sexta-feira, 19 de outubro de 2012

TIMELAPSE DE UM PORTA-VIÕES AMERICANO


ANAC MULTA EM R$ 2,8 MILHÕES DONA DE AVIÃO QUE FECHOU VIRACOPOS

 A Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) multou em R$ 2,8 milhões empresa norte-americana Centurion Cargo, dona do cargueiro que bloqueou a pista do aeroporto de Viracopos, em Campinas, por quase 46 horas, no começo da semana.

De acordo com a agência, a empresa ainda pode ter suspensa a sua autorização de voo.
A Infraero, em conjunto com a AGU (Advocacia Geral da União) também prepara uma ação indenizatória contra a Centurion de cerca de R$ 3 milhões. 

A única pista de Viracopos ficou fechada para pousos e decolagens após o MD-11 da companhia derrapar durante pouso. A aeronave teve o pneu estourado e tombou na pista, por volta das 19h55 do sábado (13).

A pista só foi liberada às 17h35 da segunda-feira (15). 

O acidente causou o cancelamento de cerca de 500 voos e prejudicou ao menos 25 mil passageiros. 

Nesta madrugada, o avião foi retirado da pista de taxiamento --usada para as aeronaves se locomoverem entre o pátio e a pista principal-- e levado para o pátio.
 
AZUL
Segundo Gianfranco Beting, diretor de comunicações da Azul --que opera 85% dos voos de Viracopos--, a paralisação deixou a empresa "de mãos atadas", dada a dificuldade de solucionar a situação de quase 25 mil passageiros.
"Companhia nenhuma está preparada para perder praticamente 100% de sua operação durante o dia", disse. Segundo ele, não havia vagas em hotéis nem ônibus e táxis suficientes para a demanda. 

fonte/fofot/FolhaSP

LINDA HOMENAGEM AO INSTRUTOR JULIANO (CABELO) PELOS AVIADORES DE CURITIBA

Coord 123.900



O TMACuritiba gravou a coordenação feita por vários pilotos durante a revoada em homenagem ao falecimento do instrutor Juliano Hecker (Cabelo).

fonte/Tmacuritiba.com
 

VÍDEO DO ACIDENTE COM BOEING DA JET2.COM EM GLASGOW, FUMAÇA NA CABINE E A TRIPULAÇÃO ABORTOU A DECOLAGEM COM SAÍDA DOS OCUPANTES PELOS SLIDES, 17 FERIDOS.


INSTRUTOR QUE MORREU EM QUEDA DE AVIÃO PRATICA ACROBACIAS HÁ 15 ANOS

O instrutor Juliano Heckler que morreu na queda avião monomotor que caiu no início da noite desta quinta-feira (18), na Estrada do Corredor, área rural de  Campina Grande do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba, praticava acrobacias há 15 anos em vários festivais, inclusive na Esquadrilha da Fumaça. 

Neto de aviador,  'Juliano Cabelo', como era conhecido, ficou preso nas ferragens e morreu na hora. Um aluno estava pilotando o avião e também morreu. As causas do acidente estão sendo investigadas pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

De acordo com o 2º Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (CINDACTA II), era um voo de treinamento com duração de meia hora. O avião pertencia ao Aeroclube do Paraná que tem hangar no Aeroporto do Bacacheri.

O corpo de Juliano está sendo velado desde a madrugada desta sexta-feira (19) no Aeroclube do Paraná. Já o do aluno foi levado para Londrina, no norte do estado.

"Nosso sentimento é de muita tristeza. Perdemos um grande companheiro e profissional. Ele tinha conquistado vários títulos na categoria de acrobacias e vai fazer muita falta", lamenta o presidente do Aeroclube Mario Tetto Sobrinho. Ele disse ainda que o sepultamento será às 15h e que está prevista uma homenagem com acrobacias."O avião estava voando e fazendo uma manobra. Daí deu um estouro e aí ele desceu em parafuso. Ele bateu no chão, deu aquele estouro, levantou aquele poeirão", explica o morador Osmar Moscardim, um dos primeiros a chegar ao local.

fonte/foto/G1

AVIÃO QUE FECHOU VIRACOPOS POR 45 HORAS É REBOCADO PARA O TERMINAL DE CARGAS

O avião de cargas da companhia americana Centurion Cargo, que bloqueou por 45 horas a pista do Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), foi retirado da área de taxiamento de aeronaves para o terminal de cargas na madrugada desta sexta-feira (19). O reboque do MD-11 foi feito depois da manutenção do trem de pouso do cargueiro, que estava quebrado desde a aterrissagem na noite de sábado (13), quando um dos pneus estourou. O incidente fechou para pousos e decolagens a única pista de Viracopos por 45 horas e resultou no cancelamento de 495 voos no período.

 Na tarde de segunda-feira (15), o cargueiro foi removido para a cabeceira da pista e as operações retomadas. Os reparos no trem de pouso começaram na terça-feira (16) para que a aeronave fosse rebocada. O trabalho de remoção do avião começou a  zero hora desta sexta-feira para não atrapalhar as operações do aeroporto e durou cerca de uma hora e meia.
De acordo com a Centurion Cargo, o cargueiro ficará em um hangar e passará por manutenção e análise dos dados na estrutura da aeronave. Os técnicos da empresa vão avaliar se o avião será colocado em operação novamente ou se um novo será comprado.

Com a previsão de movimento de 14 milhões de passageiros por ano até maio de 2014 no Aeroporto de Viracopos, a concessionária Aeroportos Brasil, que substituirá a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) na administração do terminal a partir de fevereiro de 2013, avalia a possibilidade de adquirir um equipamento conhecido como recovery kit, adequado para remoção de aviões de grande porte quebrados da pista do terminal.

