domingo, 19 de agosto de 2012

TURBINA DE AVIÃO PEGA FOGO E ASSUSTA PASSAGEIROS EM TERESINA

Uma aeronave da Azul Linhas Aéreas suspendeu a decolagem na manhã deste domingo no aeroporto Petrônio Portela, em Teresina, após um incêndio na turbina direita do avião. Ao perceber o fogo, os passageiros se apavoraram e tiveram que deixar aeronave rapidamente, desembarcando no pátio do aeroporto da capital piauiense. 

O incidente ocorreu às 6h40 no voo 4193, que sai de Teresina com destino a Campinas (SP). O avião já estava preparado para levantar voo quando o comandante percebeu que a turbina da aeronave começou a soltar bastante fumaça. Ele voltou para a pista de aterrissagem e pediu que os passageiros se retirassem com urgência. 

Segundo relatos de passageiros, a situação ficou tensa quando perceberam o fogo e a fumaça. Em nota, a empresa Azul informou que o voo foi cancelado devido a um "problema técnico" e que presta auxílio aos afetados pelo problema. Porém, a companhia não informou quantos passageiros estavam a bordo. 


Nota Oficial da Azul
“A Azul Linhas Aéreas informa que o voo 4193, que faria a rota entre Teresina e Campinas, foi cancelado devido a um problema técnico na aeronave. Os Clientes foram reacomodados e estão recebendo todo o auxílio necessário conforme a resolução 141 da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). A companhia lamenta eventuais transtornos ocorridos aos seus Clientes.”

fonte/Terra

HELICÓPTERO FAZ POUSO FORÇADO EM ÁREA DE MATA NA GRANDE SÃO PAULO

Um helicóptero fez um pouso forçado na tarde deste domingo (19) em uma área de mata em Itaquaquecetuba, na Grande São Paulo.

De acordo com informações da sala de imprensa do Corpo de Bombeiros, a aeronave tinha três ocupantes, que estão conscientes.

Seis equipes dos bombeiros foram enviadas ao local. Uma das vítimas foi levada com convulsões para o pronto-socorro de Arujá.


nota - informações obtidas relatam que o registro do heli é PT-YPY,  agurdamos confirmação.


fonte/G1

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...