Juazeiro do Norte. Começa a operar, no Aeroporto Orlando Bezerra de Menezes, neste município, o quinto voo diário, desta vez para o Estado de São Paulo, pela OceanAir. A demanda de usuários tem sido crescente na região. Com o novo implemento, a perspectiva é de fechar o ano de 2009 com o balanço de 250 mil embarques e desembarques e não 230 mil como estava previsto anteriormente.
Para 2010, já há uma estimativa, dentro desse processo crescente do número de usuários, de passar dos 300 mil passageiros.
Um dos principais problemas, em relação a esse crescimento, tem sido a condição estrutural do aeroporto. O terminal tem capacidade de suporte para apenas 50 passageiros. Uma grande reforma do aeroporto virá apenas em 2011, com investimentos de R$ 50 milhões. Ano que vem, algumas ampliações, com investimentos de R$ 5 milhões e capacidade para 187 passageiros.

Normalmente, quando chega um voo no local a condição é de superlotação e as reclamações dos usuários são constantes pela demora na entrega das bagagens, já que a esteira é curta, por conta do tamanho reduzido da área. No último dia 6 de novembro, o presidente da Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), Murilo Marques Barbosa, esteve na região para conhecer a situação local, a pedido de parlamentares cearenses. Ele foi acompanhado por autoridades locais, que reivindicaram melhorias.


Segundo o gerente do aeroporto, Roberto Germano Araújo, o presidente da Infraero verificou a situação e reconheceu a necessidade de mudanças, mas as primeiras reformas serão como paliativo para a questão, principalmente dos usuários. Ele afirma que as mudanças estão previstas para o segundo semestre de 2010, coma primeira reforma na instalação dos módulos operacionais, que inclui salas de embarque e desembarque, banheiros, e melhoria do pátio.

Passageiros
Com a ampliação no próximo ano, o terminal passará a ter suporte para 187 passageiros. Germano afirma que a grande reforma ou construção de um novo terminal deverá acontecer apenas em 2011. Essa questão ficou em aberto até pelo posicionamento do próprio presidente da Infraero, mas, de antemão, se lançou a ideia da grande ampliação. Primeiro, diz o gerente, haverá um estudo detalhado de como será o procedimento.

A nova linha da OceanAir começa a operar com os voos a partir das 7h15, com a chegada em Juazeiro do Norte do voo com procedência direta de São Paulo. A decolagem do voo é às 7h45, com conexão em Petrolina e posterior chegada ao destino final, São Paulo. Atualmente a empresa opera com dois voos para Fortaleza e Brasília, com conexões nos principais aeroportos do sudeste do País. A Gol, com dois voos, também para a capital do Estado e para o Rio de Janeiro.

Crescimento
O crescimento de passageiros diz respeito a quantidade de voos, que aumentou desde o ano passado. Em 2008, eram três voos diários e este ano de 2009 passou a ter mais um, chegando a quatro, fechando o ano com a conquista do quinto. Segundo Germano, a maior parte dos voos não está relacionada ao turismo, mas com negócios. Ele atribui as universidades implantadas na região, principalmente em Juazeiro, nos últimos anos.

Ele diz que a reforma irá desafogar um pouco o terminal. O estacionamento é outro ponto crítico, por já estar saturado. O atual terminal possui uma área de 840 metros quadrados. Com a ampliação passará a ter 2 mil m². Já o definitivo, passará a ter 9 mil m². No primeiro bimestre de 2009 o crescimento foi de 49%, que o coloca no patamar de 41º no ranking dos 67 aeroportos do País administrados pela

Infraero.
Vôos diários
Voos pela OceanAir:
Desembarque: 7h15 – São Paulo/Juazeiro do Norte
Embarque: 7h45 – JN/ Petrolina/São Paulo
Desembarque à tarde: 12h45 – São Paulo/ Brasília/ JN
Embarque: 13h25 – Fortaleza/Brasília
14h50 – Brasília/Fortaleza/JN
15h20 – Brasília/SP
Voos pela GOL:
14h00 – Brasília/ Recife/ JN
14h40 -JN/ Recife/ Brasília
12h45 – Rio de Janeiro / Fortaleza/ JN
2h45 – JN/ Fortaleza/ RJ
MAIS INFORMAÇÕES
Aeroporto Orlando Bezerra de Menezes: Avenida Virgílio Távora, 4000
Bairro Aeroporto, Juazeiro do Norte
(88) 3572.0700 / 3572. 2118

fonte/foto/DiarioDoNordeste/ELIZÂNGELA SANTOS