terça-feira, 9 de abril de 2013

MINISTRO ESPERA FECHAR COMPRA DE 36 CAÇAS PARA FAB EM 2013

O ministro da Defesa, Celso Amorim, afirmou nesta terça-feira, no Rio de Janeiro, que espera para este ano o fechamento da compra de 36 caças para a Força Aérea Brasileira (FAB) dentro do programa F-X2, que se arrasta desde o governo FHC. "Eu tenho a expectativa que sim", afirmou Amorim, acompanhado do vice-presidente da República, Michel Temer, após a abertura da Feira Internacional de Defesa e Segurança (Laad), que acontece no Riocentro, na zona oeste do Rio de Janeiro. Se o Planalto manterá o plano de incluir a pesada compra no orçamento de 2013, o ministro despistou: "não tenho bola de cristal". 

Em seu discurso antes da entrevista, porém, o ministro da Defesa chegou a afirmar "que o Brasil tem pressa pelo F-X2". O programa militar se arrasta há muitos anos e tem três países como principais competidores: França, com os Rafale, EUA, com seus F-18 Super Hornet, e a Suécia, com os Gripen NG. Ainda na época do governo Lula, por questões de proximidade política com o então presidente Nicolas Sakozy, o Brasil ficou perto de anunciar a compra dos caças Rafale, os mais caros da concorrência, a um custo de R$ 16 bilhões, mas com maior transferência de tecnologia. 

O ministro da Defesa do governo Lula, Nelson Jobim, teria, inclusive, engavetado um relatório da FAB que escolhia pelos caças norte-americanos, mais barato (R$ 9 bilhões), e com hora-voo mais barata (R$ 20 mil) - contra o dobro dos franceses. O Gripen NG tem o menor custo (R$ 8 bilhões), mas ainda é considerado um caça pouco testado. Amorim, ainda em seu discurso no Laad, enalteceu também o "momento de relação pacífica entre os vizinhos, e isso é importante para que nós nos certifiquemos que a América do Sul hoje é uma zona de paz". 

"Por que tanta ênfase na defesa, então, se o entorno é absolutamente tranquilo? A resposta a este paradoxo é que o mundo é imperfeito. Os conflitos não foram banidos da face da Terra, novas ameaças sempre são sublinhadas. Existem as velhas ameaças", complementou Amorim, citando ainda o advento do pré-sal em seu argumento. 

"É preciso uma defesa capaz de garantir nossa tranquilidade, que a população possa usufruir destes recursos do petróleo sem nenhum tipo de ameaça", concluiu na Laad, que se estenderá até a próxima sexta-feira (12) e é tido como o evento mais importante de segurança da América Latina, com a participação de cerca de 700 expositores de 40 diferentes países.

fonte/Terra

JAPÃO POSICIONA BATERIAS ANTIMÍSSEIS NA REGIÃO DE TÓQUIO


Japão posiciona baterias antimísseis na região de Tóquio  YOSHIKAZU TSUNO/AFP
A ordem do governo do Japão é abater qualquer míssil que ameace o país Foto: YOSHIKAZU TSUNO / AFP
 
O Japão posicionou baterias de mísseis antiaéreos Patriot em torno de sua capital para defender as cerca de 30 milhões de pessoas que vivem na região de Tóquio da ameaça de um ataque norte-coreano, informou uma fonte oficial nesta terça-feira.

Duas baterias de mísseis terra-ar Patriot Advanced Capability-3 (PAC-3) foram posicionadas diante do ministério da Defesa, em Tóquio, revelou um porta-voz da instituição.

A imprensa local relatou a instalação de baterias de PAC-3 em outras duas posições na região da grande Tóquio.

Baterias de mísseis terra-ar também foram posicionadas na ilha de Okinawa, como informou na segunda-feira o ministro da Defesa, Itsunori Onodera.

As forças japonesas estão autorizadas a derrubar qualquer míssil norte-coreano que ameace o arquipélago, destacou Onodera em entrevista na segunda.

Além das baterias de PAC-3s, destróiers com o sistema de interceptação de misseis Aegis estão posicionados no Mar do Japão, segundo o ministério japonês da Defesa.

A Coreia do Norte, reagindo às sanções da ONU e aos exercícios militares americanos e sul-coreanos, fez uma série de ameaças de guerra nuclear nas últimas semanas.

Pyongyang afirma ter posicionado dois mísseis de médio alcance em lançadores móveis em instalações subterrâneas na costa leste.

