Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro 18, 2008

EMBRAER IPANEMA BIOCOMBUSTÍVEL MOSTRADO NA EXPOSIÇÃO INTERNACIONAL SOBRE BIOCOMBUSTÍVEL EM SÃO PAULO

A Embraer mostrará a aeronave Ipanema movida a álcool na Exposição Internacional sobre Biocombustíveis, que acontece no Hotel Hyatt, em São Paulo, entre os dias 17 e 21 de novembro. Paralelamente ao evento, ocorrerá a primeira Conferência Internacional sobre Biocombustíveis, cujo tema será "Os biocombustíveis como vetor do desenvolvimento sustentável"."A Embraer acredita que o crescimento da indústria da aviação passará pela utilização dos biocombustíveis sustentáveis, a médio-longo prazo", disse Satoshi Yokota, Vice-Presidente Executivo de Planejamento Estratégico e Desenvolvimento Tecnológico da Embraer. "É por isso que a Empresa investe em pesquisa e desenvolvimento de produtos ambientalmente eficientes, incluindo os biocombustíveis. O Ipanema é uma prova disso, sendo o primeiro avião no mundo produzido em série certificado para voar com álcool."Com o objetivo de contribuir para a discussão internacional sobre os desafios e oportunidades apresentados p…

ACIDENTE HELICÓPTERO DA FAB

Os restos mortais dos três tripulantes do helicóptero da Força Aérea Brasileira (FAB), que caiu no Município de Icapuí (a 202Km de Fortaleza), na tarde de sexta-feira, já estão no Instituto Médico Legal da Capital e serão submetidos a exames periciais, incluindo o de DNA para a comprovação oficial das identidades. Durante a madrugada, oficiais da Aeronáutica solicitaram da Polícia Civil a expedição de guias cadavéricas e identificaram os mortos.Conforme o chefe da Unidade Policial de Icapuí, inspetor Raimundo Moreira da Silva, os mortos no acidente aeronáutico foram: Leonardo Lourenço Barbosa, 25 (tenente); Lamberto Morais Ferreira, 46 (suboficial) e Ulisses Nogueira Rego, 26 (tenente). Eles pertenciam ao Esquadrão Falcão, sediado na Base Aérea de Belém (PA), e participavam dos exercícios de guerra simulada - a ´Operação Cruzeiro do Sul IV´ - no Ceará e Rio Grande do Norte.Os restos mortais dos três tripulantes - que morreram carbonizados - foram recolhidos no local do desastre, na c…

ACIDENTE AÉREO NO CANADÁ

Sete pessoas morreram e uma sobreviveu na queda de um avião em uma ilha da costa oeste do Canadá, informaram as autoridades locais nesta segunda-feira (17). A aeronave Grumman Goose transportava oito passageiros quando caiu em Thormanby, pequenha ilha 50 km ao noroeste de Vancouver, segundo o major Mitch Leenders, do centro de coordenação de resgates. Leenders informou que o sobrevivente caminhou quase dois quilômetros do local do acidente até a costa da ilha, onde foi encontrado por um barco da Guarda Costeira. A imprensa revelou que a aeronave era um avião comercial da companhia Pacific Coastal que transportava funcionários de um projeto hidrelétrico em uma costa remota da província canadense de Columbia Britânica. Fonte: France Presse

AZUL ENCOMENDA EMBRAER 190

A Azul alterou sua encomenda à Embraer para ter mais aviões adequados à operação no Santos Dumont, aeroporto carioca que tem duas das pistas mais curtas do mundo. A companhia aérea novata, que inicialmente compraria apenas jatos do modelo 195, incluiu no seu pedido aviões do modelo 190, ligeiramente menores.Se fosse hoje, a empresa não poderia operar no Santos Dumont porque o aeroporto está restrito para vôos a Congonhas, em São Paulo, e uso de avião turboélice. A limitação foi criada para estimular o uso do Galeão, mas não tem fundamentos técnicos. A Azul, que fará seu primeiro vôo comercial em 15 de dezembro, conta com a abertura do aeroporto em breve, uma vez que a própria Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) é contra as atuais limitações. Nesta semana, a Anac abre uma consulta pública sobre o assunto." A possibilidade de usar o 190 só surgiu depois que o Santos Dumont entrou na equação " , diz Adalberto Febeliano, diretor de relações institucionais da empresa. Segund…

American Airlines - Tripulação acusada de praticar agressão e ofensas de cunho racista.

