quinta-feira, 25 de agosto de 2011

RESUMO 09


Gol amplia frequência entre Salvador e São Paulo


Gol recebeu autorização da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para iniciar dois novos voos entreSalvador e São Paulo/Congonhas. A operação terá início no dia 17 de outubro e será realizada diariamente com aeronaves Boeing 737-800 Next Generation. 

Salvador é uma das primeiras e principais bases da companhia. Iniciamos as operações em 2001, com 11 voos diários. Hoje, realizamos 92 voos todos os dias na capital baiana”, destaca o vice-presidente responsável pela área de Planejamento da companhia, Leonardo Pereira. 


Os novos voos partirão de Salvador às 9h33, com pouso no destino previsto para as 13h21. No sentido inverso, a aeronave decolará de São Paulo às 13h28, chegando à Bahia às 15h03. 


Tam terá mais um voo diário entre Confins e Porto Seguro

Tam anunciou hoje uma nova frequência diária entre Belo Horizonte (CNF), em Minas Gerais, e Porto Seguro(BPS), na Bahia. O início das operações será no dia 5 de setembro.

HORÁRIOS
De Confins para Porto Seguro
Voo: JJ3752
Saída: 21h35
Chegada: 22h45

De Porto Seguro para Confins
Voo: JJ3753
Saída: 5h10
Chegada: 6h23.

Azul deverá iniciar voos para Bauru (SP) em novembro

Azul pediu autorização à Agência Nacional da Aviação Civil (Anac) para lançar um voo entre o Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), e o Aeroporto Estadual de Bauru, no Interior paulista. Se aprovada, a operação está prevista para começar no dia 10 de novembro, com duas frequências diárias operadas por turboélices que compõem a frota da empresa.

Veja aéreas internacionais mais vendidas na Abracorp

No balanço do semestre revelado hoje, a Abracorp registrou R$ 1,23 bilhão em venda de bilhetes aéreos internacionais. Foram 549 mil passagens a um valor médio de R$ 2.244. O crescimento nas vendas foi de 13,8% em relação aos seis primeiros meses de 2010.


Confira as companhias aéreas mais vendidas:


1 - Tam - 17,77%
2 - American Airlines - 10,57%
3 - Air France-KLM - 9,14%
4 - Tap - 7,76%
5 - United - 7,42 (com 3,85 para a CO e 3,57 para a UA)
6 - Lufthansa/Swiss - 6,77%
7 - British/Iberia - 5,37 (com 3,31 para a BA e 2,06 para a IB)
8 - Delta - 5,22%
9 - Copa - 3,01%
10 - Aeromexico - 2,78%
11 - Lan - 2,48%
12 - Emirates - 2,09%
13 - Gol - 1,43%
14 - SAA - 1,93%
15 - Alitalia - 1,91%
16 - Avianca - 1,67%
17 - Aerolineas - 1,57%
18 - Air Canada - 1,23%
19 - Qatar - 1,12% 

fonte/PanRotas

ANAC MANTÉM MULTA DE R$ 3.500,00 A PILOTO DO JATO LEGACY


A Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) manteve nesta quinta-feira a multa de R$ 3.500 aplicada ao piloto norte-americano Joseph Lepore e de R$ 7.000 para a ExcelAire, empresa proprietária do jato Legacy do jato Legacy que colidiu com um Boeing da Gol, causando a morte de 154 pessoas em 2006.

O julgamento em segunda instância do processo administrativo contra Lepore e Jan Paul Paladino-- que também pilotava o Legacy-- aconteceu no Rio de Janeiro. Segundo a Associação de Familiares e Amigos das Vítimas do Voo 1907, Lepore já pagou a multa.
De acordo com a Anac, a multa foi aplicada porque, diferentemente do informado previamente pelo comandante, Lepore não portava um documento necessário durante o trajeto: a carta de voo, com orientações sobre o percurso.

Dante D'Aquino, advogado da Associação de Familiares e Amigos das Vítimas do Voo 1907 --entidade reconhecida pelo relator como parte legítima no processo--, o pagamento da multa é representativo de culpa. "É um reconhecimento tácito por parte dos acusados de que têm culpa pelas irregularidades que cometeram", afirmou.

A Anac informou que irá encaminhar um ofício à FAA (órgão que regulamenta a aviação nos Estados Unidos) comunicando sobre as decisões tomadas no Brasil para que as punições também sejam providenciadas em território norte-americano.

