sábado, 4 de junho de 2011

VÍDEO - POUSO DURO DA TAM EM RECIFE

BARULHO DE CONGONHAS EM NÍVEL INACEITÁVEL AFETA 31 MIL MORADORES

Mapeamento feito pela Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) revela que cerca de 31 mil pessoas moram em "zonas de ruído com níveis inaceitáveis", impróprias para habitação, no entorno do aeroporto de Congonhas, zona sul de São Paulo, informa reportagem de Ricardo Gallo.

São 9.951 casas, concentradas principalmente em Moema, Jabaquara e Itaim. Nesse perímetro estão ainda 30 "receptores críticos", como escolas e hospitais. 

Concluído na última terça-feira, o estudo mostra que, em alguns casos, o pico de ruído foi de 96 decibéis, capaz de ensurdecer alguém. 

O estudo foi apresentado à Justiça Federal para subsidiar processo judicial que discute o ruído na vizinhança de Congonhas, o segundo maior aeroporto do país. 

A Anac elaborou propostas para atenuar o impacto sonoro. 

fonte/FolhaSP

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...