terça-feira, 29 de janeiro de 2013

MAU TEMPO FAZ FAB SUSPENDER BUSCA A AVIÃO QUE SEGUIA PARA RIO CLARO, SÃO PAULO


Devido ao mau tempo, a Força Aérea Brasileira (FAB) suspendeu as buscas nesta terça-feira (29) ao avião monomotor que saiu de Ubatuba com destino a Rio Claro (SP) e está desaparecido desde às 13h30 de segunda-feira (28). Dois comerciantes, ambos com 31 anos, estavam a bordo da aeronave.

As buscas se concentram na área do distrito de Monte Verde, no município de Camanducaia (MG), local onde o último sinal do monomotor foi captado.

Após uma ordem judicial, uma operadora de telefonia fez o rastreamento do celular de um dos ocupantes do avião. Um sinal foi detectado por volta das 20h desta segunda-feira (28), na região de serra de São Francisco Xavier, distrito de São José dos Campos.

De acordo com a FAB, a distância entre o ponto em que o radar detectou o sinal da aeronave, em Monte Verde (MG), e o ponto rastreado pela operadora de telefonia móvel, é de cinco quilômetros. As buscas também foram feitas na região de São Francisco Xavier. O trabalho deve ser retomado na região a partir das 6h40 desta quarta-feira (30).

Segundo Waldir Vieira, tio de Marcos Teixeira Barros, um dos ocupantes da aeronave, a família está esperançosa em localizar a dupla. "O piloto era experiente, a aeronave era do meu sobrinho, estamos acreditando nessa localização", disse.


Operação
As buscas na regão entre São Paulo e Minas contam com o auxílio de um avião SC-105, vindo de Campo Grande (MS), e um helicóptero H-34 Super Puma, do Rio de Janeiro. A operação envolve 20 militares. Um base será montada em São José dos Campos. O Jeep Club de Monte Verde deve colaborar nas buscas por terra.

O Aeroclube de Rio Claro  acionou o Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (Cindacta II), mas não foi possível fazer buscas na região serrana devido à forte neblina na manhã desta terça-feira.

A aeronave era pilotada pelo comerciante de Rio Claro Diego Perez, que voltava para a cidade com o amigo de infância Marcos, atual morador de Ubatuba. “Eles saíram daqui às 11h55 e deveriam chegar com uma hora e meia de voo em Rio Claro, mas não chegaram e não deram sinal. Ainda não sabemos onde o avião desapareceu”, contou a mãe de Marcos, Wania Vieira Teixeira Barros.


Bom piloto O instrutor de voo Felipe de Melo Martins foi um dos professores de Diego Perez no curso de pilotos. Ele disse que o aluno teve um bom desempenho durante as aulas e que estava habilitado para pilotar. “Ele fez todas as etapas do curso, não teve nenhuma dificuldade e estava com a carteira e o exame médico válidos”, relatou.

O instrutor explicou que o modelo da aeronave pilotada por Diego, um monomotor RV-7, não possui instrumentos que permitam voar em condições meteorológicas ruins. Segundo ele, o voo depende muito da visibilidade durante o trajeto. Como a viagem passava por um trecho de serra, o mau tempo pode ter surpreendido o piloto.

“O que pode dificultar é a camada de nuvem baixa. Você decola, está abaixo da camada e aí tem morro na sua frente. Você não consegue varar a camada para cima apenas com os instrumentos para voo visual”, explicou.

A equipe do Aeroclube de Rio Claro não acredita em pane mecânica, já que a aeronave tinha apenas 100 horas de vôo.  Além disso, a última revisão feita no avião ocorreu há dois meses.


Rota perigosa
O especialista James Waterhouse, professor do departamento de Engenharia Aeronáutica da USP de São Carlos, disse que a região do litoral é uma rota perigosa devido à mata atlântica e às montanhas bastante altas. O mau tempo prejudica a visibilidade, o que faz com que as aeronaves tenham que voar em boa parte do ano com o auxílio dos instrumentos.

“Quando isso acontece em uma região montanhosa, o avião tem que estar muito bem equipado, o piloto bem treinado e tudo isso associado ainda ao risco de voar com um monomotor sobre uma área hostil. Se você tiver um eventual problema de motor e ainda mais dentro uma condição instrumento, você vai ter pouca opção para conseguir fazer um pouso de emergência”, avaliou.

fonte/G1/SãoCarlosAraraquara

LEGACY 650 É ELEITO JATO COM MELHOR DESEMPENHO POR REVISTA CHINESA

O Legacy 650 foi eleito o jato de grande porte com o melhor desempenho pela revista chinesa Hurun Report. Segundo informou a Embraer nesta terça-feira, a publicação da China – focada no segmento de luxo – também nomeou Legacy 500 como a melhor novidade em jatos executivos.

A Embraer diz que seu setor de aviação executiva já recebeu desde 2007 12 prêmios relacionados a inovação e projeto.

