terça-feira, 11 de junho de 2013

ACIDENTE COM KING AIR NO CANADÁ


Um bimotor Beechcraft 100 King Air, registro C-GJSU, operado pela Aviation Flycie, caiu ontem à tarde ao largo da Trans-Canada Highway, leste de Montreal, perto do aeroporto de St-Mathieu-de-Beloeil, após bater em linhas de energia, ferindo quatro pessoas.

Eles foram transportados para o Hospital Honoré-Mercier, em Saint-Hyacinthe, as lesões não são fatais, de acordo com o capitão Michel Lefebvre , do departamento de polícia de Richelieu-St-Laurent.

O mesmo falou que a causa do acidente poderia ser uma falha mecânica ou falta de combustível, embora uma investigação está em andamento para determinar a causa exata. O Conselho de Segurança no Transporte enviou uma equipe para o local do acidente.

O avião é operado pela Aviação Flycie Inc.

fonte/ASN/CBC
Enhanced by Zemanta

DREAMLINER DA JAPAN AIRLINES OBRIGADO A REGRESSAR A TÓQUIO

O maior operador do modelo Dreamliner volta a ter problemas com avião da Boeing.

Um avião Boeing Dreamliner da Japan Airlines, predixo JA824J, realizando o voo JL-35,  que partira de Tóquio rumo a Singapura foi hoje obrigado a regressar à capital japonesa após ter sido detectada uma falha do sistema anticongelante do motor esquerdo.

O avião tinha descolado de Tóquio ao início da madrugada, mas seria obrigado a regressar pouco depois até porque os pilotos esperavam várias nuvens até Singapura que poderiam causar a formação de gelo. A aterragem foi feita em completa segurança e a maioria dos 155 passageiros optou por seguir viagem cerca de cinco horas depois num outro Dreamliner da mesma companhia.

O caso acontece apenas algumas semanas depois da Japan Airlines, o maior operador de Boeing Dreamliner, ter recolocado toda a sua frota destes aparelhos a voar depois de quatro meses parados devido a problemas nas baterias do avião.

fonte/Sapo
Enhanced by Zemanta

GREVE DOS CONTROLADORES DE TRAFEGO AÉREO CANCELA 1800 VOOS NA FRANÇA

Quase 1.800 voos foram anulados nesta terça-feira (11) na França por uma greve de controladores aéreos contra os projetos da Comissão Europeia para liberalizar o setor, anunciou a Direção Geral da Aviação Civil (DGAC), segundo a France Presse.

"Globalmente, a situação é bastante calma nos aeroportos, pois as medidas adotadas com antecedência permitem a presença apenas dos passageiros que podem embarcar", afirmou um porta-voz do organismo.

A fonte disse que 1.800 voos foram cancelados em todo o país, contra uma média de 7.650 voos por dia. . O número de voos afetados para aeroportos que servem Paris, Lyon, Nice, Marselha, Toulouse e Bordeaux ficou abaixo da estimativa inicial de 50%.

O Sindicato Autônomo de Controladores Aéreos (SNCTA) convocou a greve para denunciar "as consequências diretas na política nacional das obrigações europeias" para o setor.

Outros sindicatos convocaram greve, mas apenas para quarta-feira (12), e denunciaram o projeto de Bruxelas de criar um espaço aéreo único na União Europeia.

O aeroporto de Marselha, no sul da França, informou em seu site que foi menos afetado do que outros, com 100 voos, ou cerca de um terço, cancelados. Mais de 70 voos foram cancelados no aeroporto de Nice.

A empresa britânica easyJet disse que estava cancelando 35 voos para Paris, 11 para Toulouse e outros para Marselha, Bordeaux e Nice.

Air France
A companhia Air France informou ter cancelado um número indeterminado de voos de curto e médio curso.
Em comunicado, a empresa pediu que os passageiros verifiquem antes de  ir para o aeroporto, a situação do seu voo no site, na seção “Planos de voo”. Para receber informações sobre cancelamentos ou atrasos, o passageiro deve incluir seus dados na seção, também no site da companhia, “ver/modificar a sua reserva”.
Para aqueles que tiverem passagem da Air France partindo ou chegando a um aeroporto francês  entre os dias 11 e 13 de junho, a companhia recomenda que ou se adie ou antecipe a viagem.
As reservas dos voos que estão agendados a partir do próximo domingo (16) podem ser alteradas sem nenhum custo extra pelo site. Se o voo é entre os dias 17 e 30 de junho, a modificação da reserva pode também ser feita de graça, de acordo com a disponibilidade de voos, ou pagando a diferença com tarifa mais alta.

TAM
Procurada pelo G1, a TAM informou que a companhia não sofreu impacto com a greve e que nenhum voo partindo do Brasil para a França e saindo da França para o Brasil sofreu alterações.


fonte/G1

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...