quarta-feira, 25 de junho de 2014

COMUNICADO CONJUNTO CONFIRMA QUE ACORDO ESTÁ FECHADO ENTRE ALITALIA E ETIHAD AIRLINES


A Alitalia, a companhia aérea italiana que recebeu o apoio do Estado no ano passado, vai passar a ser detida em 49% pela Etihad Airways.

De acordo com um comunicado conjunto das duas empresas, citado pela Bloomberg, os “principais termos” do acordo estão fechados e as companhias aéreas estão a ultimar os documentos necessários para a transacção. A sua conclusão dependerá da aprovação do regulador.

A Etihad deverá investir até 1,25 mil milhões de euros na Alitalia nos próximos quatro anos, de acordo com o ministro italiano dos Transportes, citado pela Reuters.

Há vários meses que a Alitalia procurava um novo parceiro, depois do grupo Air France-KLM se ter recusado a participar num aumento de capital realizado pela companhia aérea italiana em Dezembro passado, e de ter reduzido a sua participação de 25% para 7%.

A Alitalia não regista lucros há vários anos, e opera num mercado cada vez mais dominado pelas companhias aéreas low-cost e por companhias globais, como a Emirates, que opera em Milão.

O investimento da Etihad vai acrescentar outra participação à lista crescente da companhia aérea. O CEO, James Hogan, está a construir alianças em todo o mundo para ajudar a canalizar mais tráfego para o seu ‘hub’, em Abu Dhabi. As duas companhias já tinham anunciado, há algumas semanas, que estavam em negociações.

fonte/NewsAvia

terça-feira, 24 de junho de 2014

JATO EXECUTIVO DA GLOBAL AVIATION DESAPARECE EM CAMARÕES


As autoridades aeronáuticas dos Camarões informaram ontem à noite que serão retomadas nesta manhã de quarta-feira, dia 25 de Junho, as buscas para encontrar a jato executivo que desapareceu na madrugada de terça-feira, dia 24 de Junho, nos céus do país, quando voava de Kano, na Nigéria, para Libreville, no Gabão, com uma escala técnica em Douala, nos Camarões.

O aparelho, com lotação para quatro pessoas, pertence à companhia de aviação executiva norte-americana Global Aviation, e viajava apenas com um piloto a bordo. O último contacto com a torre de controlo do aeroporto da capital camaroense aconteceu cerca das 23h30 locais de segunda-feira, dia 23 de Junho.

A zona onde navegava o avião é de intensa floresta, junto ao litoral, onde em 19 de Junho de 2010 desapareceu também um avião com 11 pessoas a bordo. Até hoje, passados quatro anos, não se conhece o destino do avião, nem o paradeiros dos ocupantes, que se supõe tenham morrido num eventual desastre.

fonte/NewsAvia

AMELIA PROJECT


AIRBUS A310 SOFRE ATAQUE DE METRALHADORA NO PAQUISTÃO, UM MORTO


Estão suspensas todas as operações no Aeroporto Bacha Khan, em Peshawar, no Paquistão, após um ataque a um avião Airbus A310, em que morreu uma passageira e ficaram outras três pessoas feridas. O ataque foi orientado por homens armados de fora do aeroporto e ocorreu pelas 15h35 locais.

O Airbus A310-300, da Pakistan International, registro AP-BGN, realizando o voo PK-756, tinha acabado de aterrar e era procedente de Riade, na Arábia Saudita. A polícia disse que se tratou de um ataque terrorista e que cerca de uma dúzia de balas perfuraram o avião, a bordo do qual viajavam 176 passageiros e mais 12 tripulantes. Os números estão sujeitos a confirmação.

As primeiras informações são um pouco confusas, mas fontes da companhia aérea disseram aos jornalistas e estações de televisão que à volta do aeroporto estão posicionados muitos terroristas. Estas instalações são também muito utilizadas por aviões da Força Aérea Paquistanesa.

As últimas notícias que chegam indicam que uma comissária de bordo, Ijaz Shah, tem três balas alojadas no corpo e está neste momento a ser operada num hospital de Peshawar. O comandante teria sido atingido de raspão por uma das balas e uma criança de nove anos também é reportada como estando entre a vida e a morte. Um dos motores do avião foi atingido pelo fogo das metralhadoras e se incendiado, incêndio que foi prontamente apagado pelos bombeiros do aeroporto.

Testemunhas no aeroporto disseram que o avião começou a ser metralhado com armas do tipo AK-47 cerca de dois minutos antes de pousar, a cerca de 300 metros de altitude. Responsáveis pela companhia, não obstante o momento de pânico que se viveu, destacaram o grande sangue frio da tripulação que conseguiu aterrar a aeronave em segurança, e numa ocasião em que, supostamente, o comandante estava ferido.

fonte/NewsAvia

AVIÃO DA SELEÇÃO DA ESPANHA É ATINGIDO POR RAIO EM VOO DE VOLTA A MADRI


A seleção da Espanha não vive boa fase. Após a eliminação ainda na primeira fase da Copa do Mundo 2014 no Brasil, os jogadores passaram por um incidente assustador. Segundo o periódico espanhol AS, o avião foi atingido por um raio pouco tempo antes de aterrissar no aeroporto Adolfo Suárez, em Madrid, nesta terça-feira (24).

O incidente aconteceu às 12h (7h no horário de Brasília). Ainda de acordo com a publicação, o avião foi atingido do lado direito e houve um som similar ao de uma explosão. 

Os atletas ficaram assustados com o barulho, mas foram tranquilizados pelo piloto que informou a situação. Apenas os jogadores Piqué, Fábregas e Diego Costa não estavam na aeronave porque decidiram esticar as férias no Brasil.

fonte/Correio24horas

GREVE DOS CONTROLADORES DE VOO NA FRANÇA CANCELA DOIS VOOS DA TAP PARA PARIS


A TAP cancelou hoje dois voos que deveriam partir para Paris , um de Lisboa e outro do Porto, bem como os respectivos regressos, devido à greve dos controladores aéreos em França.

