Pular para o conteúdo principal

COPILOTO SEQUESTROU AVIÃO DA ETIÓPIA E PEDIU ASILO À SUÍÇA, DIZ AEROPORTO

Ele foi detido em Genebra, e passageiros não correm risco.
Etíope afirmou que se sentia 'ameaçado' em seu país de origem.

O homem detido nesta segunda-feira (17) após ter desviado um voo da companhia Ethiopian Airlines entre Adis Abeba e Roma era copiloto do avião, anunciou nesta segunda-feira (17) o porta-voz do aeroporto.

O homem, de 31 anos, disse que "se sentia ameaçado" em seu país e pediu asilo à Suíça após o pouso em Genebra, disse o porta-voz Bertrand Stampfli.

Ele aproveitou o momento em que o comandante foi ao banheiro para se trancar na cabine, segundo Stampfli.

O copiloto, que não estava armado, foi detido após o pouso.

Passageiros são retirados de avião da Ethiopian Airlines no aeroporto de Genebra, na Suíça. (Foto: Salvatore Di Nolfi / AP Photo)Passageiros são retirados de avião da Ethiopian Airlines no aeroporto de Genebra, na Suíça. (Foto: Salvatore Di Nolfi / AP Photo)
O sequestrador, um etíope, entrou em contato com o aeroporto de Genebra e anunciou que precisava pousar para abastecer a aeronave e depois informou o sequestro, explicou Stampfli.
"Às 6H02, o avião pousou sem problemas", disse.

O copiloto, que não portava armas, foi detido após deixar o avião, segundo o porta-voz.
Ele será levado à justiça ainda nesta segunda-feira.

Tecnicamente, o sequestrador pode ser acusado de "tomada de reféns", crime que pode resultar em uma condenação de 20 anos de prisão.

fonte/foto/G1
Enhanced by Zemanta

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA