sexta-feira, 7 de maio de 2010

HELICÓPTERO POLICIAL DE PORTO RICO É ALVEJADO POR TIROS, CO-PILOTO FALECEU


O helicóptero da polícia municipal de San Juan, em Porto Rico, foi atingido por tiros durante uma ocorrência policial na terça-feira (04Mai10) à noite. O copiloto, civil, que foi atingido pelos disparos, faleceu na quarta, devido aos ferimentos.

O co-piloto, Jesús Fernando Quiñones Santiago, foi ferido, juntamente com o policial municipal Eduardo Meléndez Alvelo, quando homens armados dispararam pelo menos 31 tiros no helicóptero que eles tripulavam, durante uma perseguição sobre o setor de São José do Rio Piedras.

Os médicos tiveram de remover uma bala alojada em Santiago, que foi baleado nas costas. Alvelo, tinha fragmentos de bala perto de sua axila, sendo que estaria com o quadro clínico estabilizado e continuava hospitalizado em recuperação até quarta-feira à tarde.

As 11 pessoas que foram presas pela polícia municipal, em conexão com o incidente, no entanto, foram soltas depois que um procurador de San Juan vislumbrou que não havia provas suficientes para acusá-los. O FBI, bem como a polícia estadual e municipal estão investigando o incidente.

O porta-voz da polícia Damaris Pereira disse que o co-piloto e o policial foram atingido quando apoiavam uma perseguição à um motorista envolvido em um acidente de trânsito, por volta das 21:21 de terça-feira.

Pereira disse que o motorista suspeito José Gutiérrez Santana, foi abordado e foi localizado no interior do seu veículo diversas munições, e nesse momento um grupo de homens nas proximidades da abordagem começaram a disparar contra o helicóptero.

Santiago e Alvelo foram feridos pelos tiros. O piloto, José Rivera, que saiu ileso do incidente, imediatamente efetuou pouso no campo de beisebol de San José.

O Diretor da Polícia de Homicídios, Tenente José Rivera Alicea declarou que a polícia municipal encontrou 33 cartuchos de munição de fuzil calibre 223 próximo de onde a polícia disse que os tiros tinham vindo. Declarou ainda que localizou munições em veículos próximo da região e detiveram 11 pessoas nas buscas, como suspeitos da autoria dos disparos.

O procurador de San Juan determinou na quarta-feira que não havia provas suficientes para prender as 11 pessoas, que foram libertadas, disse Alicea Rivera, acrescentando que o FBI está investigando o incidente, pois a tentativa de destruir uma aeronave é um crime federal. Ele disse que agentes do FBI e funcionários da Federal Aviation Administration estão entrevistando os moradores da região desde quarta-feira.

Ele disse que a investigação conjunta já obteve algumas pistas sobre a autoria dos disparos.
“Poderia ter sido muito pior se o helicóptero perde-se o controle e caisse”, disse Alicea, que acrescentou que um jogo de softball estava acontecendo no campo de beisebol de San José, onde o helicóptero fez o pouso de emergência.

Segundo o porta-voz do FBI, Harry Rodriguez, “De acordo com a legislação vigente estabelecida pelo Departamento de Justiça americano, este crime pode ser apenado com pena de morte”.

fonte/PilotoPolicial

CORRIDA DE AVIÕES DIVIDE ESPAÇO COM O SANTOS DUMONT - INFRAERO NEGA ATRASOS

Os aviões da Red Bull Air Race, mundial de corrida aérea, começaram os treinamentos nesta quinta-feira no Aterro do Flamengo, no Rio de Janeiro. Os pilotos marcam os seus tempos um a um e, segundo a Infraero, dividem o mesmo espaço aéreo dos aviões comerciais que decolam e pousam no Aeroporto Santos Dumont. Alguns passageiros reclamaram via twitter que o evento causou atrasos nesta quinta, porém, a Infraero nega que a competição interfere no tráfego aéreo.
Pilotos da 'F-1 aérea' dividem o mesmo espaço aéreo do Aeroporto Santos Dumont

“Pode ter sido atraso por motivo operacional. Eles decolam apenas no intervalo dos voos, uma volta dura cerca de 3min e o intervalo dos aviões [comerciais] no horário de pico varia de 5min a 10min. Dá para fazer com tranquilidade. Às vezes, os voos têm intervalos de até 15min”, informou a assessoria de imprensa da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária.

