quarta-feira, 29 de setembro de 2010

VÍDEO - DECOLAGEM BOEING 747-400D NO AEROPORTO DE HANEDA, JAPÃO



fonte/flightglobal

GOVERNO VAI DISPONIBILIZAR VEÍCULOS E BOMBEIROS PARA O AEROPORTO DE MARINGÁ

O governador Orlando Pessuti assinou na segunda-feira (27), em Maringá, a liberação da compra de um caminhão de combate a incêndios e a contratação de 30 bombeiros para o Aeroporto Regional Silvio Name Júnior.

O veículo conta com 5,6 mil litros de capacidade de espuma para combate a incêndio, é importado, e custará cerca de R$ 1 milhão. A licitação para compra do caminhão deve ficar pronta em pouco mais de um mês.

Com a chegada do veículo e de mais 30 bombeiros, o aeroporto de Maringá vai subir da categoria 6 para a categoria 7, em segurança de combate a incêndio.

Na categoria 7 será possível receber até três voos internacionais de cargas por semana. Atualmente, o aeroporto só recebe um a cada 15 dias. Hoje, o aeroporto conta com 14 bombeiros e dois caminhões, que somados têm capacidade de 5,7 mil litros de produtos para combate ao fogo.

fonte/ODiário

DECISÃO DA JUSTIÇA PODE FAVORECER BENEFICIÁRIOS DO AERUS


Ação exige que União complete valor mensal para aposentados da Varig receberem o que teriam direito.

A proximidade de uma decisão da Justiça traz um alento para os aposentados da Varig participantes do plano Aerus, que recebem apenas uma pequena parte do que teriam direito. Até o fim do ano, a 14ª Vara Federal em Brasília deve decidir se a União precisará contribuir com a diferença para os beneficiários receberem todo o valor mensal.

Como a ação civil pública exigindo o recebimento total das aposentadorias foi encaminhada há quatro anos, o Conselho Nacional de Justiça determina que processos até 2006 sejam julgados até dezembro.

Luís Antônio Castagna Maia, advogado que representa quem entrou com a ação, está otimista porque a decisão também pode representar ganho de causa no Supremo Tribunal Federal (STF). Conforme o advogado, o STF entendeu que, tão logo saia uma decisão favorável em primeira instância, o governo deve honrar os pagamentos da diferença. Para garantir o recebimento da totalidade dos benefícios para os cerca de 8,5 mil aposentados, a União precisaria desembolsar entre R$ 15 milhões e R$ 20 milhões mensais, calcula.
– Quem permitiu que o Aerus ficasse desfalcado (de recursos) foi a União ao permitir que companhias deixassem de contribuir – afirma Maia, explicando por que a ação é contra o governo.

A empresa chegou a firmar 21 acordos de renegociação do que devia, mas não os cumpriu, afirma Carlos Henke, um dos integrantes da comissão de aposentados do Aerus no Estado.

Se houver a decisão favorável na 14ª Vara em Brasília, apenas os aposentados serão beneficiados. Funcionários que estão na ativa, mas depositaram recursos no Aerus esperando receber aposentadoria no futuro, terão de esperar outra decisão, explica o advogado.

fonte/ZeroHora/foto/ ValdirFriolin
Enhanced by Zemanta

VÍDEO - HELICÓPTERO PESCANDO HELICÓPTERO





fonte/Aerovirtual/Icem@an

AEROPORTO SANTOS DUMONT REABRE PARA POUSOS

O aeroporto Santos Dumont, no Centro do Rio de Janeiro, foi reaberto para pousos. Devido ao mau tempo, o terminal ficou fechado entre 6h57 e 7h44 desta quarta-feira (29).

Ele opera com auxílio de instrumentos tanto para pousos quanto para decolagens. As informações são da Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária).

O aeroporto internacional Antônio Carlos Jobim, na Ilha do Governador, funciona com ajuda de aparelhos para pousos e decolagens.

fonte/R7
Enhanced by Zemanta

WEBJET TEM 63,6% DOS VOOS CANCELADOS NESTA QUARTA-FEIRA

250Image via Wikipedia

A Webjet registrava 63,6% dos voos cancelados em todo o País, até as 8h desta quarta-feira, informou a Infraero. Nessa semana, a empresa anunciou medidas para solucionar os problemas que provocaram um alto índice de cancelamentos. Por volta das 9h, a situação havia melhorado e o índice havia baixado para 58,6%. Às 10h, caiu para 53,8%.

