Pular para o conteúdo principal

BOEING SUSPENDE TEMPORARIAMENTE VOOS DO 737 MAX 8

A Boeing anunciou nesta quarta-feira, dia 10 de maio, que suspendeu temporariamente os voos de testes do novo avião comercial 737 MAX 8, devido a possíveis problemas nos motores CFM International LEAP-1B.
 
A suspensão surge após a fábrica de motores ter notificado a construtora aeroespacial norte-americana sobre uma questão de qualidade, na turbina de baixa pressão dos motores LEAP-1B.

“A CFM notificou-nos sobre um potencial problema de qualidade no fabrico do eixo da turbina de baixa pressão (LPT) nos motores LEAP-1B “, refere um comunicado distribuído pela Boeing. 
“Estamos a trabalhar com a CFM para inspecionar os eixos em questão. A CFM e o seu fornecedor notificaram-nos ao descobrir o problema como parte do seu processo de inspeção de qualidade. No entanto, não verificámos nenhum problema associado ao LPT durante o nosso programa de testes do modelo MAX, em andamento.”
“O programa de testes de voo do MAX 8 já realizou mais de 2.000 horas de voo, passando por inspeções minuciosas”, reforçou a Boeing. Em abril, a construtora completou a certificação para o ETOPS de 180 minutos, com simulação de 3.000 ciclos em bancada de testes para certificar a confiabilidade de operação do motor.

A Boeing referiu que a decisão de suspender os voos da MAX foi feita “com muita cautela”. A suspensão ocorre numa altura em que a fábrica norte-americana estava a preparar-se para iniciar a entrega do primeiro Boeing 737 MAX 8, que foi certificado em março, às companhias aéreas. No entanto, a Boeing afirmou que pretende cumprir com as entregas planeadas do MAX 8 no final deste mês, à operadora de baixo custo malaia Malindo Air e durante o verão à Norwegian Air.

De acordo com o comunicado da Boeing, o núcleo de cada motor LEAP-1B será inspecionado. Os motores desenvolvidos pela CFM International, uma joint venture entre a norte-americana General Electric e a francesa Safran serão enviados para as fábricas em Indiana (EUA) e em França para inspeção, disse Jamie Jewell, porta-voz da CFM.

Uma vez que os componentes em suspeita têm dois fornecedores distintos, a questão não afeta todos os motores. A CFM disse que vai conduzir as inspeções para determinar quantas unidades estão afetadas com as suspeitas agora levantadas.

fonte/NewsAvia/foto/Divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA