Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro 14, 2009

AVIÃO DA EMIRATES SOME DO RADAR E GERA MOMENTOS DE TERROR

Um Airbus da Emirates, desapareceu das telas de radar e por muito pouco, evitou a queda em um bairro populoso de Melbourne, após uma decolagem desastrada, em 20 de março de 2009.

O Airbus A340-500 passou a centímetros de uma cerca no final da pista, ao decolar do aeroporto de Melbourne, com destino à Dubai, e lutou para ganhar altitude após os pilotos calcularem errado o peso da aeronave em quase 100 toneladas, segundo informes da imprensa local.

Controladores de voo, horrizados , assistiram como o avião corria pela pista, lento demais para decolar e rápido demais para abortar e ainda viram as faíscas na pista, cada vez que a cauda do avião atingia o solo, o que aconteceu cinco vezes, até que o piloto conseguiu alçar voo.


Danos visíveis

Ainda assim, a luta para ganhar altitude continuou e por vários minutos, a aeronave continuou a voar baixo demais para aparecer nas telas de radar. Os controladores horrizados, aguardavam pela queda do avião, em algum bairro da zona sul de Melbourne. O voo…

AVIAÇÃO GERAL PREPARA-SE PARA DECOLAR NA CHINA

Apesar que grande parte da atenção tem sido focada na indústria aeronáutica comercial chinesa, em meio ao rápido crescimento econômico do país, a atual crise econômica e a demanda doméstica trazem boas oportunidades à aviação geral.

Claro, existem vários empecilhos regulatórios, mas a China está revisando as regras como parte de uma revisão maior da indústria aeroespacial, e os estudos sendo feitos, levam em conta a opinião da indústria. O processo, contudo, é lento devidos os íntimos laços que este tipo de indústria mantêm com os militares.

Longe dos centros econômicos costeiros, existe um déficit de infraestrutura. O governo tem investido mais em aeroportos e na infraestrutura, como parte de um pacote de estímulo, visando combater a atual crise econômica e objetivando melhorar a acessibilidade de diversas regiões. Entretando, levará anos para que os efeitos sejam perceptíveis.

A aviação geral representava apenas 0,001% do PIB chinês e empregava 7.000 pessoas em 2007. Atualmente, existe…

AMPLIAÇÃO E RENOVAÇÃO DO AEROPORTO DE EZEIZA, NA ARGENTINA

Começaram as obras do "novo Ezeiza, reformulação que vai custar E.U. $ 40 milhões. O Aeroporto Internacional de Buenos Aires terá sua ampliação concluida em um ano - o prazo previsto das obras é setembro de 2010 - e terá entre as principais, a construção de um novo Edifício para atender aos vôos domésticos com Capacidade para 2,5 milhões de passageiros / ano.

Para a construção, está sendo demolido o terminal C. No projeto, o novo Aeroporto será organizado em um conjunto de edifícios conectados. Na área operacional, terá cinco novas posições para o estacionamento de aviões com 17 dedos de embarque; 100 posições de check-in, 40 portões de embarque, uma nova torre de controle e 4,5 mil lugares no estacionamento.

Veja algumas imagens do projeto:


Fonte: Brasilturis - Imagens: airportnewsezeiza.com

AGRICULTOR USA AVIÃO PARA PLANTAR ARROZ

Agricultores de um assentamento em Querência do Norte, no Paraná, estão semeando o arroz de uma maneira um pouco diferente. As mudas chegam pelo ar.

Os banhados já estão prontos para o plantio. A região conhecida como Baixo Ivaí é responsável por 60% do arroz do estado. Quase todos que plantam ali são produtores assentados.

Há 10 anos, eles chegaram a sofrer para aprender como cultivar o arroz, mas aos poucos aperfeiçoaram as técnicas e hoje o trator só entra na plantação na hora de jogar o adubo. Antes, a máquina também era usada no plantio. “Dava muito serviço, muita mão de obra e às vezes você entrava na roça, quebrava o trator, não ficava bem semeado”, disse o agricultor José Fabaro.

Agora, na hora de plantar, nada de tratores. O pessoal já anda se acostumando a chamar os pilotos com os aviões. As aeronaves que são usadas para aplicar inseticidas nas lavouras fazem a plantação. Em cada avião, 400 quilos de arroz germinado, pronto para ser plantado.

O piloto tem que acertar a direção e…

POUSO FORÇADO NA ALEMANHA

Um avião da companhia Contact Air, parceira regional da Lufthansa, no qual viajava o presidente do Partido Social-Democrata (SPD), Franz Müntefering, fez um pouso não programado no aeroporto de Stuttgart (sudoeste da Alemanha). O avião, que partiu de manhã da capital Berlim, teve problemas no trem de pouso ao chegar a Stuttgart, por isso foi necessária uma aterrissagem de emergência sobre uma camada de espuma, informou a companhia aérea.
Fotos: Daniel Maurer/APA bordo do avião, do modelo Fokker 100, viajavam 73 passageiros e cinco tripulantes, segundo o gerente da companhia aérea, Manfred Gaertner, citado pela agência de notícias Associated Press. Segundo a polícia, vários passageiros estão em estado de choque e uma das aeromoças ficou levemente ferida.

