sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

PILOTO QUE SE ENVOLVEU EM ACIDENTE NA REGIÃO DE ARAGUAÍNA NÃO PODERIA OPERAR AERONAVES



Eles estava com as duas habilitações vencidas desde 2012. O acidente aconteceu nesta quarta-feira (26), em Araguaína.
Segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), o piloto Edson Valmir do Nascimento, que se envolveu em acidente com um avião monomotor, na região de Araguaína, norte do Tocantins, não poderia estar operando aeronaves já que ele estava com as duas habilitações vencidas desde 2012. O pouso forçado aconteceu nesta quarta-feira (26).

No dia da queda, a Polícia Militar disse que ao chegar ao local, o piloto não estava. Ele teria descido do avião para tentar sair da mata e procurar ajuda. Segundo a polícia, ele foi encontrado minutos depois com ferimentos leves. Para a Anac ainda não está claro se Nascimento operava o avião no momento do acidente, já que o piloto fugiu do local. Assim que for confirmada a identidade do piloto, a Agência vai abrir um processo administrativo para investigação e possível punição do piloto.

A Anac informou ainda que o avião monomotor de matrícula PT-SUD estava irregular. A delegada regional de Araguaína preferiu não se manifestar, mas informou que Nascimento ainda não deu depoimento à polícia. Ele foi flagrado saindo de uma chácara próximo ao acidente, mas preferiu não se pronunciar sobre o assunto.

O avião monomotor usado para borrifar defensivos agrícolas em lavouras teve pane e teve que fazer um pouso forçado, no km 11 da TO-222, em Araguaína. Segundo a Polícia Militar, o piloto contou que estava sobrevoando a área, quando a aeronave apresentou problemas, o que o levou a fazer o pouso.

fonte/G1

fonte/G1
Enhanced by Zemanta

UM QUARTO DOS AVIÕES REGISTRADOS NO TOCANTINS ESTÃO IRREGULARES

Num período de quinze dias deste mês de fevereiro, quatro pessoas morreram vítimas de quedas de aviões de pequeno porte no Tocantins. Três acidentes ocorreram somente nesse mês e tem chamado a atenção para a segurança, ou a falta dela, do espaço aéreo tocantinense.

De acordo com reportagem da TV Anhanguera/Jornal Anhanguera 2ª Edição (26/02/2014), um levantamento da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), aponta que aproximadamente um quarto das aeronaves no Tocantins falta documentação. Dos 191 aviões registrados no estado 58 deles estão irregulares. Eles não possuem documentos ou certificações técnicas em dias e pelas regras do setor de aviação, não deveriam decolar.

O primeiro acidente aéreo do ano aconteceu na capital Palmas no último dia 09, causou três mortes. Segundo a Anac (Agência Nacional de Avião Civil), o avião não tinha condições seguras de voar e estava com a licença suspensa.

Dez dias depois, um avião de pequeno porte caiu em Araguaína atingiu uma casa e matou uma criança de oito anos que brincava no quintal. Outras duas ficaram feridas e o piloto sobreviveu. A aeronave estava com a documentação em dias e tinha permissão para voar. Já nesta quarta-feira, 26, outro avião de pequeno porte fez um pouso forçado numa mata a 15 Km de Araguaína. Neste, não houve vítima fatal.

Os recentes acidentes trazem à tona um alerta para segurança do espaço aéreo tocantinense. A responsável pela fiscalização, a ANAC (Agência Nacional de Avião Civil) fechou o escritório no Tocantins há 05 anos, e desde então realiza os trabalhos à distância, cita reportagem.

fonte/AraguainaNoticias

AVIÃO DA TAM NÃO DECOLA POR FALTA DE PESSOAL


Mais um problema foi registrado no aeroporto de Guarulhos, na Grande São Paulo, na noite desta quinta-feira. O voo da TAM de número JJ3178 com destino a Salvador atrasou quase cinco horas por falta de tripulação.

O horário do voo estava previsto para as 20h10. No entanto, a companhia alegou atraso na chegada da aeronave e os passageiros só embarcaram às 22h30.

A aeronave, no entanto, não decolou. O comandante disse aos passageiros que não havia tripulação (falta de dois comissários) e que eles não poderiam decolar.

Os passageiros se revoltaram e desceram da aeronave no início da madrugada desta sexta-feira. "Eles não falam nada. Têm estrangeiros perdidos, e ninguém fala em inglês com eles", afirmou uma passageira sobre orientação dos funcionários da TAM.

Após uma nova espera, os passageiros, enfim, conseguiram embarcar por volta da 1 hora da madrugada desta sexta.

