domingo, 31 de março de 2013

ESQUADRILHA DA FUMAÇA SE APRESENTA PELA ÚLTIMA VEZ COM OS EMBRAER TUCANOS T-27

A Tucano of the Esquadrilha da Fumaça lands af...
 (Photo credit: Wikipedia)

Depois de 2,2 mil demonstrações a bordo dos aviões T-27 Tucano, da Embraer, a Esquadrilha da Fumaça encerra neste domingo (31/3), em Brasília, a história de sucesso da parceria dos habilidosos pilotos com os versáteis aviões. A última apresentação do grupo a bordo dos Tucanos foi hoje, às 16h, sobre o Lago Paranoá. O grupo executou as manobras que já fazem parte da memória de pessoas de todos os estados do Brasil e de mais de 20 países do mundo.

Depois do show em Brasília, a Esquadrilha da Fumaça entrará em recesso por pelo menos seis meses, até que os pilotos sejam treinados para manobrarem com a mesma destreza os novos aviões da frota da Esquadilha, os A-29, também da Embraer, conhecidos como Super Tucanos. “É uma troca necessária, tendo em vista a vida útil e a fadiga que os Tucanos vem sofrendo, ao longo desses trinta anos. Terei a honra de realizar a última apresentação”, destaca o Tenente-Coronel Aviador Marcelo Gobett, comandante e líder dos aviadores.

Pelo menos sete tucanos se apresentaram. Apesar de se despedirem da Esquadrilha da Fumaça, os tucanos continuarão a ser utilizados no treinamento de novos pilotos da Força Aérea Brasileira (FAB).

fonte/CorreioBrasiliense
Enhanced by Zemanta

NOS EUA FOI ENCONTRADO CORPO DO PILOTO ATIRADO PARA FORA DO AVIÃO EM VOO







Zodiac 601, avião
Zodiac 601
mflva.com

Nos EUA as equipes de resgate conseguiram encontrar o corpo do piloto que supostamente foi lançado fora em pleno voo.

Segundo investigadores do acidente, durante o voo do avião ligeiro Zodiac 601, registro N999NAo piloto podia ter sido atirado fora da carlinga pela potente corrente do ar que tivesse penetrado o cockpit aberto. O segundo piloto conseguiu pousar o avião danificado no aeroporto de Hamilton County (KFGU), no Tenesse.

Conforme acrescenta a agência Associated Press, o piloto morto era amador e o segundo desempenhava as funções de instrutor. A Reuters informou, por sua vez, que ambos os pilotos eram profissionais experientes.

fonte/ASN/VozDaRussia/foto/Divulgação

INFRAERO VAI DESPEJAR AEROCLUBE FUNDADO POR SANTOS DUMONT EM 1911

Infraero


A Infraero pode cortar as asas da História e ocupar a qualquer momento dois hangares do Aeroclube do Brasil (ACB) no Aeroporto de Jacarepaguá, no Rio, por interesse comercial.
Fundado por Santos Dumont em 1911, o ACB foi a primeira escola de aviação civil do País e ocupa o local desde a década de 70, destinado pelo antigo Departamento de Aviação Civil, mas agora a estatal requer a área para licitação.

A Infraero informa que trata-se de ação de reintegração de posse, em acordo com a entidade, cujo contrato expirou em 2008, sem interesse de renovação da parte do governo.

Desde então, a estatal e os sócios-pilotos do ACB entraram numa turbulência judicial, com derrotas seguidas para os aviadores. O Aeroclube foi notificado para desocupar os hangares. A entidade recorreu da decisão, sonhando em reverter a situação, mas perdeu na 20ª Vara Federal.

O ACB apelou e a ação chegou ao TRF da 2ª Região, e nova derrota. Nos bastidores, há interesse de empresas aéreas em ocupar os hangares para operações no aeroporto, que atende a companhias de táxi aéreo e empresas de suporte a operações offshore de petroleiros.

Sócio-piloto do ACB desde 1958, o comandante Hamilton Bastos lamenta o impasse: ‘O Aeroclube existe desde antes da Infraero. A situação é triste e crítica’. Agora, os sócios-pilotos querem sensibilizar o ministro Moreira Franco, que é do Rio. O novo ministro faz gestões para mudar o comando da Infraero.

fonte/Uol/BlogColunaEsplanada
Enhanced by Zemanta

DIVULGAÇÃO - PROMOÇAO DO MEIO.IN


Leitores,
Com o objetivo de desenvolver e divulgar o meio.in, que você já conhece, estou lançando uma campanha e gostaria de contar com a sua participação e com o auxilio na divulgação, se possível publicando uma matéria no blog ou então compartilhando a página da promoção em sua rede social.