O apresentador de TV e blogueiro do UOL, Marcelo Tas, foi um dos passageiros que reclamou dos atrasos. “Alô Red Bull, por que não usa propaganda como outros refrigerantes ao invés de esculhambar o tráfego aéreo do país?”, disse. “Chegando com três horas de atraso a São Paulo por conta de uma tal de Air Race”, completou.

Site da Infraero demonstra apoio da empresa ao evento da Red Bull, no Rio de Janeiro

Em seu site, a Infraero se orgulha da parceria com o evento da Red Bull. Em um banner a empresa diz: “A maior corrida de aviões do mundo decola com a infraestrutura da Infraero”.

Entre outra parte, o site convida passageiros para uma área de fãs. “O saguão de desembarque do Aeroporto Santos Dumont recebe, a partir desta terça-feira o Fan Zone da Red Bull Air Race. No espaço, os passageiros e frequentadores do aeroporto se divertem com algumas atrações relacionadas com a corrida aérea, como a réplica de uma aeronave que participará da corrida”.

De acordo com a empresa, “os visitantes também podem usar simuladores de voo e jogos e experimentar algumas das sensações de voar com velocidade e precisão sobre a Baía da Guanabara, passando por obstáculos e realizando manobras arriscadas”.

A competição aérea possui um circuito demarcado por “portões” infláveis colocados sobre a Baía da Guanabara e os pilotos voam um por vez. O desafio é cumprir o traçado no menor tempo possível e usar algumas acrobacias obrigatórias. O treino oficial acontece no sábado e a corrida será no domingo.


fonte/UOL Esportes/foto/Divulgação/Red Bull/Site Infraero

PILOTO DO AVIÃO DA AIR FRANCE PODE TER TENTANDO VOLTAR AO BRASIL

O avião da Air France que se acidentou no Oceano Atlântico no dia 1º de junho do ano passado pode ter dado meia volta para tentar retornar ao Brasil antes de cair no mar, segundo uma fonte governamental francesa citada pelo jornal Le Figaro.

Essa hipótese se baseia na fixação de uma nova zona de busca do Airbus A330 - acidentado com 228 pessoas a bordo quando voava do Rio de Janeiro a Paris - a partir de um possível sinal das caixas-pretas registrada pelo sonar do submarino nuclear francês 'Emeraude' em 1º de julho do ano passado.

Se for confirmado que o aparelho caiu nessa área, cerca de 40 quilômetros a sudoeste de sua última posição conhecida, "significaria que o avião estava perdido e, conforme os procedimentos em vigor, deu meia volta para sair de uma zona de nuvens cumulonimbos para voltar ao Brasil", assinalou a fonte.

Também significaria que o navio 'Seabed Worker', fretado pelo organismo francês responsável pela investigação, o BEA, fez buscas inúteis desde março, já que procurava no local errado.

Segundo anunciou o próprio BEA, o navio vai realizar, a partir desta sexta, buscas no novo perímetro delimitado pelas conclusões obtidas da análise do sinal captado pelo sonar há mais de dez meses, graças a uma interpretação mediante um algoritmo informático inovador.

Os técnicos da Thales (empresa fabricante do sonar) e especialistas da Marinha francesa consideram que as caixas-pretas da aeronave enviaram os sinais detectados pelo submarino, o que permitiu o estabelecimento de uma área entre 80 e 100 quilômetros quadrados.

O problema, agora, será localizar o posicionamento exato dessas caixas-pretas e resgatá-las, um trabalho que, segundo o porta-voz do Ministério francês de Defesa, o general Christian Baptiste, é "como encontrar uma caixa de sapatos em um espaço tão grande quanto a cidade de Paris em um terreno tão acidentado quanto a cordilheira dos Andes".
De toda forma, o BEA acredita que, caso encontradas, as caixas-pretas poderão ser analisadas, já que foram concebidas para resistir a impactos fortíssimos, temperaturas superiores a mil graus (por conta da possibilidade de incêndios) e pressões equivalentes às de locais a seis mil metros abaixo do nível do mar.

fontes/EFE/UOL Notícias /Globo News

ABERTAS INSCRIÇÕES PARA VISITA TÉNICA AO AEROPORTO DE GUARULHOS

Os agentes de viagens interessados em conhecer os bastidores do Aeroporto de Guarulhos terão uma oportunidade no dia 15 de maio (sábado). A Global Team vai apresentadr as áreas públicas, as facilidades, os serviços dos aeroportos, as companhias aéreas e os procedimentos para viagens.

