Pular para o conteúdo principal

QUEDA DE AVIÃO NO PARAGUAI MATA SEIS, DOIS BRASILEIROS ESTÃO ENTRE OS MORTOS

O acidente ocorreu por volta das 22:00 de sexta-feira eo avião foi completamente queimado pelas chamas.

A queda de um pequeno avião em uma propriedade rural no distrito de Yepjhú, no departamento de Canindeyú, no leste do Paraguai, provocou a morte de seus seis ocupantes, entre eles dois brasileiros, informou neste sábado (31) a Promotoria local.

Os destroços da aeronave foram encontrados ontem à noite na propriedade, que fica perto da fronteira com o Brasil. Os cinco passageiros morreram carbonizados.

Os dois brasileiros foram identificados como Moacir Antonio Kuschel, dono da propriedade onde aconteceu o acidente, e seu filho Adriano Kuschel, que pilotava o avião.

As outras vítimas identificadas são o advogado espanhol José Daniel Hidalgo Carrera e os paraguaios José Emilio Camacho, Marcelo Alonso e Ivan Sánchez, segundo a agência estatal "IP".

Entre as vítimas mortais foram identificados brasileiros Adriano Moacir e Kuschel, produtores de soja, bem como José Daniel Hidalgo Espanhol e paraguaio Marcelo Carrera Alonso, José Aranda. Uma sexta pessoa não foi identificado. 
fonte/R7

De acordo com dados preliminares do Instituto de Curuguaty, as vítimas morreram e seus restos queimados foram jogados em um raio de 50 metros do ponto de impacto.
Kuschel foi um dos maiores produtores de soja na região do Alto Paraná (este), uma das mais ricas do país, informou o relatório policial.
Por causa do acidente, os agentes de advogado não poderia especificar mais detalhes. Esta manhã, começou a trabalhar no site.
Eles observaram, no entanto, que, de acordo com dados preliminares, o Cessna, monomotor, aparentemente, tinha alguns problemas mecânicos, fazendo-os cair em uma área de difícil acesso.   
fonte/Ipparaguay 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA