Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro 29, 2013

ACIDENTE COM AIRBUS DA ALITALIA EM ROMA

UmAirbusA320-200 da Alitalia,matrículaEI-BEI, realizando o vooAZ-63deMadrid,(Espanha)para RomaFiumicino(Itália), com151 pessoasa bordo, realizou um pouso de emergência após apresentar alerta de trem de pouso não baixado duranteaproximaçãopara a pista16Lde Roma às20:10L (18:10Z).
A tripulação checou todas as listas de pane no sistema e realizou uma passagem a baixa altura sobre a pista 16L para ser visualizado o trem de pouso defeituoso a partir do solo.
Após 50 minutos do cancelamento da aproximação a aeronave pousou em emergência com o trem de pouso direito recolhido na pista 16L.
Os tripulantes e passageiros foram evacuados pelos slides e não foi reporte de feridos.

AANSVabriramuma investigação sobre oacidente.


fonte/foto/AvHerald
Related articlesAlitalia Jet Makes Safe Emergency Landing in RomeRome: Plane Misses Runway After Landing Gear ProblemAlitalia flight from Madrid arrives safely in Rome after landing gear problem, all aboard OKAlitalia jet makes safe emergency landing in RomeAl…

AVIÃO COM PRESIDENTE MUNICIPAL DO PARTIDO VERDE FAZ POSUO FORÇADO EM GUIMARÃES, MARANHÃO

José Adriano Sarney teria agenda política em Cândido Mendes, hoje (29).
Pane no motor seria causa do pouso; todos os passageiros passam bem.
Um monomotor modelo Corisco fez um pouso de emergência, na manhã deste domingo (29), em Guimarães, a 418 km de São Luís. As primeiras informações são de que uma pane no motor da aeronave teria forçado o pouso.
No monomotor estavam o economista e presidente municipal do Partido Verde (PV), José Adriano Sarney (filho do deputado federal Sarney Filho), sua esposa, além de outro passageiro e o piloto, identificado como Thiago.
O avião decolou da capital no início da manhã e seguia para Cândido Mendes, onde José Adriano cumpriria agenda política. Os três passageiros e o piloto estão bem e já foram resgatados por uma equipe do Grupamento Tático Aéreo (GTA).
fonte/G1/Ma

CRISE DAS COMPANHIAS AÉREAS AFETA CONFORTO DE PASSAGEIROS

Para poupar combustível, a TAM --líder de mercado no Brasil-- passou a desligar o ar condicionado que refresca a cabine de passageiros quando o avião está no chão.
O equipamento para de funcionar quando o avião deixa o gate (ponte de embarque) e volta a ser ligado após a decolagem, o que pode demorar 15 minutos. 
Quando o avião pousa, o ar é desligado de novo. 
A Folha esteve em um voo da TAM há nove dias, entre Congonhas (SP) e Santos Dumont (Rio): quando o ar para, a temperatura sobe e os passageiros passam a mexer nos dutos do teto --pensando ter havido algo errado. 
Ninguém da tripulação informa sobre o desligamento. 
Em vigor há nove meses, a medida prevê que o avião fique refrigerado por apenas um dos dois sistema de ar do avião. Mas só 25% do ar que sai desse sistema refresca os passageiros, diz um piloto; o resto vai para a cabine do piloto e do copiloto. 
A economia parece pequena, mas é expressiva ao se ter em conta os 800 voos diários da TAM. A empresa teve pr…