sábado, 27 de agosto de 2016

AERONAVE FAZ POUSO FORÇADO E PROVACA INCÊNDIO EM SÃO JOSÉ DOS CAMPOS



Aeronave faz pouso forçado fora da pista e provoca incêndio em São José (Foto: Lucas Lacaz Ruiz/A13) 
Aeronave faz pouso forçado fora da pista e provoca incêndio em São José (Foto: Lucas Lacaz Ruiz/A13)
 
Uma aeronave fez um pouso forçado fora da pista do aeroporto e provocou um incêndio na manhã deste sábado (27) na área verde do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA ) em São José dos Campos (SP). O piloto conseguiu escapar sem ferimentos graves do avião, que foi totalmente consumido pelas chamas.

De acordo com o DCTA, o avião fez um pouso forçado em decorrência de um problema mecânico na aeronave Cessna 172, de prefixo PT DTW. O pouso foi feito fora da pista e o avião pegou fogo assim que aterrissou no mato.

O piloto conseguiu sair andando da aeronave e foi socorrido por militares do DCTA. Ele foi posteriormente levado para o hospital da Vila Industrial e, segundo a Secretaria da Saúde, teve apenas ferimentos leves e passa bem.

Aeronave faz pouso forçado fora da pista e provoca incêndio em São José (Foto: Reprodução/ Aeroclube de São José) 
Aeronave que caiu era um Cessna 172
(Foto: Reprodução/ Aeroclube de São José)

O acidente fez com que as chamas na área verde do DCTA se alastrassem novamente. Na sexta, o local já havia sido atingido pelo fogo. O Corpo de Bombeiros foi acionado novamente nesta manhã para controlar as chamas e, até às 13h15, equipes ainda permaneciam no local.
De acordo com o DCTA, 50 homens do órgão, dos bombeiros, Infraero e Embraer trabalham juntos para combater as chamas. A fumaça pode ser vista nos bairros vizinhos e na Rodovia dos Tamoios.

Aeronave
O Cessna 172 é um avião monomotor de estrutura metálica para quatro ocupantes e usado para treinamento primário, como em cursos de formação de piloto privado, piloto comercial e voos panorâmicos.

A aeronave envolvida no acidente neste sábado pertencia ao Aeroclube de São José dos Campos, que informou apenas que as investigações estão sendo conduzidas pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos. O órgão informou que enviou técnicos para o local no início da tarde deste sábado.

Aeronave faz pouso forçado fora da pista e provoca incêndio em São José (Foto: Lucas Lacaz Ruiz/A13) 
Acidente provocou incêndio em área verde do DCTA (Foto: Lucas Lacaz Ruiz/A13)
 
fonte/foto/G1
 
dados da aeronave via RAB
 
MATRÍCULA: PTDTW

 
 
Proprietário:
AEROCLUBE DE SAO JOSE DOS CAMPOS
CPF/CGC:

Operador:
AEROCLUBE DE SAO JOSE DOS CAMPOS
CPF/CGC:

 
Fabricante:
CESSNA AIRCRAFT
Modelo:
172L
Número de Série:
17259714
Tipo ICAO :
C172
Tipo de Habilitação para Pilotos:
MNTE
Classe da Aeronave:
POUSO CONVECIONAL 1 MOTOR CONVENCIONAL
Peso Máximo de Decolagem:
1043 - Kg
Número Máximo de Passageiros:
003


Categoria de Registro:
PRIVADA INSTRUCAO
Número dos Certificados (CM - CA):
6212
Situação no RAB:
PENHORA
Data da Compra/Transferência:
020874


Data de Validade do CA:
16/05/20
Data de Validade da IAM:
180517
Situação de Aeronavegabilidade:
Normal
Motivo(s):

Consulta realizada em: 27/08/2016 17:08:06
 
 

IMAGENS DO ACIDENTE COM YAK-42D NA RÚSSIA



Imagens do acidente com A Krasavia Yakovlev Yak-42D, registro RA-42340 realizando o voo K9-501 de Sochi to Ufa (Rússia) com 123 passageiros e 8 tripulantes, após pouso no aeroporto de Ufa no dia 12 de agosto.

