Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro 27, 2015

O PRIMEIRO VOO NA AMÉRICA LATINA ACONTECEU EM OSASCO

Façanha esquecida, o inventor franco-brasileiro Dimitri Sensaud de Lavaud projetou, construiu e voou em 1910 o aeroplano DSL “São Paulo”
Por André Vargas em 27 de Novembro de 2015 às 17:31


A historiografia aeronáutica costuma creditar ao mexicano Alberto Braniff o primeiro voo na América Latina, em 8 de janeiro de 1910, sobre a planície La Hacienda de Balbuena, perto da Cidade do México. A bordo de um aparelho Voisin adquirido na França, Braniff percorreu cerca 1,5 km a uma velocidade de 56 km/h e uma altura estimada de 25 m. Para os padrões da época, um feito memorável, digno de ser bem noticiado pelos jornais do mundo todo. Porém, um personagem quase ignorado merece o devido crédito. Um dia antes de Braniff, em 7 de janeiro, em Osasco, então um bairro da cidade de São Paulo, o engenheiro francês – que depois se naturalizaria brasileiro – Dimitri Sensaud de Lavaud conduziu, de fato, o primeiro voo na América Latina. Façanha menos conhecida, mas também registrada pelos …

NOVA PRESIDENTE DA AEROLÍNEAS ARGENTINAS NASCEU E ESTUDOU NO BRASIL

A imprensa argentina, nomeadamente o jornal ‘El Clarín’, dá como confirmada a nomeação da gestora Isela Costantini para presidente executiva da Aerolíneas Argentinas.
Isela Costantini nasceu na cidade de São Paulo, Brasil, há 44 anos, filha de pais argentinos, e é presentemente presidente executiva da General Motors (GM) na Argentina. É também presidente da Associação Nacional de Fabricantes de Automóveis, tendo sido indicada para segundo mandato que só terminará em 2016. Este ano foi ainda eleita ‘Executiva do Ano’ na Argentina.
A nova presidente da companhia aérea argentina é licenciada em Comunicação pela Universidade Católica Pontifícia do Paraná, Brasil, estado que faz fronteira com a Argentina e o Paraguai. Mais tarde obteve o grau de MBA na Universidade Loyola, em Chicago, nos EUA, com a especialização de Marketing e Negócios Internacionais.
Isela Costantini iniciou a sua carreira profissional na General Motors do Brasil em 1998 na área de Marketing e Vendas, onde desem…

MONOMOTOR FAZ POUSO FORÇADO NA RODOVIA DOS BANDEIRANTES EM JUNDIAÍ

Um monomotor pousou na rodovia dos Bandeirantes, na região de Jundiaí (Foto: Arquivo Pessoal)
Uma aeronave de pequeno porte fez um pouso forçado por volta das 12h desta sexta-feira (27) na Rodovia dos Bandeirantes, em Jundiaí (SP). O pouso foi na altura do quilômetro 60, no sentido São Paulo, mas a rodovia não chegou a ficar totalmente bloqueada.
Segundo informações da Polícia Rodoviária, um instrutor e um aluno estavam na aeronave, mas não se feriram. O monomotor Cessna, prefixo PR-EJV, decolou do aeroporto de Jundiaí, mas a suspeita é a de que houve uma pane no motor que obrigou o piloto a pousar na rodovia.
A asa direita da aeronave ficou bastante danificada, mas não há informação se houve um choque no ar ou se o dano foi feito durante o pouso forçado.
A concessionária que administra a rodovia informa que duas faixas ficaram interditadas para que o avião fosse retirado. Ele foi guinchado até uma área no km 58 da rodovia. Apesar da aeronave já ter saído da faixa de rola…