terça-feira, 30 de agosto de 2011

PASSAGEIRO PASSA MAL E MORRE DURANTE VOO DO ESPIRITO SANTO PARA O RIO DE JANEIRO


Um passageiro que seguia de Vitória (ES) para o Rio de Janeiro passou mal e morreu durante o voo 5353, da Trip Linhas Aáreas, na tarde desta terça-feira. A aeronave pousou no aeroporto Santos Dumont. 

A Trip Linhas Aéreas informou apenas que o passageiro foi "acometido por um problema de saúde quando a aeronave se aproximava de seu destino". A empresa afirmou, em nota, que acionou a equipe médica do aeroporto, que deu sequência a atendimento iniciado ainda dentro da aeronave. De acordo com a companhia, está sendo disponibilizada assistência aos familiares do passageiro. 

fonte/Terra
Enhanced by Zemanta

PORTA-AVIÕES SÃO PAULO SOFRE MAIS UM INCÊNDIO APÓS SER REFORMADO

 

Novo acidente interno no porta-aviões São Paulo está tirando o sono de familiares dos militares a bordo. “Pior que ele ocorre para piorar um clima interno que já não está bom há muito tempo”, conta militar ouvido pela Coluna. 
 
O acidente aconteceu quando o São Paulo estava em uma nova etapa de adestramentos e preparação do porta-aviões para voltar à ativa. A embarcação suspendeu âncora segunda-feira passada com previsão de retorno para a tarde de ontem. Na quarta-feira de manhã, porém já estava de volta.

“Saímos dia 15 (segunda-feira) e no mesmo dia aconteceu o primeiro incêndio na caldeira. No dia seguinte, outro incêndio ocorreu na chaminé. Na quarta, ficamos sabendo através de pessoas que trabalham diretamente nas máquinas que outros dois incêndios aconteceram, mas não foram divulgados à tripulação”, relata um militar que estava embarcado na missão dessa semana. Versão repetida à Coluna por outros dois militares e um familiar.

Os incidentes apavoram a tripulação do porta-aviões São Paulo porque trazem à memória o trágico acidente ocorrido em maio de 2005, quando vazamento de vapor causou a morte de um terceiro-sargento e feriu dez militares. Desde então a embarcação passa por reparos. O local do vazamento de vapor, a catapulta responsável pelo lançamento das aeronaves, foi totalmente reparado, mas, como dizem os militares, outros setores ainda requerem maior atenção.

fonte/ODia/HangarDoVinna

GOL COMPRA PÁSSARO MARROM


Fim da parceria com Pássaro Marron diminui as opções de diversificação de vendas de passagens aéreas da TAM

São Paulo – A recente parceria fechada entre a TAM e a Pássaro Marron está com os dias contatos, literalmente. Isso porque, o contrato entre as duas empresas termina no fim deste mês e não será renovado, segundo informou a assessoria de imprensa da companhia rodoviária. E quem tem mais a ganhar com isso é a sua maior rival: a Gol.

Na última sexta-feira, os donos da Gol compraram a Pássaro Marron e a Litorânea, empresa do mesmo grupo,  por cerca de 400 milhões de reais, conforme antecipou a blog Primeiro Lugar, de EXAME.com.
Seria, no mínimo, estranho que os donos da maior concorrente da TAM, e agora da Pássaro Marron, mantivessem a parceria com a TAM. Ainda não existe nenhum anúncio oficial de que a Gol vá ocupar o lugar da TAM nas dezenas de guichês de venda da companhia de ônibus, mas a estratégia faz muito sentindo, uma vez que, agora, elas pertencem aos mesmos controladores.

Além de tomar o lugar da sua principal concorrente, o fim da parceria diminui as opções de diversificação de vendas de passagens aéreas da TAM.

Perto das massas
Ao fechar um acordo com a Pássaro Marron, a TAM pretendia popularizar a venda de passagens aéreas. Sem a parceria, a TAM vai perder cerca de 50 pontos de venda em regiões estratégicas de São Paulo e Minas Gerais. Procurada, a companhia disse que haverá uma reunião até amanhã para que o assunto seja discutido, mas que no momento não há nada oficial. “Ainda não fomos comunicados oficialmente pela Pássaro Marron sobre a nova estrutura societária da empresa”, disse a empresa em nota.
Esta era a maior parceria do tipo fechada pela TAM. A outra foi assinada com a Princesa do Agreste, empresa rodoviária que atende 29 cidades do Nordeste.

O acordo entre a TAM e Pássaro Marron foi fechado em março deste ano e tem vigência de seis meses. A parceria tinha a finalidade de vender passagens da TAM em guichês da Pássaro Marron em todos os munícipios em que a empresa está presente. O acordo previa também,  a venda combinada de passagens de ônibus e bilhetes aéreos em todas as lojas da rede TAM Viagens no Brasil.


Mesmo que a Gol não feche nenhuma parceria com a Pássaro Marron, o simples fato de ver a concorrente longe de seus guichês já ajuda – e muito – na briga pelos passageiros da classe C. E, como se sabe, no mundo dos negócios, não perder para os outros já é lucro.

fonte/VEJA
Enhanced by Zemanta

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...