Aircraft with road and localizer antenna (Photo: MReporter)

Aircraft in final position (Photos: Volga Transport Investigation Department):
Aircraft in final position (Photo: Volga Transport Investigation Department)

Aircraft in final position (Photo: Volga Transport Investigation Department)

Aircraft in final position (Photo: Volga Transport Investigation Department)

fonte/foto/AvHerald

INCIDENTE BIZARRO COM AVIÃO DA SOUTHWEST AIRLINES NO NEBRASKA

Incid Nebraska B737Southwest 900px

Um homem saltou a cerca de proteção do Aeroporto Internacional de Eppley, na cidade de Omaha, Estado do Nebraska (EUA), correu apenas em cuecas na área aeroportuária, onde encontrou uma furgoneta (pick-up)com o motor ligado e sem motorista, e ao volante deste veículo dirigiu-o contra o nariz de um Boeing 737 da companhia de baixo custo Southwest Airlines, que estava alinhado numa ponte de embarque, provocando estragos e ferimentos ligeiros em dois tripulantes.

O incidente aconteceu na noite desta quinta-feira, dia 25 de agosto, e a polícia considera que o homem estava drogado ou sofre de perturbações mentais. O responsável pela segurança do aeroporto disse aos jornalistas que o indivíduo foi detido pela polícia e que no primeiro interrogatório a que foi sujeito respondeu que estava a fugir de alguém que o queria matar. Minutos antes tinha sido visto a vaguear no parque de estacionamento do aeroporto, já meio despido, e queixava-se de que estava a ser perseguido.

Um incidente bizarro, consideraram fontes da companhia norte-americana, que confirmou a ocorrência, bem como a presença a bordo do avião de 18 passageiros e cinco tripulantes, numa ocasião em que procediam ao embarque dos 113 passageiros que deveriam seguir viagem para Denver.

Os passageiros foram desembarcados e o avião entregue aos serviços de manutenção. Um piloto e uma tripulante de cabina sofreram leves escoriações, no queixo e num braço, respetivamente, provocadas pelo inesperado embate do automóvel na fuselagem da aeronave, sem necessidade de assistência médica. Os passageiros foram transportados para Denver noutro avião da companhia, que partiu três horas depois.

A FBI está a investigar o incidente e a apurar a forma como o homem se introduziu pela cerca do aeroporto, onde terá deixado parte da roupa no arame farpado. Elementos da NTSB, entidade nacional que investiga incidentes e acidentes aéreos, chegaram nesta sexta-feira ao Nebraska, onde vão proceder ao inquérito oficial.

O homem foi identificado como sendo Delairo Koonce e tem 35 anos de idade.

fonte/foto/NewsAvia

JATO EXECUTIVO SAI DA PISTA NAS BAHAMAS, JOSÉ OSORIO BALVIN (J.BALVIN) ESTAVA A BORDO

Incid Learjet55_JBalvin 26ago2016 900px

Um avião executivo Learjet 55, matrícula N666T, em que viajava o cantor colombiano José Osorio Balvin, mais conhecido por J. Balvin, saiu de pista na tarde desta sexta-feira, dia 26 de agosto, quando se preparava para levantar voo do Aeroporto de North Eleuthera, no arquipélago das Bahamas. A aeronave entrou numa zona de vegetação com pequenos arbustos, onde ficou imobilizada, mas felizmente não se verificaram acidentes pessoais, nem tão pouco qualquer foco de incêndio, o que poderia ser fatal na circunstância, já que o aparelho levava os depósitos cheios.

As informações são ainda escassas. A notícia está a ser espalhada rapidamente já que o cantor colocou em diversas redes sociais um filme feito no local, em que, ele próprio, bastante nervoso, diz que escapou vivo, bem como a família que o acompanhava, de regresso à Colômbia, depois de umas férias nas Bahamas.

J. Balvin tem ganho fama e muitos seguidores nos últimos anos, sendo um dos mais destacados cantores de ‘reggaeton’ da Colômbia e muito apreciado na América Latina.

fonte/foto/NewsAvia

ANA ALERTA PARA ATRASOS NOS AEROPORTOS PORTUGUESES




Aeroportos de Portugal, empresa gestora dos principais aeroportos nacionais portugueses, distribuiu na manhã desta sexta-feira, dia 26 de agosto, um comunicado em que aconselha os passageiros com voos marcados para o próximo sábado, dia 27, a deslocarem-se para os aeroportos com uma antecedência superior à habitual, admitindo constrangimentos devido à greve dos trabalhadores da segurança.