Os mísseis teriam um alcance de 3.000 km, com capacidade para atingir qualquer alvo na Coreia do Sul e no Japão, e possivelmente as bases militares americanas situadas no Pacífico norte.

fonte/AFP/ZeroHora
Enhanced by Zemanta

ACIDENTE COM AVIÃO FECHA AEROPORTO DE SINOP, MATO GROSSO


O aeroporto presidente João Batista Figueiredo está fechado para pousos e decolagens. Um avião monomotor sofreu acidente, agora há pouco, e acabou parando ao lado da pista de pouso, ficando de "cabeça para baixo". Nela estavam o piloto e mais duas pessoas. Eles são estrangeiros. Ninguém ficou ferido.  

O piloto estava pousando quando houve o acidente. O trem de pouco dianteiro se despreendeu da fuselagem. A eronave, de fabricação americana, ficou a cerca de 700 metros do terminal de embarque e desembarque de passageiros. Um viatura de combate a incêndio do Corpo de Bombeiros está no local fazendo os procedimentos necessários. Não foi preciso usar água ou algum produto químico.

Uma fonte de Só Notícias disse que está sendo feita a remoação da aeronave seguindo procedimentos do CENIPA - da Aeronáutica. O trabalho deve levar cerca de uma hora e meia com previsão de ir até às 13:15h.

Devido a interdição da pista, o voo (diário) de uma companhia aérea, que sai de Brasília com previsão de chegar em Sinop às 13h deve atrasar cerca de uma hora.

Não foi confirmado destino era Sinop ou iria abastecer e seguir viagem. A Polícia Federal está no local fazendo procendimentos investigatórios porque os ocupantes seriam estrangeiros.

A causa do acidente é desconhecida.
 
 
 
 

Fonte: Só Notícias/Alex Fama/Marcos Azevedo/Cleverton Neves

MIG INDIANOS CONTINUAM NO CÉU







MiG-29, caça, avião, aviação, Força Aérea

RIA Novosti

Na Rússia começou a modernização de caças MiG-29 para a Força Aérea indiana. As seis primeiras máquinas serão atualizadas na usina Sokol, em Nizhni Novgorod. Depois disso, outros 63 MiG-29 serão submetidos a uma modernização, já por empresas indianas.

Os MiG-29 adquiridos no final dos anos 80 – início dos anos 90 operarão na Força Aérea da Índia pelo menos até o final da próxima década.
Herança soviética
As negociações sobre o fornecimento dos mais modernos na altura caças MiG-29 para a Força Aérea da Índia tiveram lugar em meados dos anos 80. Em 1986-1995, a Índia recebeu um total de 80 caças. A liderança militar indiana dava uma grande importância a este negócio. Eles tinham que equilibrar a aquisição pelo Paquistão de aviões F-16A aos Estados Unidos.
No entanto, no final dos anos 90, o MiG-29 foi ofuscado pelo ambicioso programa de fornecimento de Su-30. Estas máquinas multiuso pesadas hoje tornaram-se a base do poder de ataque da Força Aérea indiana. Os MiG, no entanto, continuaram a servir. Entretanto, o contrato para o fornecimento de MiG-29KUB, segundo se acredita, deu um impulso ao programa de modernização dos MiG-29 para a Força Aérea indiana. Por esta altura, quatro das máquinas fornecidas haviam se perdido em acidentes de aviação. Várias outras foram retiradas de serviço por desgaste. Foi decidido atualizar as restantes.
A modernização dos caças MiG-29 indianos até a versão MiG-29UPG está sendo realizada nos termos de um contrato que foi assinado em 2009. O montante do contrato é de 900 milhões de dólares. Do lado russo, o programa envolve a corporação MiG. Graças à modernização, a Força Aérea indiana espera prolongar o prazo de serviço dos aviões de combate até 40 anos. Os MiG devem receber novos equipamentos de bordo radioeletrônicos e sistemas de radar Zhuk-M.
Foi relatado anteriormente que, segundo o acordo com a Índia, na Rússia devem ser atualizados os primeiros dez aviões. Uma das outras condições do programa é que deve ser garantida a compatibilidade dos novos equipamentos de bordo dos aviões com os caças MiG-29K/KUB baseados em porta-aviões, que a Índia recebe no âmbito do acordo de modernização do porta-aviões Vikramaditya. O primeiro voo do MiG-29UPG atualizado teve lugar em fevereiro de 2011.

