segunda-feira, 23 de abril de 2012

QUINTO DIA DE GREVE DOS PILOTOS DA IBERIA PARALISA 125 VOOS


O quinto dia de greve dos pilotos da companhia aérea espanhola Iberia em protesto pela criação de uma companhia aérea de baixo custo paralisará nesta segunda-feira 125 voos. Foram cancelados 37% dos 334 voos programados para hoje, inclusive os trajetos de ida e volta que unem a capital espanhola à cidade de São Paulo.



Os pilotos convocaram há um mês 30 dias de greve (todas as segundas e sextas entre o último dia 9 de abril e o próximo dia 20 de julho) em protesto contra a Iberia Express, que começou a operar no último dia 25 de março.
 
Esses 30 dias de greve são a continuação de outro rodízio de interrupções convocado pelos sindicatos de pilotos da Iberia pelo mesmo motivo entre dezembro e fevereiro.

Naquela ocasião, os 12 dias de greve custaram à companhia aérea, segundo estimou oficiosamente, 36 milhões de euros, motivo pelo qual a nova série de interrupções pode acarretar prejuízos de até 90 milhões de euros.
 
Além disso, o sindicato de tripulantes da Iberia convocou na sexta-feira passada três dias de greve contra a criação de Iberia Express para os dias 4, 11 e 14 de maio, datas nas quais coincidirão com as interrupções dos pilotos da companhia aérea.

fonte/Terra

EM DOIS ACIDENTES AÉREOS NA BOLIVIA MORREM 8 PESSOAS


Dois acidentes aéreos em Santa Cruz mataram 8 pessoas, uma monomotor cessna caiu em uma área montanhosa de Monteagudo e um C-46 no aeroporto de Viru Viru .
Os mortos em Chuquisaca são o capitão Edgar Antelo, co-piloto e os passageiros Daniel Jordan Oscar Rene Holguin Taborga, Javier Flores Quinteros e Wilson Pilco Mamani, de acordo com a Direcção-Geral de Aviação Civil (DGCA).

 
As vítimas do Curtiss, o Senador Gerald Ortiz Alba, seu pai, Luis Ortiz Fernandez (65) eo engenheiro de vôo Angles Mario Torrez (52). O único sobrevivente é Jared Ortiz Mancilla (26), filho do falecido  parlamentar da CCN.
Não há dados precisos sobre as causas dos acidentes, mas ambos ocorreram durante mau tempo na região. O administrador informou que o Cessna CP-1823 decolou na sexta-feira às 13:59 do aeroporto Trompillo, com destino a Monteagudo. Pouco depois eles deram como desaparecidos. Às 16:00 o Chile informou a localização da queda, através de satélite, cerca de 10 quilômetros de Monteagudo. Ontem, equipes de resgate encontraram os destroços e confirmou a morte de todos os ocupantes.
Além disso, o avião de carga Curtiss C-46, CP-1319, decolou às 8:07, pista de Viru Viru, comandado por Luis F. Ortiz Após a decolagem o piloto informou a torre de controle que estava retornando. Como ele estava voando baixo e fez uma tentativa de subir sem sucesso e veio a colidir com o solo e explodiu a 200 metros do extremo norte da pista de pouso.
Lena Ortiz, chefe do serviço médico do aeroporto, disse encontrou Jared Ortiz ferido perto da cauda, ​​enquanto a tripulação estavam deitados em meio aos destroços do Curtis.
General Luis Coimbra, diretor da DGAC, disse que as duas aeronaves estavam autorizados a voar. No caso de Curtis disse que ele tinha voado no sábado anterior e ontem ele planejava ir de El Trompillo a Viru Viru.
No Cessna, Coimbra disse: "Havia mau tempo". Nós estimamos que o piloto caiu antes de chegar Monteagudo. Revelou que os pilotos estava autorizados a voar em jatos executivos e em linhas comerciais.
Willy Nunez Klinsky | piloto civil com 30 anos de experiência na aviaçãoA idade de um avião não é determinante em um acidente. Estas aeronaves (Curtiss) têm idade suficiente, mas se eles fazem manutenção adequada têm toda a capacidade para continuar em vôo.
No caso do Cessna 206, o piloto não tinha experiência na região para fazer um vôo. Não é como voar no leste, nas montanhas há correntes ascendentes e descendentes, especialmente quando se está na aproximação dos aeroportos, tais como Camiri, Monteagudo, Sucre, Tarija e Potosí. Estes são os aeroportos que merecem o respeito dos pilotos. Às vezes por pressão do contratante se comete erros.



fonte/foto/ElDeber

MAIS UM ACIDENTE COM BOIENG 737-400 NO PAQUISTÃO








Um Boeing 737-400 da Shaheen Air International, matrícula AP-BJN, realizando o voo NL-122, de Islamabad  e  Karachi  (Paquistão)  com 122  passageiros  e 6  tripulantes, pousou na pista  25L  de Karachi as 12:16 L (07:16 Z)  e o trem de pouso esquerdo sofreu colapso e a estrutura penetrou na superficie inferior da asa.

A aeronave parou na pista e os passageiros desembarcram através de escadas móveis.

A pista foi fechada para cerca de 8 horas até que a aeronave foi removido da pista.

fonte/foto/AvHerald
Enhanced by Zemanta

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...