Na viagem de volta dos Estados Unidos, o sambista Dudu Nobre e sua mulher, Adriana Bombom, aterrissaram na delegacia da Polícia Federal, no Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio de Janeiro.O casal desembarcou na noite de segunda-feira (17) fazendo queixa de agressão e racismo, sofridos, supostamente, num vôo da American Airlines.Segundo Adriana, um comissário teria chamado seu marido de macaco no desembarque; e ainda, numa discussão, o tripulante teria cravado uma caneta no ombro de Júnior, produtor de Dudu Nobre.A assessoria da American Ailines informou que só tomou conhecimento do incidente na manhã desta terça-feira (18). A empresa está averiguando o que ocorreu no vôo 951 entre a tripulação e os passageiros.Rainha de bateria da Portela, Adriana contou que desde o início da vôo, que partiu de Nova York, ela teria sido alvo do preconceito da tripulação.A comissária da primeira classe teria debochado que teve dificuldades para abrir a porta do banheiro do avião.“Desde o início el…

INFRAERO - Protesto de funcionários contra privatização.

Cerca de 40 funcionários da Infraero fizeram um protesto, na manhã desta terça-feira (18), no Aeroporto Internacional Tom Jobim, na Ilha do Governador, subúrbio do Rio.A manifestação é contra a privatização do aeroporto e a possível demissão de 600 funcionários, o que representa 50% do efetivo que trabalha no Galeão.Com faixas e cartazes, eles criticaram o governador Sérgio Cabral, que defende o projeto.Os funcionários acreditam que, com a privatização, alguns serviços como o uso de carrinhos de bagagem e a limpeza do local passem a ser cobrados aos passageiros. No dia 26 de setembro, a Infraero já tinha protestado contra a privatização. Fonte: G1/GloboNews

BOEING 747-8 SOFRE ATRASO

A Boeing vai atrasar as entregas da nova versão do seu jumbo 747. A companhia alega que os motivos do atraso são limitações de recursos de engenharia e também a recente greve de operários, que durou 58 dias.
A Japan Airlines Cargo e a Cargolux Airlines, de Luxemburgo, que receberiam o novo 747-8 nos últimos meses de 2009, tiveram as entregas adiadas para o segundo trimestre de 2010. As encomendas das aeronaves foram feitas em 2005.
A Lufthansa, que encomendou a versão para passageiros do 747-8, chamada de Intercontinental, com capacidade para 467 passageiros, receberá somente no segundo trimestre de 2011.
Fonte: Agência Reuters

Quem ganhou a CRUZEX IV?

A quarta edição da Operação Cruzeiro do Sul (CRUZEX IV) chega ao fim, após 14 dias de trabalho árduo e mais de 650 missões realizadas. Todas estas missões ocorreram em intensa atividade de treinamento de combate para pilotos e planejadores e, o mais importante: sem a ocorrência de nenhum acidente aéreo.
Na guerra simulada, a Força de Coalizão atingiu todos os objetivos militares previstos, o que propiciaria a expulsão das Forças invasoras do país Vermelho e a restauração da liberdade e da ordem no país Amarelo.
No treinamento real, a Força Aérea Brasileira (FAB) ganhou de diversas formas. Primeiro, por treinar nossos pilotos a combater numa Força de Coalizão. E, fundamentalmente, por permitir aos nossos militares aperfeiçoar a qualidade de planejamento de emprego do poder aéreo.
Apesar dos números superlativos, a avaliação positiva da Operação CRUZEX IV não pode ser aferida apenas pela frieza do cálculo, uma vez que os ensinamentos provenientes do convívio amigável e da troca de experiên…

