terça-feira, 16 de abril de 2013

ACIDENTE COM BOEING 767 NA ESPANHA DURANTE A DECOLAGEM


Um Boeing 767-200 da Aeromexico, matrícula XA-TOJ, realizando o voo AM-2, de Madrid,  (Espanha) para a Cidade do México (México), estava decolando da pista 36L de Madrid quando a cauda da aeronave entrou em contato com a superfície da pista deixando detritos para trás. 

A tripulação continuou a decolagem, nivelou-se e entrou em espera para queimar combustível, em seguida, retornou a Madri para uma aterrissagem segura cerca de 90 minutos após a partida. Dois tripulantes da cabine sofreram ferimentos, a aeronave sofreu danos substanciais.

Um AIRBUS A330 da Air Europa decolou após o Aeromexico e recebeu danos nos pneus e  engrenagem do trem de pouso do nari z referente aos escombros deixados pelo Boeing e precisou voltar, também.

O aeroporto informou que dois tripulantes de cabine receberam ferimentos no pescoço (principalmente contusões) de seus cintos de segurança como resultado de forças de impacto.

A companhia aérea confirmou a que aeronave sofreu uma tailstrike na decolagem e retornou a Madri para um pouso seguro. A segurança dos passageiros não estavam em risco, em qualquer momento. A companhia aérea está cooperando com as autoridades de investigação.

CIAIAC da Espanha está investigando o acidente e o incidente resultando danos nos pneus.

fonte/AvHerald/foto/ControladoresAereos

AGÊNCIA DOS EUA PEDE INSPEÇÃO EM CAUDAS DE BOEING 737

Possível falha poderia levar os pilotos a perderem o controle do avião


São Paulo- A norte-americana Administração Federal de Aviação (FAA, na sigla em inglês) ordenou uma inspeção em mais de 1.000 aviões 737 da Boeing para examinar a cauda por uma potencial falha que poderia levar os pilotos a perderem o controle do avião.

A diretiva de aeronavegabilidade (DA) emitida pela FAA pede as companhias aéreas e outros operadores para substituir pinos de fixação da cauda do avião por pinos melhores, seguindo suas preocupações sobre como o revestimento de proteção foi aplicado.

"Estamos emitindo este anúncio para evitar a falha prematura dos pinos, o que poderia causar uma redução da integridade estrutural do estabilizador horizontal para fixação da fuselagem, o que resulta em perda de controle do avião", disse a FAA na diretiva emitida nesta segunda-feira.

A FFA disse que a diretiva afeta 1.050 aviões que voam por empresas aéreas dos EUA e pode custar 10,1 milhões de dólares ou 9.627 dólares por avião.

A Boeing não foi imediatamente encontrada para comentários.

fonte/Exame

AVIÃO DE PASSAGEIROS ATERRISOU DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE BOSTON

Um avião de passageiros aterrissou hoje, de emergência, no aeroporto internacional de Boston, informou o telecanal Sky News.

Segundo o telecanal, o pouso foi ordenado como medida de precaução, devido ao ato terrorista cometido em Boston. O aparelho está sendo revistado pelas autoridades.

O avião, pertencente à companhia aérea U.S.Airways, estava em voo desde Philadelphia. O alarme foi dado depois de no salão ter se ouvido um estalido numa das bagagens de mão. Segundo alguns passageiros, no salão apareceu fumaça.

fonte/VozDaRussia

AERPORTO DE NOVA YORK EVACUADO


 


aeroporto, nova york, la guardia

© Flickr.com/Krzysztof Urbanowicz/cc-by

As autoridades evacuram os passageiros do aeroporto novaiorquino de La Guardia, depois de ter sido detetada bagagem suspeita. Os sapadores verificaram um dos terminais. O alarme resultou falso e, passados 15 minutos, os passageiros puderam voltar ao aeroporto, informa o telecanal NBC.

A bagagem suspeita foi detetada na área das lojas. Presentemente, em Nova Iorque vigora o regime de prevenção antiterrorista, motivado pelo ato terrorista em Boston.

Inicialmente, apareceram informações de que passageiros teriam sido evacuados também do aeroporto de Boston. Mais tarde, verificou-se que o aeroporto funciona em regime habitual.

fonte/VozDaRussia

TAM VENDE PASSAGENS AÉREAS MAIS CARA PARA BRASILEIROS


A TAM colocou à venda passagens aéreas para cidadãos estrangeiros por até 80% mais em conta do que para brasileiros. 

Procurada, a companhia aérea disse que ocorreu um erro no sistema de disponibilização de tarifas, causando uma grande diferença nos preços, para iguais trechos, nos sites do Brasil e do exterior. 

Uma das rotas mais caras do Brasil, a ponte aérea entre Congonhas e Santos Dumont, saía a R$ 232 para quem comprasse o bilhete no site da empresa dedicado aos Estados Unidos, para embarcar no mesmo dia --o que em geral tornaria a passagem muito mais cara. Para brasileiros, no entanto, o mesmo voo custa 400% a mais: R$ 1.263, com taxas. 

Entre o aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo, e Porto Alegre (RS) o preço para brasileiros era de R$ 864,14, enquanto para estrangeiros era R$ 316, o que corresponde a 63% menos. O mesmo ocorre em voos para Brasília. 

Ontem a Folha tentou comprar um bilhete mais barato no site dos EUA, mas a informação foi que o cartão de crédito --com origem no Brasil-- não era aceito. 

A história veio à tona na tarde desta terça-feira, quando uma campanha no Facebook acusou a TAM de praticar preços distintos para o mesmo produto. A empresa ainda não se pronunciou. 

PAGOU A MAIS
Para Maria Inês Dolci, coordenadora institucional da Proteste, os consumidores que tiverem pago mais caro pelo bilhete podem reivindicar o preço mais barato adotado para os estrangeiros, com base no Código de Defesa do Consumidor. Segundo ela, que mantém um blog na Folha.com, trata-se de prática abusiva.
A Folha procurou a Senacon (Secretaria Nacional do Consumidor), do Ministério da Justiça, que disse que iria analisar o caso antes de se pronunciar.
 
OUTRO LADO
Em nota, a TAM afirmou que o erro foi temporário e já foi corrigido.
A empresa destaca ainda que "trabalha com o conceito de composição dinâmica de preços, tanto no mercado brasileiro quanto no exterior. Sendo assim, o que determina o valor das passagens é a demanda de cada perfil de passageiro e a oferta disponível, o que pode variar de acordo com cada mercado. Por isso, o site da TAM possui versões para cada país em que a empresa opera, obedecendo às legislações locais. Cada uma das versões só permite compras com cartões de crédito emitidos no país selecionado pelo cliente". 

fonte/Folha

PANE EM SISTEMA LEVA AMERICAN AIRLINES SUSPENDER TODOS OS VOOS



Todos os voos da American Airlines nos EUA foram suspensos nesta terça-feira (16) por conta de uma pane em seu sistema de reservas. Milhares de passageiros foram prejudicados, informa a agência AP.

Um porta-voz da FAA (agência de aviação civil dos EUA) pediu que a empresa cancelasse todos os seu voos até as 18h de Brasília. Voos nas cinco maiores cidades americanas -Nova York, Dallas, Los Angeles, Chicaco e Miami- deveriam ser cancelados até 18h30.

A assessoria de imprensa da empresa no Brasil informou ao G1 que, até por volta das 18h00 (horário de Brasília), não havia previsão de cancelamento de nenhum voo no país.

O site da American Airlines, por volta das 17h40, trazia o seguinte aviso:
"O sistema de rede da American está passando por interrupções intermitentes. Por esse motivo, todos os voos estão suspensos até o final da tarde, quando forneceremos mais informações. Estamos trabalhando para solucionar esse problema o mais rápido possível e pedimos desculpas aos clientes pelo inconveniente.

Se seus planos de viagem forem flexíveis, não haverá nenhuma cobrança caso você queira trocar sua reserva. Nós reembolsaremos o valor integralmente se seus planos não forem flexíveis. No entanto, não poderemos fazer nenhuma alteração nos planos de viagem atuais até que o problema seja solucionado.

Forneceremos outra atualização assim que tivermos mais informações."

Outras empresas também tiveram problemas com falhas nos sistemas, informa a agência Reuters. No ano passado, falhas em computadores da United Continental Holdings deixou passageiros presos em aeroportos ao redor dos EUA.

O serviço de rastreamento de voos FlightAware estima que até 900 voos possam ser afetados, e 800 podem ser prejudicados pelo efeito cascata.

A falha no sistema da American Airlines ocorre em meio aos planos da empresa por uma fusão com a rival US Airways para formar a maior empresa aérea do mundo.

fonte/G1
Enhanced by Zemanta

TEMPESTADE PODE TER CAUSADO QUEDA DE BAOEING DA LION AIR NA INDONÉSIA


MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...