sexta-feira, 12 de maio de 2017

BOEING SUSPENDE TEMPORARIAMENTE VOOS DO 737 MAX 8

A Boeing anunciou nesta quarta-feira, dia 10 de maio, que suspendeu temporariamente os voos de testes do novo avião comercial 737 MAX 8, devido a possíveis problemas nos motores CFM International LEAP-1B.
 
A suspensão surge após a fábrica de motores ter notificado a construtora aeroespacial norte-americana sobre uma questão de qualidade, na turbina de baixa pressão dos motores LEAP-1B.

“A CFM notificou-nos sobre um potencial problema de qualidade no fabrico do eixo da turbina de baixa pressão (LPT) nos motores LEAP-1B “, refere um comunicado distribuído pela Boeing. 
“Estamos a trabalhar com a CFM para inspecionar os eixos em questão. A CFM e o seu fornecedor notificaram-nos ao descobrir o problema como parte do seu processo de inspeção de qualidade. No entanto, não verificámos nenhum problema associado ao LPT durante o nosso programa de testes do modelo MAX, em andamento.”
“O programa de testes de voo do MAX 8 já realizou mais de 2.000 horas de voo, passando por inspeções minuciosas”, reforçou a Boeing. Em abril, a construtora completou a certificação para o ETOPS de 180 minutos, com simulação de 3.000 ciclos em bancada de testes para certificar a confiabilidade de operação do motor.

A Boeing referiu que a decisão de suspender os voos da MAX foi feita “com muita cautela”. A suspensão ocorre numa altura em que a fábrica norte-americana estava a preparar-se para iniciar a entrega do primeiro Boeing 737 MAX 8, que foi certificado em março, às companhias aéreas. No entanto, a Boeing afirmou que pretende cumprir com as entregas planeadas do MAX 8 no final deste mês, à operadora de baixo custo malaia Malindo Air e durante o verão à Norwegian Air.

De acordo com o comunicado da Boeing, o núcleo de cada motor LEAP-1B será inspecionado. Os motores desenvolvidos pela CFM International, uma joint venture entre a norte-americana General Electric e a francesa Safran serão enviados para as fábricas em Indiana (EUA) e em França para inspeção, disse Jamie Jewell, porta-voz da CFM.

Uma vez que os componentes em suspeita têm dois fornecedores distintos, a questão não afeta todos os motores. A CFM disse que vai conduzir as inspeções para determinar quantas unidades estão afetadas com as suspeitas agora levantadas.

fonte/NewsAvia/foto/Divulgação

AUSTRÁLIA TEM BOLSAS DE ESTUDO PARA PESQUISA E EXECUTIVOS

Boa chance para quem quer estudar em uma cidade australiana, como Sydney
Boa chance para quem quer estudar em uma cidade australiana, como Sydney

Quem tem vontade de estudar fora do País deve ficar de olho nesta oportunidade: até 30 de junho, o programa de bolsas Endeavour aceita inscrições para candidatos a cursos de especialização, mestrado, doutorado, pesquisa e cursos técnicos, todos na Austrália.

As bolsas são integrais e incluem, além das mensalidades do curso, custos de ida e volta do país, ajuda para alojamento e três mil dólares australianos mensais. Para quem quer fazer mestrado, o valor total da bolsa é de US$ 140 mil, enquanto para doutorado é de US$ 272,5 mil.

Para se candidatar, é preciso ter diploma de ensino superior e certificado de proficiência em inglês. Quem já fez pelo menos um ano de graduação em país de língua inglesa só precisa comprovar esse período. Também há uma modalidade de bolsa para executivos, que não exige ensino superior, mas experiência profissional relevante.

Antes de se inscrever, é preciso ser aceito em uma universidade australiana. As universidades participantes podem ser encontradas no site Universities Australia. Para se inscrever no programa e obter mais informações CLIQUE AQUI.

fonte/foto/PanRotas/Booking/estudarfora.org

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...