terça-feira, 25 de outubro de 2016

ATUALIZADO - MONOMOTOR CAI EM PASSO FUNDO


Queda de aeronave mata dois tripulantes em Espumoso Divulgação/Brigada Militar
Foto: Divulgação / Brigada Militar
 Um avião monomotor, modelo EMB-711 Corisco, sofreu um grave acidente ao final da manhã desta terça-feira, 25/10, causando a morte do piloto e do diretor executivo do Grupo Cielo, Joduciel Roberto Kolberg, de 33 anos. Após reabastecimento em Espumoso, o avião decolou e, logo em seguida, acabou caindo e provocando um choque violento com o solo. O avião tinha como base Passo Fundo, pois pertence à empresa Cielo. Em consequência do acidente morreu o piloto Diego Bohrer e um passageiro, provavelmente da própria empresa Cielo. Não há informações sobre as causas da queda, fator que depende de análises e investigações. O Comandante Diego era piloto comercial com IFR e instrutor de voo. No próximo dia 12 de novembro ele completaria 35 anos de idade,  deixa a esposa e um filho.

fonte/ONacional
A queda de um avião monomotor matou duas pessoas por volta das 11h desta terça-feira em Espumoso, no norte do Rio Grande do Sul. De acordo com as primeiras informações, a aeronave, que é particular, caiu logo após decolar no Aeroporto Municipal de Passo Fundo. Conforme apurou a Rádio Gaúcha, as vítimas ainda não foram identificadas. 

Segundo o Aeroclube de Espumoso, o monomotor caiu cerca de 300 metros depois da cabeceira da pista. Haviam apenas duas pessoas na aeronave. 

As informações iniciais indicam que o avião estava com excesso de carga e a decolagem ocorreu com vento de cauda, o que não é indicado nessas situações. A estrutura estava carregada de vodca. 

Uma equipe da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) está se deslocando para local. A Brigada Militar e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) estão atendendo a ocorrência. Segundo informações do Aeroclube, o avião não chegou a explodir, mas ficou completamente destruído.

AJUDE A ESQUADRILHA DA FUMAÇA EM TRANSFORMAR O A-29 SUPER TUCANO EM BRINQUEDO DA LEGO

Dez mil é o número suficiente de votos que a FORÇA AÉREA BRASILEIRA e a Esquadrilha da Fumaça (EDA) precisam para que a empresa Lego possa produzir a aeronave A-29 Super Tucano da Fumaça em formato de brinquedo. E para atingir essa meta, precisamos dos votos de todos vocês. Para votar, basta entrar neste link: https://ideas.lego.com/projects/156154 seguir as orientações.

 Antes de votar, o internauta precisa fazer o cadastro no site da Lego. Para aqueles que possam achar difícil a forma de votar, nosso seguidor do Twitter, Anderson Cazarotti, escreveu um rápido tutorial para que você possa contribuir com essa nossa corrida contra o tempo: https://goo.gl/PAZfYq.   

O Comandante da Fumaça, Tenente-Coronel Líbero Onoda Luiz Caldas, afirmou que a meta deverá ser atingida. “Estamos muito felizes com a mobilização de todos nas redes sociais, pois estão votando bastante na campanha. Acredito que vamos chegar, com certeza, a 10 mil votos e vamos poder divulgar a aeronave brasileira da EMBRAER para todo o mundo por meio de brinquedos”.

Como tudo começou
No Dia das Crianças, a Força Aérea Brasileira divulgou um vídeo em que o engenheiro mecatrônico Alex Paschoaletto, formado pela Universidade de Brasília (UnB), montou a aeronave A-29 Super Tucano em formato de brinquedo da Lego. Segundo o próprio Paschoaletto, em texto publicado no site da empresa, a proposição inusitada foi feita porque ele é um grande admirador do trabalho da instituição. “A Esquadrilha da Fumaça realiza demonstrações dentro e fora do Brasil e enche nossos olhos de alegria quando faz suas manobras e escritas desenhadas com a fumaça. Eu tenho muita consideração pela Esquadrilha, e que maneira melhor de prestar uma homenagem do que fazendo aquilo que eu sei criar de melhor?”

Paschoaletto já possui o costume, desde criança, de transformar suas paixões em brinquedo da Lego. “Tudo que o homem constrói - como carros, aviões e barcos - eu admiro muito e tento criar em formato de brinquedo. A minha primeira criação profissional foi feita em 2012 de um carro da Toyota. Desde então, não parei mais de criar”, explicou. E este ano, ele escolheu a Esquadrilha da Fumaça para poder homenageá-la. “Poder contribuir com a divulgação da Fumaça, uma instituição brasileira tanto admirada por todos, só me dá orgulho. Se esse brinquedo for produzido, poderá ser vendido não só aqui no Brasil, mas também em todo o mundo”.

Paschoaletto revela que é grande admirador da Fumaça desde criança. “Eu morava ao lado do Cindacta II, em Curitiba. Assim, eu assistia às demonstrações da Esquadrilha e, em todas as vezes, ficava maravilhado com as acrobacias. Nunca vi ninguém criticando o trabalho da Fumaça. Só ouço elogios. Por isso, resolvi fazer essa grande homenagem”. 

A réplica do A-29 possui os seguintes elementos: trens de pouso recolhíveis, profundor e leme móveis, canopy removível, permitindo acesso a um interior detalhado, suporte para display na estante e hélice de cinco pás, de acordo com a original. Segundo ele, o grupo Lego não possui peças próprias para fazer uma hélice de cinco pás. “Portanto, foi um desafio a mais poder fazer esta configuração. Para quem curte técnicas avançadas, essa parte vai ser um prato cheio”, ressaltou. O modelo está em escala aproximada de 1:39 e dispõe de aproximadamente 400 peças.

*Outras informações com a Seção de Comunicação Social pelo telefone: (19) 3565-7236.
Fotos: Alex Paschoaletto
Assista ao vídeo de como montar o A-29 da Fumaça em formato de brinquedo da Lego: 

 

TAP PORTUGAL ADMITE PILOTOS - PRAZO ATÉ 4 NOVEMBRO

A TAP Portugal tem a decorrer um processo de recolha de candidaturas para pilotos. Poderão se habilitar indivíduos de ambos os sexos, com idades compreendidas entre os 21 e os 40 anos de idade, habilitados com licença de piloto comercial de avião e que tenham, pelo menos, 250 horas de pilotagem. 

As condições de admissão constam de um anúncio publicado pela companhia, que a seguir reproduzimos e no qual constam os requisitos necessários para os pilotos se candidatarem à seleção dos novos pilotos da companhia aérea de bandeira portuguesa.

Os selecionados serão depois dirigidos para um curso de formação que será ministrado de acordo com as exigências da TAP Portugal. O prazo de recepção das candidaturas termina no dia 4 de novembro.


anuncio-pilototap-700px



fonte/foto/NewsAvia

segunda-feira, 24 de outubro de 2016

QUEDA DE BIMOTOR EM MALTA

The Metroliner that crashed this morning. Photo: Shaun Psaila 
The Metroliner that crashed this morning. Photo: Shaun Psaila


Cinco pessoas morreram na manhã desta segunda-feira na sequência da queda de um bimotor, em Malta. 
Segundo informações da Reuters, estariam a bordo oficiais ligados à União Europeia (UE), mais concretamente à Frontex, um organismo direcionado para o controlo de fronteiras externas.

O avião em causa é um Swearingen SA227-AT Expediter, registro N577NX, nrº série AT-577, um aparelho que pode transportar até 10 pessoas, e teria como destino Misrata, na Líbia. O avião caiu pouco tempo depois de levantar voo do Aeroporto Internacional de Malta, em Luqa.

Segundo a edição online do Times of Malta, o voo teria sido fretado no Luxemburgo (CAE Aviation) para ser usado precisamente por oficiais da Frontex. O mesmo jornal cita fontes locais que revelam que nenhum dos tripulantes teria sobrevivido.

fonte/Reuters/JN

domingo, 23 de outubro de 2016

23 OUTUBRO - DIA DO AVIADOR E DA FORÇA AÉREA BRASILEIRA


TIRO ATINGE MONOMOTOR DURANTE VOO ENTRE FLORIANÓPOLIS E PORTO BELO, SANTA CATARINA


Tiro atingiu asa esquerda do Cessna em Santa Catarina (Foto: Voe Floripa/Divulgação) 
Tiro atingiu asa esquerda do Cessna em Santa Catarina (Foto: Voe Floripa/Divulgação)

Um avião Cessna 152 foi atingido por um tiro após decolar do Aeroporto Hercílio Luz, em Florianópolis, rumo a Porto Belo, no Litoral Norte, na manhã de sábado (22). Ninguém ficou ferido e o avião, onde estavam dois funcionários de uma escola de aviação, pousou normalmente.

De acordo com a escola Voe Floripa, dona do avião, o disparo só foi percebido após o pouso, no Condomínio Aeronáutico Costa Esmeralda. O tiro atingiu a asa esquerda, próximo ao tanque de combustível, e danificou a asa e o flap.

Segundo o diretor de ensino da empresa, Eduardo Faraco, o avião decolou por volta das 10h, em direção à Ilha do Campeche, fez uma curva à esquerda, passando pela região do Estádio da Ressacada e do bairro Carianos, e seguiu em linha reta sobre a água, passando pela ponte Hercílio Luz e baía norte da capital.

Ao passar pela cidade de Biguaçu, o avião ingressou novamente sobre região de terra, sobre área rural, com poucas habitações, e passou por um bairro de Tijucas (veja mapa com o percurso ao final da reportagem).

Avião atingido no sábado em Santa Catarina é o modelo Cessna 152 (Foto: Voe Floripa/Divulgação) 
Avião atingido no sábado em Santa Catarina é o modelo Cessna 152 (Foto: Voe Floripa/Divulgação)
 
"O único trecho, fora o Carianos, que ele sobrevoou e é bem habitado é a região de Tijucas próximo ao mar. Os pontos onde ele [avião] estava mais baixo eram justamente os pontos habitados. O avião voou  a 800 metros até Tijucas, onde desceu para 400 metros e ingressou no circuito de tráfego de pouso do Costa Esmeralda", disse o diretor.

A empresa afirma que registrou a ocorrência junto às polícias Civil e Federal no aeroporto de Florianópolis. "Colocar uma aeronave em risco é crime federal. O Controle de Tráfego Aéreo foi informado, assim como o Cenipa [Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos] e Seripa [Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos], que são órgãos de investigação de acidente", disse Faraco.

"O plot radar do nosso avião vai ser disponibilizado semana que vem, fica gravado por 30 dias, para se poder ter certeza da posição geográfica do avião. A polícia vai fazer investigação balística para identificar qual foi a arma, calibre e direção. Aparentemente o tiro partiu bem de baixo, provavelmente o avião passou por cima do atirador", afirmou.

Tiro foi próximo ao tanque de combustível do avião (Foto: Voe Floripa/Divulgação) 
Tiro foi próximo ao tanque de combustível do avião (Foto: Voe Floripa/Divulgação)

A escola também divulgou uma nova sobre o incidente. "Estamos muito consternados com a situação de atentado explícito à segurança da aviação, sendo vitimas de uma ocorrência criminosa. Nossa preocupação maior é com a situação extrema que chegou a segurança em nosso país e região, pois se uma aeronave de pequeno porte esta sendo alvo de uma ação criminosa como essa, podendo resultar em algo catastrófico, imagine uma aeronave maior de transporte."

O G1 procurou na manhã deste domingo o Destacamento de Controle do Espaço Aéreo de Florianópolis (DTCEA-FL), para obter mais informações sobre o caso e sobre a segurança do espaço aéreo, mas foi informado de que o setor de comunicação só poderia atender na segunda-feira.

A reportagem também procurou a Polícia Federal no aeroporto, mas a equipe de plantão no domingo afirmou não dispor de informações sobre a ocorrência de sábado. A Superintendência da PF em Florianópolis informou que o caso ainda não foi recebido.

O G1 também não conseguiu contato com a Polícia Civil.




fonte/foto/G1

VOO É DESVIADO DE CONGONHAS PARA CUMBICA APÓS INDICAÇÃO DE FALHA

Um voo da Gol que saiu do Aeroporto Internacional de Confins, em Belo Horizonte, Minas Gerais, com destino ao Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, foi desviado para o Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos, na manhã deste domingo (23) por precaução e questões de segurança.
 
Segundo a Gol, por meio de sua assessoria de imprensa, o voo 5472 partiu de Confins às 10h10, com previsão de pousar em Congonhas às 11h20. O piloto recebeu no painel de controle uma indicação de falha no slat (disposito localizado na asa e de apoio ao flap, usado para o controle do pouso). A companhia disse que, apesar da indicação, não se constatou "problema técnico" durante o voo.

A Gol informou que é procedimento padrão o desvio para Guarulhos quando há indicação de falha, porque a pista de Congonhas é mais curta do que a do Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos.

Conforme a Gol, os 125 passageiros a bordo desembarcaram de forma tranquila às 11h30 deste domingo em Cumbica. A empresa forneceu ônibus para os passageiros seguirem para Congonhas, na Zona Sul da capital.

fonte/G1

INCIDENTE COM ATR72-600 NO AEROPORTO DE LISBOA - 22.10.2016

incid-atr-tap_cs-djf-gabriella-mello-mfproducoes-900px

Não há feridos entre os 20 passageiros e quatro tripulantes de um avião ATR72-600 da TAP Express, matrícula CS-DJF, operado pela White Airways, que fazia o voo TP1971, da Ponte Aérea Lisboa-Porto-Lisboa, e que sofreu um incidente ao pousar na noite deste sábado, dia 22 de outubro, no Aeroporto Internacional Humberto Delgado, em Lisboa.

O avião terá quebrado o trem de nariz, após o rebentamento de um pneu ao tocar na pista de aterragem e na manobra de travagem terá ainda afetado o trem central do lado esquerdo que ficou também quebrado. Álvaro Neves, diretor do Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves (GPIAA), confirmou que o avião tem os dois trens avariados.

Um comunicado da TAP distribuído ao início da madrugada deste domingo confirma o incidente, e refere que a ocorrência se deveu “ao rebentamento de um pneu no momento da aterragem”. “Os 20 passageiros a bordo, tal como os tripulantes,  já saíram do avião e seguiram normalmente para os seus destinos”, conclui a nota de imprensa da companhia aérea portuguesa.