Mulheres em combate na CRUZEX IV

Mulher, do latin Muliere: Pessoa do sexo feminino; esposa; senhora; mãe. Pensando bem, essa é uma definição generalizada daquele que ficou popularizado como “sexo frágil”, mas não é bem assim. Na CRUZEX IV, as mulheres estão em combate lado a lado com os homens. E mais, prontas para a guerra como nunca.
Há 25 anos as mulheres conquistam um espaço significativo na Força Aérea Brasileira. Enfermeiras, médicas, jornalistas e, mais recentemente, aviadoras. Daniele Lins, de 23 anos, entrou para a aviação na primeira turma feminina da Academia da Força Aérea, a AFA, em Pirassununga. “ Como não existia mulheres como piloto na Força Aérea, nem tive condições de sonhar em ser aviadora. Apareceu a oportunidade de entrar para o curso e eu fui, sem muitas expectativas, mas hoje sou realizada”, diz Daniele, piloto do Esquadrão Flecha.
Outra pioneira na aviação feminina foi Maria Eugênia Etcheverry, piloto da Força Aérea Uruguaia, que está participando da operação pela segunda vez. Envolvida pela i…

CRUZEX IV - Jogos de Guerra no Nordeste

Quanto mais próximo de uma situação real de conflito tanto melhor será o exercício militar. E a CRUZEX tem esse mérito. É a copia fiel do que aconteceria num conflito real, de média intensidade. O País Vermelho invadiu o País Amarelo e a coalizão liderada pelo País Azul vai entrar em ação para restaurar a paz.
A CRUZEX IV é um Exercício Aéreo, de dupla-ação, ou seja, existem Forças de Coalizão e uma Força Oponente Real. A operação coordenada pela Força Aérea Brasileira conta com 2500 militares e aeronaves das Forças Aéreas da França, Argentina, Chile, Venezuela e Uruguai. Estas máquinas vão esquentar o céu do Nordeste no período de 1º a 14 de Novembro de 2008. O Teatro de Operações ou área de operação abrange os Estados do Rio Grande do Norte, Ceará e Pernambuco.Tensão crescente entre países vizinhos. A diplomacia falha, e a escalada de violência culmina com uma invasão de território. Uma Grande Força de Coalizão é criada, com o respaldo do Conselho de Segurança da ONU, para expulsar …

PASSAREDO alugará jatos da EMBRAER

A Passaredo, companhia aérea regional de Ribeirão Preto (SP), começará a usar o jato mais vendido na história da Embraer e que há anos não voa comercialmente em céus brasileiros: o ERJ 145, para 50 passageiros. Otimista com a demanda, apesar da desaceleração do crescimento econômico prevista, a empresa receberá cinco desses aviões em 2009 e mais do que dobrará sua capacidade.
A Passaredo vai alugar parte dos jatos ERJ 145, que têm de cinco a sete anos de uso, da própria Embraer. Ao todo, vai gastar US$ 75 milhões com os aviões nos próximos quatro anos, diz José Luiz Felício Filho, presidente da empresa. As aeronaves serão entregues a partir do segundo trimestre de 2009. Hoje, a Passaredo opera seis aviões turboélice do modelo Embraer 120 (o Brasília), com trinta assentos cada um. Com os ERJ 145, serão 11 aviões e mais do que o dobro da oferta de assentos. Fonte : Valor Econômico.

AZUL troca o Rio por Campinas

RIO - A Azul Linhas Aéreas trocou o Rio por Campinas (SP) para iniciar suas operações, a partir de 15 de dezembro. A empresa voará do aeroporto local para cidades como Goiânia, Londrina, Aracaju e Recife, com a promessa de tarifas até 35% menores do que as da concorrência e vôos ponto a ponto (sem conexões). Nenhum vôo saindo de Campinas pousará no Rio.
O presidente da Azul, Pedro Janot, disse que todas as explicações técnicas sobre a necessidade de iniciar vôos partindo do Santos Dumont foram detalhadas ao governo do Estado, que ofereceu o Galeão como alternativa, durante cinco meses de conversações. Mas não houve avanço.
- Voar do Galeão não nos traz competitividade hoje. Os planos para o Galeão serão em 2013. Não iremos para lá antes de estarmos no Santos Dumont. Se o Santos Dumont for aberto, faremos uma base lá. Fonte: O Globo

FAB anuncia lista dos finalistas do programa F-X2

No dia 2 de outubro o Comando da Aeronáutica anunciou os finalistas do programa F-X2 (caça de nova geração que irá equipar a Força Aérea Brasileira), os 36 jatos do primeiro lote serão escolhidos entre os Boeing F/A-18E/F Super Hornet, o francês Dassault Rafaele e o sueco Saab Gripen NG. Em 2009 será divulgado o vencedor do F-X2.