Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho 2, 2016

EMBRAER VAI DUPLICAR PRODUÇÃO DOS JATOS LEGACY 450/500 COM NOVA FÁBRICA NOS EUA

Marco Túlio durante evento em Melbourne, na Flórida. Foto: Divulgação. Melbourne/Flórida

A Embraer vai ampliar a produção dos seus novos jatos executivos de médio porte Legacy 450 e Legacy 500 com uma linha de montagem adicional nos Estados Unidos. O novo hangar foi inaugurado hoje, quinta-feira, dia 2 de junho, no aeroporto internacional de Melbourne, na Flórida, e vai duplicar a produção da empresa brasileira que concentra hoje a fabricação dos modelos em São José dos Campos – SP.
O empreendimento vai contar com uma área de 14 mil metros quadrados dedicados para a montagem final e pintura dos aviões. Um centro de logística também está sendo ampliado para receber as partes das aeronaves que continuam sendo fabricadas no Brasil. Fuselagem e outros componentes são enviados de navio pelo porto de Santos. Sistemas complexos como motores e aviônicos são produzidos por fornecedores americanos.
Os EUA são o maior mercado de aviação…

EMBRAER INAUGURA NOVA LINHA DO JATO LEGACY NA FLÓRIDA

Linha de Montagem da Embraer na Flórida. Foto: Divulgação.

Para ampliar a produção de seus jatos executivos de médio porte, a Embraer inaugura nesta quinta-feira, um novo hangar no complexo da empresa em Melbourne, na Flórida. A unidade é uma linha de montagem dos jatos executivos da empresa e terá uma linha adicional do Legacy 450 e Legacy 500.
A ampliação faz parte da estratégia da Embraer de ser uma empresa global, que agora está mais perto dos clientes em potencial, como os Estados Unidos, que junto com o México respondem por 65% das vendas de jatos no mundo.
O novo hangar tem área de 14 mil metros quadrados dedicados à montagem final e pintura dos aviões. A produção continua sendo feita no Brasil, que já responde por 80% da produção, contando São José dos Campos, Botucatu e gavião peixoto.A china não terá mais linha de produção, segundoo vice-presidente da Embraer Aviação Executiva, Marco Tulio Pellegrini.
"O encerr…

EXEMPLO DE VIDA - VIA FACEBOOK - NÃO CONFIRMADO O FONE PARA CONTATO

Como Tudo Começou!
SEU ANTONIO - CONSTRUIU MAIS DE 4.000 MAQUETES DE CABO DE VASSOURA
Em Fortaleza passei a odiar os aviões, porque um Xavante deu um rasante na Vila Peri, onde nós morávamos. Eu estava brincando no quintal, levei o maior susto e sai chorando. Eu tinha quatro anos anos.



Depois, um pouco mais velho nós inventamos fazer avião de sabugo de milho. Você sabe o que é sabugo de milho? É onde ficam presos os grãos do milho! Depois que o milho já estava seco, eu debulhava, furava o sabugo e colocava um palito. Fazia as asas de papelão. Tudo isso lá na roça. Nós éramos em quatro irmãos. A ideia foi minha de fabricar o avião de sabugo de milho. Avião de papel nós nunca fizemos.


Fui crescendo fazendo os aviões, do sabugo passei a fazer de cabo de vassoura. Eu fazia por hobby, colocava na minha estante, turbina de cartolina, tudo de cartolina, tudo simples, sem janelas e sem portinhas. Quando eu comecei era só Transbrasil. Depois fiz da Varig, Cruzeiro, Vasp. Quando enjoava de um av…