André Serpa Soares, do gabinete de comunicação e relações públicas da companhia aérea, disse que “a Direção-Geral de Aeronáutica (DGAC) de França pediu aos operadores aéreos, entre os quais a TAP, a redução de 20% da sua operação programada para hoje [terça-feira]“.

Desta forma, a empresa cancelou o voo entre Porto e Paris com partida programada para as 05h35 e o regresso, previsto para as 08h30, para além do voo a partir de Lisboa às 12h50 e o regresso, com saída da capital francesa às 16h00.

“Todos os passageiros que tinham reservas válidas para estes voos cancelados serão protegidos nos voos seguintes que a TAP realizará, estando a companhia a proceder à alteração de equipamentos para aumentar a capacidade de lugares de forma a acomodar todos os passageiros que são afectados por estes cancelamentos”, acrescentou André Serpa Soares.

O porta-voz da TAP sublinhou que a companhia aérea vai continuar a acompanhar a situação e que todas as acções que sejam tomadas serão sempre “de acordo com as instruções da Direcção-Geral de Aeronáutica francesa”.

Em comunicado, a DGAC de França anunciou ter pedido às companhias aéreas reduções de 20% dos voos a partir dos aeroportos de Lyon, Marselha, Toulouse e Bordéus, bem como igual redução em direcção ao sul de França, Espanha, Portugal, Marrocos, Tunísia e Argélia a partir de Paris.
“Outras informações seguir-se-ão para o dia de quarta-feira, 25 de Junho”, acrescentou aquela autoridade em relação à anunciada greve, que se prolongará até ao próximo domingo.

fonte/NewsAvia

VÍRUS DA PÓLIO É ENCONTRADO EM ESGOTO DO AEROPORTO DE VIRACOPOS

O vírus da pólio foi encontrado em amostra de esgoto perto de São Paulo, mas até o momento não foi registrado nenhum caso da doença em humanos, informou nesta segunda-feira a Organização Mundial da Saúde (OMS).

O vírus que foi encontrado em amostras coletadas em março no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), é similar a uma cepa recentemente isolada de um caso na Guiné Equatorial, segundo a OMS.

"O vírus só foi detectado no esgoto.Até o momento nenhum caso de paralisia por pólio foi registrado", informou a entidade em um comunicado.

A poliomielite ataca o sistema nervoso e pode causar paralisia irreversível em questão de horas. Não há cura para a doença, que pode ser evitada com a vacinação.

A última campanha nacional de imunização contra a pólio no Brasil foi realizada há um ano, e a cobertura no Estado de São Paulo superou 95%, assinalou a OMS, acrescentado: "A elevada imunidade parece ter evitado a transmissão."

A agência da ONU disse que o risco de o vírus da pólio encontrado no Brasil se espalhar internacionalmente é "muito baixo", enquanto na Guiné Equatorial é "alto".

A pólio é considerada erradicada do Brasil desde 1989 e o continente americano foi declarado livre de pólio em 1991, de acordo com a OMS, que mantém uma campanha mundial para erradicar a doença.

fonte/Terra

segunda-feira, 23 de junho de 2014

CURTINHAS.....

Air France aporta R$ 116 mi na Gol e US$ 33 mi na Varig

A Gol anunciou que recebeu na última sexta-feira (20) um aporte de R$ 116,4 milhões da Air France-KLM a título, segundo comunicado da empresa, “de subscrição e integralização de 4.246.620 ações preferenciais da companhia no âmbito do aumento de capital social aprovado em Reunião do Conselho de Administração da Companhia, de 28 de maio de 2014, e objeto do Aviso aos Acionistas, de 29 de maio de 2014.”

A aérea divulgou também que outros US$ 33 milhões foram incorporados à Varig “como parte de uma contribuição total contratada de US$ 48 milhões relativa à cooperação comercial entre a companhia e a Air France-KLM”.

“Tais aportes marcam a consumação da parceria exclusiva estratégica de longo prazo para cooperação comercial entre a Companhia e a Air France KLM, que foi noticiada no Fato Relevante de 19 de fevereiro de 2014”, finaliza o comunicado da Gol. 



Sita disponibiliza tecnologia Ibeacon em aeroportos

Tecnologia , American Airlines se tornará a primeira companhia a utilizar o Sita Common-use Beacon Registry (Foto: divulgação)
American Airlines se tornará a primeira companhia a utilizar o Sita Common-use Beacon Registry (Foto: divulgação)
A Sita está abrindo o caminho para as companhias aéreas e aeroportos usarem a tecnologia Ibeacon, criada pela Apple. Com isso, a American Airlines se tornará a primeira empresa do setor a utilizar o Sita Common-use Beacon Registry. O novo serviço dará permissão aos passageiros para que se atualizem e recebam informações importantes em seus dispositivos móveis nos aeroportos de todo o mundo.

A tecnologia Ibeacon é introduzida com o iOS 7 e aciona a exibição de informações relevantes sobre localização no momento certo e na situação certa. Com os beacons, as companhias aéreas podem facilmente fornecer direções aos passageiros, tempo de caminhada entre os portões, acesso ao lounge e alertas sobre embarque.

“Nós lançamos esta tecnologia para oferecer à indústria um único ponto de contato para uso comum de beacons implementado em qualquer aeroporto do mundo. Com ele, os aeroportos podem controlar e compartilhar dados como a exata localização, incluindo informação dos portões e terminais, enquanto as companhias aéreas podem permitir que os passageiros recebam informações precisas e relevantes”, disse o diretor de tecnologia da Sita, Jim Peters.