Devido ao ATR 72-600 da TAP Express ter ficado imobilizado na pista o movimento de aterragens e descolagens esteve suspenso desde as 22h35, hora em que ocorreu o incidente. Os aviões que chegavam a Lisboa foram desviados para Faro e Porto, de onde começaram a retornar depois das duas horas da madrugada deste domingo, dia 23 de outubro. Foi aberta uma pista secundária do Aeroporto de Lisboa, normalmente pouco utilizada, que está a ajudar na regularização do tráfego aéreo nesta madrugada.

Os passageiros e tripulantes do ATR72-600 saíram pelos seus próprios meios do avião, não se tendo registrado feridos. Também dentro do avião não se registraram cenas de pânico. Tudo decorreu com muita calma, disse um passageiro do voo entrevistado pelo canal português de televisão SIC, que apenas só estranhou o fato do avião ter descido para a pista de forma muito rápida antes do impacto que provocou o rebentamento dos pneus.

No local do acidente já se encontra um inspetor do GPIAA, disse o diretor deste serviço em declarações feitas à agência noticiosa portuguesa Lusa.

tap-express-cs-djf-pedroaragao-900px

Na imagem vemos o avião ATR72-600 da TAP Express envolvido no incidente que ocorreu na noite de sábado, dia 22 de outubro, no Aeroporto de Lisboa. Foto © Pedro Aragão.

Também a ANA – Aeroportos de Portugal, empresa concessionária do Aeroporto de Lisboa, distribuiu um comunicado nas redes sociais, em que confirma que o incidente ocorreu pelas 23h35, dentro do perímetro aeroportuário, “tendo sido acionados de imediato todos os meios internos e externos para atuação em caso de emergência”.

O comunicado da entidade aeroportuária refere ainda que o aeroporto esteve encerrado ao tráfego aéreo até as 0h15m, hora a que a pista secundária (17/35) foi reaberta para operações de descolagem e depois de aterragem. O primeiro avião a aterrar em Lisboa após o incidente foi um Embraer E190 da TAP Express, operado pela PGA -Portugália Airlines, com um voo oriundo do Porto. Outros aviões que aguardavam em Faro, Porto e Madrid o desimpedimento da pista principal do Aeroporto de Lisboa, estão a retomar os seus voos.

Fontes aeroportuárias disseram que o tráfego deverá estar regularizado na manhã de domingo, dia 23 de outubro, com a eventual reabertura da pista principal (03/21).

fonte/foto/G1

sexta-feira, 21 de outubro de 2016

INCIDENTE QUÍMICO NO AEROPORTO DA CITY LONDRES


O Aeroporto da City de Londres, no Reino Unido, está a ser evacuado esta sexta-feira devido a um "incidente químico", revelaram os bombeiros da cidade.

Fotografias nas redes sociais mostram que alguns passageiros foram encaminhados para a pista, por precaução. Serão cerca de 500 as pessoas retiradas da gare.

Vários voos internacionais com destino a Londres foram desviados para outros aeroporto e todos os movimentos na pista foram travados.

Os bombeiros de Londres estão no local e afirmam estar a "tratar de pacientes" no aeroporto.

fonte/foto/Jn.pt

20 DE OUTUBRO - DIA INTERNACIONAL DO CONTROLADOR DE TRÁFEGO AÉREO - PARABÉNS


INCIDENTE COM AVIÃO CARGUEIRO NO AEROPORTO DE RECIFE



Avião fez pouso forçado no Recife (Foto: José Francisco/ Reprpdução WhatsApp) 
 (Foto: José Francisco/ Reprodução WhatsApp)
 
Um avião de carga fez um pouso forçado na pista do Aeroporto Internacional do Recife/Gilberto Freyre, no início da manhã desta sexta-feira (21). A aeronave teve um problema técnico no trem de aterrissagem.  De acordo com a Infraero, a písta ficou fechada por cerca de 40 minutos para pousos e decolagens.


O fato aconteceu por volta das 6h30. As informações foram confirmadas pela torre de controle. A empresa que gerencia o terminal aeroportuário também informou que por volta das 7h10 a pista foi liberada. A Infraero acompanha a retirada da aeronave.


O avião partiu de Guarulhos, São Paulo. É um avião de carga postal. Três tripulantes estavam a bordo e não houve feridos. Sobre as causas do acidente, a Infraero informou que vai aguardar o resultado da perícia. Uma nota oficial será divulgada ainda nesta sexta-feira.

