA


TIRO ATINGE MONOMOTOR DURANTE VOO ENTRE FLORIANÓPOLIS E PORTO BELO, SANTA CATARINA


Tiro atingiu asa esquerda do Cessna em Santa Catarina (Foto: Voe Floripa/Divulgação) 
Tiro atingiu asa esquerda do Cessna em Santa Catarina (Foto: Voe Floripa/Divulgação)

Um avião Cessna 152 foi atingido por um tiro após decolar do Aeroporto Hercílio Luz, em Florianópolis, rumo a Porto Belo, no Litoral Norte, na manhã de sábado (22). Ninguém ficou ferido e o avião, onde estavam dois funcionários de uma escola de aviação, pousou normalmente.

De acordo com a escola Voe Floripa, dona do avião, o disparo só foi percebido após o pouso, no Condomínio Aeronáutico Costa Esmeralda. O tiro atingiu a asa esquerda, próximo ao tanque de combustível, e danificou a asa e o flap.

Segundo o diretor de ensino da empresa, Eduardo Faraco, o avião decolou por volta das 10h, em direção à Ilha do Campeche, fez uma curva à esquerda, passando pela região do Estádio da Ressacada e do bairro Carianos, e seguiu em linha reta sobre a água, passando pela ponte Hercílio Luz e baía norte da capital.

Ao passar pela cidade de Biguaçu, o avião ingressou novamente sobre região de terra, sobre área rural, com poucas habitações, e passou por um bairro de Tijucas (veja mapa com o percurso ao final da reportagem).

Avião atingido no sábado em Santa Catarina é o modelo Cessna 152 (Foto: Voe Floripa/Divulgação) 
Avião atingido no sábado em Santa Catarina é o modelo Cessna 152 (Foto: Voe Floripa/Divulgação)
 
"O único trecho, fora o Carianos, que ele sobrevoou e é bem habitado é a região de Tijucas próximo ao mar. Os pontos onde ele [avião] estava mais baixo eram justamente os pontos habitados. O avião voou  a 800 metros até Tijucas, onde desceu para 400 metros e ingressou no circuito de tráfego de pouso do Costa Esmeralda", disse o diretor.

A empresa afirma que registrou a ocorrência junto às polícias Civil e Federal no aeroporto de Florianópolis. "Colocar uma aeronave em risco é crime federal. O Controle de Tráfego Aéreo foi informado, assim como o Cenipa [Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos] e Seripa [Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos], que são órgãos de investigação de acidente", disse Faraco.

"O plot radar do nosso avião vai ser disponibilizado semana que vem, fica gravado por 30 dias, para se poder ter certeza da posição geográfica do avião. A polícia vai fazer investigação balística para identificar qual foi a arma, calibre e direção. Aparentemente o tiro partiu bem de baixo, provavelmente o avião passou por cima do atirador", afirmou.

Tiro foi próximo ao tanque de combustível do avião (Foto: Voe Floripa/Divulgação) 
Tiro foi próximo ao tanque de combustível do avião (Foto: Voe Floripa/Divulgação)

A escola também divulgou uma nova sobre o incidente. "Estamos muito consternados com a situação de atentado explícito à segurança da aviação, sendo vitimas de uma ocorrência criminosa. Nossa preocupação maior é com a situação extrema que chegou a segurança em nosso país e região, pois se uma aeronave de pequeno porte esta sendo alvo de uma ação criminosa como essa, podendo resultar em algo catastrófico, imagine uma aeronave maior de transporte."

O G1 procurou na manhã deste domingo o Destacamento de Controle do Espaço Aéreo de Florianópolis (DTCEA-FL), para obter mais informações sobre o caso e sobre a segurança do espaço aéreo, mas foi informado de que o setor de comunicação só poderia atender na segunda-feira.

A reportagem também procurou a Polícia Federal no aeroporto, mas a equipe de plantão no domingo afirmou não dispor de informações sobre a ocorrência de sábado. A Superintendência da PF em Florianópolis informou que o caso ainda não foi recebido.

O G1 também não conseguiu contato com a Polícia Civil.




fonte/foto/G1

VOO É DESVIADO DE CONGONHAS PARA CUMBICA APÓS INDICAÇÃO DE FALHA

Um voo da Gol que saiu do Aeroporto Internacional de Confins, em Belo Horizonte, Minas Gerais, com destino ao Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, foi desviado para o Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos, na manhã deste domingo (23) por precaução e questões de segurança.
 
Segundo a Gol, por meio de sua assessoria de imprensa, o voo 5472 partiu de Confins às 10h10, com previsão de pousar em Congonhas às 11h20. O piloto recebeu no painel de controle uma indicação de falha no slat (disposito localizado na asa e de apoio ao flap, usado para o controle do pouso). A companhia disse que, apesar da indicação, não se constatou "problema técnico" durante o voo.

A Gol informou que é procedimento padrão o desvio para Guarulhos quando há indicação de falha, porque a pista de Congonhas é mais curta do que a do Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos.

Conforme a Gol, os 125 passageiros a bordo desembarcaram de forma tranquila às 11h30 deste domingo em Cumbica. A empresa forneceu ônibus para os passageiros seguirem para Congonhas, na Zona Sul da capital.

fonte/G1

INCIDENTE COM ATR72-600 NO AEROPORTO DE LISBOA - 22.10.2016

incid-atr-tap_cs-djf-gabriella-mello-mfproducoes-900px

Não há feridos entre os 20 passageiros e quatro tripulantes de um avião ATR72-600 da TAP Express, matrícula CS-DJF, operado pela White Airways, que fazia o voo TP1971, da Ponte Aérea Lisboa-Porto-Lisboa, e que sofreu um incidente ao pousar na noite deste sábado, dia 22 de outubro, no Aeroporto Internacional Humberto Delgado, em Lisboa.