O programa piloto da American Airlines que está sendo implementado no Aeroporto Internacional de Dallas/Fort Worth é o maior do mundo em implantação de beacons. A empresa aérea planeja lançar o programa para usuários em determinadas rotas e aeroportos da América do Norte. “A tecnologia da Sita nos permitirá fornecer uma experiência satisfatória para nossos passageiros, fazendo uso do nosso aplicativo em aeroportos, não apenas na América do Norte, como também em toda a nossa rede global”, concluiu o diretor de Aplicativos de Dispositivos Móveis da American, Phil Easter. 
fonte/PanRotas

GRU AIRPORT RECEBE SEGUNDO CAMINHÃO CONTRA INCÊNDIOS


Aviação , Foto: divulgação

O novo caminhão de combate a incêndios adquirido pelo GRU Airport, o Aeroporto Internacional de São Paulo, tem performance 50% superior às exigências da Anac, segundo a concessionária do aeroporto. Trata-se do segundo equipamento desse tipo adquirido pela GRU Airport, dando continuidade ao programa de modernização do aeroporto.

O caminhão é do modelo Panther Rosembauer 6X6, utilizado nos maiores aeroportos do mundo para atendimento a emergências, destacando-se pela tecnologia e pelo conjunto de equipamentos disponíveis. O jato d’água, por exemplo, atinge uma distância de 90 metros, o que permite cobrir as maiores aeronaves do mundo. O veículo vai de 0 a 80 Km/h em apenas 30 segundos, uma performance 50% superior à exigência da Anac, de acordo com o GRU Airport, e a cabine comporta até cinco bombeiros, dois a mais que o mínimo estabelecido pelo órgão regulador.

fonte/PanRotas/foto/Divulgação

RÚSSIA PODE PARAR ENVIO DE CARGAS E CORREIO PARA EUROPA APÓS 1 DE JULHO


O Ministério dos Transportes da Rússia e a Comissão Europeia não conseguiram chegar a um acordo sobre novas regras de segurança aérea para transporte de carga.

Isso ameaça parar completamente a corrente de carga e correio para a Europa a 1 de julho. O Ministério dos Transportes quer pedir a Bruxelas que adie a entrada em vigor das regras ou suspenderá a carga aérea em trânsito para a UE através da Rússia.

Valeri Okulov, vice-ministro dos Transportes, realizou uma reunião com vista à introdução na prática, a partir de 1 de julho, do regulamento da UE sobre a segurança aérea para o transporte de carga. 


Dentro de uma semana, poderão descarregar cargas na UE apenas as companhias que receberam o estatuto de “transportador de terceiros países”. Para isso é necessário acordar com Bruxelas um programa de medidas de segurança para as cargas e o correio e o validador da UE deve inspecionar os aeroportos de envio de cargas se respeitam as respectivas exigências. Estes devem dar informação pormenorizada sobre a infraestrutura e os sistemas de segurança.

Segundo o diário Kommersant, os serviços do validador custam mais de 200 mil rublos. O Ministério dos Transportes mantém uma posição firme face ao regulamento. “A Rússia não pretende fazer inspeções suplementares ou fornecer informação secreta, os aeroportos e os transportadores são regularmente inspecionados na ICAO e IOSA, o que é suficiente”, declarou um dos interlocutores do jornal. Mas, nesta situação, o Ministério dos Transportes pediu à UE um adiamento durante as conversações.


Durante esse período, Moscou quer conseguir da UE a inclusão da Rússia na “lista verde”, acordo sobre a segurança aérea que permite aos transportadores receber o estatuto e voar para a UE sem mais inspeções.

Leia mais: http://portuguese.ruvr.ru/news/2014_06_23/Russia-pode-parar-envio-de-carga-e-correio-para-Europa-apos-1-de-julho-2898/

fonte/VozDaRússia

COLISÃO DURANTE EXERCÍCIO DE INTERCEPTAÇÃO DERRUBA LEARJET NA ALEMANHA







Um Learjet 35-A, prefixo D-CGFI, foi destruído após colisão no ar com um  Eurofighter Typhoom da Luftwaffe (Força Aérea Alemã) sobre a região de  Elpe, Alemanha.
 
O Learjet civil e dois caças Typhoon estavam envolvidos em um exercício de interceptação quando a colisão ocorreu  e o Learjet  operado pela GFD Gesellschaft für Flugzieldarstellung caiu.  

Os dois tripulantes do Learjet morreram, mas somente um corpo foi encontrado morto perto dos destroços. 

O Eurofighter danificado realizou um pouso de emergência no Nörvenich Air Base.

fonte/foto/ASN/DieWelt

POLÍCIA FEDERAL APREENDE 320 KG DE COCAÍNA DESCARREGADA DE AVIÃO EM MATO GROSSO

Avião carregado com droga foi avistado prestes a pousar em pista clandestina perto de Poxoréo, segundo a PF. (Foto: Assessoria / Polícia Federal)Avião carregado com droga foi avistado prestes a pousar em pista clandestina perto de Poxoréo, segundo a PF. Material foi descarregado em veículo posicionado na pista. (Foto: Assessoria / Polícia Federal)

A Polícia Federal (PF) apreendeu 320 quilos de cocaína durante uma operação contra o tráfico internacional de drogas neste domingo (22) numa fazenda próxima ao município de Poxoréo, a 259 km de Cuiabá. Os agentes flagraram o momento em que a droga era descarregada e prenderam os envolvidos.

A entrada de droga oriunda de países vizinhos como a Bolívia por meio de arremessos e descarregamento de aeronaves pequenas em pistas clandestinas tem sido recorrente em Mato Grosso, conforme as últimas apreensões policiais.