A visita técnica começa às 9h50 e tem duas horas de duração. Para se inscrever, basta enviar um email para aeroporto@gtaa.com.br, informando nome completo, empresa e celular para contato. O ponto de encontro será em frente à sala da Abav-SP, no desembarque do terminal 2, piso térreo.

fonte/Mercado&Eventos

AVE COLIDE COM AIRBUS DA TAM NO AEROPORTO DE SALVADOR

Um Airbus da TAM colidiu, na manhã desta quinta-feira, 6, com uma ave ao decolar no Aeroporto Luís Eduardo Magalhães, de acordo com a assessoria da empresa aérea. O voo 3171 partiu de Salvador às 6h22 com destino a Guarulhos (SP) e, apesar do choque, não precisou retornar ao aeroporto. O avião não passou por manutenção, já que a ave colidiu na fuselagem sem causar danos e não entrou na turbina. A TAM informou que os passageiros não perceberam o incidente.

O voo 4069 da Azul, que decolou 10 minutos após o da TAM, saiu atrasado por conta do incidente, de acordo com um passageiro que foi informado do choque pelo piloto da Azul.

A espécie da ave não foi identificada, mas um dos tipos comuns na região é o urubu, que é considerado de alto risco. De acordo com o Centro Técnico Aeroespacial (CTA), um urubu de 2 kg pode representar um impacto de 5 a 7 toneladas ao se chocar com uma aeronave na velocidade de 300 km/h. Essa força é suficiente para causar um acidente.

A assessoria da Infraero informou que um efetivo de 50 bombeiros monitora o espaço aéreo do aeroporto 24 horas por dia e sempre que percebe a presença de aves, espanta os animais com jatos d'água e fogos de artifício. A Infraero pede que a população evite descartar lixo e restos de animais em locais inapropriados, já que o material atrai aves de rapina.
 
fonte/TardeOnLine


AZUL FARÁ VOOS PARA FOZ DO IGUAÇU

A Azul Linhas Aéreas informou que poderá começar voos em Foz do Iguaçu ainda este ano. A afirmação foi feita pelo Diretor de Relações Institucionais da Azul Linhas Aéreas, Adalberto Fedeliano após uma reunião realizada no dia 28/04 com o secretário geral do Fundo Iguaçu, Enio Edit.

Enio Eidt levou o material institucional do Iguassu Convention & Visitors Bureau, composto por showcase, bidding book, mapa e uma caneca decorada com um quati, animal nativo e símbolo do Parque Nacional do Iguaçu. "O diretor pediu todas as informações, as quais estamos fornecendo, para que a companhia faça o estudo, mas há uma grande probabilidade de começar a voar este ano, e não mais em 2011, como estava previsto", informa Enio Eidt.

A solicitação faz parte da estratégia de marketing Foz do Iguaçu Destino do Mundo que tem como uma das metas ampliar o número de voos ligando o Destino Iguaçu com as principais cidades brasileiras, principalmente as que recebem turistas internacionais. Em 2007 Foz do Iguaçu contava com 8 voos diários. Em 2010 conta com 20 voos e a meta é chegar em 2015 com trinta, somando aproximadamente cinco mil assentos.
 
fonte/Mercado&Eventos.


ERRO DE PILOTOS CONTRIBUIU PARA ACIDENTE COM AVIÃO TURCO EM AMSTERDÃ

Um erro dos pilotos contribuiu para o acidente de um avião de passageiros turco no qual morreram nove pessoas e 120 ficaram feridas em 25 de fevereiro de 2009, perto do aeroporto de Amsterdã-Schiphol, anunciou nesta quinta-feira o departamento de investigação de segurança aérea holandesa.

A fonte afirma em suas conclusões que os pilotos deveriam ter abortado a aterrissagem do Boeing 737-800.

"Foi anunciado que o avião havia passado abaixo dos 500 pés (150 metros), altura na qual a aterrissagem deve ser abortada se o avião não estiver estabilizado. Mas, apesar da perspectiva (de pouso) não for estável, a aterrissagem não foi abortada", indicou o departamento.

