sexta-feira, 21 de agosto de 2009

VÍDEO - LEAR JET 23 COM BOB YOUNKIN

MIG-29K EM EXPOSIÇÃO NO MAKS 2009

mig-29k

O primeiro caça naval MiG-29KUB com as cores da Marinha da Índia foi exposto na feira de aviação russa MAKS 2009.

O avião será entregue no mês que vem, dois anos antes do início dos testes de mar do navio-aeródromo INS Vikramaditya.

A aeronave foi exposta com um interessante leque de armas. Mísseis ar-superfície Kh-38M de médio alcance (com as asas dobradas) e o Kh-59MK2 de logo alcance, para ataque terrestre.

A família Kh-38M foi projetada no final dos anos 80 e início de 90, para substituir a família de mísseis Kh-25 e parte da Kh-29. Os Kh-38M (Kh-38ME de exportação) estão também sendo propostos no pacote de armas do MiG-35 oferecido para o programa de caças da Força Aérea da Índia.

O Kh-38M tem alcance divulgado de 25 milhas (40km), embora possa ser ainda maior.

mig-29k-2

mig-29k-3

mig-29k-4

mig-29k-5

fonte: RIA

DETECTADA ANOMALIA NUM AVIÃO AIRBUS A320 DA SATA

A equipe de manutenção da Sata detectou hoje um problema num pneu de um Airbus A320, que iria fazer a ligação entre o aeroporto das Lajes, nos Açores e a cidade do Porto, em Portugal.

O Airbus A320 havia chegado ao local da cidade norte-americana de Boston e teve constatada uma anomalia num dos seus pneus durante uma inspeção de rotina. A informação foi dada por fonte da transportadora aérea açoriana.

O problema já foi solucionado pelos técnicos de manutenção da Sata, tendo sido restabelecido o voo de ligação entre a Ilha Terceira, nos Açores, à cidade do Porto, no Continente.

A situação causou algum transtorno aos passageiros, que permaneceram esta manhã no aeroporto da Terceira, aguardando orientações da empresa.

Fonte: Jornal Diário

BIMOTOR CAI EM NOVA JERSEY E OCUPANTES SAEM CAMINHANDO

Dois homens que transportavam amostras de sangue saíram caminhando de um pequeno avião que caiu nesta sexta-feira em uma área próxima ao aeroporto de Teterboro, em Nova Jersey. Eles foram encontrados por equipes de emergência em um parada de ônibus, alertas e conscientes, apesar de estarem gravemente queimados.


Um deles, identificado como George Maddox de Reading, na Pensilvânia, foi levado para o centro médico St. Barnabas. Segundo a porta-voz do hospital, Sally Malech, ele está internado em condição crítica na unidade de queimados.

O chefe de polícia de Little Ferry, Ralph Verdi, disse que o fogo atingiu entre 20% e 3% do corpo de Maddox.

O outro homem --cuja identidade não foi revelada-- foi levado a um hospital local, mas também deve ser transferidos ao St. Barnabas.

Segundo o jornal "The New York Times", o bimotor Prop Beech Barron 58 tentou pousar no aeroporto, mas caiu em uma área industrial logo depois das 3h (4h em Brasília) e pegou fogo.

O avião transportava amostras de sangue, e provavelmente havia partido de Reading, na Pensilvânia.

A Administração Federal de Avião está investigando as causas do acidente, que foi o segundo em Teterboro registrado nas últimas duas semanas --em 8 de agosto, um monomotor decolou do aeroporto e colidiu com um helicóptero sobre o rio Hudson, matando todas as nove pessoas a bordo das duas aeronaves.

fonte: AP

VIKING PARA O URUGUAI ....


A ‘Aviación Naval’ do Uruguai deu início a conversações com Washington para a compra de três ou quatro aeronaves usadas Lockheed S-3 Viking que pertenceram à Marinha dos Estados Unidos informou a site Defensa.

Estas aeronaves estão atualmente estocadas no AMARG e foram recentemente oferecidas para países no cone sul, incluindo o Brasil. Caso se confirme a nota do Defensa, esta seria a primeira vez que a aviação naval do Uruguai operaria uma aeronave a jato.

No entanto, o Uruguai também enfrenta problemas de falta de recursos, reduzindo a disponibilidade de suas aeronaves para voo. As aeronaves atualmente utilizadas pelo Uruguai são de manutenção mais simples e apresentam custos mais baixos que um S-3.