De acordo com a Infraero, dos 39 voos domésticos da Webjet programados entre 0h e 10h, 21 foram cancelados. Na segunda-feira, quase metade dos voos da companhia no País haviam sido, o que provocou filas e tumulto em diversos aeroportos.

Em nota, a Webjet informou que alto índice de cancelamentos foi motivado pela impossibilidade de exceder o limite de horas de trabalho da tripulação da companhia. "A companhia foi obrigada a reduzir o numero de voos na ultima semana de setembro para cumprir a lei nº 7.183, que regula os limites de trabalho dos aeronautas".

Como tentativa de solucionar os problemas verificados ontem, a Webjet anunciou que permitirá a reacomodação dos passageiros em voos da própria companhia ou de empresas concorrentes, a isenção total das taxas de remarcação normalmente aplicadas, o reembolso das tarifas pagas pelas passagens e o fretamento de aeronaves.

Em consequência dos cancelamentos, a Anac suspendeu a venda de bilhetes da companhia nos voos programados até a próxima sexta-feira. Em nota, a Anac informou que vem acompanhando a evolução do índice de voos cancelados pela empresa, que passaram de 2,4% em agosto para 5,7% em setembro, chegando a 9,7% na última semana.

fonte/Terra

Enhanced by Zemanta

AVIÃO FAZ POUSO FORÇADO NO AEROPORTO MARECHAL RONDON




Um avião fez um pouso forçado na manhã desta terça-feira no Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande. De acordo com informações da Infraero, um avião Fokker 100 solicitou apoio à torre de controle após apresentar problemas no sistema hidráulico. O avião com capacidade para 100 pessoas vinha de Porto Velho (RO).
A empresa reponsável pelo avião não informou quantas pessoas estavam na aeronave no momento do pouso. Uma equipe de manutenção da empresa vai fazer uma avaliação ainda hoje para verificar o que pode ter ocasionado o problema. Não houve feridos.
fonte/foto/TVCA
Enhanced by Zemanta

AVIÃO DA PASSAREDO COM DESTINO A BRASÍLIA RETORNA PARA RIBEIRÃO PRETO

250Image via Wikipedia

Um avião da Passaredo, que saiu de Ribeirão Preto com destino a Brasília, retornou ao aeroporto Leite Lopes cerca de 20 minutos após levantar voo.

Segundo relatos de passageiros, o retorno da aeronave só foi comunicado após o pouso em Ribeirão Preto. Foi também nesse momento que o piloto informou sobre um defeito hidráulico no avião.

Em nota, a companhia diz que a aeronave Embraer EMB-120 Brasília apresentou problemas em um dos dois sistemas hidráulicos de Flap e, para garantir a segurança dos passageiros, o comandante do voo decidiu retornar ao aeroporto. Os 17 passageiros que estavam a bordo foram acomodados em outra aeronave e seguiram para Brasília.

Atraso e cancelamento

Na manhã desta terça-feira (28), outros dois voos da Passaredo tiveram problemas. O voo para Curitiba, previsto para 9h30, foi cancelado devido ao mau tempo e o voo para o Rio de Janeiro foi atrasado devido a uma manutenção na aeronave.

Incidentes

Esse é terceiro incidente com aviões da Passaredo em pouco mais de um mês. Em 25 de setembro, um avião da empresa fez novo pouso de emergência no aeroporto Otacílio de Lima, em Vitória da Conquista (BA), porque a aeronave ERJ 145 da Embraer apresentou problemas no trem de pouso.

Dois dias antes, outra aeronave da Passaredo fez um pouso de emergência em Bauru. De acordo com a empresa, houve queda na pressão de óleo e, como procedimento de segurança, o piloto desligou o motor e fez o pouso.
fonte/EPTV

Enhanced by Zemanta

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...