Este conjunto de ferramentas usado na retirada de aeronaves de grande porte custa R$ 2 milhões e pesa 25 toneladas. Ele é composto por colchões de ar, macacos hidráulicos, compressores e cintas com aço capazes de levantar até 200 toneladas.

O Código Brasileiro de Aeronáutica estabelece que, se por algum problema, um avião bloquear a pista, é a empresa aérea que tem que fazer a retirada da aeronave. Se a companhia não apresentar recursos técnicos ou se não providenciar a retirada rapidamente o código diz que é a operadora do aeroporto que tem que fazer a remoção. Em Viracopos, é a INFRAERO a responsável pela operação, mas a estatal não tem nenhum equipamento de retirada de aviões de grande porte.

O equipamento usado para remover o cargueiro da Centurion precisou ser alugado da TAM. O recovery kit estava em São Paulo (SP) e foi levado para Campinas no domingo (14). Segundo a Infraero, o avião não poderia ser removido imediatamente, em Viracopos, porque, antes, era preciso retirar a carga, erguer o motor e remover o avião sem danificar a pista.
 
Somente em fevereiro de 2013
Após vencer a concorrência para administrar o aeroporto de Campinas, a concessionária Aeroportos Brasil está em fase de transição de administração com a Infraero. Desde agosto, ela acompanha os trabalhos da estatal para se familiarizar com todos os processos do aeroporto para assumir sua operação.  A partir do dia 14 de novembro, a concessionária assume a administração, mas ainda com a supervisão da Infraero por prazo de 90 dias.

A partir da primeira quinzena de fevereiro de 2013, a Aeroportos Brasil passa a administrar exclusivamente o terminal. A possibilidade de aquisição do recovery kit faz parte do pacote de medidas de segurança que serão implantadas na primeira etapa de melhorias.
 
Prejuízo de R$ 20 milhões
A Azul Linhas Aéreas calcula que o prejuízo da empresa com o incidente em Viracopos é de cerca de R$ 20 milhões. A companhia é responsável por 85% das operações domésticas no aeroporto. Em nota, a empresa disse que, além dos valores, "existem perdas imensuráveis, como a experiência vivida pelos passageiros e o impacto à marca". A companhia falou que lamenta os transtornos causados e informou que "ainda está dimensionando a extensão dos danos causados aos seus clientes e à companhia".

fonte/G1

ESQUADRILHA DA FUMAÇA DEVE ATRIAR 15 MIL AMANHÃ NO DCTA EM SÃO JOSÉ DOS CAMPOS



Cerca de 15 mil pessoas são esperadas amanhã para o ‘Portões Abertos 2012’ no DCTA (Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial), em São José dos Campos. O evento em comemoração à Semana da Asa tem entrada gratuita e acontece das 10h às 17h.
A festa terá entre os atrativos voos de aeronaves e helicópteros, salto de paraquedistas, apresentação de aeromodelismo, show de acrobacias aéreas e demonstração de busca e salvamento.
O ponto alto da festa deve ser a apresentação da Esquadrilha da Fumaça, equipe de demonstração da FAB (Força Aérea Brasileira), marcada para as 15h.
A programação completa pode ser conferida do site www.cta.br.

Exposição
Além das apresentações, o público poderá visitar os institutos que integram o DCTA, entrar em um avião cargueiro e visitar o MAB (Memorial Aeroespacial Brasileiro), onde há réplicas de aeronaves e foguetes em tamanho real.
O evento também terá uma praça de alimentação.
“Esse é um evento para a família toda. Esperamos que seja um dia de lazer diferente e agradável”, disse o coordenador geral do evento tenente-coronel César Augusto O'Donnell Alván.

Acesso
 O acesso será pelo portão da avenida Brigadeiro Faria Lima, próximo ao aeroporto de São José, na zona leste, e não pelo acesso principal do DCTA. 
Próximo à entrada, equipes do departamento vão estar presentes para orientar as pessoas e indicar os locais de estacionamento, todos gratuitos. 
Para evitar imprevistos e atrasos devido ao trânsito, O'Donnell sugere chegar com antecedência ao local para as principais apresentações.
“Próximo das 15h o tráfego aumenta muito nas imediações. Então aconselhamos as pessoas que quiserem assistir ao show da esquadrilha da fumaça, chegar pelo menos à 13h”, disse Alván.

Guaratinguetá

 A Escola de Especialistas de Aeronáutica de Guará também realiza amanhã o evento Portões Abertos 2012 como parte das comemorações da Semana da Asa deste ano.
O evento será no Aeroporto Edu Chaves, das 9h às 16h, e terá entrada franca.
As principais atrações serão o show da Esquadrilha da Fumaça, salto de paraquedistas e demonstração de aeronaves e equipamentos da FAB. 
O Portões Abertos também terá atividades preventivas de saúde, recreativas para crianças e informações sobre os concursos para ingressar na FAB. A organização não divulgou a expectativa de público na cidade.
fonte/OVale

INCIDENTE COM AIRBUS DA TACA NA COSTA RICAAVIÃO DA TA


Um Airbus A321-200 da TACA, prefixo N566TA, realizando o voo LR-621/TA-7621 de San Salvador (El Salvador) para San José (Costa Rica), com 146 passageiros e 7 tripulantes, derrapou na pista do Aeroporto Internacional de Juan Santamaria, após estouro de pneus às 21.56Z de quinta-feira (18).

 A aeronave parou a 90 graus sobre as marcas brancas do final da pista .

  Nenhum ferimento ocorreu, a aeronave precisou substituir três pneus.

A pista ficou fechada por cerca de 3 horas e o avião foi rebocado para fora da pista.


fonte/AvHerald/foto/TamarHeeremans
Enhanced by Zemanta

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...