FONTE: Defensa.com

PILOTO DA FORÇA AÉREA INDIANA MORRE EM QUEDA DE AVIÃO

O jato, um britânico Sea Harrier, caiu no mar da Arábia 15 quilômetros ao largo da costa de Goa

Um piloto das Forças Aéreas da Índia morreu hoje (21) quando o avião de combate onde fazia um voo de treinamento caiu no mar, perto da região de Goa, informou o Ministério da Defesa indiano.

Em comunicado, o ministério informou sobre a morte do piloto Saurav Saxena no acidente, que ocorreu às 11h57 (3h27 de Brasília).

O ministério afirmou que não foi registrada nenhuma baixa civil nem prejuízo a propriedades privadas, e acrescentou que foi ordenada uma investigação sobre o acidente.

Segundo a agência indiana "Ians", o avião de combate tinha saído do aeroporto de Dabolim cerca de duas horas antes, para realizar exercícios de treinamento rotineiros.

Fonte: EFE via G1 - Foto: AP

AVIÃO DA SATA ABORTA DECOLAGEM APÓS INCÊNDIO NUM DOS MOTORES

Um avião da SATA abortou hoje a descolagem no aeroporto do Porto Santo, na Madeira, devido a um incêndio registado no motor direito do aparelho. Um passageiro sofreu ferimentos ligeiros quando abandonava o avião.

A aeronave era o British Aerospace BAe ATP, prefixo CS-TFJ.

O voo SP1691 foi o primeiro da manhã, e, como habitualmente, preparava-se para fazer a ligação ao Funchal às 08h40, com 14 pessoas a bordo, quando um incêndio no segundo motor do avião obrigou a abortar a descolagem.

Após o avião ter ficado imobilizado e accionadas as medidas de segurança, os passageiros abandonaram o aparelho através de uma rampa de emergência, mas durante este processo um dos passageiros sofreu ferimentos ligeiros, ao ter optado por saltar para a pista.

O deputado do PSD Guilherme Silva, que seguia a bordo do aparelho, contou à RTP-N que quando o avião se preparava para descolar um “um passageiro gritou fogo”. “Eu próprio vi as chamas com alguma extensão e intensidade num dos motores”, relatou o social-democrata, acrescentando que o comandante parou o avião e desligou os motores assim que se apercebeu do problema. Ainda de acordo com o vice-presidente da Assembleia da República, tripulação “manteve-se serena e apelou à calma” dos passageiros.

De acordo com Guilherme Silva, a saída dos ocupantes do avião decorria com normalidade, quando um dos passageiros decidiu não usar a rampa de emergência e “saltou” do aparelho para a pista, acabando por sofrer ferimentos.

Num comunicado emitido ao início da tarde, o grupo Sata confirmou a existência de um "incidente no motor direito" durante o início da descolagem de um avião que ia fazer a ligação entre Funchal e Porto Santo, e que um dos passageiros sofreu "uma entorse num tornozelo" no decorrer da evacuação do aparelho.

O grupo acrescenta no comunicado que os passageiros vão ser "reacomodados num voo da Sata Internacional, com saída prevista do Funchal às 12h40 e com chegada prevista ao Porto Santo às 13h00, lamentando os "inconvenientes causados".


Fonte: Público (Portugal)

PRIMEIRO DISPARO DE ALTA ENERGIA EM VOO DO ABL AIRBORNE LASER,

abl-foto-mda

A Boeing, seus parceiros industriais e a Agência para Defesa de Mísseis dos EUA (U.S. U.S. Missile Defense Agency - MDA) realizaram um disparo bem-sucedido, de alta energia, do Laser Aerotransportado (ABL - Airborne Laser). Trata-se da primeira vez em que esse tipo de disparo de alta energia é realizado em voo, com a aeronave Boeing 747-400F especialmente modificada para esta finalidade.

O disparo, que ocorreu no último dia 18 de agosto, aproximou mais o projeto de uma futura demonstração de capacidade de destruição de mísseis, segundo a empresa. A aeronave decolou da Base Aérea de Edwards e realizou o disparo de alta energia enquanto voava sobre o deserto da Califórnia (EUA). O laser foi disparado em um medidor de calor (calorímetro) levado a bordo, que capturou o raio e mediu sua força.