Com alcance de 3.900 milhas náuticas (7.223 km), o Legacy 650 pode voar, sem escalas, de Beijing (China) para Dubai (Emirados Árabes Unidos), de Hong Kong (China) para Adelaide (Austrália), ou de Dubai para Londres (Reino Unido). A aeronave conta com aviônicos integrados,  que reduzem a carga de trabalho dos pilotos e aumentam a segurança de vôo. O Legacy 650 oferece três ambientes de cabine, acomodando até 14 passageiros.


fonte/ Terra/foto/Divulgação

BELO VÍDEO AVIANCA



INCIDENTE FILMADO DURANTE POUSO COM ANTONOV 24 NO AEROPORTO DE IRKUTSK, SIBÉRIAVO


ATUALIZADO - AVIÃO MONOMOTOR QUE SEGUIA PARA RIO CLARO DESAPARECE COM DUAS PESSOAS

Foto foi tirada minutos antes dos dos dois amigos deixarem Ubatuba na segunda-feira (Foto: Acervo pessoal)
 
Um avião monomotor amarelo que saiu de Ubatuba com destino a Rio Claro (SP) está desaparecido desde às 13h30 de segunda-feira (28). As famílias procuram pelos dois comerciantes, ambos de 31 anos, que viajavam a passeio quando perderam a comunicação.

O Aeroclube de Rio Claro confirmou o sumiço e já acionou o Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (Cindacta II), entretanto, a região serrana está com muita neblina e não há como fazer buscas pelo local na manhã desta terça-feira (29).

A aeronave era pilotada por um comerciante de Rio Claro que voltava para a cidade com o amigo de infância Marcos Teixeira Barros, atual morador de Ubatuba. “Eles saíram daqui às 11h55 e deveriam chegar com uma hora e meia de voo em Rio Claro, mas não chegaram e não deram sinal. Ainda não sabemos onde o avião desapareceu”, conta a mãe de Marcos, Wania Vieira Teixeira Barros.

A princípio, a hipótese era de um pouso de emergência num local sem sinal de celular, entretanto, Wania afirmou que um dos aparelhos chamou o dia todo na segunda-feira. “Nós entramos com um pedido na Promotoria para quebrar o sigilo do celular e fazer um rastreamento para ver se conseguimos localizar os dois”, disse.

Segundo Wania, que também é de Rio Claro e mora em Ubatuba há 13 anos, os dois comerciantes sempre viajavam juntos e nunca tiveram problema. “Já acionamos todos os órgãos que podíamos e agora nós queremos essa autorização para tentar localizá-los o quanto antes. Esse desbloqueio do celular tem que ser permitido, isso vai agilizar as buscas, estamos angustiados”, desabafa a mãe.

fonte/foto/VNews


Familiares iniciaram as primeiras investigações por conta própria e, com a ajuda de amigos, acionaram o Cindacta II (Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo), que localizou o monomotor na região de Monte Verde, no sul de Minas Gerais.
A Força Aérea Brasileira informou que irá enviar um avião de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, para fazer as buscas no local assim que o tempo melhorar.

fonte/OVale

AVIÃO DA AVIANCA TEM NOVA PANE DE AR-CONDICIONADO E RETORNA PARA ARACAJU

O avião da empresa Avianca que faz voo entre as cidades de Aracaju e Brasília sofreu uma nova pane no sistema de ar-condicionado, sendo mais uma vez, obrigado a retornar para o Aeroporto de Aracaju, minutos depois de ter decolado rumo à capital federal.

De acordo com informações, o sistema de refrigeração da aeronave Fokker 100 falhou e os passageiros começaram a se sentir mal dentro do avião. O piloto decidiu então, voltar para Aracaju, a fim de que fossem feitos os reparos na aeronave.

O prefeito da cidade de Itabaiana, Valmir de Francisquinho, estava entre os passageiros da Avianca. Antes de decolar, vários passageiros precisaram de atendimento médico. O prefeito Valmir foi levado para o Hospital Primavera, onde ficou internado. Em seguida, o avião partiu e voltou para Aracaju.

No espaço de uma semana, este é o segundo problema com o ar-condicionado da mesma aeronave. No último doa 21, o avião retornou para Aracaju com dez minutos de voo, realizando um pouso de emergência, considerando que não havia condições de completar a viagem com um calor aproximado de 60º, levando vários passageiros a passar mal.

A reportagem F5 News tentou contato com representantes da empresa Avianca em Aracaju, no balcão do aeroporto, ninguém se disse autorizado a falar sobre o assunto, nem mesmo sobre a reincidência do problema. A mesma aeronave teve duas falhas semelhantes no ano passado. A aeronave apresentou o problema pela quarta vez, considerando as incidências ocorridas antes da decolagem.


fonte/F5News
 

SAFETY DANCE - CEBU PACIF DANCING CREW

EAB AIR SHOW 2013


AVIÃO CAI NO CAZAQUISTÃO, 21 PESSOAS MORRERAM

 
Uma aeronave Canadair CRJ-200 da Scat Airlines, matrícula UP-CJ006, realizando o voo DV-760  de Kokshetau para Almaty (Cazaquistão) com 16 passageiros e cinco tripulantes, colidiu com o solo, terreno pantanoso a 1km da cabeceira da pista as 14:00 local.

