segunda-feira, 9 de abril de 2012

ACIDENTE COM DASH 8-300 NA TANZÂNIA





Um Havilland Dash 8-300, da AIR TANZANIA, registro 5H-MWG, realizando o voo TC-119, de Kigoma para Dar es Salaam via Tabora (Tanzânia), com 35 pessoas a bordo, rejeitou a decolagem da pista 34 do aeroporto de Kigoma devido a uma falha de motor. 

A aeronave saiu da pista e parou após o colapso do trem de pouso do nariz e separando a asa direita e motor por volta das 10:20 L (07:20 Z). 

Duas mulheres idosas foram levadas para um hospital em estado de choque e a aeronave recebeu danos substanciais.

METARs não estava disponíveis e a estação meteorológica local relatou ventos calmos, visibilidade acima de 30 km, nuvens esparsas, as temperaturas entre 20 e 29 graus C, ponto de orvalho constante de 20 º C, umidade entre 93 e 56% entre 03:00 e 12 L : 00L.

Kigoma tem uma uma pista de 1767 metros de comprimento (16/34), o limite da pista 34 está deslocado por 300 metros devido a obras, deixando uma distância de decolagem disponível de 1467 meters/4800 pés.

fonte/foto/AvHerald

VÍDEO - ACIDENTE COM HELICÓPTERO APACHE NO AFEGANISTÃO

PILOTOS DA IBERIA ENTRAM EM GREVE, 150 VOOS SÃO CANCELADOS


Os pilotos da companhia aérea espanhola Iberia, parte da International Airlines Group, entraram em greve nesta segunda-feira, deixando em terra 150 voos no primeiro dia de uma série de 30 paralisações contra a criação da unidade de baixo custo Iberia Express. 

Na semana passada, a Iberia recorreu à justiça para impedir a greve dos pilotos e comissários de bordo planejada para os próximos meses e para buscar compensação por 12 dias de paralisações entre dezembro e março. 

As greve chegaram a ser suspensas em março e pilotos entraram em negociações com a companhia. Mas as discussões fracassaram. 

O sindicato de pilotos, o Sepla, afirma que a Iberia Express é uma ameaça a empregos e condições de trabalho, mas a companhia diz que é vital para aumentar sua lucratividade. 

A Iberia estima que as greves causarão perdas de € 3 milhões (US$ 3,92 milhões) por dia. 

Nesta segunda-feira, o site da Iberia mostrava mais de 150 voos cancelados, incluindo para destinos dentro da Espanha, ao redor da Europa e para a América Latina. 

Os pilotos, que planejam cruzar os braços a cada segunda e sexta-feiras até julho, afirmam que o novo serviço de baixo custo da Iberia viola acordos acertados quando a companhia e a British Airways se fundiram para formar a International Consolidated Airlines Group. 

Eles afirmam que 8 mil empregos serão perdidos, conforme a Iberia transfere aviões para a subsidiária de baixo custo. 

A IAG e a Iberia afirmam que a nova subsidiária é a única maneira de tornar a deficitária unidade espanhola lucrativa. 

fonte/Reuters/FolhaSP
Enhanced by Zemanta

VÍDEO - IRIAF F-14

ALUGUEL DE HANGAR NO CAMPO DE MARTE SOBE POR EXCESSO DE AERONAVES PRIVADAS



Mesmo sem linhas áereas regulares, o Campo de Marte, na Zona Norte de São Paulo, é o quinto maior aeroporto do país em movimento operacional, segundo a Infraero (Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária).

O aeroclube está superlotado de helicópteros e pequenas aeronaves privadas, que representam mais de 60% de sua utilização – superando o número de voos realizados para táxi aéreo, instrução, uso policial e aeromédico e transporte empresarial. Enquanto no local trafegam mais de mil aeronaves diárias, a capacidade fixa de estacionamento é de apenas 534 vagas.

Números da Infraero apontam um crescimento de 30% no fluxo de aeronaves e de 28% no número de passageiros transportados no Campo de Marte entre 2008 e 2011. Só no ano passado, 388,1 mil passageiros e 133.508 aeronaves passaram pelo local.

“A mensalidade que cobramos para hangaragem (guarda) de aeronaves dobrou de 2008 para 2012”, diz Jorge Bittar Neto, dono de dois hangares que abrigam helicópteros e aeronaves no Campo de Marte. “A superlotação existe e a demanda por vagas é grande. Sempre tem proprietário de aeronave buscando um lugar”, acrescenta o empresário, que é dono da empresa Helimarte Táxi Aéreo.