Avião fez pouso forçado no Recife (Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press) 
Pista ficou fechada por 40 minutos (Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press)
 
fonte/foto/G1

sábado, 15 de outubro de 2016

GALAXY NOTE 7 PROIBIDOS NOS EUA - PROIBIÇÃO FOI ASSUMIDA POR COMPANHIAS EUROPÉIAS

samsung_galaxy_note7-900px

O Departamento de Transportes dos Estados Unidos da América anunciou na sexta-feira, dia 14 de outubro, que os ‘Samsung Galaxy Note 7’, quando ligados, desligados ou, mesmo, desmontados estão proibidos de viajar em aviões comerciais. E antes, que alguém contraponha argumentos para transportar o seu telefone portátil dessa marca, a entidade ameaça que quem desobedecer à determinação governamental sujeita-se a ser acusado perante as instâncias judiciais e a ver confiscado o equipamento.

O transporte do ‘Galaxy Note 7’ já estava proibido desde há algumas semanas, nas bagagens de porão dos passageiros, assim como de estar ligado durante os voos. Agora com a recente decisão da Samsung de recolher todos os aparelhos desse modelo, a FAA, autoridade de aviação civil dos EUA, decidiu propor às autoridades que o telefone seja banido de vez.

Os ‘Galaxy Note 7’ apresentaram graves problemas de sobreaquecimento das baterias provocando focos de incêndio e pequenas explosões, alguns dentro de aviões comerciais, como tem sido referenciado pela imprensa internacional nos meses recentes.

O Departamento de Transportes dos EUA, na comunicação distribuída na sexta-feira, dia 14 de outubro, e na qual anuncia a proibição, diz que está certa das perturbações que esta decisão pode causar aos clientes das linhas aéreas, mas explica que se viu obrigado a tomar esta atitude, dado que o eventual incêndio de um telefone móvel a bordo de um avião pode colocar em perigo centenas de vidas.

Entretanto, neste sábado, dia 15 de outubro, sabe-se que outros países estão a estudar a possibilidade de proibir também o embarque de aparelhos ‘Samsung Galaxy Note 7’. Até ao princípio da tarde deste sábado, a Air Berlin e a KLM avisaram através das redes sociais e nos balcões de atendimento das companhias nos aeroportos onde trabalham, de que estão rigorosamente proibidos os embarques desses aparelhos.

fonte/foto/NewsAvia

quinta-feira, 13 de outubro de 2016

HELICÓPTERO CAI DURANTE POUSO EM CANELA


Um helicóptero caiu durante o procedimento de pouso na área do aeroporto de Canela por volta do meio-dia desta quinta-feira. Duas pessoas, o piloto e um mecânico, tiveram ferimentos leves e foram encaminhados ao Hospital de Caridade de Canela. Um terceiro ocupante da aeronave, o co-piloto, já estava em outro local no aeroporto quando as equipes de socorro chegaram e, por isso, não foi atendido. O piloto e o mecânico passam por atendimento, mas não correm risco de morte. O aeroporto de Canela fica na Av. José Luiz Corrêa Pinto, entre os bairros São José, Laje de Pedra e Vila Dante. As identidades do piloto, co-piloto e do mecânico não foram divulgadas.

Conforme o instrutor de vôo Tiago Tissiani, que atua no Aeroclube de Canela, a aeronave se preparava para pousar quando houve uma pane, ainda não identificada. O helicóptero estaria vindo de Eldorado do Sul.
— O piloto teve a habilidade de fazer o procedimento de emergência ainda em voo. Dependendo de onde cai, e como cai, a aeronave pode ficar bastante deteriorada. Nesse caso, uma das pás da hélice bateu no chão, o que fez com que o helicóptero virasse.

Publicidade
A aeronave parou em um banhado a 100m da pista. Conforme Tissiani, os ocupantes do helicóptero saíram por conta própria. Os bombeiros de Canela e o Samu atenderam a ocorrência e encaminharam os feridos ao hospital. A ocorrência nesta quinta-feira não afeta a operação do aeroporto, de acordo com Tissiani.

A área onde o helicóptero caiu foi isolada. A investigação sobre as causas do acidente ficará a cargo da Força Aérea Brasileira. Uma equipe do Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa) do V Comando Aéreo Regional (Comar), sediado em Canoas, está em deslocamento para levantar as primeiras informações.

fonte/ZeroHora

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

ATENÇÃO MINAS GERAIS - QATAR AIRWAYS VAI SELECIONAR COMISSÁRIOS DE VOO NO DIA 15 DE OUTUBRO

Qatar-Avjobs-Lisboa-Main


A Qatar Airways, companhia aérea do Catar, irá realizar um evento de seleção de candidatos para funções de comissários e assistentes de bordo na cidade de Belo Horizonte, Estado de Minas Gerais (Brasil), no próximo sábado, dia 15 de outubro.

Os candidatos devem ter a idade mínima de 21 anos, ter o ensino médio completo e fluência oral e escrita na língua inglesa. Todas as condições exigidas estão disponíveis no site da empresa.

