Pular para o conteúdo principal

ACIDENTE COM BOEING 767 NA ESPANHA DURANTE A DECOLAGEM


Um Boeing 767-200 da Aeromexico, matrícula XA-TOJ, realizando o voo AM-2, de Madrid,  (Espanha) para a Cidade do México (México), estava decolando da pista 36L de Madrid quando a cauda da aeronave entrou em contato com a superfície da pista deixando detritos para trás. 

A tripulação continuou a decolagem, nivelou-se e entrou em espera para queimar combustível, em seguida, retornou a Madri para uma aterrissagem segura cerca de 90 minutos após a partida. Dois tripulantes da cabine sofreram ferimentos, a aeronave sofreu danos substanciais.

Um AIRBUS A330 da Air Europa decolou após o Aeromexico e recebeu danos nos pneus e  engrenagem do trem de pouso do nari z referente aos escombros deixados pelo Boeing e precisou voltar, também.

O aeroporto informou que dois tripulantes de cabine receberam ferimentos no pescoço (principalmente contusões) de seus cintos de segurança como resultado de forças de impacto.

A companhia aérea confirmou a que aeronave sofreu uma tailstrike na decolagem e retornou a Madri para um pouso seguro. A segurança dos passageiros não estavam em risco, em qualquer momento. A companhia aérea está cooperando com as autoridades de investigação.

CIAIAC da Espanha está investigando o acidente e o incidente resultando danos nos pneus.

fonte/AvHerald/foto/ControladoresAereos

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…