ANAC MULTA EM R$ 2,8 MILHÕES DONA DE AVIÃO QUE FECHOU VIRACOPOS

 A Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) multou em R$ 2,8 milhões empresa norte-americana Centurion Cargo, dona do cargueiro que bloqueou a pista do aeroporto de Viracopos, em Campinas, por quase 46 horas, no começo da semana.

De acordo com a agência, a empresa ainda pode ter suspensa a sua autorização de voo.
A Infraero, em conjunto com a AGU (Advocacia Geral da União) também prepara uma ação indenizatória contra a Centurion de cerca de R$ 3 milhões. 

A única pista de Viracopos ficou fechada para pousos e decolagens após o MD-11 da companhia derrapar durante pouso. A aeronave teve o pneu estourado e tombou na pista, por volta das 19h55 do sábado (13).

A pista só foi liberada às 17h35 da segunda-feira (15). 

O acidente causou o cancelamento de cerca de 500 voos e prejudicou ao menos 25 mil passageiros. 

Nesta madrugada, o avião foi retirado da pista de taxiamento --usada para as aeronaves se locomoverem entre o pátio e a pista principal-- e levado para o pátio.
 
AZUL
Segundo Gianfranco Beting, diretor de comunicações da Azul --que opera 85% dos voos de Viracopos--, a paralisação deixou a empresa "de mãos atadas", dada a dificuldade de solucionar a situação de quase 25 mil passageiros.
"Companhia nenhuma está preparada para perder praticamente 100% de sua operação durante o dia", disse. Segundo ele, não havia vagas em hotéis nem ônibus e táxis suficientes para a demanda. 

fonte/fofot/FolhaSP

Comentários

Total de visualizações de página

Postagens mais visitadas