O avião terá quebrado o trem de nariz, após o rebentamento de um pneu ao tocar na pista de aterragem e na manobra de travagem terá ainda afetado o trem central do lado esquerdo que ficou também quebrado. Álvaro Neves, diretor do Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves (GPIAA), confirmou que o avião tem os dois trens avariados.

Um comunicado da TAP distribuído ao início da madrugada deste domingo confirma o incidente, e refere que a ocorrência se deveu “ao rebentamento de um pneu no momento da aterragem”. “Os 20 passageiros a bordo, tal como os tripulantes,  já saíram do avião e seguiram normalmente para os seus destinos”, conclui a nota de imprensa da companhia aérea portuguesa.

Devido ao ATR 72-600 da TAP Express ter ficado imobilizado na pista o movimento de aterragens e descolagens esteve suspenso desde as 22h35, hora em que ocorreu o incidente. Os aviões que chegavam a Lisboa foram desviados para Faro e Porto, de onde começaram a retornar depois das duas horas da madrugada deste domingo, dia 23 de outubro. Foi aberta uma pista secundária do Aeroporto de Lisboa, normalmente pouco utilizada, que está a ajudar na regularização do tráfego aéreo nesta madrugada.

Os passageiros e tripulantes do ATR72-600 saíram pelos seus próprios meios do avião, não se tendo registrado feridos. Também dentro do avião não se registraram cenas de pânico. Tudo decorreu com muita calma, disse um passageiro do voo entrevistado pelo canal português de televisão SIC, que apenas só estranhou o fato do avião ter descido para a pista de forma muito rápida antes do impacto que provocou o rebentamento dos pneus.

No local do acidente já se encontra um inspetor do GPIAA, disse o diretor deste serviço em declarações feitas à agência noticiosa portuguesa Lusa.

tap-express-cs-djf-pedroaragao-900px

Na imagem vemos o avião ATR72-600 da TAP Express envolvido no incidente que ocorreu na noite de sábado, dia 22 de outubro, no Aeroporto de Lisboa. Foto © Pedro Aragão.

Também a ANA – Aeroportos de Portugal, empresa concessionária do Aeroporto de Lisboa, distribuiu um comunicado nas redes sociais, em que confirma que o incidente ocorreu pelas 23h35, dentro do perímetro aeroportuário, “tendo sido acionados de imediato todos os meios internos e externos para atuação em caso de emergência”.

O comunicado da entidade aeroportuária refere ainda que o aeroporto esteve encerrado ao tráfego aéreo até as 0h15m, hora a que a pista secundária (17/35) foi reaberta para operações de descolagem e depois de aterragem. O primeiro avião a aterrar em Lisboa após o incidente foi um Embraer E190 da TAP Express, operado pela PGA -Portugália Airlines, com um voo oriundo do Porto. Outros aviões que aguardavam em Faro, Porto e Madrid o desimpedimento da pista principal do Aeroporto de Lisboa, estão a retomar os seus voos.

Fontes aeroportuárias disseram que o tráfego deverá estar regularizado na manhã de domingo, dia 23 de outubro, com a eventual reabertura da pista principal (03/21).

fonte/foto/G1

sexta-feira, 21 de outubro de 2016

INCIDENTE QUÍMICO NO AEROPORTO DA CITY LONDRES


O Aeroporto da City de Londres, no Reino Unido, está a ser evacuado esta sexta-feira devido a um "incidente químico", revelaram os bombeiros da cidade.

Fotografias nas redes sociais mostram que alguns passageiros foram encaminhados para a pista, por precaução. Serão cerca de 500 as pessoas retiradas da gare.

Vários voos internacionais com destino a Londres foram desviados para outros aeroporto e todos os movimentos na pista foram travados.

Os bombeiros de Londres estão no local e afirmam estar a "tratar de pacientes" no aeroporto.

fonte/foto/Jn.pt

20 DE OUTUBRO - DIA INTERNACIONAL DO CONTROLADOR DE TRÁFEGO AÉREO - PARABÉNS


INCIDENTE COM AVIÃO CARGUEIRO NO AEROPORTO DE RECIFE



Avião fez pouso forçado no Recife (Foto: José Francisco/ Reprpdução WhatsApp) 
 (Foto: José Francisco/ Reprodução WhatsApp)
 
Um avião de carga fez um pouso forçado na pista do Aeroporto Internacional do Recife/Gilberto Freyre, no início da manhã desta sexta-feira (21). A aeronave teve um problema técnico no trem de aterrissagem.  De acordo com a Infraero, a písta ficou fechada por cerca de 40 minutos para pousos e decolagens.


O fato aconteceu por volta das 6h30. As informações foram confirmadas pela torre de controle. A empresa que gerencia o terminal aeroportuário também informou que por volta das 7h10 a pista foi liberada. A Infraero acompanha a retirada da aeronave.


O avião partiu de Guarulhos, São Paulo. É um avião de carga postal. Três tripulantes estavam a bordo e não houve feridos. Sobre as causas do acidente, a Infraero informou que vai aguardar o resultado da perícia. Uma nota oficial será divulgada ainda nesta sexta-feira.

Avião fez pouso forçado no Recife (Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press) 
Pista ficou fechada por 40 minutos (Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press)
 
fonte/foto/G1

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...