Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro 18, 2011

C-130 ARRISCAM-SE A FICAR EM TERRA POR FALTA DE MANUTENÇÃO EM PORTUGAL

Por falta de dinheiro, a tão esperada modernização dos Hércules C-130 não vai acontecer tão cedo, apurou a Renascença. Os aviões militares arriscam-se mesmo a perder, em breve, a licença para sobrevoar alguns países.

A actualização dos aparelhos foi anunciada para 2011, mas quem vai fazer as alterações ainda não teve formação.

O problema é que estes aviões já estão a voar com limitações. Por serem aviões militares, ainda não foram recusados, mas, sabe a Renascença, a boa vontade pode acabar.

É que a digitalização dos instrumentos dos C-130 pode não acontecer, mas existem alterações que não podem deixar de ser feitas e que em breve podem criar problemas nas autorizações de voo. Por exemplo, por imposição da Organizado da Aviação Civil Internacional, é obrigatório o sistema TCAS – ou seja, Traffic Collision Avoidance System – um sistema que monitoriza o espaço aéreo em torno de uma aeronave, evitando a colisão com outra. É independente do controlo de tráfego aéreo efectuado…

SEIS PESSOAS PODEM TER MORRIDO EM ACIDENTE NO NEPAL

KATMANDU:Meia dúzia depessoaspodem ter morridonoacidente emBaglungnesta noite deterça-feira. Uma aeronaveIslanderpertencentes aoExército Nepalês, RAN-49, série 2121,caiu emuma densa florestadeDhorpatan, distritodeBaglung, oeste doNepal.

A aeronaveRAN49, BN2TIslanderhavia decolado deNepalgunjapós07:00transportandoumpaciente,sugereos relatóriospreliminares.

Havia seispessoas, conforme plano de voo,  pilotosBikashRathodSingheKarkiDiwakar,confirmaram fontes do exército do Nepal.

Quatrooutras pessoas foram identificadas como KeshavSinghAiree,BirRaghuAiree, Dra. Sabita.Pathak, eGotameMilan.

De acordo com o repórter  da THT, GynandraGautam,  em Baglung, os moradoresouviramum grande estrondonodistrito de Dhorpatanbairro deBaglung, e viramchamas saindode um monte próximo.

"Olocal do acidenteéde cerca de 35quilômetros de distânciada sede do distrito.Equipes de resgateestão se dirigindopara o lugar datragédia",informouPrasadChaturbedi.

As aeronaves Islanders foram oferecidas porpaíses desenvo…

BUSCAS POR PILOTO DE PARAMOTOR SERÃO AMPLIADAS PARA O PANTANAL EM MATO GROSSO

Emílio está desaparecido desde o último dia 6
quando decolou (Foto:Arquivo Pessoal)
O Corpo de Bombeiros deve ampliar o perímetro de buscas pelo piloto Emílio Sales Monteiro, de 38 anos, que desapareceu após decolar de paramotor em uma região da cidade de Cáceres, que fica a 210 quilômetros de Cuiabá. Uma equipe deve sobrevoar o Pantanal mato-grossense a partir desta quarta-feira (19).
Para Licínio Ramalho, comandante regional do Corpo de Bombeiros em Cáceres, a potência do equipamento em que Emílio estava pode ter contribuído para que o voo fosse mais longe do que o planejado, já que teria capacidade para voar por várias horas. “Temos informações de que com a asa que ele estava usando e com as condições do vento no dia do voo, ele pode ter sido levado para uma área a mais de 200 quilômetros de Cáceres”, explicou.
Ainda segundo o coronel, a decisão de ampliar o perímetro de buscas foi tomada depois que um amigo do esportista informou ter recebido uma mensagem por telefone a…

GREVE FAZ QANTAS DEIXAR DE OPERAR MAIS DOIS AVIÕES

Image via Wikipedia
A companhia aérea australiana Qantas Airways deixou de operar mais dois aviões em decorrência da disputa sindical que ameaça milhares de voos domésticos com a proximidade do Natal. A Qantas alertou nesta terça-feira sobre o risco de atraso nos serviços de manutenção, já que os engenheiros ameaçam continuar em greve até o fim do ano. "Se a paralisação continuar, vamos parar mais aviões", disse o presidente-executivo da Qantas, Alan Joyce.
Duas unidades 767 da Boeing vão parar de operar em 24 de outubro, uma decisão esperada diante do cancelamento de 80 voos domésticos no próximo mês, segundo a Qantas. A companhia, que tem uma frota de mais de 250 aviões, já tinha parado cinco unidades e cancelado 500 voos, deixando de vender 88.000 passagens para o próximo mês. A companhia aérea enfrenta uma série de greves desde setembro, em uma disputa com carregadores de malas, engenheiros e pilotos, envolvendo salários e condições de trabalho.
fonte/Terra Rel…

