domingo, 15 de janeiro de 2012

APESAR DA APARENTE CALMA, PILOTOS DA AUSTRAL COMPLICAM AS OPERAÇÕES DOS NOVOS JATOS DA EMBRAER E-190

Embora seja inegável que o conflito com os sindicatos de aviação foram reduzidos no início de dezembro pela presidente Cristina Fernandez de Kirchner, não é menos verdade que existem conflitos internos  ainda não resolvidos.

Além dos pilotos de linha aérea da Aerolíneas Argentinas que não ainda não aceitaram a retirada da frota de Jumbos da empresa, o conflito mais profundo são entre os pilotos da Austral. 
 
É que pela intransigência de alguns de seus membros que se recusam a deixar os MDs e ir para os Embraer 190, cinco dessas aeronaves adquiridas em 2011 estão estacionados nos aeroportos do interior sem voar por fata de tripulação.  

Uma reunião em conjunto com a UALA realizada em 2010 havia decidido que a transferência e conversão das tripulações do MD para o E190 seria voluntária. 

Mas a adesão de mudar foi menor do que o esperado,  e a empresa precisou cancelar o curso previsto para dezembro na Embraer por falta de candidatos "voluntários". 

Um duro golpe para os líderes UALA que queriam ajudar a empresa que  precisava de 20 pilotos para os E190, enquanto a negociavam que sete MDs continuassem a voar até dezembro de 2012.  

A reunião convocada pelo sindicato em 21 de dezembro, a pedido de um grupo de pilotos, constatou que a transferência continuará a ser voluntária, independentemente das necessidades da empresa.  

A diretoria do Sindicato não compartilha essa linha e atribuiu a decisão da empresa e do Governo a desprogramação da frota de MD  até o dia 01 de abril, o que desagradou a base.

fonte/foto/AviacionNews
Enhanced by Zemanta

VÍDEO - PARECE REAL, MAS É O X-PLANE 10

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...