Para participar do processo seletivo, é necessário se inscrever antes pelo link https://qatarairways.sniperhire.net/UserRegistration.aspx?CompanyID=72&ChannelID=1787. No dia do recrutamento, que irá ocorrer das 09h00 às 17h00, os candidatos devem levar uma cópia do passaporte, uma cópia do diploma de mais alto grau que possuírem, uma foto com o mesmo tamanho da do passaporte tirada em traje formal e uma foto de corpo inteiro também em trajes formais.

A companhia árabe, uma das melhor consideradas no setor da Aviação Comercial em todo o mundo, procura profissionais de cabina que tenham uma personalidade comunicativa e com habilidade para trabalhar em uma equipa multinacional. É preciso ainda estar disponível para se mudar para Doha, capital do Catar.

Os candidatos inscritos e selecionados para o concurso de comissários de bordo terão de se apresentar em traje social no dia 15 de outubro, entre as 09h00 e as 17h00, no Hotel Radisson Blu, na Rua Lavras, 150, Savassi, em Belo Horizonte.

A Qatar Airways também está com uma vaga aberta no Brasil para agente financeiro. Entre as tarefas do posto estão fazer contatos para pagamentos com clientes e fornecedores e emitir notas de crédito para os clientes da companhia. A vaga é para a cidade de São Paulo. Mais informações estão disponíveis no link http://careers.qatarairways.com/qatarairways/VacancyDetail.aspx?VacancyID=116515.

fonte/foto/NewsAvia

sábado, 8 de outubro de 2016

BASE AÉREA DE CANOAS TERÁ MUDANÇAS COM A REESTRUTURAÇÃO DA FAB


Base aérea de Canoas terá mudanças com a reestruturação da FAB Tomaz Silva/Agência Brasil/ Fotos Públicas

A Força Aérea Brasileira (FAB) passará por mudanças. No Rio Grande do Sul, nova nomenclatura e atribuições, além da transferência de um esquadrão de Florianópolis para Canoas, integram a reestruturação concebida para modernizar as operações e reduzir gastos com pessoal.

Sediado em Canoas, o V Comando Aéreo Regional (V Comar) será desativado até 31 de dezembro. Em seu lugar, a FAB criará a Ala 5, que manterá os efetivos e a representação institucional no sul do país e terá foco nas operações, como atividades de defesa aérea, patrulha e transporte. Comandante do V Comar, o brigadeiro Jeferson Domingues ficará à frente da Ala 5. Ala é um termo utilizando mundialmente em forças aéreas.

As novidades ocorrem em todo o país, em um processo que mira o centenário da FAB, daqui a 25 anos. Na análise do comando da Aeronáutica, a atual estrutura tem aspectos que remetem ao nascimento da instituição, em 1941, durante a II Guerra Mundial.

Publicidade
A meta é garantir em 2041 uma força aérea enxuta, eficiente e com forte capacidade de dissuasão. Nessa linha, a FAB decidiu regionalizar o controle das operações. Atualmente, os esquadrões que ficam nas bases de Canoas e Santa Maria atuam segundo as orientações de comandos localizados em Brasília e no Rio de Janeiro.

Com a mudança, a execução das tarefas fica com a Ala 5, que também absorve a base de Canoas e responderá pelas de Santa Maria e Florianópolis. No caso catarinense, a base ficará sem um esquadrão fixo, mas será utilizada com frequência, modelo repetido em outros locais do Brasil. No mesmo projeto, a reformulação da FAB prevê a redução de 25% do efetivo, realocando recursos para as operações. 

A FAB ainda pretende ampliar a contratação de temporários, que ficam por até oito anos. No momento, cerca de 9,5% do efetivo de 75 mil pessoas é temporário — o percentual exclui soldados que cumprem serviço militar obrigatório. A reestruturação diminui profissionais de carreira em áreas como medicina, engenharia, jornalismo e administração. A medida corta despesas, já que os temporários não demandam gastos de transferência, residência e aposentadoria.

Esquadrões
V Comar
> Localizado em Canoas, tem unidades subordinadas no interior do Estado, Santa Catarina e Paraná. Os esquadrões sediados na região respondem nas operações aos comandos que ficam em Brasília e Rio. Canoas tem modelos F-5EM e F-5FM. O V Comar será desativado até 31 de dezembro.

ALA 5
> A nova estrutura mantém a representação da Aeronáutica no sul do país. Além disso, todos os esquadrões do Estado responderão operacionalmente ao comando da ALA.

> Composto por aeronaves P-95, o Esquadrão Phoenix será transferido até dezembro de Florianópolis para Canoas. A ALA terá sete esquadrões, entre caças, aviões de patrulha e transporte, helicópteros e aeronaves remotamente pilotadas.