Pelo menos 23 hangares abrigam 317 vagas – outras 217 estão disponíveis no pátio. Além dos helicópteros, modelos de jatos como Cirrus, King Air e Phenom (da Embraer) e monomotores da Cessna e da Beechcraft, como o Bonanza e o Baron, são os mais frequentes na pista, segundo a Infraero. O maior avião em operação no loval tem o porte de um ATR-42, com 19 metros de comprimento e capacidade para 19 ocupantes.

Movimento de aeronaves, em especial monomotores e helicópteros, é intenso no Campo de Marte. A falta de vagas para estacionamento fez o preço do hangar dobrar nos últimos cinco anos (Foto: Tahiane Stochero/G1)

“Eu decidi adquirir a concessão dos hangares porque a minha frota estava aumentando e eu tinha helicópteros espalhados nos hangares dos outros por todo o Campo de Marte. Precisava juntar tudo em só lugar. E percebi que, além de faltar vaga para mim, faltava para os outros”, desabafa Bitar Neto.

A concessão do primeiro hangar foi adquirida em leilão da Infraero em agosto de 2009, e a do segundo hangar, em janeiro deste ano. Neles, estão disponíveis 12 vagas internas e 10 externas para avião e mais 16 internas para helicópteros.

A hangaragem de um jato fica em torno de R$ 18 mil mensais no Campo de Marte, segundo Bitar Neto. Já o estacionamento em uma vaga para monomotor gira em torno de R$ 3 mil a mensalidade. O atendimento avulso, só para desembarque e abastecimento no parque, é de R$ 400. Um pernoite, para decolagem logo na manhã seguinte, custa um pouco mais: cerca de R$ 600.

“A maioria dos meus clientes são executivos, empresários, que viajam a trabalho e têm de chegar a pequenas cidades onde nem sempre há linhas comerciais regulares. O país tem mais de 5,5 mil municípios e só há passagens para cerca de 170 destinos. Este tipo de pessoa não tem tempo para perder em aeroporto, passar em raio-X. A aeronave privada gera comodidade no deslocamento e rapidez”, defende Bitar Neto.

fonte/G1 /foto/Wikipedia
Enhanced by Zemanta

QUAIS AEROPORTOS JÁ TEM WI-FI GRÁTIS NO BRASIL

Wi-Fi Signal logoWi-Fi Signal logo (Photo credit: Wikipedia)

A Infraero prometeu levar Wi-Fi gratuito a 18 aeroportos até março. No entanto, o serviço chegou só esta semana e em apenas nove aeroportos. Felizmente, o antigo limite de 15 minutos foi expandido para seis horas – mas o serviço é gratuito em troca de publicidade, e só passageiros podem usá-lo.

Segundo a Folha, você já pode encontrar Wi-Fi gratuito nos aeroportos de Cumbica (Guarulhos), Congonhas, Galeão, Santos Dumont, Pampulha (MG), Porto Alegre, Brasília, Recife e Fortaleza. Até o fim do mês, a Infraero promete levar o serviço para mais seis aeroportos: Viracopos (Campinas), Confins (MG), Curitiba, Salvador, Natal e Manaus.

E como funciona? A Info explica que, ao abrir o navegador, o passageiro verá uma tela da Infraero, onde deverá preencher um cadastro. Para validar o acesso, você insere o número do cartão de embarque. A internet livre não fica disponível no aeroporto inteiro: é só na área de embarque, depois do raio-X. E você só pode usá-la no aeroporto de onde parte seu voo: chegando no seu destino, nada de internet grátis pra você.

O processo para conseguir Wi-Fi gratuito melhorou um pouco: agora você não precisa mais tirar cartãozinho no balcão de informações – basta se conectar direto à rede “INFRAERO wi-fi grátis” e abrir o navegador. E o limite aumentou para seis horas, em vez dos míseros 15min de antes. Mas continua a necessidade de cadastro (ugh) e a internet ainda está restrita à sala de embarque.

Não ficou claro como funciona a propaganda, mas é como eu disse antes: prefiro internet grátis com propaganda a não ter internet grátis – basta não atrapalhar a navegação. Inicialmente, apenas a TIM vai oferecer o Wi-Fi gratuito nos aeroportos, mas em breve duas outras empresas – Linktel e Net – devem entrar no projeto, que está em fase experimental.

fonte/Gizmodo
Enhanced by Zemanta

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...