quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

ROUBO DE PEÇAS DO VOR DE RIBEIRÃO PRETO

Peças do VOR (Very High Frequency Omnidirectional Range), equipamentos avaliado em R$ 1,4 milhão e um dos mais importantes para instrução de pousos e decolagens das aeronaves, foram furtadas do aeroporto estadual Leite Lopes na madrugada do último dia 12.
Segundo a polícia, os ladrões arrombaram o alambrado que cerca o aeroporto, entraram no pátio, onde está o equipamento, e levaram partes do aparelho.
A Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária) informouque a ausência do sistema não interfere na segurança das operações de pousos e decolagens. Mas, segundo o engenheiro elétrico Antônio Tamaru, ex-instrutor de escola de aviação, sem o VOR, o piloto é obrigado a pousar só com a orientação visual.
Conforme a empresa, “o Aeroporto Leite Lopes conta com outros equipamentos de navegação aérea, como o NDB [Non-Directional Beacon], que garantem a normalidade das operações”.
Tamaru diz que o VOR tem duas funções distintas: indicação da aerovia e pouso por instrumento. O equipamento emite uma frequência que indica a direção que o avião tem que seguir. Já no caso de pouso por instrumento, o aparelho sinaliza a rampa de descida da aeronave.
O engenheiro explica que o NDB é um sistema mais antigo que não dá a direção exata da rampa de pouso. “Quanto à indicação de aerovia, a falta do VOR não compromete tanto a orientação das aeronaves, porque elas conseguem captar o sinal de VORs de outros aeroportos, uma vez que o equipamento tem um raio de alcance de cerca de 350 quilômetros. Mas em relação ao pouso, o piloto fica prejudicado, já que ele tem que pousar visualmente, sem precisão.”
Indeterminado
A Infraero comunicou que ainda não há prazo definido para o reestabelecimento do aparelho e que avalia as medidas necessárias para que o volte a operar. O sistema foi comprado em 2005, mas só começou a funcionar oito anos depois. Ejá foi alvo de um inquérito do Ministério Público Federal.
Invasões são frequentes, diz moradora
O A Cidade contornou o aeroporto da manhã de ontem e não avistou nenhum vigilante nas imediações. A reportagem também contatou mais de dez pontos do alambrado sem concertina. Segundo a faxineira Tânia Maria Geraldo, 41 anos, moradora da rua Americana, a invasão de adolescentes no local para buscar pipas é frequente. “O arame não segura a molecada e os pais consideram isso a coisa mais normal do mundo.”
O pintor Paulo César de Oliveira, 33 anos, teme que algum jovem se machuque nas dependências do aeroporto. “É muito perigoso. Imagina se uma criança é atingida por um avião? Não seria um acidente, mas sim um desastre”, comenta.
No último dia 4, uma aeronave da Passaredo precisou interromper a decolagem, porque um adolescente de 17 anos caminhava pela pista do aeroporto. O menor alegou que queria tirar fotos dos aviões enquanto eles decolavam. O caso foi encaminhado à Polícia Federal e o adolescente, entregue à mãe.

fonte/JornalDaCidade

BOEING DA SOUTHWEST SAI DA PISTA NOS ESTADOS UNIDOS

Southwest incident Nashville 15dez2015_B 800px

Um Boeing 737-300 da companhia de baixo custo norte-americana Southwest Airlines (registo N649SW, construído em 1997) saiu de um caminho de circulação (taxiway) no Aeroporto Internacional de Nashville, no Estado do Tennessee, e deslizou para uma vala lateral, onde ficou atolado na lama.

O incidente ocorreu pelas 17h20 (mais cinco horas no horário UTC) de terça-feira, dia 15 de dezembro, quando o aparelho se dirigia para a porta de chegada para desembarque dos passageiros, após um pouso normal. A aeronave transportava 133 passageiros e cinco tripulantes, que abandonaram o avião com a ajuda dos bombeiros e socorristas aeroportuários. Oito dos ocupantes foram assistidos numa unidade hospitalar próximo do aeroporto a ferimentos menores. Todos tiveram alta médica.

A Southwest Airlines fez um comunicado durante a noite em que confirmou o incidente e afirmou que todos os ocupantes saíram praticamente ilesos do incidente, que, segundo fontes aeroportuárias pode ter sido causado por uma manobra mal calculada ou por cedência do terreno do taxiway, dado estar construído sobre um vala com um declive acentuado, se bem que não muito profunda.

O Boeing 737-300 da Southwest tinha partido às 16h00 locais do aeroporto de Houston Hobby, no Estado do Texas.

Uma comissão de inquérito irá iniciar trabalhos na manhã desta quarta-feira para apurar as causas do incidente.

Southwest incident Nashville 15dez2015_C 600px
fonte/foto/NewsAvia

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...