Vou sortear um modelo em metal de um Boeing 737-800 nas cores da Gol.

É bem fácil participar, acesse o site da promoção para se cadastrar informando o seu email e depois compartilhe o link da promoção com seus amigos. A data do sorteio será 12/04.

http://meioin.launchrock.com/

O regulamento pode acessado aqui http://migre.me/dS9a8

BUSCAS POR AVIÃO EM SERRA DA ABELHA SÃO SUSPENSAS

VITOR MEIRELES - O Corpo de Bombeiros Voluntários de Presidente Getúlio suspendeu sexta-feira, por volta das 9h, as buscas pelo avião que teria desaparecido quinta-feira, na Serra da Abelha, em Vitor Meireles, no Alto Vale do Itajaí.

Segundo o comandante da corporação, Amarildo Molinari, as buscas ainda foram retomadas no início da manhã de sexta-feira, mas nada foi encontrado. Conforme informações da equipe de resgate, o paraquedas visto por moradores se tratava de um praticante de parapente que fazia um voo entre Presidente Getúlio e Jaraguá do Sul.

– Como não havia condições para seguir viagem, o praticante de parapente desceu na região onde as pessoas relataram, juntou o equipamento e foi embora. Por coincidência, um avião deve ter passado no mesmo momento, o que confundiu alguns moradores – esclarece.

Molinari informou ainda que não havia nenhum registro de aeronave desaparecida na Infraero, o que levou a equipe a suspender as buscas. Num primeiro momento, moradores da cidade relataram que ouviram o barulho de motor e um estrondo. Outros teriam visto um paraquedas e um pequeno avião sobrevoando Vitor Meireles.

No entanto, o Aeroclube de Lontras confirmou que as duas aeronaves que decolaram na tarde de quinta-feira pousaram em segurança.

fonte/JornalDeSantaCatarina

AVIÕES EXPERIMENTAIS CONSTRUÍDOS EM SANTA CATARINA VOAM ATÉ OS ESTADOS UNIDOS PARA FEIRA

Dois exemplares do modelo Wega 180, primeiro avião experimental construído em Palhoça, decolam no próximo domingo (31) em direção aos Estados Unidos, para participar de uma feira de aviação. A viagem até a Florida terá cerca de 8 mil quilômetros de voo e oito escalas.

O idealizador do projeto, o mecânico e técnico em robótica, Jocelito Wildner, explica: "eu tenho uma visão um pouco diferenciada de aerodinâmica, e juntei vários fatores da aerodinâmica para ter o desempenho esperado. O avião faz 350 km/h, o acabamento é um dos melhores do mundo. Pode ser comparado com um carro esporte, como Ferrari".

O avião também foi testado pelo presidente da Fiesc, Glauco José Corte. "O avião tem estabilidade, conforto, segurança. Estamos animados com as perspectivas nesta área, para dar um novo impulso ao desenvolvimento do estado", comenta.

Cesar Olsen, presidente do Comitê da FIESC para o Desenvolvimento da Indústria Aeronáutica, também aprova o projeto. "Inovação é fazer aquilo que ninguém fez. Apesar dos componentes importados, o projeto é 'made in Palhoça'. A feira nos Estados Unidos será uma vitrine para mostramos o que se faz aqui em Santa Catarina e, principalmente, do potencial que o estado tem para atrair investidores", explica o empresário.

As naves serão expostas na Sun & Fun, considerada a segunda maior feira da aviação do mundo em tamanho e a mais expressiva em termos de negócios. Confira o roteiro previsto:

1º dia:
São José (SC) - Três Lagoas (MG)
Três Lagoas - Sinop (MT)
Sinop - Manaus (AM) ou Alta Floresta (MT)

2º dia:
Alta Floresta/Manaus - Boa Vista (RR)
Boa Vista (RR) - Georgetown (Guianas)
Georgetown - Granada

3º dia:
Granada - Saint Marteen
Saint Marteen - Providenciales, Bahamas
Providenciales - Fort Pearce (EUA)
Fort Pearce (EUA) - Lakeland (EUA).

Total: cerca de 8 mil km (4.200 milhas náuticas)


fonte/G1

LUTO - FAB SE DESPEDE DO HERÓI DE GUERRA MAJOR-BRIGADEIRO MEIRA





Com a mesma garra com que combateu na Segunda Guerra Mundial, o Major-Brigadeiro do Ar José Rebelo Meira de Vasconcelos travava há cinco dias uma intensa luta no Hospital Central da Aeronáutica. Na manhã deste sábado (30/3), às 8h25, a batalha cessou aos 90 anos. A Força Aérea Brasileira perdeu, assim, um de seus maiores ícones. Herói de guerra, militar dedicado, deixou um legado inestimável para a FAB, para a aviação de caça e para o Brasil. O velório do Major-Brigadeiro Meira será realizado nesta tarde, das 13 às 16 horas, no Terceiro Comando Aéreo Regional (III COMAR). O sepultamento está marcado para o Cemitério São João Batista, às 17 horas, no Rio de Janeiro. 