A fonte, no entanto, não confirmou que a principal causa do acidente, já publicada num primeiro informe em 4 de março, era um problema de altímetro, que enviou informações errôneas ao piloto automático encarregado do pouso.

O Boeing 737-800 da companhia Turkish Airlines, procedente de Istambul, caiu em 25 de fevereiro de 2009 a três quilômetros do aeroporto de Amsterdã-Schiphol. A bordo viajavam 135 pessoas, incluindo a tripulação, de sete pessoas.


fonte/AFP

REUNIÕES PARA REALIZAÇÃO DA CRUZEX V



De 3 a 7 de maio, militares das Forças Aéreas da Argentina, Brasil, Chile, Estados Unidos, França, Uruguai e Venezuela participam no Grupo de Instrução Tática e Especializada (GITE), sediado na Base Aérea de Natal (BANT), das reuniões preparatórias da V Operação Cruzeiro do Sul (CRUZEX). A Operação acontecerá no período de 28 de outubro a 19 de novembro deste ano.

Além dos planejadores dos países participantes, estão presentes nas reuniões três oficiais generais: Brigadeiro do Ar José Alberto de Mattos (Chefe da Subchefia de Operações do COMGAR), Major General Hugo Tilly Ebnsperger (Chile) e General de Brigada Luis Rafael Viana España (Venezuela).

Os assuntos discutidos envolvem desde a agenda de trabalho, objetivos do exercício, concepção, comando da operação, organização logística, aspectos administrativos e jurídicos, bem como a divulgação para a mídia.

A CRUZEX, coordenada pelo Comando-Geral do Ar (COMGAR), Brasília-DF, envolverá três bases aéreas: Natal (BANT), Fortaleza (BAFZ) e Recife (BARF), e desdobramentos nas cidades de Mossoró-RN e Campina Grande-PB. Este ano a Operação contará com observadores de sete países: Bolívia, Canadá, Colômbia, Equador, Inglaterra, Peru e Paraguai.

O objetivo da Operação é a interação dos países na condução de operações aéreas de coalizão, utilizando o padrão OTAN de comando e controle. A BANT já sediou duas CRUZEX (II e IV), em 2004 e 2008.

fonte/FAB/BANT

TAP DÁ OS PARABENS À SÃO PAULO - CIDADE FUNDADA PELS PORTUGUESES HÁ 456 ANOS

Embora com grande atraso, pelo qual nos penalizamos, vale a pena registar aqui a acção promocional com que a companhia aérea portuguesa TAP e a empresa brasileira gestora dos aeroportos Infraero deram os parabéns a São Paulo pela passagem do seu 456º aniversário.

A povoação de São Paulo de Piratininga surgiu, em 25 de Janeiro de 1554, com a construção de um colégio jesuíta, por 12 padres, entre eles Manuel da Nóbrega e José de Anchieta, no alto de uma colina escarpada, entre os rios Anhangaba e Tamanduateí.

Tal colégio, que funcionava num barracão feito de taipa de pilão, tinha por finalidade a catequese dos índios que viviam na região do Planalto de Piratininga, separados do litoral pela Serra do Mar, chamada pelos índios de "Serra de Paranapiacaba".
O nome "São Paulo" foi escolhido porque o dia da fundação do colégio foi 25 de Janeiro, dia no qual a Igreja Católica celebra a conversão do apóstolo Paulo de Tarso, conforme informa o padre José de Anchieta em carta aos seus superiores da Companhia de Jesus:


"A 25 de Janeiro do Ano do Senhor de 1554 celebramos, em paupérrima e estreitíssima casinha, a primeira missa, no dia da conversão do Apóstolo São Paulo, e, por isso, a ele dedicamos nossa casa!"

Hoje, São Paulo é a maior cidade do Brasil, das Américas e de todo o hemisfério Sul. É a cidade brasileira mais influente no cenário global, sendo considerada a 14ª cidade mais globalizada do planeta, recebendo a classificação de cidade global alfa por parte do Globalization and World Cities Study Group & Network (GaWC).
Veja tudo aqui! Vale a pena!
 
fonte/EmbaixaDePortugal
 
 

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...