> As estruturas das bases de Canoas, Santa Maria e Florianópolis ficam na ALA 5.
"Queremos as aeronaves que planejamos ter", diz brigadeiro Rossato
 
Brigadeiro Rossato diz que a base de Florianópolis não será fechada, mas haverá redução gradual de efetivo Foto: Bruno Batista / Divulgação
 
Em entrevista a ZH, brigadeiro Nivaldo Rossato explica que, apesar das mudanças na Força Aérea Brasileira (FAB), não está previsto o fechamento de bases.
O que muda na FAB?
Fizemos um estudo sobre a necessidade de modernizar a Força Aérea tanto na administração quanto no uso do meio aéreo. O objetivo é a melhoria das operações e a redução de custos na atividade-meio, de forma com que a atividade-fim tenha mais recursos. Esse é o ponto fundamental.
Qual a diferença entre Comar e ALA?
O comandante do V Comar tinha mais tarefas de administração e representação. A representação permanece, com a operação. As questões administrativas ficam com grupos de apoio, que reúnem atividades como boletins, comida e rancho, garagem e compras. É responsabilidade do comandante a segurança de voo, se os aviões são mantidos de forma correta.
Por que transferir um esquadrão de Florianópolis para Canoas?
Envolve economia de recursos, vamos concentrar as unidades aéreas em um número menor de bases pelo país. Quando há mais um esquadrão em Canoas, o aumento de efetivo para dar apoio à nova unidade é pequeno. Quando você opera em Florianópolis sozinho, a estrutura de uma base não muda muito se tiver um, dois ou três esquadrões.
A base de Florianópolis pode fechar?
Não vamos fechar nenhuma base. Haverá redução gradual de efetivo. Florianópolis ficará com uma base pronta para o uso.
A FAB pretende ampliar o número de temporários. Por quê?
Há uma infinidade de atividades administrativas que podem ser realizadas por temporários. Temos médicos, advogados, jornalistas, contadores, administradores que ficam até oito anos. Uma banda de música, por exemplo, tem 50 militares. Posso ter 20 de carreira e 30 temporários. Acharemos músicos qualificados, selecionados por concursos.
Reportagem do jornal Estado de São Paulo aponta que 60% da frota da FAB está no chão. A redução de custos vai colocar mais aviões para voar?
Não é verdadeiro falar que os aviões estão no chão. Um avião civil, que o empresário paga US$ 50 milhões a US$ 100 milhões, tem de voar mil horas por ano. Na atividade militar, é normal que aeronave voe 200 a 300 horas por ano. Ter 50% de disponibilidade, ou seja, aeronaves prontas para voo, é normal em qualquer força aérea. Temos de ter reserva de contingência, que são os outros aviões.
No futuro, é possível adquirir mais aeronaves?
Queremos as aeronaves que planejamos ter. O fundamental é termos o Gripen (comprado da empresa suéca SAAB) e o KC-390 (projeto da Embraer). Uma força aérea precisa de um avião de transporte, como o KC-390, e um caça multiemprego, como o Gripen, que faz defesa aérea, ataque ao solo e tem força de dissuasão.
A PEC do teto de gastos pode prejudicar projetos estratégicos?
A sensibilidade do governo para cada projeto define a priorização. O KC-390 tem potencial de exportação anual de US$ 1,5 bilhão a US$ 2 bilhões, com milhares de empregos na fase de desenvolvimento e de produção. É um investimento na capacitação tecnológica do país.
Em 2007, tivemos o caos aéreo. Qual o cenário hoje?
O tráfego aumentou demais de 2007 para hoje. Atualmente, a formação dos graduados é melhor, o nível da proficiência em inglês é melhor, os radares estão atualizados. No caso dos aeroportos concedidos, foram ampliados os pátios, o que ajuda muita. Temos uma estrutura mais consolidada.

 fonte/foto/ZeroHora

quarta-feira, 5 de outubro de 2016

RYANAIR ADIMITE 1.300 PILOTOS, 2000 COMISSÁRIOS E 250 MECÂNICOS EM 2017


A Ryanair anunciou nesta terça-feira, dia 4 de outubro, que vai criar no próximo ano mais 3.550 postos de trabalho nas suas 84 bases operacionais da Europa.

A companhia aérea irlandesa de baixo custo vai receber nos próximos 12 meses 50 novos aviões e isso implica a admissão de mais 2.000 tripulantes de cabina, 1.000 pilotos, 300 co-pilotos e 250 engenheiros e mecânicos aeronáuticos.

Por isso, refere o comunicado, a Ryanair incita os interessados que tenham habilitações e que pretendem trabalhar com a companhia aérea irlandesa de baixo custo, a se inscreverem no seu site e a deixarem as suas inscrições.

A Ryanair está a fazer um esforço muito grande para selecionar e admitir mais profissionais, nomeadamente pilotos habilitados para voar o Boeing 737, pois é conhecida a falta de profissionais no mercado, situação que poderá agravar-se em breve, dado o recente anúncio de que as companhias chinesas irão admitir, nos próximos dois anos, cerca de 100 pilotos por semana para aviões comerciais com lotação para mais de uma centena de passageiros.