A intenção do programa é realizar, até o final do ano, um teste de destruição de um míssil balístico durante sua fase de aceleração. Os próximos passos, até chegar a esse tiro de destruição, consistem em disparar o laser de alta energia, (classe dos megawatts) para fora da aeronave, através da torreta de disparo instalada no nariz do 747, empregando o sistema de controle de tiro. A cada novo teste, alvos cada vez mais difíceis serão engajados, até se chegar ao míssil balístico.

FONTE: Boeing / FOTO: Missile Defense Agency (MDA

RÚSSIA FORNECERÁ MOTORES COM EMPUXO VETORADO PARA A ÍNDIA


mig29_tail

A Rosoboronexport e a Hindustan Aeronautics Ltd (HAL) assinaram um contrato durante a MAKS-2009 para o fornecimento de 26 motores RD-33 série 3 para a Índia, informou a agência Ria Novosti.

O RD-33, na sua versão série 3, é a geração mais moderna dessa família de turbonfans que impulsiona os caças MiG. Ele possui empuxo vetorado e permite manobrabilidade superior em combates tipo “dog-fight”.

Em 2005 a Rússia assinou um contrato com a Índia no valor de 250 milhões de dólares para modernizar os motores dos MiG-29 da Força Aérea da Índia. Segundo o contrato a HAL fabricará 120 RD-33 série 3 nas instalações de Koraput.

Esta versão do RD-33 equipará também o caça MiG-35 que participa da concorrência MMRCA.

fonte: RIA

VOO AF447 - PARENTES NÃO RECEBERAM DINHEIRO PROMETIDO


Reprodução do site criado pela associação

Mais de dois meses depois do acidente com o voo Air France 447, que terminou com a morte de 228 pessoas, pelo menos metade dos familiares ainda não recebeu os 17 mil euros prometidos pela companhia aérea franco-holandesa Air France-KLM, a título de primeira ajuda, e estão passando por dificuldades financeiras. A informação está no site criado pela Associação de Familiares das Vítimas do Voo 447 (clique para conhecer o site), que foi criada para cobrar mais informações da apuração que está sendo feita exclusivamente pelo governo da França. Os membros querem ainda que a associação passe a ser reconhecida como representante institucional das famílias frente às autoridades nacionais e no exterior, além de cobrar ações imediatas que possam garantir uma maior segurança de voo. Segundo o site, o número de integrantes da associação tem crescido a cada dia. Os representantes da entidade estão pedindo que as famílias interessadas em se associar entrem em contado pelo email: info@afvv447.org.

A associação pretende exigir que o governo brasileiro passe a acompanhar as investigações sobre o acidente, o que hoje é tarefa apenas das autoridades francesas. O presidente da associação, Nelson Faria Marinho, e o diretor-executivo, Maarten van Sluys, tem mantido contato permanente com representantes das associações francesas e alemãs de vítimas do acidente. O objetivo é unir forças para pressionar as autoridades em busca de maior transparência na apuração.

O avião, um Airbus A330-203, de matrícula F-GZCP, partiu do Aeroporto Internacional do Rio em 31 de maio de 2009, às 19h03m, e deveria chegar ao Aeroporto de Paris-Charles de Gaulle aproximadamente 11 horas depois. O último contato com a tripulação foram mensagens de rotina enviadas aos controladores de terra brasileiros 3 horas e 30 minutos após o início do voo, quando o avião se aproximava do limite de vigilância dos radares brasileiros, cruzando o Oceano Atlântico, seguindo para a costa senegalesa, na África Ocidental, onde voltaria a ser coberto por radares. Quarenta minutos mais tarde, uma série de mensagens automáticas emitidas pelo ACARS (Aircraft Communications Addressing and Reporting System) foram enviadas pelo avião, indicando problemas elétricos e de perda da pressurização de cabine na aeronave. Parte dos destroçoes e alguns corpos foram encontrados alguns dias depois.

fonte: OGlobo

COMEÇA A PRODUÇÃO DO C-5M GALAXY

C-5M

A Lockheed Martin deu início à produção dos aviões de transporte C-5M Galaxy no último dia 19 de agosto. O programa se extenderá por sete anos e, na verdade, visa a reconstrução de 49 células de aeronaves C-5B/C Galaxy.

