quinta-feira, 5 de julho de 2012

ACIDENTE COM AVIÃO MATA DUAS PESSOAS NO MATO GROSSO




Dois irmãos paulistas, proprietários de fazenda no interior de Mato Grosso, morreram em um acidente aéreo ontem pela manhã na localidade de Santa Terezinha do Rio Ferro, no município de Nova Ubiratã (490 km de Cuiabá).

De acordo com informações da Polícia Militar, o monomotor ocupado por Silvano e Itamar da Silva Batista , 57 e 52 anos, respectivamente, chegou a levantar vôo com destino a Dracena (SP), onde moravam os irmãos.

A queda aconteceu de uma altura de cerca de 300 metros, sobre uma plantação de milheto (pastagem usada na alimentação de bovinos), na fazenda Dracena, de propriedade dos irmãos. Pilotada por Silvano da Silva  Batista, a aeronave despencou de bico e pegou fogo segundos após a queda.

Conforme o sargento Edson Balduíno de Andrade, comandante do destacamento de PM em Nova Ubiratã, funcionários da fazenda testemunharam a queda e até se aproximaram do local, mas nada puderam fazer porque as chamas já haviam tomado conta. Os corpos foram carbonizados e estrutura do avião, reduzida a um amontoado de ferros, sobrando intacta apenas a calda.
  

Os irmãos Itamar e Silvano estavam na região há alguns dias para tratar de negócios, o principal deles seria a renovação do contrato de arrendamento da fazenda para os irmãos Miraldo José e Odiney Pascoalli.

O acidente mobilizou o Corpo de Bombeiro, Polícia Técnica, polícias Militar e Civil dos municípios de Sinop, Nova Ubiratã e Sorriso, cidades vizinhas do local. Os corpos foram levados para Sinop, para exame de necropsia, de onde devem ser transladados ainda hoje para Dracena (SP).

A polícia não informou a causa do acidente, mas um inquérito deve ser instaurado. O laudo da Polícia Técnica não ficará pronto em menos de 30 dias.

Esse seria o terceiro acidente aéreo na região Norte em dois meses. No início do mês passado um avião agrícola caiu em uma fazenda no município de Sorriso e o piloto morreu.

Já há duas semanas, um monomotor fez um pouso forçado em uma fazenda de algodão, após ter decolado, próximo à cabeceira da pista do aeroporto João Figueiredo, em Sorriso. As 6 pessoas que estavam à bordo saíram sem ferimentos. 

fonte/DiarioDeCuiaba foto/PMDeNovaUbirata