O jato estava em aproximação final para pista 23R de Almaty quando a tripulação decidiu dar a volta em razão do nevoeiro, mas o avião desapareceu dos radares às 13:13 L (07:13 Z). Todos os ocupantes morreram na queda do avião.
 
No manifesto da tripulação a lista continha  21 nomes (16 passageiros e cinco tripulantes, o nome de uma criança de colo foi depois acrescentado).

 O Ministério do Cazaquistão relatou que 16 passageiros (incluindo uma criança) e cinco tripulantes morreram no acidente, perto da aldeia Kyzyltu (cerca de um quilômetro a noroeste da posição aproximada final, ver mapa abaixo).

 O Ministério dos Transportes e Comunicações do Cazaquistão  informou que a aeronave envolvida de matrícula UP-CJ006 (MSN: 7413), acumulava 25.707 horas de vôo em 22.975 ciclos de voo desde novo, e havia se juntado a frota da Scat Airlines em setembro de 2012 e recebeu seu certificado  de aeronavegabilidade em 20 de setembro de 2012. Uma comissão de investigação foi formada para investigar as causas do acidente.






metar

Metars:
UAAA 290800Z 34002MPS 0100 R23R/0150N R23L/0150N FZFG VV001 M01/M01 Q1019 882/0150 NOSIG RMK QBB040
UAAA 290730Z 02001MPS 0150 R23R/0150N R23L/0200N FZFG VV001 M01/M01 Q1018 882/0150 NOSIG RMK QBB040
UAAA 290700Z 05001MPS 0150 R23R/0150N R23L/0200N FZFG VV001 M01/M01 Q1019 882/0150 NOSIG RMK QBB040
UAAA 290630Z 36003MPS 330V040 0100 R23R/0150N R23L/0150N FZFG VV001 M01/M01 Q1019 882/0150 NOSIG RMK QBB040
UAAA 290600Z 04003MPS 340V070 0250 R23R/0250N R23L/0250N FZFG VV001 M01/M01 Q1019 R23R/3///50 R23L/2///50 NOSIG RMK QBB050
UAAA 290530Z 36002MPS 0100 R23R/0150N R23L/0150N FZFG VV001 M01/M01 Q1019 R23R/3///50 R23L/2///50 NOSIG RMK QBB040
UAAA 290500Z VRB01MPS 0150 R23R/0200V0400U R23L/0200N FZFG VV001 M01/M01 Q1019 R23R/3///50 R23L/2///50 NOSIG RMK QBB040
UAAA 290430Z VRB01MPS 0150 R23R/0200N R23L/0300N FZFG VV001 M01/M01 Q1019 R23R/3///50 R23L/3///45 NOSIG RMK QBB050
UAAA 290400Z 33002MPS 0250 R23R/0200V0350D R23L/0250N FZFG VV001 M01/M01 Q1020 R23R/3///50 R23L/3///45 NOSIG RMK QBB050
UAAA 290330Z VRB01MPS 0150 R23R/0150N R23L/0150N FZFG VV001 M01/M01 Q1019 R23R/3///50 R23L/3///45 NOSIG RMK QBB050
UAAA 290300Z 08001MPS 0150 R23R/0150N R23L/0200N FZFG VV001 M01/M01 Q1019 R23R/3///50 R23L/3///45 NOSIG RMK QBB050 




CatII/III ILS/DME-Y 23R approach (Graphics: AIP Kazakhstan):
Enhanced by Zemanta

BOEING 767 FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA EM PORTO RICO

London Heathrow Airport (LHR/EGLL), London Bor...
(Photo credit: Wikipedia)
 Um Boeing 767 da American Airlines, com 193 passageiros e 13 tripulantes a bordo, teve que fazer um pouso de emergência em San Juan, Porto Rico, na tarde de segunda-feira (28). A aeronave seguia de Miami para São Paulo.

Em nota, a American Airlines informou que os pilotos sentiram um odor provocado por pane elétrica no cockpit e declararam emergência para que o pouso ocorresse da maneira mais rápida possível.
Um passageiro que estava no Boeing disse ao G1 que a falha foi detectada após três horas de voo. “Havia cheiro de queimado e um pouco de fumaça”, disse Fred Sabino. Segundo ele, ninguém se feriu.

A aeronave pousou sem incidentes às 17h (hora local) em San Juan. Segundo Sabino, neste momento alguns passageiros aplaudiram a aterrissagem em segurança. A American Airlines informou que vai fornecer “acomodações nessa noite para todos os passageiros”.
O Boeing está programado para sair de San Juan às 7h desta terça-feira (29), devido às exigências de descanso da tripulação e à inspeção de manutenção.

fonte/G1
Enhanced by Zemanta

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...