A assessoria de imprensa da PF, que divulgou a ocorrência deste domingo, não informou o número total de presos, limitando-se a anunciar que, entre eles, estão um boliviano e um espanhol. Eles devem responder por tráfico internacional de drogas. As poucas informações divulgadas pela PF até o momento dão conta de que a operação foi motivada por denúncia de uma pista de pouso clandestina que estaria sendo utilizada para descarregamento de droga oriunda da Bolívia por meio de pequenas aeronaves. A propriedade rural seria próxima à terra indígena de Jarudore.

Entrada de droga oriunda da Bolívia por meio de aeronaves em pistas clandestinas tem sido recorrente em Mato Grosso. (Foto: Assessoria / Polícia Federal)Entrada de droga oriunda da Bolívia por meio de aeronaves em pistas clandestinas tem sido recorrente em Mato Grosso. (Foto: Assessoria / Polícia Federal)

De acordo com a PF, ao chegarem à fazenda os agentes conseguiram visualizar um avião prestes a pousar na pista. Dois veículos já estavam posicionados ao lado. Assim que o avião conseguiu pousar, teve início o descarregamento da droga para um dos carros. O entorpecente estava armazenado em tabletes enrolados com sacos plásticos.

Segundo a assessoria de imprensa, assim que o descarregamento foi concluído os agentes da PF deram voz de prisão aos envolvidos, inclusive aos estrangeiros. Os dois veículos utilizados no descarregamento da droga também foram apreendidos.

Todos foram encaminhados à Delegacia da PF em Rondonópolis, a 212 km de Cuiabá. A pena pelo crime de tráfico de drogas internacional varia de cinco a 15 anos de reclusão.

fonte/G1/foto/PFdivulgação

DRONES SURGEM COMO ALTERNATIVA PARA MONITORAR LAVOURAS


Drones surgem como alternativa para monitorar lavouras Luis Afonso Costa/Especial
O agricultor Rogério Ceolin, 38 anos, comprou um equipamento para fotografar uma obra de silos na propriedade Foto: Luis Afonso Costa / Especial
Em rasantes sobre as lavouras, veículos aéreos não tripulados (vants), também chamados de drones, começam a se tornar ferramenta para aumentar a produtividade no campo. Hoje no mercado com preços mais acessíveis, sobrevoam o campo e funcionam com se fosse um olhar apurado sobre a propriedade. Com câmeras potentes, permitem, por exemplo, identificar pragas e doenças precocemente.

Desenvolvidos para uso militar, esses equipamentos passaram a ser testados no Brasil nos últimos anos por centros de pesquisa e grandes grupos do agronegócio. Mais recentemente, começaram a despertar a curiosidade de produtores. Concorrendo com imagens de satélite e fotografias aéreas feitas de avião, têm a vantagem do custo menor e mais agilidade no resultado.
– Os equipamentos mais modernos conseguem fazer imagens com qualidade superior à de satélites, ajudando a localizar deficiências no plantio a tempo de correção. É o olho do agricultor por cima da lavoura – explica Lúcio Jorge, que coordena as pesquisas com drones na Embrapa Instrumentação, com sede em São Carlos (SP). 

Ao captar imagens aéreas, o equipamento ajuda a localizar falhas na plantação, áreas com excesso ou falta de água ou onde é preciso utilizar defensivos agrícolas. As fotografias feitas pelo drones são utilizadas para formar um mapa da lavoura. Há 15 dias, um dos drones da Embrapa sobrevoou, em caráter experimental, 150 hectares de uma plantação de algodão do grupo gaúcho SLC Agrícola, em Cristalina (GO). As mais de 2 mil fotos tiradas serão processadas em formato de mosaico e avaliadas para verificar se há alguma deficiência nutricional nas plantas.
— Estamos avaliando o quanto isso é eficiente para se observar diferentes problemas — ressalta Ronei Sana, coordenador de agricultura de precisão da SLC Agrícola.

Ao mesmo tempo em que centros de pesquisas e empresas testam os drones, produtores curiosos também começam a se aventurar na tecnologia. O agricultor Rogério Ceolin, 38 anos, comprou um equipamento há dois meses, por R$ 5 mil, para fotografar as obras nos silos da propriedade, em Tupanciretã.
— Não tinha muita ideia de como funcionava. Depois, vi que não era tão difícil de operar e já encomendei um software para programar o equipamento — explica o agricultor.

A ideia é usar o drone para monitorar áreas de lavouras e identificar problemas de fertilidade.
— Fazer imagens por satélite é muito caro — justifica Ceolin, que investiu mais R$ 2 mil em um software para o drone.

Senai incentiva projeto de empresa de canoas
Desde março, a gaúcha Creare Sistemas desenvolve projeto em conjunto com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) para utilizar drones em lavouras de cana-de-açúcar. Com o equipamento, câmera fotográfica de alta resolução e software de análise de imagens, a ideia é ter informações detalhadas nas diferentes fases de plantio – identificando a sanidade dos canaviais e a presença de ervas daninhas ou pragas no campo.

— É uma ferramenta que poderá aumentar a produtividade das lavouras ao apontar falhas ou imperfeições no plantio que o olho não tem capacidade de enxergar nem mesmo de perto — explica Paulo Renato Jotz, diretor de marketing da Creare, sediada na Ulbratech, em Canoas.
Restrições para uso dificultam o avanço
Embora o Brasil seja um dos países pioneiros no emprego de drones, assim como os Estados Unidos, a falta de regras específicas para esses aparelhos dificulta o avanço da tecnologia. Existem cerca de 15 fabricantes brasileiros desses equipamentos, e a venda é permitida, mas o uso tem restrições por parte da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Para operar um drone, o produtor ou a empresa interessada devem solicitar o Certificado de Autorização de Voo Experimental (Cave), que permite operações de testes, sem fins lucrativos e somente em áreas rurais.

