Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 18, 2014

ATUALIZADO - HELICÓPTERO CAI EM BARRA DE GUARATIBA, RIO

 O instrutor de helicópteros Rafael Luz André, desaparecido após a queda de uma aeronave no mar da Praia do Perigoso, em Barra de Guaratiba, Zona Oeste do Rio, nesta terça-feira (18), postou uma mensagem sobre segurança em voos em uma rede social um dia antes do acidente. Amigos do profissional deixaram recados na página dele na internet à procura de informações sobre seu estado de saúde. Até 16h desta terça, o Corpo de Bombeiros não havia o piloto. O aluno dele, Sérgio Mauro, de 24 anos, foi resgatado com vida e morreu no Hospital Miguel Couto, na Zona Sul.
Sérgio era ex-jogador de futebol e defendeu o Macaé, onde era conhecido como Sérginho, como publicou o Globoesporte.com.

Rafael Luz publicou uma foto na internet, às 13h02 de segunda-feira (17), com a seguinte mensagem. “Uma vez me disseram o seguinte. Aviação é o meio de transporte mais rápido pra quem não tem pressa, pois está sujeita a intempéries que independem de nossa vontade. Por isso meus amigos, digam não quando …

GLOBAL AIR PROJETA CRESCIMENTO DE 30% ESTE ANO COM MERCADO DE PEÇAS DE REPOSIÇÃO PARA HELICÓPTEROS

O fato de o Brasil já possuir a segunda maior frota do mundo de helicópteros de uso civil e a segunda maior de aeronaves da chamada aviação comercial vem impulsionando o crescimento de outros negócios. Entre eles, o de peças de reposição para helicópteros. A Global Air, empresa especializada em importação de peças para este tipo de aeronave, projeta um crescimento de 27% para este ano, porém mantém em segredo o faturamento. 
Dono de uma rede de contatos em todo o mundo, Ricardo Ralston, CEO da Global Air, trabalha com uma uma base de apoio em São Paulo, um depósito em Miami, e escritórios em Londres, na Inglaterra, e em Le Bourget, na França. Dos quatro pontos, coordena a importação de peças em tempo menor que os principais concorrentes e com margens de lucro bem inferiores. 
“Temos preços entre 25% até 40% menores que a concorrência e uma agilidade que me rendeu o apelido de “Heligeiro”, brinca o executivo. Mas faz sentido. Recentemente, um proprietário de helicóptero tev…

DIVULGAÇÃO - MINIATURAS DE AVIÃO

Você também se perguntou o que era aquele aviãozinho de papel na fotografia do pedido #640 que foi de presente para o membro 10.000 da nossa FanPage no Facebook?

Pois bem, desculpe não ter avisado, rs, mas só aqueles que fizeram um pedidos em menos de 15 dias sabem o que é isso....




Em TODOS os pedidos da nossa loja, o cliente recebe um Avião de Papel. Não é um brinde qualquer, é uma forma de disseminar a descontração e a alegria. Os nossos clientes além de receber os produtos comprados recebem um pouco de diversão da nossa loja, totalmente grátis. Não é uma forma de marketing, é uma forma de ser realmente útil, duvida?

O cara que recebe um avião de papel, escrito em cima “Me faça voar”, vai ficar desconfiado, vai olhar para os lados, hesitar e talvez jogar. Repare o sorriso aberto depois de atirar um aviãozinho de papel? 

É divertido,
é bobo (e dai?),
é infantil (sim, e daí?),
é uma forma de sorrir. É sério!!!

Possivelmente a forma de encarar o dia do cara que atirou o avião d…

HELICÓPTERO ACIDENTADO NO PARÁ FOI REMONTADO

Um helicóptero que caiu no último sábado, no Pará, já tinha sofrido um acidente em 2007. Na ocasião, três pessoas morreram. As informações foram obtidas com exclusividade pelo Jornal da Band. O aparelho reconstruído foi vendido à escola de pilotagem de um dos presos por transportar meia tonelada de cocaína em um helicóptero da família do deputado Gustavo Perella no ano passado.

A aeronáutica começou a investigar o acidente em que morreram duas pessoas. O impacto do helicóptero no solo foi tão forte que as peças ficaram espalhadas por boa parte da mata. Imagens exclusivas mostram o trabalho do Corpo de Bombeiros em uma vila do município de Tracuateua.

A aeronave é a mesma que se envolveu em outro grave acidente em 2007 em Carapicuíba, na Grande São Paulo, que causou a morte de três pessoas. O relatório final do centro de investigação e prevenção de acidentes aeronáuticos feito no mês passado concluiu que os danos ao helicóptero foram graves. Os técnicos ainda definiram que to…