Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro 20, 2014

PRESIDENTE DA QATAR AIRWAYS "DISPARA" CONTRA COMPANHIAS EUROPÉIAS E SINDICATOS

As companhias aéreas da Europa, que se queixam  da concorrência das transportadoras do Golfo, são "ineficazes", afirmou  hoje, dia 19 de Novembro, o presidente da Qatar Airways, insurgindo-se contra a política protecionista  da União Europeia. As companhias europeias "não param de gritar contra as três companhias  do Golfo", declarou Akhbar al-Baker em alusão à sua empresa, à Emirates  e à Ethiad, que estão em pleno crescimento. "Há mercado suficiente (...) e elas são ineficazes", criticou. Akhbar al-Baker, que falava num fórum sobre transporte aéreo, no Dubai,  considerou que os sindicatos estão na origem das dificuldades nas companhias  europeias numa altura em que as transportadoras do Golfo conseguem apropriar-se  de parte importante do mercado de voos intercontinentais entre países ocidentais,  a Ásia e a Austrália. "Os sindicatos devem ser responsabilizados", afirmou. A Air France-KLM e a Lufthansa registaram greves em Setembro e O…

SAAB INVESTE US$ 9 BI NA PRODUÇÃO DO GRIPEN NG

A empresa sueca Saab vai investir US$ 9 bilhões nos próximos 30 anos no desenvolvimento do caça supersônico Gripen NG (New Generation), ou Gripen E, como é conhecido na Suécia. O alto investimento será aplicado no desenvolvimento do novo modelo, produção, operação, manutenção e treinamento de pilotos, segundo informou o CEO e presidente da Saab, Häkan Buskle, em entrevista em Estocolmo.

Queridinho dos especialistas e técnicos ligados à aviação de caça, o Gripen é o avião escolhido pela FAB (Força Aérea Brasileira) para substituir os F-5. O Brasil assinou contrato para comprar 36 Gripen NG, que serão feitos pela Saab e Embraer, com transferência de tecnologia. O valor do contrato é US$ 5,4 bilhões. 

O Gripen também era o preferido da Aeronáutica quando a Presidência da República ai nda não tinha se definido por ele, entre os concorrentes F-18 (Boeing, EUA) e Rafale (Dassault, França). Hoje o modelo também é apontado como o sendo de melhor custo de aquisição, operação e supor…

TRANSAERO ADMITE COMANDATES ESTRANGEIROS PARA A FROTA BOEING

A companhia aérea russa Transaero abriu candidaturas para os lugares de comandantes para aviões Boeing – B737, B767, B777 e B747 – aos quais podem concorrer estrangeiros não residentes nos países da Federação Russa, desde que estejam habilitados com as necessárias licenças internacionais, e entendam e falem bem o Inglês (nível 4 de proficiência operacional em inglês). É condição fundamental que tenham 3.000 horas de voo em aeronaves comerciais, 500 das quais aos comandos de um dos quatro modelos atrás referidos.
A Transaero é hoje a maior companhia aérea de aviação na Rússia, tendo a melhor taxa de ocupação (84,8%) entre as cinco principais do país. É a única empresa aérea que opera com os Boeing 747-400 no longo curso. Tem a maior frota de aparelhos comerciais de dois corredores de entre as companhias concorrentes, quer na Comunidade de Estados Independentes que agrega 11 repúblicas que antes estavam integradas na ex-União Soviética, quer da Europa de Leste. Entre os 10…