A regulamentação específica para operação de veículo aéreo não tripulado no Brasil ainda está em processo de elaboração pela agência. Enquanto isso, os pedidos para esse tipo de operação são avaliados caso a caso, dependendo do uso pretendido pelo solicitante. Conforme a Anac, somente sete equipamentos estão autorizados a operar no país – nenhum para agricultura, até o momento.

As regras têm como objetivo zelar pela segurança na aviação e evitar, por exemplo, que o equipamento caia na cabeça de alguém ou que cause algum acidente no espaço aéreo, explica Lucas Henrique Farracini, tecnólogo em manutenção aeronáutica e bolsista da Embrapa. 
– Mais de 95% dos drones em operação no país não têm autorização – calcula o pesquisador, ressaltando que a Embrapa opera cinco drones com pedidos de uso já encaminhados à Anac.



fonte/foto/ZeroHora

CESSNA 152 DA ESCOLA EJ PEGA FOGO DENTRO DO HANGAR EM ITÁPOLIS NA NOITE DE SEXTA-FEIRA

NOTA DA ESCOLA EJ

Prezados clientes e amigos da EJ,

No início da noite de sexta feira do dia 20/06/2014 na Unidade EJ de Itápolis, uma de nossas aeronaves Cessna 152 PR-EJC pegou fogo dentro do hangar e foi destruída pelo fogo.

O hangar é aberto e com os trabalhos eficiente dos bombeiros, funcionários e alunos, felizmente não machucou ninguém. O prejuízo foi material com a perda de uma aeronave da frota.

Ainda não sabemos a origem do fogo, a perícia técnica está investigando o caso.

A aeronave estava em perfeitas condições e nenhuma anormalidade fora reportada nos voos daquele dia.

A EJ está operando normalmente.

Agradecemos a todos os amigos pela força e bola pra frente.

Grande abraço a todos.

Edmir e Josué

fonte/via Facebook 

Dados da aeronave via RAB


MATRÍCULA: PREJC
Proprietário:
EJ ESCOLA DE AERONAUTICA LTDA ME
CPF/CGC:
XXXXXXXXX
Operador:
EJ ESCOLA DE AERONAUTICA LTDA ME
CPF/CGC:
XXXXXXXX
Fabricante:
CESSNA AIRCRAFT
Modelo:
152
Número de Série:
15282884
Tipo ICAO :
C152
Tipo de Habilitação para Pilotos:
MNTE
Classe da Aeronave:
POUSO CONVECIONAL 1 MOTOR CONVENCIONAL
Peso Máximo de Decolagem:
758 - Kg
Número Máximo de Passageiros:
001


Categoria de Registro:
PRIVADA INSTRUCAO
Número dos Certificados (CM - CA):
17077
Situação no RAB:

Data da Compra/Transferência:
231106


Data de Validade do CA:
09/04/18
Data de Validade da IAM:
220415
Situação de Aeronavegabilidade:
Normal
Motivo(s):

Consulta realizada em: 22/06/2014 23:23:42

domingo, 22 de junho de 2014

COMANDANTE DO VOO MH370 DA MALAYSIA AIRLINES É O PRINCIPAL SUSPEITO




Três meses após o desaparecimento do Boeing da Malaysia Airlines com 239 pessoas a bordo,  um dos maiores mistérios da história da aviação, a polícia chegou a uma conclusão: o suspeito número um é o piloto.
As conclusões oficiais que os investigadores chegaram hoje,  foram revelados pelo jornal britânico Sunday Times, citando fontes das informações  as equipes de investigação da polícia e das autoridades de aviação da Malásia.
De acordo com a pesquisa citada pelo jornal, o comandante Zaharie Shah, de 53 anos, é o principal suspeito porque sua casa tinha simuladores de voo, onde o os voos treinados eram longe de sua rota habitual.
Shah geralmente voava entre Kuala Lumpur (Malásia) e Pequim (China), da rota que deveria ter sido executada em 8 de março, quando o vôo MH370 desapareceu sob seu comando.
Os simuladores de voo apreendidos em sua casa, também revelaram que o comandante ensaiou pousos em ilhas remotas e faixas escolhidas aleatoriamente. Estas simulações (dados), os pilotos normalmente utilizam quando em voo. Os pesquisadores, já na semana após o desaparecimento da aeronave, haviam especulado em uma "ação deliberada" para fazer desaparecer a aeronave entre a Malásia e Pequim
No entanto, o comandante Shah tinha apagado todos os dados que indicam suas atividades nos simuladores e foram necessários três meses para recuperar estas informações.

Além disso, os pesquisadores confirmaram "problemas familiares" do comandante Shah, que tinha 18.000 horas de vôo em sua carreira e era considerado muito "esperto".

Das 170 entrevistas realizadas pelos investigadores, o comandante que era pai de três filhos, tinha problemas familiares e foi observado que  "não tinha mais planos para o futuro, profissionalmente ou com a família", publicou o jornal londrino.

Familiares e amigos continuam a negar que Shah teria cometido alguma ação proposital para fazer desaparecer o avião. Para eles, Shah continua a ser "uma boa pessoa e a verdade virá à tona."

A polícia, em comunicado, disse que as investigações continuam avançando e não descartamos nenhuma opção, incluindo uma falha técnica ou ataque terrorista. No entanto, permanece  o mistério de como e por que o Boeing 777 da Malaysia Airlines desapareceu no ar.

