quarta-feira, 16 de março de 2011

REKKOF ANUNCIA INVESTIMENTOS DE R$ 1,2 BILHÃO EM GOIÁS

A empresa holandesa Rekkof anunciou investimentos de R$ 1,23 bilhão em Goiás, no município de Anápolis. A expectativa é de que sejam gerados 1,8 mil empregos diretos e 5,6 mil indiretos. 
 
O anúncio foi feito nesta terça-feira (15/3) durante almoço no Palácio das Esmeraldas, que contou com a presença do presidente mundial da empresa, Jaap Jacobson e do governador Marconi Perillo, ocasião em que foi assinado protocolo de intenções. A Rekkof é especializada na produção de aeronaves de pequeno, médio e grande portes.

A previsão é de que o processo de construção da empresa tenha duas fases: a primeira, destinada à produção de peças e, a segunda, à fabricação de aviões.

O presidente da Rekkof no Brasil, Paulo Almada, explicou que o grupo fez uma ampla pesquisa de mercado e optou pelo Estado porque Goiás oferece segurança à empresa e também pela forma séria e clara como o Estado é administrado. "Cremos e acreditamos em Goiás", enfatizou Almada, ao ressaltar que tudo aquilo que a Rekkof buscou no Brasil para se expandir encontrou em Goiás.
 
fonte/foto/MaisGoiás









Enhanced by Zemanta

AERONAVE AGRÍCOLA DESAFIA LEGISLAÇÃO

Durante a tarde de domingo, uma aeronave agrícola fazendo manobras no centro da cidade (Campo Mourão), deixou os mourãoenses apreensivos. Desviando de barreiras como prédios e árvores o piloto ainda não identificado passou cerca de 30 minutos fazendo manobras arriscadas.
 
Quem morava em prédios na região chegou a descrever para a reportagem da TRIBUNA características físicas do piloto, para se ter uma ideia da pequena distancia entre eles e o avião.
 
Um homem de aproximadamente 50 anos, usando um boné preto. Essa foi a imagem que um adolescente que assistia as manobras da janela de sua casa guardou. Preferindo não se identificar, ele contou que em alguns momentos ele lembrava do 11 de setembro de 2001, quando dois aviões sequestrados derrubaram as torres gêmeas nos Estados Unidos.
 
“É claro que não é tão dramático, mas eu imagino que quem via o avião se aproximar há 10 anos pensava o mesmo que eu”, conta.Com as manobras arriscadas, a população que vive na área central temia o pior. Medo que não é sem sentido, de acordo com os dados da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), somente em 2010, foram registrados 11 acidentes envolvendo aeronaves agrícolas. Embora sem vítimas, a maioria deles foi por perda de controle durante o voo.
 
A aeronave não pertencia à empresa que faz aplicações de defensivos em Campo Mourão e segundo os registros do Aeroporto Municipal Geraldo Guias de Aquino, não decolou de lá. Para obter a permissão de operar no espaço aéreo é preciso ter um piloto habilitado e registro na Anac e no Ministério da Agricultura, além de informar à Secretaria de Agricultura do Estado sobre as aplicações e possuir um engenheiro agrônomo responsável. 
 
Na cidade é preciso ter registro ainda na junta comercial. Um dos sócios da empresa explicou que atitudes irresponsáveis como aquela leva a demissão imediata.Exceto em pousos e decolagens é terminantemente proibido que a aeronave esteja a menos de 300 metros em um raio de 600 metros do maior obstáculo, ou seja, a partir do prédio mais alto, ele só pode transitar 300 metros acima. 
 
Em outro prédio da área central, os moradores deixaram suas casas e foram para a rua observar a manobra. Não faltou quem acreditasse que o condutor estava um pouco embriagado. “Se na estrada eles estão fiscalizando tanto, agora vão ter de começar a fazer o bafômetro também no ar”, disse um deles em tom de ironia. Contestando essa ideia, outra senhora disse que aquilo estava parecendo coisa de homem tentando impressionar a namorada.
 
