segunda-feira, 16 de novembro de 2009

MONOMOTOR ABORTA DECOLAGEM E FECHA AEROPORTO SALGADO FILHO NO RIO GRANDE DO SUL


Um monomotor de uma empresa de táxi aéreo apresentou problemas durante a decolagem e abortou a operação. A aeronave ficou parada em uma das pistas do Aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, por volta das 7h55 de hoje. O aeroporto permanecia fechado às 9h15, quando 11 pousos e 10 decolagens estavam atrasadas e dois voos haviam sido cancelados.

Duas pessoas, o piloto e o co-piloto, estavam na aeronave e não tiveram ferimentos, segundo a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). O avião ficou parado no fim da pista principal do Salgado Filho, bloqueando todas as operações. Pequenas partes do monomotor caíram na pista, informou a Infraero. Técnicos do aeroporto estão realizando uma limpeza no local para que ela possa ser liberada. De acordo com a estatal, a aeronave já havia foi retirada.

fonte/UOL

URGENTE - DOAÇÃO DE SANGUE E PLAQUETAS PARA O DIRETOR DE YIELD TAM



Amigos, o diretor de Yield/Pricing da TAM, o Christian Moldan, está internado em estado grave na UTI do hospital Nove de Julho (SP) com quadro de leucemia.


Infelizmente, o número de doadores de sangue e plaquetas ainda está muito baixo e ele corre risco de morte. Por isso, quem puder, por favor, siga as instruções abaixo e ajude a salvar a vida dele.

ONDE FAZER A DOAÇÃO

Hospital Nove de Julho
Endereço: Rua Peixoto Gomide, 613 – Cerqueira César
Fone: (11) 3147-9999
Paciente: Christian Moldan
Segunda à sexta, das 8 as 17h30; sábados, das 08 às 13 horas.

ESTACIONAMENTO GRÁTIS
Edifício Blue Tower
Endereço: Rua Peixoto Gomide, 707

Ajudem também a levar esse pedido a outros amigos e a outros fóruns.

fonte/Aeroblog - Contato Radar

BOEING FINALIZA MAIS UMA FASE DO 787 DREAMLINER


O construtor de aviões Boeing anunciou nesta segunda-feira que completou mais uma fase de testes de mais dois aviões 787 Dreamliner. As instalações da fuselagem foram reforçadas e concluídas no último dia 11.

"Nosso foco agora é completar o teste estático ainda este mês, que irá validar a modificação", disse Scott Fancher, vice-presidente do programa 787.

Fancher ainda afirmou que o objetivo da empresa é fazer o primeiro voo do 787 até o final do ano.

Produzido com compostos de carbono, o avião deve gerar uma economia de 20% de combustível e é uma das apostas da indústria americana para fazer frente ao sucesso do gigante A-380 da Airbus.

fonte/Tera/foto/divulgação

SECRETARIA DOS TRANSPORTES DE SÃO PAULO VAI COMPRAR HELICÓPTERO

A Secretaria dos Transportes do governo José Serra (PSDB) resolveu driblar os engarrafamentos do trânsito e os obstáculos das rodovias de São Paulo pelo ar com um helicóptero que será comprado para transportar técnicos e autoridades.

A pasta, responsável por empreendimentos como duplicação de estradas, ampliação da marginal Tietê e trechos do Rodoanel, alega a "necessidade de deslocamentos rápidos" para acompanhar e vistoriar um "grande número" de obras em andamento ou projetadas.

Entre as regras para a aquisição do helicóptero "novo de fábrica", a Secretaria dos Transportes exige que ele tenha capacidade para decolar do Palácio dos Bandeirantes, sede de trabalho do governador Serra. Mas a pasta nega que essa seja a sua principal atribuição - diz que é só um "exemplo" citado na licitação.

Comandada por Mauro Arce, a secretaria não divulga quanto estima gastar com a compra.

De acordo com especialistas ouvidos pela reportagem, o valor poderá ultrapassar R$ 10 milhões - sem contar as despesas com a manutenção e os profissionais para a operação da aeronave.

Esse dinheiro supera, por exemplo, os gastos de R$ 8,1 milhões anunciados pelo prefeito Gilberto Kassab (DEM) no ano passado num pacote de nove "obras viárias de grande importância", com ampliações de plataformas e reformas de paradas, para aumentar em 10% a velocidade média dos ônibus nos corredores.

O edital de licitação lançado pela secretaria pede que a aeronave tenha capacidade para dois pilotos e cinco passageiros. O helicóptero terá autonomia para voar até 600 quilômetros sem reabastecer.

O prazo máximo para a entrega definitiva do helicóptero é de oito meses depois da assinatura do contrato. O pregão para a compra deve ocorrer na semana que vem.

Assentos em couro

O governo Serra diz que a nova aeronave poderá ser usada pelos diversos órgãos ligados à Secretaria dos Transportes, para acompanhar desde as obras nas estradas como em portos, hidrovias e aeroportos.

A pasta diz que, hoje em dia, essas viagens são feitas por automóveis, voos comerciais ("muitas vezes não disponíveis") ou locação de helicópteros. Afirma prever um gasto de R$ 1,6 milhão neste ano com essas duas últimas despesas.

Dentre as características exigidas da aeronave estão "assentos em couro", "carpete", "sistema de ar condicionado apropriado para clima tropical", "iluminação individual nos assentos para leitura" e "compartimento para guarda e conservação de alimentos e bebidas".

O helicóptero também precisará ter dimensões internas "de modo a evitar interferência física entre pernas dos passageiros sentados frente a frente" e revestimento reforçado para atenuar os ruídos, "de modo que possibilite a comunicação normal entre os passageiros".

Custo

Três especialistas em tráfego aéreo ouvidos pela Folha dizem que uma aeronave com as características da exigida no edital da secretaria custa no mínimo US$ 4 milhões (em torno de R$ 6,8 milhões).

Mas, da mesma forma como ocorre com carros, a previsão de itens opcionais (incluindo ainda piloto automático, capacidade para voo por instrumentos, sistema especial de iluminação) podem elevar os custos para até US$ 6 milhões (R$ 10,2 milhões).

A manutenção de um equipamento do tipo custa, em média, US$ 30 mil (R$ 51 mil). Caso a gestão Serra opte por contratar piloto e co-piloto com valores pagos pela iniciativa privada, só em salários seriam cerca de R$ 45 mil ao mês.

fonte/Folha de S.Paulo

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...