Enquanto isso, há uma crescente raiva e dor das famílias e parentes dos passageiros, em sua maioria chineses, que em breve terá de enfrentar os atestados de óbito que serão enviados pelo governo da Malásia, sem ter a menor ideia do que aconteceu e as causas da tragédia.


fonte/foto/AgInternacionais/Clarin

PLANADORES - BELAS IMAGENS


PROJETO SUL-AMERICANO DE AVIÃO ATRAI GRUPOS DO VALE DO PARAÍBA

Três empresas do polo aeronáutico de São José dos Campos --Akaer, Novaer Craft e Flight Tecnologies-- foram selecionadas para participar do projeto de desenvolvimento e produção de uma aeronave de defesa do Unasul (União Sul-Americana de Nações), que reúne Argentina, Brasil, Venezuela e Equador.

 A Avionics, de São Paulo, completa o grupo de empresas brasileiras no projeto.

De acordo com o Ministério da Defesa, a iniciativa do desenvolvimento do Avião Regional de Treinamento, que está na fase de prospecção de financiamento, tem o objetivo de fomentar a integração continental e fortalecer a indústria de Defesa na América do Sul.


A aeronave será utilizada pelos militares sul-americanos para treinamento primário básico: primeiro contato do piloto militar com a aviação.

Participação

 Em princípio, as empresas brasileiras participarão com o desenvolvimento e produção do trem de pouso do avião (Novaer), painel de equipamentos (Avionics e Flight Tecnologies) e asas equipadas (Akaer).

Por ser a empresa responsável por toda a asa equipada, a Akaer também gerenciará a produção de parte do bordo de fuga da asa, que será produzida por uma empresa venezuelana, informou o ministério.


“Este projeto é extremamente importante para Akaer e outras empresas brasileiras envolvidas, pois estabelece uma relação de negócios e parcerias com países da região e suporta o governo brasileiro em seus objetivos estratégicos”, disse, em nota, o presidente da Akaer, Cesar Silva.


O executivo avalia que o projeto deve gerar a criação de empregos na empresa, mas, no momento, não é possível estimar o número.


Para Nei Brasil, da Flight Tecnologies, o projeto é importante e uma oportunidade para a empresa mostrar a sua capacidade tecnológica.

Viabilização

 Para viabilizar o projeto, será criada no próximo semestre a sociedade anônima Unasur Aero.
A corporação permitirá que as empresas envolvidas no projeto possam ser contratadas e remuneradas .
“Os países envolvidos vão fazendo os pagamentos por etapa para a Unasur Aero, que posteriormente vai contratando as empresas com relação aos seus pacotes de trabalho”, explica o coronel Roquetti, representante do Brasil no comitê técnico do programa.


De acordo com ele, o Brasil deverá colaborar com cerca de 62% dos subsistemas. A fase de desenvolvimento do projeto terá um custo aproximado US$ 60 milhões. Com isso, pelo menos US$ 36 milhões serão destinados às empresas brasileiras.


As empresas argentinas deverão participar com 28%, e as equatorianas e venezuelanas com 5% cada.




fonte/foto/OVale/foto/Divulgação

HOMEM PRESO POR USAR LASER CON HELICÓPTERO DA PM


Foi preso em flagrante na última sexta-feira um homem acusado de usar uma caneta laser para ofuscar os olhos do piloto de um helicóptero da PM (Polícia Militar) durante uma manifestação. Ele estava no meio dos manifestantes e houve risco de queda da aeronave.

Imagens obtidas com exclusividade pela Band mostram o momento em que um manifestante dispara jatos de luz contra o helicóptero da PM. Segundo policiais, o laser verde ofusca a visão e causa até cegueira temporária.



A aeronave acompanhava a manifestação de mais de 150 pessoas por melhorias na saúde, educação e transporte. Houve tumulto e policiais usaram bombas de efeito moral e spray de pimenta.

Enquanto registravam a movimentação, os tripulantes do helicóptero estiveram na mira do laser. Dois pilotos tiveram que alternar o comando, enquanto outros dois PMS faziam contato com equipes em terra para capturar o responsável. Trinta minutos depois, o manifestante foi preso.

O homem foi levado para a delegacia, onde prestou depoimento. Caso condenado, ele pode pegar de dois a cinco anos de prisão.

fonte/noticias.band.uol.com.br

POLÍCIA APREENDE MONOMOTOR E 500 KG DE COCAÍNA





O Grupo de Radiopatrulha Aérea (Graer) em conjunto com o Comando de Operações Especiais (Coe) fizeram a apreensão de 500 quilos de cocaína e um avião usado para o tráfico de drogas no final da tarde deste sábado (21/5). A apreensão foi na região de Santa Helena de Goiás, cidade há 210 quilômetros de Goiânia. 


O piloto do avião e o proprietário da droga foram presos em flagrante. Os dois traficantes são suspeitos de abastecerem o mercado da droga em Goiás e Minas Gerais. Segundo informações da Polícia Militar (PM) foi encontrado com os traficantes rádios comunicadores, celulares e armas.
Após a prisão, no começo da noite, os dois foram encaminhados para a Delegacia da Polícia Federal da capital.

fonte/foto/Jornalopção

Dados da aeronave via RAB

MATRÍCULA: PRRRD
 
 
Proprietário:
XXXXXXXXXX
CPF/CGC:
XXXXXXXX
Operador:
XXXXXXXXXX
CPF/CGC:
XXXXXXXX
 
Fabricante:
CESSNA AIRCRAFT
Modelo:
210N
Número de Série:
21063026
Tipo ICAO :
C210
Tipo de Habilitação para Pilotos:
MNTE
Classe da Aeronave:
POUSO CONVECIONAL 1 MOTOR CONVENCIONAL
Peso Máximo de Decolagem:
1724 - Kg
Número Máximo de Passageiros:
005


Categoria de Registro:
PRIVADA SERVICO AEREO PRIVADOS
Número dos Certificados (CM - CA):
21029
Situação no RAB:

Data da Compra/Transferência:
040414


Data de Validade do CA:
04/07/18
Data de Validade da IAM:
120714
Situação de Aeronavegabilidade:
Normal
Motivo(s):

Consulta realizada em: 22/06/2014 13:38:31

sábado, 21 de junho de 2014

PARA POUCOS......ESQUADRILHA ARGENTINA DE ACROBACIA AÉREA...