Também foi encaminhado ao Comaer (Comando da Aeronática), órgão responsável pelo espaço aéreo brasileiro, um pedido de análise das punições cabíveis a Lepore e a Paladino. A associação pede que os pilotos sejam proibidos de voarem no Brasil.

fonte/Folha

YUKA SE REVOLTA COM USO INDEVIDO DE VAGAS PARA DEFICIENTES NO AEROPORTO SANTOS DUMONT


Rio - O músico Marcelo Yuka teve uma surpresa desagradável ao voltar de São Paulo nesta quinta-feira, onde se apresentou e participou de fóruns. No estacionamento do aeroporto Santos Dumont, não conseguiu entrar em seu carro porque um outro veículo estacionou, ilegalmente, claro, em cima da zebra - espaço que separa uma vaga da outra - impedindo a passagem de um cadeirante.


Foto: Ernesto Carrriço / Agência O Dia
Músico se indignou com o mau uso do estacionamento do 
Aeroporto Santos Dumont | Foto: Ernesto Carrriço / Agência O Dia
"Fui à administração do estacionamento, que alegou não poder fazer nada por ser um serviço terceirizado", conta Yuka, desolado. "Procurei, então, um policial militar, que disse não ser autorizado a entrar no estacionamento por ser uma área da Infraero. Chamei também um guarda municipal, que se limitou a oferecer ajuda para empurrar meu carro. É um absurdo". 


Marcelo Yuka ficou cerca de três horas esperando o dono do carro aparecer, e nada. As vagas para deficientes, próximas a seu carro, estavam quase todas ocupadas por carros sem a indicação que o veículo é para deficientes (apenas dois carros, de 24, tinham o adesivo aparente). E todas as áreas de manobra, entre os carros, ocupados também por motoristas mal educados. 

"Já passei por esse tipo de situação várias vezes. E o pior é que as pessoas ainda ficam com cara feia gente, como se o errado fosse eu!", indigna-se.

fonte/foto/ODIA

JUSTIÇA NEGA PEDIDO DE EMPRESA PARA RESCINDIR CONTRATO DA OBRA DO AEROPORTO AUGUSTO SEVERO


A Justiça Federal negou o pedido liminar da CIMA Engenharia e Empreendimentos Ltda, vencedora do processo licitatório para obra de reforma do Aeroporto Internacional Augusto Severo, que pleiteava o rompimento do contrato com a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária - INFRAERO. A decisão foi da Juíza Federal Joana Carolina Lins Pereira, titular da 12ª Vara Federal de Pernambuco.

A empresa pede o rompimento do contrato justificando que, embora tenha saído vitoriosa da licitação no valor de R$ 16,42 milhões, há vários problemas entravando a obra, inclusive falta de projetos e problemas de ordem técnica em "praticamente todos os setores e fases executivas".

Na decisão, a magistrada observou que a negativa da liminar não imputa o atraso das obras apenas a CIMA. Para ela, há outros fatos a serem esclarecidos. "Observo que há questões a serem ainda aqui esclarecidas, tais como: a) o porquê da opção da Infraero de apresentar apenas os projetos básicos por ocasião do certame licitatório; b) o porquê de apresentarem tais projetos básicos tantas deficiências, como faz crer a demandante; c) o porquê do retardamento em apresentar os projetos executivos; d) o porquê de não se apresentarem tais projetos executivos em qualidade satisfatória; e e) último em enumeração mas não em importância, o porquê de não se buscar evitar tantos aditivos com a apresentação de projetos mais completos já na licitação", escreveu a Juíza Federal Joana Carolina Maranhão na decisão.

A magistrada chamou atenção também para o interesse público da continuidade da obra do Aeroporto Augusto Severo. "Nestes anos que antecedem importante evento esportivo a ser sediado no Brasil (a Copa do Mundo de Futebol de 2014), é constante a vigilância da sociedade sobre a celeridade das obras que o tornarão viável, o que envolve, à evidência, a ampliação da estrutura dos aeroportos.O princípio da supremacia do interesse público sobre o interesse privado recomenda a continuidade das obras, a fim de não restar comprometida a recepção ao fluxo de turistas nacionais e estrangeiros que visitarão nosso território", destacou a Juíza.