A trajetória do Major- Brigadeiro Meira iniciou-se em 1943, quando se formou na Escola de Aeronáutica no Campo dos Afonsos, no Rio de Janeiro. Como Aspirante, seguiu para o Nordeste, mas logo em seguida foi convocado para servir no 1º Grupo de Aviação de Caça (1º GAVCA).

O Grupo foi enviado para a 2ª Grande Guerra Mundial. No conflito, o Brigadeiro Meira tornou-se um herói. Cumpriu nada menos que 93 missões no front europeu, como piloto de caça da Esquadrilha Verde. Sua primeira missão ocorreu em 11 de novembro de 1944 e a última em 2 de maio de 1945, considerada a derradeira missão do Grupo de Caça nos céus da Itália. Em 18 de junho de 1945, o militar partiu de Pisa, na Itália, para os EUA a fim de efetuar o translado de novos aviões P-47 para o Brasil. Em sua carreira militar voou 6.000 horas entre as aviações de caça e de transporte.

Ao regressar ao Brasil, foi formar novos pilotos de caça no Grupo de Aviação de Caça, na Base Aérea de Santa Cruz. Por causa de sua grande experiência, foi convocado para transmitir a doutrina aplicada na Guerra aos oficiais, como instrutor da Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais da Aeronáutica, em São Paulo. Comandou ainda a Escola de Bombardeio Médio.

Os vínculos e as amizades constituídas durante a Guerra tornaram-se perenes e renderam situações inusitadas. Durante o conflito mundial o então Tenente Meira era comandado pelo Major Nero Moura, que mais tarde assumiria o cargo de Ministro da Aeronáutica. Quando o Brigadeiro Meira, casado havia pouco tempo, chegou em Recife, foi convocado pelo Ministro Nero Moura de forma enfática: “Esteja em meu Gabinete, aqui no Rio de Janeiro, amanhã às 15 horas”. Ainda que tentasse argumentar, a confirmação do Ministro teve igual ênfase: “Esteja em meu Gabinete amanhã às 15 horas”. Foi designado então Oficial de Gabinete e Ajudante de Ordens do Ministro da Aeronáutica. Em um cenário distinto do vivido na campanha da Itália, os amigos voltavam a conviver. 

Na sequência de sua carreira, o Brigadeiro Meira ocupou vários cargos de destaque. Foi Membro da Comissão Aeronáutica em Washington, EUA; Comandante e Oficial de Operações do 2º Grupo de Transporte; Chefe da Seção de Logística e de Operações do Comando de Transporte Aéreo; Instrutor da Escola de Comando e Estado Maior da Aeronáutica; Subchefe do Gabinete do Ministro da Aeronáutica; Chefe da Seção de Planejamento do Estado Maior da Aeronáutica; Membro do Corpo Permanente da Escola Superior de Guerra.

Reformado em outubro de 1966 no Posto de Major Brigadeiro do Ar, o incansável Brigadeiro Meira continuou desenvolvendo suas atividades na vida civil. Entre os cargos que ocupou estão o de Superintendente Administrativo da Sondotécnica Engenharia de Solos S.A; Diretor Administrativo da Sondoplan Planejamento, Pesquisa e Análise S.A; Superintendente de Coordenação Operacional da VASP; Presidente da Cia Brasil Central Linha Aérea Regional; Assessor de Operações, Diretor Administrativo e Vice Presidente Executivo da Brinks S.A.

De temperamento afável, o Brigadeiro-Meira deixa um legado de profissionalismo e será sempre lembrado pela serenidade. Serenidade como a que exibia no Birutinha, bar do Clube de Ultra-leves que fica no Clube de Aeronáutica da Barra da Tjuca. Ouvia atentamente as histórias de seus companheiros, mas quando na roda de amigos o assunto era o Grupo de Aviação de Caça, ali estava ele para contar com riqueza de detalhes as agruras, as dificuldades e as vitoriosas missões da FAB na Segunda Guerra Mundial. Relatos que só mesmo um herói de guerra poderia fazer. 

fonte/AgênciaForçaAérea

COMO ERA FEITO O PIPER CUB J-3..UMA LENDA


MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...