A nova face do MiG
O objetivo principal da criação da modificação MiG-29UPG é trazer esses aviões para o nível correspondente às características dos MiG-29K e MiG-29KUB que estão atualmente sendo fornecidos à Marinha indiana. As modificações básicas de MiG-29 são projetadas exclusivamente para ganhar superioridade aérea, enquanto as modernizadas serão capazes de atacar navios e alvos terrestres – tanto fixos, como em movimento – a qualquer hora do dia e em quaisquer condições meteorológicas.
O avião ganha a capacidade de usar armas guiadas ar-terra. Além disso, aumenta a capacidade de combustível e instalam-se equipamentos para reabastecimento no ar. Isso permite aumentar o alcance do MiG-29 até aos 1.000-1.500 quilômetros.
O novo equipamento permitirá usar os MiG-29 em conjunto com as máquinas da empresa Sukhoi, já existentes na Índia, aumentando assim a eficácia da Força Aérea em geral.
Algumas fontes têm questionado a necessidade do programa MiG-29UPG. Eles apontam para os planos de fornecimento de 126 caças Rafale à Força Aérea indiana. No entanto, as previsíveis dificuldades em desenvolver a montagem sob licença do Rafale, bem como na sua aplicação, fazem com que a Índia preste muita atenção à manutenção das capacidades de combate das máquinas recebidas nos anos 80 e 90, incluindo os MiG-29 e os Mirage-2000.

fonte/VozDaRussia
Enhanced by Zemanta

KLM ESTRÉIA NOVA CLASSE EXECUTIVA EM JULHO


A reformulação é assinada pela designer Hella Jongerius (foto: divulgação)
A reformulação é assinada pela designer Hella Jongerius (foto: divulgação)

A KLM finalizou a reformulação de sua classe executiva, a World Business Class, agora com novo design. A novidade foi apresentada em evento exclusivo realizado no Aeroporto de Schiphol, em Amsterdã. A designer Hella Jongerius é quem assina a mudança, que resultou em novos carpetes, painéis, cortinas, iluminação, cobertores, almofadas e estofados.

A poltrona full-flat é o destaque da reformulação. Ela é totalmente reclinável e compartimentos de armazenamento nas poltronas e abaixo das telas. Por fim, o número de assentos na executiva será reduzido de 42 para 35 a bordo do Boeing 747-400. Para garantir a sensação de conforto, a designer misturou cores mais quentes e escuras. As cinco novas cores são roxo, castanho-escuro, azul-escuro, azul-cobalto e cinza escuro.

O voo inaugural da primeira aeronave da KLM com a classe executiva reformulada será em julho. A frota Boeing 747-400, composta por 22 aeronaves, será redecorada primeiro, com previsão de conclusão em abril de 2014. Já para os modelos Boeing 777-200, que totalizam 15 aviões, a atualização está prevista para o ano que vem.

fonte/PanRotas
Enhanced by Zemanta

MALHA AÉREA DOMÉSTICA DE NATAL FOI REDUZIDA EM 20%

Português: Forte dos Reis Magos, Natal (RN), B...
 (Photo credit: Wikipedia)
NATAL - A malha aérea nacional, em geral, está enfraquecida. Muitas cidades já perderam voos este ano. Um dos destinos mais afetados é Natal, que sofreu redução em torno de 20% na oferta de assentos nesses dois últimos meses. Confira abaixo a atual malha aérea a partir da capital potiguar, considerando apenas os voos diretos.

Tam - Além de não voar para Recife a partir de Natal há mais de um ano, a Tam agora não tem mais ligações da capital do Rio Grande do Norte para Salvador. As ofertas da empresa para a capital baiana incluem único voo com conexão em Fortaleza ou opções via São Paulo e Rio de Janeiro. A malha da aérea a partir de Natal, atualmente, abrange três voos diretos para São Paulo (03h35, 15h27 e 23h30), dois para o Rio de Janeiro (03h10 e 16h10), dois para Brasília (07h17 e 14h) e um para Fortaleza (10h33).

Gol - A Gol também não voa de Natal para Recife e mantém apenas uma ligação diária e direta com Salvador (04h35). Para São Paulo, oferece duas frequências (02h52 e 15h50). Para o Rio de Janeiro também tem dois voos (03h30 e 17h). Para Brasília, apenas uma ligação direta (02h55). A Gol tem ainda dois voos Natal-Fortaleza (14h30 e 21h15).

Azul - A Azul tem três voos diários de Natal para a capital pernambucana em aeronaves da Trip (08h10 e 18h15) e da própria Azul (15h45), que são a “salvação” dos turistas e, sobretudo, daqueles que viajam a negócios de Natal para Recife. Alguns desses voos prosseguem para Maceió e Aracaju e propiciam conexões para Salvador. Outros permitem continuação para São Paulo (Guarulhos), entre outros destinos. A Azul tem ainda um voo direto a partir de Natal para Campinas (02h05), uma frequência para Belo Horizonte (04h00) e uma ligação, também diária, para Fernando de Noronha (11h06) em aeronave da Trip.

Avianca - A empresa está ampliando sua atuação no Nordeste, mas a partir de Natal oferece apenas duas operações diárias: uma para Brasília (15h10) e outra para Recife (21h10), ambas com prosseguimento para São Paulo (Guarulhos).

fonte/PanRotas
Enhanced by Zemanta

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...