Ela marcou para o dia 5 de setembro, às 10h, na Justiça Federal de Pernambuco a audiência de conciliação entre a CIMA e a Infraero. O processo da empresa CIMA contra a Infraero tramita na Seção Judiciária de Pernambuco porque foi o Estado pernambucano o foro escolhido para celebrar o contrato.

fonte/TribunaDoNorte

AVIÃO COM SECRETÁRIOS DE ESTADO FAZ POUSO PREVENTIVO EM SANTA CRUZ APÓS PANE EM MOTOR


Por volta das 9h desta quinta-feira, o avião que transportava os secretários do Planejamento

 do Estado, João Motta, e da Agricultura, Pecuária e Agronegócio, Luiz Fernando Mainardi,

 de Porto Alegre para São Borja teve de fazer um pouso preventivo no Aeroclube de Santa 

Cruz do Sul, no Vale do Rio Pardo. 


Ninguém ficou ferido.Os secretários saíram da Capita por volta das 7h30min para 

participar de um encontro dos Conselhos Regionais de Desenvolvimento (Coredes) 

na cidade da Fronteira Oeste.De acordo com o piloto Marciano Almeida, houve uma

 falha na pressão de combustível em um dos motores do bimotor Seneca

 da década de 1980.


 O problema foi identificado por meio de aparelhos, mas não chegou a

 ocorrer instabilidade da aeronave no ar. O piloto optou por descer no

 aeroporto mais próximo, no caso, em Santa Cruz do Sul.


Apesar do tempo fechado na região, não chovia no momento.

Após o incidente, o grupo optou por retornar a Porto Alegre de carro. 


Próximo ao meio-dia, os secretários devem seguir com o governador 

Tarso Genro para São Borja, mantendo a agenda prevista para o dia na cidade.

A aeronave ficará em Santa Cruz à espera de mecânicos de Porto Alegre.


fonte/ZeroHora

MÁQUINA ENCONTRADA EM AEROPORTO FOI TRAZIDA EM CARRETA PARA SÃO LUIS


SÃO LUÍS - A máquina que roubada do Aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, e que apareceu no Aeroporto Marechal Hugo da Cunha Machado, em São Luís, pertence a empresa SATA que presta serviço ao aeroporto do Rio. O equipamento é responsável pelo abastecimento das aeronaves e custa, em média, um milhão de reais.
A máquina tem 8 metros de comprimento e foi trazida para o Estado do Maranhão em uma carreta, e entregue a empresa GHS. A máquina foi pintada e estava na área onde fica os táxis áreos. A devolução do equipamento ao dono ainda não foi definida pela polícia.
fonte/Imirante

MÁQUINA ROUBADA NO RIO DE JANEIRO APARECE MISTERIOSAMENTE EM SÃO LUIS, MARANHÃO


SÃO LUÍS – Uma máquina roubada em junho deste ano, no Aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, apareceu, misteriosamente, no Aeroporto Marechal Hugo da Cunha Machado, em São Luís. O fato chegou ao conhecimento da imprensa na tarde desta quarta-feira (24).

De acordo com as primeiras informações, obtidas pelo repórter Marcial Lima, da rádioMirante AM, a máquina, que pesa, aproximadamente, 25 toneladas, foi apreendida no aeroporto de São Luís após investigações da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) em parceria com a Polícia Civil do Rio de Janeiro.
O curioso é que a polícia ainda não sabe como a máquina veio parar em São Luís e quem a trouxe. Tanto a Seic quanto a Polícia Civil do Rio de Janeiro deverão iniciar as investigações para solucionar este mistério.
O mistério envolvento esta máquina é tão grande, que a polícia ainda nem sabe como foi exatamente o roubo no aeroporto carioca.
fonte/Imirante

COMISSÁRIO DA TAM É PRESO COM REMÉDIOS TRAZIDOS DO PARAGUAI NO AEROPORTO DE FOZ DO IGUAÇU


SÃO PAULO -Um comissário de bordo da Companhia Aérea TAM foi detido na tarde desta quarta-feira, no Aeroporto Internacional das Cataratas, em Foz do Iguaçu, quando tentava embarcar com um mala cheia de medicamentos contrabandeados do Paraguai.


Segundo a Polícia Federal, são vários tipos de estimulantes sexuais que estavam dentro da mala. Em uma contagem prévia, pelo menos 600 cartelas com dez comprimidos cada foram localizadas, além de ampolas de anabolizantes, cuja comercialização é proibida no Brasil.

O rapaz, que não teve o nome divulgado, foi encaminhado para a Delegacia da Polícia Federal para prestar depoimento. A mala, que traz até timbre da companhia área, será enviada para a Receita Federal.

Em nota, a TAM informa que está tomando as providências cabíveis e que está contribuindo com as investigações.


fonte/G1

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...