Face ao pré-aviso de greve para os trabalhadores de empresas de segurança, a gestora dos aeroportos portugueses recomenda “aos passageiros que se desloquem para os referidos aeroportos com antecedência superior à habitual”, admitindo que “é previsível que o processamento de passageiros nos aeroportos nacionais sofra constrangimentos amanhã [sábado]”, lê-se no comunicado da ANA.

Os trabalhadores da ‘Prosegur’ e ‘Securitas’ nos aeroportos nacionais, que começaram na quarta-feira uma greve ao trabalho extraordinário, fazem uma paralisação de 24 horas no sábado, marcada após mais de nove meses de negociações entre o sindicato e a Associação das Empresas de Segurança (AES) para a celebração de um novo contrato coletivo de trabalho.

“Os trabalhadores destas duas empresas são responsáveis pela segurança de cerca de 40 milhões de passageiros que, por ano, passam pelos aeroportos portugueses e, com as condições em que trabalham, mais tarde ou mais cedo, podemos vir a ter problemas graves. É a altura de olhar com atenção para esta questão”, disse recentemente Fernando Henriques, dirigente do Sindicato dos Trabalhadores da Aviação e Aeroportos (SITAVA) em declarações à agência noticiosa portuguesa Lusa.

Os trabalhadores das empresas ‘Prosegur’ e ‘Securitas’ asseguram o rastreamento da bagagem de mão e o controlo dos passageiros e também dos trabalhadores dos aeroportos quando se deslocam para áreas classificadas e com acesso restrito, devido a questões de segurança.

fonte/NewsAvia

SEM VOOS, AEROPORTO DE SÃO JOSÉ É EXCLUÍDO DA LISTA DO GOVERNO


Área da check-in do Aeroporto de São José. Foto: Alan Collet/O VALE Área da check-in do Aeroporto de São José. Foto: Alan Collet/O VALE

O Aeroporto de São José dos Campos deixou de ser prioritário para receber investimentos do governo federal a partir do ano que vem e pode ainda ser descartado dos planos do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil.

A medida contraria a inclusão do aeródromo em projeto de desenvolvimento da aviação regional lançado pela presidente Dilma Rousseff, no final de 2012.

De uma lista de 270 aeroportos regionais no projeto da petista, que está afastada do cargo, o governo do presidente interino Michel Temer reduziu para 53 aeródromos, que receberão investimentos em 2017.

Outros 123 terminais dependerão de disponibilidade financeira para receber dinheiro do governo. A lista pode ou não incluir o de São José, segundo o Ministério dos Transportes.

Lista negra. Se não incluir, o aeroporto de São José entra numa "lista negra" do governo federal com aeródromos que não têm "viabilidade para entrar na malha regional brasileira".

Tal lista é formada por 94 aeroportos regionais que serão oferecidos para que municípios e estados assumam a administração dos terminais. Questionada, a assessoria do Ministério dos Transportes disse não ter acesso à lista dos aeródromos.

De acordo com a pasta, os critérios para definir a "lista negra" foram proximidade de aeroportos preferenciais, baixa demanda de passageiros e falta de interesse de operação das companhias aéreas.

Com desistência da TAM, o aeroporto de São José não opera voo comercial desde julho deste ano, apenas executivos. Nos últimos oito anos, o aeroporto perdeu voos comerciais de quatro companhias, três delas entre as maiores do país: Gol, OceanAir, Azul e TAM.

O movimento de passageiros caiu 62% entre 2012 e 2016, considerando-se os sete primeiros meses do ano --de 119,5 mil pessoas para 45,4 mil.


Comércio quer defesa do aeródromo


O presidente da ACI (Associação Comercial e Industrial) de São José, Felipe Cury, lamentou a exclusão do aeroporto de São José do radar dos investimentos e disse desconfiar do seu futuro.

Ele irá propor um movimento em defesa do aeródromo e disse que concorda com a substituição da administração federal pela municipal ou estadual. "Seria a solução para São José e poderia melhorar. Mas temos que esperar as eleições. O governo atual não se manifestou", disse.

Em nota, a Prefeitura de São José lembrou que o aeroporto foi ampliado pela Infraero, que é a atual administradora, e disse acreditar que "uma parceria entre o município e a iniciativa privada pode alavancar os voos regionais no terminal e incrementar o transporte de cargas". 


fonte/foto/OVale

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...