Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro 14, 2010

HELICÓPTERO DA ARMADA VENEZUELANA SE CHOCA COM NAVIO NA ILHA DE MARGARITA

Um dia após acidente aéreo que provocou 15 mortes e deixou 36 feridos no estado de Bolívar, um helicóptero das forças armadas veenzuelanas colidiu com um navio na ilha de Margarita, nordeste da Venezuela, deixando ao menos quatro feridos. As informações são da rede venezuelana Telesur.

Segundo a
Telesur, há a informação de quatro feridos. Já a também venezuelana Globovisión diz que são cinco os feridos; o piloto estaria recebendo cuidados médicos em um hospital.

De acordo com a rede de TV, o ministro de Interior de Justiça, Tareck El Aissami, confirmou o acidente. El Aissami explicou que "o helicóptero estava sendo utilizado para trasladar equipes médicas que prestam socorro às 22 pessoas resgatadas após localização de duas embarcações desaparecidas sábado" quando partiram da ilha de Los Testigos até a de Margarita. 

Segundo testemunhas que estavam no local, o helicóptero voava a uma altitude muito baixa quando se chocou com o navios, …

MPF PEDE QUE HELIBRÁS DEVOLVA R$ 9,2 MILHÕES DA VENDA DE HELICÓPTERO AO GOVERNO DO ACRE

Por causa de irregularidades detectadas na compra de um helicóptero modelo Esquilo AS 350B2, adquirido em 2008 por R$ 7,9 milhões, o Ministério Público Federal (MPF) no Acre entrou com ação civil de restituição de patrimônio público para anular o contrato celebrado entre a empresa Helicópteros do Brasil S.A. (Helibras) e o Estado.
O primeiro e único helicóptero do Acre foi adquirido pelo governador Binho Marques (PT), após o ex-governador Jorge Viana (PT), atualmente candidato ao Senado, assumir a presidência do Conselho de Administração da fabricante Helibras.
Na compra do helicóptero foram usados recursos provenientes de convênio do governo estadual com o Ministério da Justiça, por meio do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci). O valor corrigido, a ser devolvido pela Helibrás, caso a Justiça Federal decida pela anulação do contrato, é de R$ 9,2 milhões. Pintado com uma estrela vermelha, o helicóptero foi batizado  de Comandante João Donato, em home…