ATUALIZADO - HELICÓPTERO ROUBADO É ACHADO EM FAZENDA



Um helicóptero avaliado em R$ 10 milhões furtado de um hangar de uma empresa de São Paulo foi encontrado na zona rural de Amparo. A polícia levanta a hipótese de que, sem combustível, o criminoso tenha sido obrigado a realizar um pouso forçado, A polícia não tem pistas do autor do roubo.

Segundo os funcionários, eles ouviram o barulho da aeronave pousando, porém, pensavam que era o dono da propriedade. Somente seis horas depois que os empregados viram que o helicóptero havia sido abandonado no pasto.

De acordo com a polícia, o local vai ser preservado até que um piloto da empresa retire o helicóptero.

fonte/foto/R7

Dados da aeronave via RAB


MATRÍCULA: PRYYY
Proprietário:
BANCO BRADESCO S.A
CPF/CGC:
XXXXXXXXX
Operador:
YUNY PROPERTIES GESTAO PATRIMONIAL LTDA
CPF/CGC:
XXXXXXXXX
Fabricante:
HELIBRAS
Modelo:
AS 350 B3
Número de Série:
7104
Tipo ICAO :
AS50
Tipo de Habilitação para Pilotos:
H350
Classe da Aeronave:
HELICOPTERO 1 MOTOR TURBOEIXO
Peso Máximo de Decolagem:
2250 - Kg
Número Máximo de Passageiros:
005


Categoria de Registro:
PRIVADA SERVICO AEREO PRIVADOS
Número dos Certificados (CM - CA):
20052
Situação no RAB:
ALIENACAO FIDUCIARIA
Data da Compra/Transferência:
290611


Data de Validade do CA:
31/05/17
Data de Validade da IAM:
280614
Situação de Aeronavegabilidade:
Normal
Motivo(s):

Consulta realizada em: 21/06/2014 09:49:45

sexta-feira, 20 de junho de 2014

BIMOTOR APRESENTA PROBLEMA NO TREM DE POUSO DURANTE ATERRISSAGEM EM MANAUS

Uma aeronave modelo Seneca teve problemas durante pouso na manhã de quinta-feira (19), no Aeroclube do Amazonas, no Parque das Laranjeiras, Zona Centro-Sul de Manaus. O bimotor decolou de Boa Vista (RR). Quatro pessoas estavam a bordo. A aeronave ficou danificada, mas ninguém se feriu.

O bimotor decolou às 8h e duas horas depois chegou à cidade de Manaus. Funcionários do Aeroclube relataram que o incidente ocorreu por volta das 10h, e que durante o pouso chovia forte. A aeronave, que pertence uma empresa de táxi aéreo, sofreu avarias com impacto na pista, que não chegou a ser interditada.

O tenente-coronel do Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa) VII, Ricardo Alexandre, informou que o trem de pouso não funcionou durante a descida da aeronave. "O trem de pouso apresentou falhas no momento da aterrissagem. Havia quatro pessoas abordo, incluindo o piloto e uma mulher, mas eles não se feriram", disse. 

O piloto e os passageiros foram ouvidos pelo Seripa. Os dados serão utilizados na investigação, que apontará a causa da falha. "O piloto disse em depoimento que o trem de pouso quebrou quando a aeronave estava taxiando no final da pista, quando seguia para o hangar. Porém, essa versão ainda será apurada e confrontada com fotos, vídeos e outros dados coletados", explicou tenente-coronel Ricardo ao G1. 

fonte/G1/AM 

BUSCAS POR AVIÃO DA MALAYSIA AIRLINES VOLTAM A ÁREA QUE HAVIA SIDO DESCARTADA

As buscas pelo avião da Malaysia Airlines, desaparecido no dia 8 de março, voltarão a uma área do Oceano Índico que tinha sido descartada, localizada a 1.800 quilômetros (km) a oeste de Perth, na Costa Oeste da Austrália, informou hoje (20) a imprensa local.

O Centro de Coordenação australiano, que reúne as equipes internacionais de buscas, anunciará na próxima semana que os trabalhos serão desenvolvidos a 800 km a Sudoeste, devido à área designada depois de uma nova análise das informações sobre o avião, explica o diário West Australian.

O chefe da Autoridade Australiana de Transporte, Martin Dolan, disse nessa quinta-feira (19) que a área em que poderá haver maior probabilidade de encontrar o avião está um pouco mais ao Sul do local das últimas buscas.

O MH370 desapareceu dos radares em 8 de março, poucos minutos depois de decolar de Kuala Lumpur rumo a Pequim, com 239 pessoas a bordo.

fonte/Agência Brasil/TribunaDoNorte

ACIDENTE COM AVIÃO DEIXA DOIS FERIDOS EM CRUZ ALTA, RIO GRANDE DO SUL


Acidente avião Cruz Alta RS (Foto: Eveline Poncio/RBS TV)Avião de pequeno porte ficou destruído após acidente (Foto: Eveline Poncio/RBS TV)
Um acidente com um avião de pequeno porte durante um treinamento deixou duas pessoas feridas na tarde desta quinta-feira (19) em Cruz Alta, na Região Noroeste do Rio Grande do Sul. Segundo testemunhas, a aeronave no pátio de uma cooperativa, próximo ao aeroclube da cidade.

