Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro 28, 2010

AZUL RECEBE SEU 22º EMBRAER E-JET 190

A Azul recebeu, nesta semana, seu 22º avião da Embraer, um modelo 195, que foi batizado de "Amazônia Azul", segundo informações divulgadas pela empresa nesta terça-feira. A aérea tem a expectativa de fechar o ano com 26 aeronaves. No fim de 2009, a frota da Azul era composta de 14 aeronaves. A partir de outubro, quatro novos destinos serão servidos: Aracaju, São José dos Campos, Belém e Joinville. Somando-se as linhas de ônibus, são 34 as cidades conectadas pela Azul agora com a nova linha entre Congonhas e Viracopos. fonte/Terra/foto/Divulgação

CONCEDIDA LICENÇA PARA AMPLIAÇÃO DO AEROPORTO SALGADO FILHO

Ampliação da pista é uma das três reformas no aeroporto previstas para a Copa de 2014O Aeroporto Internacional Salgado Filho, ganhou nesta terça-feira Licença de Instalação, para realizar melhorias com foco para a realização da Copa do Mundo de 2014 em Porto Alegre. Concedida pela Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam), o documento prevê a ampliação do aeroporto.
Para as obras no Salgado Filho está previsto o aumento da pista de pouso, de decolagem e de manobras, incluindo a pavimentação e a macrodrenagem. O documento é válido até setembro de 2015. O secretário extraordinário da Copa 2014 do Estado, Eduardo Antonini, disse que a reforma do Salgado Filho é vital para a realização do Mundial.
A área aeroportuária aumentará 20%, passando de 360 hectares para 432,52 hectares. Dentre as condições e restrições incluídas na Licença de Instalação, estão as relativas à implementação de programas ambientais, à preservação e conservação ambiental, ao uso de óleos lubrificantes…

DICA DE LEITURA - VOO PARA ESCURIDÃO

Há séculos, as histórias de masmorras e cativeiro atravessam a literatura, e nos lançam em um mundo de pavor e sombras. O livro 'Voo para a Escuridão', de Marcelo Simões, pretende lançar o leitor nessa encruzilhada de tragédias e estilos - e alerta como o abismo pode estar, ali, na próxima esquina ou no primeiro portão de embarque. Principalmente, se temos o preconceito, a ingenuidade e o acaso atuando em sintonia perversa e simultânea contra nós. A história da prisão de um comissário de voo.



fonte/LivrariaCultura