quarta-feira, 28 de abril de 2010

AEROPORTO DE PORTO ALEGRE REABRE PARA DECOLAGEM APÓS ACIDENTE COM MONOMOTOR

Depois de quase uma hora fechado em razão de um incidente com um monomotor, a pista do aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, foi liberada para decolagens pouco antes de 12h desta quarta-feira (28). A Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária) informou que ainda não há previsão para a autorização de pousos.

Por volta das 11h10, um monomotor Cessna de uma escola de aviação teria tentado levantar voo, mas não conseguiu decolar. A aeronave, tripulada por um aluno e um instrutor, acabou saindo da cabeceira da pista, interditando o aeroporto. Pela manhã, uma forte neblina já havia fechado o Salgado Filho.

Um oficial da Aeronáutica foi chamado para averiguar a situação da pista, da aeronave das circunstâncias do incidente, que não deixou feridos. A autorização para a liberação completa da pista depende da avaliação do oficial.


fonte/UOL

ACIDENTE COM MONOMOTOR FECHA AEROPORTO SALGADO FILHO



Um acidente com avião monomotor fechou o Aeroporto Salgado Filho no fim da manhã desta quarta-feira, em Porto Alegre. A aeronave, utilizada para treinamento de pilotos, percorreu toda a pista mas não conseguiu decolar e parou na cabeceira, perto do sistema de iluminação. O motivo da pane seria uma falha no motor,

O piloto é aluno do curso de Ciências Aeronáuticas da PUCRS e estava acompanhado por mais uma pessoa. Bruno André Kolrausch, 22 anos, sofreu escoriações leves e foi atendido no aeroporto. Ele tentava decolar em direção a Capão da Canoa.

Funcionários da Infraero avaliam as condições da pista para liberar pousos e decolagens. Até o meio-dia, dois voos estavam atrasados e um cancelado. Uma das conexões prejudicadas é da governadora Yeda Crusius, que viajará em direção a Dom Pedrito, onde vai cumprir agenda.

Segundo a Infraero, a pista pode ser liberada a qualquer momento.


fonte/foto/ZeroHora/FernandoGomes

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...