A reportagem tentou, mas não conseguiu identificar o piloto. Em contato com a assessoria de imprensa da Anac, a reportagem foi informada de que o órgão responsável por esse tipo de controle é o Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea). 
 
Quem tiver informações sobre o piloto, como, por exemplo, o número da aeronave deve encaminhar ao departamento, que recentemente criou uma junta para apurar casos como esse, em que há risco não só para o piloto, mas para a população. A página na internet do órgão é www.decea.gov.br.
 
fonte/ foto/ATribunaDoInterior
Enhanced by Zemanta

PILOTOS BEBADOS CANCELAM VOO DA AEROMEXICO

AEROMEXICO AT LA PAZ INTERNATIONAL AIRPORTImage via Wikipedia

Os 101 passageiros de um voo da Aeromexico que fazia a ligação entre a capital da Costa Rica, San José, e a Cidade do México tiveram que aguardar 24 horas para embarcar, pois a tripulação se recusou a deixar os dois pilotos entrarem a bordo alegando que ambos estavam bêbados. 
"O copiloto foi submetido a um teste com bafômetro que deu resultado positivo, enquanto que a capitã se recusou a fazê-lo", declarou nesta segunda-feira à AFP Alvaro Vargas, diretor adjunto de aviação civil da Costa Rica, acrescentando que uma investigação foi aberta. 
Segundo o jornal costa-riquenho Extra, os dois pilotos disseram que estavam se sentindo nauseados ao chegarem no sábado ao aeroporto, sete horas depois de terem participado de uma festa em um hotel da capital.
O Boeing-737-700 da Aeromexico devia deixar San José no sábado, mas decolou apenas 24 horas depois, tempo necessário para que fossem encontrados os substitutos, indicou Vargas.
"Acho que os passageiros não souberam qual foi a verdadeira causa da suspensão do voo porque devem ter dito outra coisa a eles", afirmou. 
A Aeromexico confirmou que seus pilotos "não estavam em condições" de pilotar. Eles foram "afastados de suas funções, pelo menos, até o fim da investigação", acrescentou a companhia em um comunicado em que pede desculpas aos passageiros.
fonte/AFP/AgInt
Enhanced by Zemanta

PILOTOS DA TAP DECIDEM NA QUINTA-FEIRA SE ENTRAM EM GREVE

 Depois das sessões de esclarecimento que decorreram no início de Março, a direcção do Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) avança agora com uma reunião de associados para decidir novas formas de luta contra a administração da TAP, os cortes salariais impostos pelo Orçamento do Estado para 2011 e os aumentos dos pilotos e pessoal navegante com funções de terra. 
 
O encontro está marcado para quinta-feira, 17, e a convocatória fala, ao que o Diário Económico apurou, do recurso à greve como forma de contestação. Os pilotos, recorde-se, aprovaram no final de 2010 um reforço do subsídio de greve, o que já vai supor um 2011 difícil para a administração da TAP. 
 
fonte/JEconomico

EMBRAER ASSINA CONTRATO DE COMPRA DE PARTE DA EMPRESA QUE FABRICA RADARES


A Embraer Defesa e Segurança assinou um contrato de compra de 64,7% do capital social da divisão de radares da OrbiSat da Amazônia S.A. O negócio, cujo valor é de R$ 28,5 milhões, representa um importante passo estratégico para aumentar a participação da Embraer Defesa e Segurança no Sistema Brasileiro de Segurança.

O acordo será submetido à avaliação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica - Cade e é a primeira aquisição da recém-criada Embraer Defesa e Segurança.

Fundada em 1998, a OrbiSat criou em 2002 a divisão de radares para desenvolver tecnologia de última geração para aplicação em sensoriamento remoto e radares de vigilância aérea, marítima e terrestre. O negócio representa 40% do faturamento da OrbiSat.

Atualmente, a empresa negocia contratos com a Força Aérea Brasileira e a Marinha do Brasil para o desenvolvimento e a produção de sistemas de monitoramento integrados, programas semelhantes aos que já possui com o Exército Brasileiro.

fonte/VNews
Enhanced by Zemanta

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...