Um dos pontos principais do programa RERP (reliability enhancement and re-engining programme) é a substituição dos atuais motores por novos turbofans General Electric F138-GE-100 (CF6-80C2). A células também receberão diversas atuallizações.

No início da fase (low-rate initial production phase) RERP cada aeronaves consumirá 13 meses de trabalho para que todas as modificações sejam feitas. O primeiro C-5M deverá ser entregue à USAF em setembro de 2010. Com o passar do tempo, este período cairá para oito meses.

Dois C-5B e um C-5A já foram convertidos pela Lockheed durante a fase de desenvolvimento. No mês que vem estas aeronaves passarão por um período de avaliações na Base Aérea de Dover.

Na outra fase do programa de modernização 111 aeronaves C-5AB estão recebendo modificações na cabina, incluindo um novo “glass cockpit”.

Em 2007, por causas dos custos elevados, muitos C-5A não foram incluídos no programa RERP. Esta decisão será estudada novamente para avaliar a possibilidade de incluir mais aeronaves nesta fase.

fonte/foto: Lockheed Martin

HELICÓPTERO BATE NA PISTA DURANTE MANOBRA DE ALTA ROTAÇÃO


Rio - Um helicóptero de escola de pilotagem fez pouso de emergência no Aeroporto de Jacarepaguá, Zona Oeste, na manhã desta sexta-feira. O aparelho, um Robson 22, fazia voo de treinamento, com instrutor e aluno. O piloto fez manobra de alta rotação e bateu na pista. Os dois ocupantes não sofreram ferimentos, mas a aeronave ficou parcialmente destruída. As operações de pouso e decolagem estão interrompidas para que se faça perícia no local.

fonte: O Dia Online

PAQUISTÃO COMEÇA A CONSTRUIR O PRIMEIRO AVIÃO NÃO TRIPULADO DO PAÍS

Galileo Avionica Falco UAV

As Forças Aéreas do Paquistão (PAF) começaram ontem a construir, em colaboração com uma companhia italiana, seu primeiro modelo de avião não-tripulado, o Falco UAV, que não tem capacidade de ataque.

Em comunicado, as Forças Aéreas detalharam que o projeto, que era elaborado há dois anos, foi inaugurado hoje formalmente pelo presidente do Complexo Aeronáutico do Paquistão, Farhat Hussain, em sua sede de Kamra, no norte do país.

"O Paquistão se transformará agora em um membro do exclusivo clube de países que têm capacidade própria para produzir um avião não-tripulado tático moderno", festejou Hussain, segundo a nota.

A construção do Falco UAV, com a ajuda da empresa italiana Selex Galileo, permitirá às PAF "satisfazer às necessidades de vigilância e reconhecimento atuais e futuras", afirmou Hussain.

A aeronave, de pequeno porte e rápida, tem a missão básica de detectar, localizar e identificar alvos, possui câmera de televisão e processador de imagens quase em tempo real, mas não tem capacidade de ataque, segundo a descrição que a companhia italiana que o produz faz do aparelho.

Especialistas e fontes de inteligência ocidentais consultadas pela Agência Efe descreveram o Falco UAV como "um avião muito básico" que poderá servir de "apoio" ao Exército paquistanês em operações tanto terrestres quanto aéreas.

Fonte: EFE via G1 - Fotos: defence.pk

BOMBARDIER CANCELA CONTRATO DE VENDA COM JET REPUBLIC

A Bombardier cancelou um contrato de US$ 1,5 bilhão com a companhia de jatos charter Jet Republic, que incluía 25 encomendas firmes e 85 condicionais pelo modelo Learjet 60 XR. A fabricante canadense não apresentou razões para o cancelamento do acordo.

Quando a Jet Republic assinou o contrato em junho do ano passado, ele foi descrito como a maior encomenda por jatos executivos já realizada na Europa. A Jet Republic, que é listada em Lisboa, foi lançada há pouco mais de um ano, na contramão da crise financeira. A empresa deveria começar a usar a frota de Learjet em outubro.

Há pouco mais de uma semana, a Bombardier cancelou um acordo de venda de aviões para a italiana My Way Airlines, citando a "situação incerta" da companhia aérea.

A canadense disse que continua comprometida com o programa Learjet 60 XR e que a produção em Wichita, no Kansas, segue como planejada. As informações são da Dow Jones.

Fontes: AE/ AP

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...