Além dos pilotos e pessoal diretamente ligado à operação aérea, a Ryanair anuncia que irá criar nas próximas semanas novos postos de trabalho em diversas áreas, os quais exigirão pessoas com formação em Novas Tecnologias, Informática, Finanças, Marketing e Comercial, para as suas bases em Dublin (República da Irlanda) e Wroclaw (Polónia).

A companhia tem ainda em curso um programa de admissão de estagiários em diversas áreas, que pretende cativar os jovens saídos das universidades e das escolas tecnológicas, incluindo as escolas de pilotos.

A Ryanair que atualmente tem uma frota estimada em 355 aviões, segundo o comunicado da empresa, espera estar a trabalhar com 500 aeronaves dentro de cinco anos, com a chegada dos primeiros Boeing 737 MAX já encomendados pela empresa. Até 2021 serão admitidos mais 5.000 funcionários, prevê a empresa.

Os interessados em candidatar-se às novas oportunidades de carreira na aviação comercial e na companhia europeia, poderão visitar o site da companhia (careers.ryanair.com) onde terão toda a informação sobre os requisitos exigidos, as condições oferecidas e os procedimentos a seguir.

Recorde-se que a Ryanair, através da ‘Crewlink’, empresa que seleciona o pessoal de cabina da companhia, irá realizar sessões de esclarecimento e entrevistas a candidatos no corrente mês de outubro, e também em novembro, em quatro cidades portuguesas, para as quais os interessados poderão também se candidatar.

fonte/NewsAvia

CINCO MIL PESSOAS LANÇAM CAOS NO AEROPORTO DE STANSTED

Mais de cinco mil passageiros desesperados para passarem o controlo de passaportes, cerca da meia noite desta segunda-feira, lançaram o caos no Aeroporto de Stansted, em Londres.
 
Segundo a edição desta terça-feira do "Daily Mail", os passageiros que tentavam entrar na capital britânica viveram momentos de desespero, com crianças a chorar, ânimos exaltados e até algumas cenas de violência, devido à longa espera.

Alguns passageiros deram conta nas redes sociais do caos que se viveu nas chegadas daquele que o aeroporto mais movimentado do Reino Unido (17,5 milhões de passageiros por ano), devido ao grande volume de chegadas de voos "low cost".

Hannah Wright partilhou no Twitter a sua revolta por, depois de um voo atrasado, ter sido obrigada a enfrentar "filas terríveis" no controlo de fronteiras, o que a fez perder o último serviço de Stansted Express. "Devem-me um bilhete de comboio de regresso não utilizado devido à terrível gestão de filas, que me fez perder a última ligação para Londres", escreveu.

Outro viajante escreveu na mesma rede social: "Quando o final das suas férias se transforma em porcaria porque em Stansted Airport são incapazes de funcionar de forma eficiente".

Os registos mostram que mais de 40 voos aterraram entre 22 horas e a meia-noite em Stansted na noite de segunda-feira, sendo a maioria operados pela EasyJet e Ryanair, companhias de baixo custo. Os próprios funcionários do aeroporto confirmam que as noites de segunda-feira são dos períodos mais movimentados, devido ao regresso de muita gente que aproveitou os preços "low cost" para passar o fim de semana fora.

Segundo o "Daily Mail", aos passageiros está a ser oferecida a possibilidade da cobrança de uma taxa de 17,50 libras (cerca de 20 euros) para evitar longas filas no aeroporto em pontos de controlo de passaporte.

Já no verão, registraram-se longas esperas no controlo de passaportes em outros aeroportos do Reino Unido, com algumas filas de 600 pessoas em Manchester, em agosto. Os passageiros queixaram-se então de esperas superiores a hora e meia.

fonte/JN.pt

sábado, 1 de outubro de 2016

AVIÃO DECOLOU DO PORTO COM TRABALHADOR ESQUECIDO NO PORÃO


Um trabalhador da Portway, empresa que presta serviços a transportadoras aéreas, ficou esquecido, este sábado de manhã, no porão de um avião da TAAG, que partiu do Porto.

O caso aconteceu este sábado de manhã, no Aeroporto Sá Carneiro, no Porto, com um avião da TAAG - Linha Aéreas de Angola.
 
Depois de a aeronave levantar voo às 10.14 horas, os colegas deram por falta do trabalhador e o comandante do avião foi avisado do sucedido, tendo divergido o voo para Lisboa, soube o JN junto de fonte da ANA - Aeroportos de Portugal. O voo aterrou no aeroporto Humberto Delgado às 10.58 horas.

Já em Lisboa, o funcionário foi estabilizado pela equipa médica do aeroporto e transportado para o Hospital de Santa Maria. Segundo conseguiu apurar o JN, o homem terá desmaiado no porão do avião e ficado esquecido no seu interior.

A vítima encontra-se consciente e estável, sob observação, no hospital e o caso vai ser investigado.

fonte/foto/JN.pt

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...