A TAM Linhas Aéreas informa que o voo JJ3178 (São Paulo/ Guarulhos – Salvador), com decolagem inicial prevista para as 20h10, de ontem (27), decolou a 1h de hoje (28), por causa do intenso tráfego aéreo. O voo precisou ser reprogramado para que ocorresse a troca de tripulação. Essa mudança foi necessária por conta da substituição dos pilotos e comissários de bordo que, se continuassem na aeronave, poderiam ultrapassar o limite de horas de trabalho, o que é proibido por lei. Esse cuidado visa assegurar prioritariamente a segurança dos voos.

A TAM lamenta os transtornos causados aos clientes e informa que prestou toda assistência necessária aos passageiros.


fonte/UOL/BandNews/foto/ArquivoPessoal

PASSAGEIROS ENFRENTAM TRANSTORNOS EM GUARULHOS PELO SEGUNDO DIA CONSECUTIVO

Os pousos e decolagens no aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, foram prejudicados, na madrugada desta sexta-feira, por causa do tráfego aéreo intenso, informou a assessoria de imprensa da concessionária GRU Airport. De acordo com a concessionária, o aeroporto precisou receber oito voos de outros aeroportos, que tiveram suas operações afetadas por más condições meteorológicas. Na noite passada, choveu muito na Grande São Paulo.

Entre a meia-noite de ontem e as 6h de hoje, 15 voos partiram com atraso e quatro foram cancelados. Na última quarta-feira, uma queda de energia deixou os sistemas de Cumbica sem operar durante 20 minutos. Um voo precisou ser transferido para outro aeroporto e pelo menos 12 registraram atraso.
A GOL Linhas Aéreas informou que o problema gerou falta de aeronaves e de funcionários de tripulação. "A GOL julga importante esclarecer que condições climáticas, eventualmente, provocam alterações nos horários e trajetos de voos e lamenta pelo desconforto causado aos passageiros, mas ressalta que a segurança de seus clientes e colaboradores é item prioritário em sua política de gestão", diz o comunicado.

Por causa do intenso tráfego aéreo, a Azul teve de cancelar dois voos que sairiam de Guarulhos com destino a Curitiba e Brasília. "A companhia reitera seu compromisso com o cliente e informa que todos puderam remarcar suas passagens sem custo e foram prontamente assistidos", informou, em nota, a Azul Linhas Aéreas.

O aeroporto de Guarulhos recebe, por ano, mais de 36 milhões de passageiros e opera com 284 mil pousos e decolagens. Do total de voos, 208 mil são domésticos e 76 mil, internacionais.


fonte/Agência Brasil/Terra
Enhanced by Zemanta

DOIS PRATICANTES DE WINGSUIT QUASE COLIDEM COM CRISTO REDENTOR, RIO


APÓS PANE, AVIÃO DA IBÉRIA QUE SEGUIA PARA MADRI RETORNA AO AEROPORTO DE GUARULHOS


SÃO PAULO - Um avião da companhia aérea Iberia, que saía de São Paulo em direção a Madri na tarde desta quinta-feira, 27, teve de fazer um pouso no Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, na Região Metropolitana de São Paulo, após uma pane. De acordo com uma passageira, o problema teria ocorrido no computador responsável pelo recolhimento do trem de pouso dianteiro, que não se levantou depois da decolagem.



Por causa da falha, o avião teve de dar voltas por 40 minutos no ar para liberar combustível antes de pousar, por volta das 18 horas. Ninguém se machucou. O voo 6824 saiu de Guarulhos e voltou a pousar no mesmo aeroporto. Funcionários da Iberia no Brasil informaram que houve um problema técnico que já foi resolvido. Por volta das 19h30, o avião já estava pronto para decolar novamente.

fonte/Estadão/foto/Luiza BodenNüller

PILOTOS DE AERONAVES OFERECERAM SUBORNO PARA AGENTES DA ANAC EM TROCA DE HABILITAÇÕES

 Vergonha.......



Mais de 60 pilotos de avião e helicóptero subornaram funcionários da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), em troca de habilitações para voar. Um esquema de corrupção, que colocou em risco milhares de vidas, ao deixar aeronaves sob o comando de profissionais sem qualificação nem ética. 

Em nota, a Anac informou que os pilotos investigados tiveram as habilitações temporariamente suspensas e que foram ouvidos no processo. Segundo a agência, aqueles que demonstraram capacidade para a habilitação pretendida receberam os registros de volta. E todos os nomes envolvidos na fraude foram encaminhados ao Ministério Público Federal.

Um homem preso em uma operação contra o tráfico internacional de drogas e que é peça-chave nesse esquema de corrupção.

fonte/BandNews

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...