sábado, 24 de setembro de 2016

ACIDENTE AÉREO EM MARINGÁ MATA PILOTO


Acidente aconteceu durante a 19ª Feira Internacional de Aviação de Maringá. Foto: Reprodução RPC
Um acidente de avião causou a morte de um piloto na tarde deste sábado (24), durante voo expositivo em um evento, em Maringá, no Paraná. O acidente aconteceu por volta das 17h30 na 19ª Feira Internacional de Aviação. A informação foi confirmada pelo Corpo de Bombeiros.
 
Esta foi a primeira ocorrência do tipo nas edições da feira no Brasil. Segundo informações dos bombeiros a aeronave "caiu de bico" e ficou "cravada" na terra. O veículo era plotado por Luiz Carlos Basson Dell'Aglio, que morreu no local. A assessoria de imprensa da feira divulgou nota sobre o acidente. Leia abaixo.

"Piloto Agrícola com mais de 19.000 horas de voo, Luiz Carlos Basson Dell"Aglio é considerado um dos grandes nomes no segmento, tendo atuado durante 11 anos como Coordenador Geral e Instrutor do CAVAG - Curso de Piloto Agrícola na cidade de Ponta Grossa, Paraná, onde reside e administra a sua empresa AGROVEL - Agro Aérea Vila Velha Ltda. Atualmente voando agrícola no Estado de SC em regiões de Bananais e Arroz Na acrobacia, seu esporte predileto, possui mais de 1600 horas de voo de alta performance, sendo o atual Presidente da CBA - COMITÊ BRASILEIRO DE ACROBACIA E COMPETIÇÕES AÉREAS. Dell"Aglio iniciou na acrobacia pilotando um Decathlon, na Categoria Esporte, onde chegou ao terceiro lugar no ranking nacional. No ano de 1998, com a compra do Extra 230 matriculado PT-ZUN, com aproximadamente 700 horas, entrou para a Categoria Intermediária, com ótimo desempenho. No ano seguinte, já estava competindo na Categoria Avançada, onde vem disputando os torneios de acrobacia de nível nacional, também com excelentes resultados".

fonte/foto/TnOnline/UOL

Dados da aeronave via RAB

MATRÍCULA: PTZUN
 
 
Proprietário:
LUIZ CARLOS BASSON DELLAGLIO
CPF/CGC:

Operador:
LUIZ CARLOS BASSON DELLAGLIO
CPF/CGC:

 
Fabricante:
PETRO JET SALES
Modelo:
EXTRA EA 230
Número de Série:
008
Tipo ICAO :
ZZZZ
Tipo de Habilitação para Pilotos:
MNTE
Classe da Aeronave:
POUSO CONVECIONAL 1 MOTOR CONVENCIONAL
Peso Máximo de Decolagem:
700 - Kg
Número Máximo de Passageiros:
001


Categoria de Registro:
PRIVADA EXPERIMENTAL
Número dos Certificados (CM - CA):
410
Situação no RAB:

Data da Compra/Transferência:
120400


Data de Validade do CA:

Data de Validade da IAM:
ABORDO
Situação de Aeronavegabilidade:
Normal
Motivo(s):

Consulta realizada em: 24/09/2016 19:56:33

EMBRAER CONCLUI ANÁLISE DO PDV


Embraer Fotos: Claudio Vieira / OVALE

A Embraer encerra nesta sexta-feira a análise da adesão ao PDV (Plano de Demissões Voluntárias) aberto pela companhia, que atraiu 1.470 empregados. Eles poderão ser demitidos a partir de outubro.

A saída da empresa vai depender de o PDV ser aprovado. A Embraer disse que considerará “o atendimento aos critérios de elegibilidade e a análise, feita pela área, quanto ao possível impacto do desligamento”. E completou: “Os inscritos serão informados sobre a aceitação da adesão até 23 de setembro”.

A empresa vai pagar indenização de 40% do salário nominal por ano trabalhado na empresa para cada empregado que for demitido, além das verbas rescisórias. Será garantido o pagamento mínimo de dois salários nominais.

A medida pretende economizar US$ 200 milhões (cerca de R$ 650 milhões) por ano e ainda inclui seis meses de assistência médica e odontológi-ca e orientação para recoloca-ção no mercado de trabalho ou aposentadoria.

Protesto. “A Embraer esvazia suas fábricas no Brasil para investir nas unidades construídas nos Estados Unidos e em Portugal. Isso é inadmissível, a empresa visa apenas os interesses dos acionistas estrangeiros, que agora são os donos da Embraer”, declarou o vice-presidente do Sindicato dos Meta-lúrgicos, Herbert Claros, que defende uma “grande mobilização” em um protesto às demissões. Não estão descartadas paralisações.

Em nota, a Embraer defendeu o processo de expansão da empresa para o exterior como medida que ajudou a “ampliar vendas e para que a empresa tivesse conseguido manter os níveis de produção até o atual momento”.

fonte/foto/OVale

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...