Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 1, 2013

FAB ENCONTRA DOIS MORTOS EM DESTROÇOS DE MONOMOTOR EM MINAS GERAIS

A Força Aérea Brasileira (FAB) confirmou que foram encontrados na tarde desta sexta-feira (1º) dois corpos junto aos destroços do avião monomotor RV-7 que havia desaparecido na segunda-feira (28), após decolar de Ubatuba (SP) com destino a Rio Claro (SP). Uma equipe de militares desceu no local de rapel e confirmou que se tratava do monomotor.
Segundo o Centro de Comunicação da Aeronáutica, o avião foi encontrado em uma região de mata fechada na Serra da Mantiqueira a aproximadamente quatro quilômetros a sudeste do distrito de Monte Verde, em Camanducaia (MG), próximo à divisa com o Estado de São Paulo. Pela manhã, ele já havia sido avistado durante um sobrevoo de um helicóptero da FAB. Os militares chegaram até o local depois que uma fotografia foi tirada durante um voo panorâmico sobre uma região conhecida como Platô. Na imagem, foi visto um reflexo de luz do que seria a fuselagem do avião.
Na manhã desta sexta-feira, foi feito um voo panorâmico no local, mas devido…

PERIGO NO AR - REBELDES SIRIOS ATIRAM EM BOEING 747 DO IRÃ

Rebeldessírios, que controlamvárias aldeiaslocalizadasperto doAeroportoInternacional de Damasco, abriram fogocomarmas de pequeno porte contra em Boeing 747 iraniano.
fonte ASN

HELICÓPTEROS RUSSOS COM SOTAQUE ANGLO-ITALIANO

© Flickr.com/Thundershead/cc-by-nc-sa 3.0 O Ministério da Defesa russo planeja receber em 2013 sete helicópteros AW-139, o preço do contrato é de pouco mais de 20 milhões de dólares. Os helicópteros anglo-italianos, montados sob licença na Rússia, serão os primeiros helicópteros de projeto estrangeiro colocado em serviço na Rússia. Na Rússia sempre houve escassez de helicópteros ligeiros, que incluem o AW-139. Na URSS, a posição de monopólio neste nicho era ocupada pelo Mi-1, que foi produzido entre 1950 e 1965, e seu sucessor, o Mi-2, que foi produzido em série desde 1965 até 1998. No entanto, o principal produtor de máquinas ligeiras de projeto soviético era a Polônia – a licença e a documentação do projeto eram entregues à companhia PZL-Swidnik. Na década de 90, após o colapso do Pacto de Varsóvia e da União Soviética, a cooperação com os fabricantes de helicópteros poloneses cessou, e na Rússia começaram a desenvolver suas próprias máquinas desta classe.
Todos os proje…

HELICÓPTEROS PARA ÍNDIA NO VALOR DE US$ 6 BILHÕES

RIA Novosti A Índia está fazendo preparativos para convocar a maior licitação do mundo para comprar helicópteros multifuncionais de baseamento naval no valor de mais de 6 bilhões de dólares, informa a imprensa indiana alegando a fontes dentro da Marinha de Guerra do país. Apesar de a Rússia ainda não ter anunciado seus planos concernentes à participação da concorrência, os peritos estão seguros que tem boas chances para ganhar.
De acordo com a mídia, as Forças Navais da Índia já haviam encaminhado cartas aos maiores produtores mundiais solicitando que proporcionassem caraterísticas técnicas dos helicópteros desse tipo. O passo seguinte será o de examinar as proposições concretas de fornecimento do material bélico. No total, os militares indianos planejam comprar 120 helicópteros navais mais modernos, destinados a operações contra submarinos, aniquilação de alvos submarinos e de superfície, bem como a apoiar operações de tropas especiais. Espera-se que da concorrência vão …

EMBRAER ENTREGA 3 AERONAVES SUPER TUCANO À FORÇA AÉREA DE ANGOLA

Modelo A-29 Super Tucano entregue à Força Aérea Nacional de Angola. (Foto: Divulgação/Embraer)
Foram entregues na quinta-feira (31) pela EMBRAER os três primeiros turboélices de ataque leve e treinamento avançado A-29 Super Tucano à Força Aérea Nacional de Angola. A cerimônia ocorreu na unidade da empresa em Gavião Peixoto (SP). No total, o país africano encomendou seis aeronaves junto à fabricante brasileira.

Com esta entrega, Angola se torna o terceiro operador do Super Tucano no continente africano. O avião será empregado em missões de vigilância de fronteiras. Dez clientes já selecionaram o A-29 Super Tucano no mundo todo. O modelo, que está em operação em sete forças aéreas na América Latina, na África e na Ásia, já superou a marca de 170 mil horas de voo e 26 mil horas de combate.
O Super Tucano é capaz de executar missões, que incluem ataque leve, vigilância, interceptação aérea e contrainsurgência. A aeronave está equipada com tecnologias em sistemas eletrônicos, elet…