O acidente ocorreu por volta das 16h. Durante uma atividade de instrução com um avião e um planador, a aeronave onde estavam duas pessoas caiu poucos minutos depois de decolar.
O piloto e o acompanhante tiveram fraturas e foram levados para o hospital São Vicente de Paulo de Cruz Alta, onde iam passar por cirurgias. Os dois tem licença para voar e experiência de voo. A perícia para descobrir as causas da queda deve ser realizada nos próximos dias.

fonte/foto/G1/RS


MATRÍCULA: PPFLU
Proprietário:
GOVERNO FEDERAL ANAC
CPF/CGC:
00394429004360
Operador:
AEROCLUBE DE CRUZ ALTA
CPF/CGC:
89427991000105
Fabricante:
AERO BOERO
Modelo:
AB-180
Número de Série:
112-B
Tipo ICAO :
AB18
Tipo de Habilitação para Pilotos:
MNTE
Classe da Aeronave:
POUSO CONVECIONAL 1 MOTOR CONVENCIONAL
Peso Máximo de Decolagem:
844 - Kg
Número Máximo de Passageiros:
000


Categoria de Registro:
PRIVADA INSTRUCAO
Número dos Certificados (CM - CA):
12827
Situação no RAB:
CESSAO DE USO
Data da Compra/Transferência:
140191


Data de Validade do CA:
10/12/19
Data de Validade da IAM:
101214
Situação de Aeronavegabilidade:
Normal
Motivo(s):

Consulta realizada em: 20/06/2014 00:04:16

NA FICÇÃO E NA REALIDADE, MINEIROS ENCARAM O SONHO DE FAZER O PRÓPRIO AVIÃO


 (Paris Filmes/Divulgação)
O sonho de ser piloto de avião, levou o menino Fernando a construir em casa a sua própria aeronave.

Na construção, usou rodas de bicicleta, bambu, tecido e câmara de ar de pneu para dar a propulsão. Na companhia de seus amigos, o menino iniciou a corrida de decolagem em uma rua tranquila de Belo Horizonte, no final dos anos de 1930. Conseguiu subir alguns metros, mas o avião caseiro se espatifou em caixotes de galinhas em uma feira, no fim da rua.



É com essa travessura, sonhada por tantas crianças na faixa dos 10 anos, que começa o filme 'O menino no espelho', inspirado no romance homônimo de Fernando Sabino.

Para as gravações, foram usados três protótipos idênticos, sendo um deles 'pré-quebrado', usado apenas na cena em que o equipamento bate na feira. “Enquanto um avião estava gravando, o outro já estava sendo preparado para o take seguinte”, explicou o técnico de efeitos especiais Guilherme Steger.

 Assista ao making off do filme:




Na trama, a construção do avião parece ser algo simples e caseiro, mas não é nada disso. Para chegar ao ponto da gravação, a direção do filme pediu ao técnico para fazer um projeto de um avião inspirado nas aeronaves experimentais do início do século passado. Todo o avião é feito de tubos de ferro de 0,5 polegada com pintura imitando bambu. Para as asas e leme, foram usados pedaços de lençóis. Projeto terminado, chegou a hora de concretizar o protótipo. Para as hélices de madeira continuarem girando durante a gravação, um motor elétrico foi adaptado. Foram dois dias diretos de gravações na cidade de Leopoldina, na Zona da Mata mineira. Como a rua é toda calçada com pedras, o técnico teve que colocar uma suspensão nas rodas para que o conjunto nas despedaçasse durante as gravações. 

Projeto do avião feito para o filme foi inspirado em aviões do início do século passado, como o Demoiselle (Paris Filmes/Divulgação)
Projeto do avião feito para o filme foi inspirado em aviões do início do século passado, como o Demoiselle

O motor instalado serve apenas para girar a hélice e para o voo foi usada uma tirolesa, presa a uma caminhonete no início da rua e a um guindaste no fim da via. Cada protótipo ficou com cerca de 40 kg e o projeto completo custou R$ 20 mil.

Brincadeira real de adulto
A história do garoto Fernando no filme 'O menino no espelho', lembra a do engenheiro mineiro Ronaldo Santiago, que construiu seu próprio avião no quintal de casa em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Se na ficção, o prefixo 'PT-P.E.I.D.O' foi apenas um detalhe da brincadeira, na realidade, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), homologou o prefixo PU-RST no avião do engenheiro, que pilota pelo Brasil afora.

Com autonomia para voar até sete horas, o Zodíaco pode ir de Belo Horizonte a Recife, sem escalas, mas o piloto com experiência de 230 horas/voo, ainda não explorou a autonomia total do avião. Seus destinos mais longe foram as férias em Guarapari (ES) e Porto Seguro (BA) . Por voar baixo (teto máximo de 14.500 pés, ou 5 mil metros de altura), não há necessidade da cabine ser pressurizada. 

Avião 'caseiro' do mineiro Ronaldo tem autonomia de sete horas e voa em altitude de até cinco mil metros (Juarez Rodrigues/EM/D.A PRESS)
Avião 'caseiro' do mineiro Ronaldo tem autonomia de sete horas e voa em altitude de até cinco mil metros

Os primeiros testes foram feitos de forma parecida com o voo do filme. Ronaldo levou o avião experimental para o Aeroporto de Divinópolis e fez voos rasantes sobre a pista, com toques e arremetidas, apenas para conhecimento dos sistemas operacionais. A aeronave começou a voar com autorização da Anac em 2010, desde então, Ronaldo Santiago vem aperfeiçoando a aeronave.


Serviço
O filme 'O menino no espelho' estreia em 15 cinemas de Belo Horizonte no dia 19 de junho e logo em seguida irá entrar em circuito nacional. 

 Assista ao trailler do filme:







fonte/foto/EstadoDeMinas.vrum 

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...