FUNCIONÁRIOS DO AEROPORTO DE CAMPINAS ADEREM À PARALISAÇÃO

Os aeroportuários que trabalham no aeroporto internacional de Viracopos, em Campinas (93 km de São Paulo), aprovaram na manhã desta terça-feira (18) uma paralisação de 48 horas a partir das 23h de amanhã. A manifestação é contra o modelo de privatização proposto pelo governo federal.
De acordo com o Sina (Sindicato Nacional dos Aeroportuários), os 790 trabalhadores que estavam no aeroporto aprovaram a adesão ao movimento, que também ocorre nos aeroportos de Brasília e Cumbica (Guarulhos). 
No total, Viracopos tem 2.000 funcionários que trabalham em escala nas áreas de carga, manutenção, segurança, pouso e decolagem. Esses setores devem ter as atividades paralisadas. 
Segundo Celio Alberto Barros de Lima, diretor-geral do Sina, até sexta-feira podem ocorrer outras assembleias em mais aeroportos para optar pela extensão do movimento. 

"Será inevitável, a privatização não garante qualidade, o que já está claro em diversos setores como o elétrico. Esse processo é leviano&…

COM BAIXA VISIBILIDADE, AEROPORTO SALGADO FILHO TEM PELO MENOS 55 VOOS CANCELADOS NESTA TERÇA-FEIRA

Aeroporto opera por instrumentos desde as 11h30min
Pelo menos 30 pousos e 25 decolagens previstos para esta terça-feira foram cancelados no Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, segundo informações do site da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) atualizadas às 15h13min.
>>> Confira a situação do seu voo
De acordo com a Infraero, das 11h30min até as 16h30min, o aeroporto operou por instrumentos. Decolagens e aterrissagens podem acontecer normalmente, mas são as companhias aéreas que decidem se voam ou não.

Às 13h, o metar da Redemet (Rede de Meteorologia do Comando da Aeronáutica) mantinha o registro de cinza vulcânica em Porto Alegre e a visibilidade estava reduzida a 4 mil metros na região do Salgado Filho.
A fuligem originada pelo vulcão chileno Puyehue, que se espalhou por boa parte do Rio Grande do Sul, misturada à névoa seca presente na atmosfera, é apontada como a possível causa da baixa visibilidade.  fonte/ZeroHora/foto/RonaldoBernardi

PILOTOS FRANCESES CRITICAM DIVULGAÇÃO DE DIÁLOGO NO AF 447

O Sindicato Nacional de Pilotos de Linha da França (SNPL) declarou nesta segunda-feira que não aprova a divulgação das gravações das conversas da tripulação do voo AF 447, realizado entre Rio de Janeiro e Paris, que caiu em 1º de junho de 2009, matando 228 pessoas. O SNPL disse que apoia a investigação das causas do acidente, mas rejeita "a exploração mercantil das conversas pessoais e dos últimos momentos" dos pilotos. 
Em comunicado divulgado hoje, o sindicato alegou que a profissão de piloto de linha "é a única que aceita estar sob vigilância e gravação permanente com o único fim de melhorar a segurança dos voos". É um sistema, alegou o SNPL, que só pode "funcionar com a confiança total da comunidade de pilotos", e a publicação das conversas representa um "desvio", pois não respeitariam a norma. 
Em agosto, a imprensa francesa revelou que os pilotos do voo que caiu no Atlântico não quiseram evitar uma zona de turbulências, ao cont…

BOEING PREVÊ MAIS CANCELAMENTOS DE PEDIDOS DO DREAMLINER 787

A Boeing afirmou nesta terça-feira que prevê mais cancelamentos de pedidos do Dreamliner 787, após uma companhia chinesa ter desistido de comprar 24 unidades da aeronave, mas ressaltou que as encomendas do novo avião de longo alcance continuam firmes. Um dia após a China Eastern ter cancelado os pedidos, um executivo da Boeing disse que algumas encomendas podem cair porque a fabricante ajustou as datas de entrega. "Sinceramente... prevemos mais encomendas e prevemos mais cancelamentos...", disse o vice-presidente de Marketing da Boeing, Randy Tinseth. A China Eastern afirmou, em comunicado à Bolsa de Hong Kong, que preferiu desembolsar US$ 3,3 bilhões para comprar 45 novos Boeing 737, mais regionais do que o Dreamliner, além de 15 Airbus A330, da EADS, avaliados em US$ 2,5 bilhões.Analistas disseram que outras companhias chinesas também podem cancelar pedidos do Dreamliner, por se voltarem novamente aos aviões de longo alcance. fonte/Reuters/Terra/foto/Getty