Fotos: Florian Conrad (Spiegel Online) / DPA "Foi uma situação muito, muito séria. Ficamos dando voltas durante muito tempo, tentamos nos aproximar e tivemos que fazer um pouso não programado", explicou Müntefering, após cheg…

CONFUSÃO E PÂNICO EM AVIÃO DA AER LINGUS

Passageiros à bordo de um avião da Aer Lingus, que voava de Dublin à Paris , tiveram um grande susto, sexta-feira, dia 11.

A tripulação de cabine anunciou que o avião passaria por uma área de turbulência e assim orientou aos passageiros que voltasse aos assentos.

Logo após , um anúncio pré-gravado, em francês, foi acionado, por engano, alertando aos passageiros que o avião faria um pouso de emergência, e orientando que fosse observada a localização da saída de emergência mais próxima.

Desnecessário dizer que a combinação de turbulência com o falso aviso, causou pânico entre os passageiros franceses.

Muitos choravam e a tripulação de cabine demorou a perceber o seu erro.

A companhia aérea classificou o incidente como uma ´´ ocorrência incomum.´´ Ocorre porém que este tipo de erro, ou seja, gravações erradas sendo divulgadas aos passageiros, tem ocorrido com certa frequência.

Não custa nada a tripulação conferir as gravações e impedir tais erros, contudo, onde há pessoas envolvidas, as coi…

AVIÃO DO PRESIDENTE DE PARTIDO ALEMÃO FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA

Um avião da companhia Contact Air, filial da Lufthansa, onde viajava o presidente do Partido Social-Democrata (SPD), Franz Müntefering, fez hoje um pouso de emergência no aeroporto de Stuttgart (sudoeste da Alemanha). O avião, que partiu de manhã de Berlim, teve problemas no trem de pouso ao chegar a Stuttgart, por isso foi necessária uma aterrissagem de emergência sobre uma camada de espuma, informou a companhia aérea. A bordo do avião, do modelo Fokker 100, viajavam 82 passageiros e cinco tripulantes. Segundo a Polícia, vários passageiros estão em estado de choque e uma das aeromoças ficou levemente ferida. "Foi uma situação muito, muito séria. Ficamos dando voltas durante muito tempo, tentamos nos aproximar e tivemos que fazer um pouso de emergência", explicou à imprensa Müntefering, após chegar ao terminal. O presidente do SPD manifestou seu agradecimento ao capitão do avião devido à "execução magistral" da operação e elogiou os outros funcionários do avi…

JATINHO DO BISPO MACEDO

Edir Macedo vendeu há meses um jato Global Express que tinha. E daí? Mesmo na mira do MP paulista, ele acaba de comprar outro, que descerá em Sorocaba (SP), estalando de novo. O avião, com matrícula americana, ganhará um registro na Anac. É uma casa – lavabo, minibar, mesas adaptadas para refeição e sofá.

O líder da Igreja Universal usará o jato pela Alliance Jet para viagens internacionais. Custa a bagatela de US$ 50 milhões. Macedo, ou a Alliance, já tem um Falcon 2000 (US$ 25 milhões) e um Citation X (US$ 15 milhões).

Fonte: Jornal do Brasil - Foto: JB

REGIÃO DA RUA FUNCHAL TEM MAIS HELIPONTOS QUE PONTO DE ÔNIBUS

Embaixo, a movimentação é intensa para acessar esse trecho nobre da Vila Olímpia (zona oeste), nas imediações da rua Funchal, mas a infraestrutura do transporte terrestre deixa a desejar. As vias são estreitas para os carros, que enfrentam congestionamentos até nas garagens; os ônibus, às vezes distantes, não atraem.

Forma-se, assim, um cenário exótico: a quantidade de 25 helipontos é maior que a dos 24 pontos de ônibus nesse miolo de comércio e escritórios da Vila Olímpia, formado por dez vias.

O levantamento da Folha, feito a partir de registros da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) e da SPTrans (empresa de transporte da prefeitura), reforça as conclusões de outro mapeamento preparado por técnicos municipais em parte do eixo empresarial da Faria Lima à Berrini.

Este identificou por imagens de satélite 75 helipontos numa região que abriga 60 paradas de ônibus -sem contar "pontos gêmeos", nos dois lados da rua.

Em ambos os casos, trata-se de uma constatação apenas simbólic…