sábado, 31 de agosto de 2013

QUEDA DE AVIÃO NO PARAGUAI MATA SEIS, DOIS BRASILEIROS ESTÃO ENTRE OS MORTOS

O acidente ocorreu por volta das 22:00 de sexta-feira eo avião foi completamente queimado pelas chamas.

A queda de um pequeno avião em uma propriedade rural no distrito de Yepjhú, no departamento de Canindeyú, no leste do Paraguai, provocou a morte de seus seis ocupantes, entre eles dois brasileiros, informou neste sábado (31) a Promotoria local.

Os destroços da aeronave foram encontrados ontem à noite na propriedade, que fica perto da fronteira com o Brasil. Os cinco passageiros morreram carbonizados.

Os dois brasileiros foram identificados como Moacir Antonio Kuschel, dono da propriedade onde aconteceu o acidente, e seu filho Adriano Kuschel, que pilotava o avião.

As outras vítimas identificadas são o advogado espanhol José Daniel Hidalgo Carrera e os paraguaios José Emilio Camacho, Marcelo Alonso e Ivan Sánchez, segundo a agência estatal "IP".

Entre as vítimas mortais foram identificados brasileiros Adriano Moacir e Kuschel, produtores de soja, bem como José Daniel Hidalgo Espanhol e paraguaio Marcelo Carrera Alonso, José Aranda. Uma sexta pessoa não foi identificado. 
fonte/R7

De acordo com dados preliminares do Instituto de Curuguaty, as vítimas morreram e seus restos queimados foram jogados em um raio de 50 metros do ponto de impacto.
Kuschel foi um dos maiores produtores de soja na região do Alto Paraná (este), uma das mais ricas do país, informou o relatório policial.
Por causa do acidente, os agentes de advogado não poderia especificar mais detalhes. Esta manhã, começou a trabalhar no site.
Eles observaram, no entanto, que, de acordo com dados preliminares, o Cessna, monomotor, aparentemente, tinha alguns problemas mecânicos, fazendo-os cair em uma área de difícil acesso.   
fonte/Ipparaguay 

DIVULGAÇÃO - VULCANAIR - Linford Aviões


MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...