Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro 17, 2010

HELICÓPTERO RESGATA 5 PESSOAS QUE FICARAM PRESAS EM LAMAÇAL NO AMAZONAS

Cinco pessoas ficaram atoladas em um lamaçal próximo à Praia da Lua, em Manaus (AM), na manhã deste domingo. A polícia chegou ao local de helicóptero, após receber o chamado de socorro do grupo. 
Segundo o Grupamento Aéreo da PM, as vítimas ficaram presas na lama por cerca de duas horas e, após muito esforço, conseguiram chegar à margem do rio. Elas escreveram na areia a palavra SOS, que teria facilitado a localização pelo helicóptero Águia da polícia.
O grupo foi atendido por bombeiros e conduzido até a base da PM, onde ambulâncias aguardavam as vítimas. Ninguém ficou ferido. 
fonte/Terra/foto/Divulgação

HELICÓPTERO DA SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA DO RIO GRANDE DO NORTE É PILOTADO POR POLICIAL SEM LICENÇA DA ANAC

Image via WikipediaO helicóptero da Secretaria Estadual de Segurança Pública, mais conhecido como Potiguar 01, tem sido usado em desacordo com o que estabelece a Agência Nacional de Aviação Civil, colocando em risco as operações policiais e o patrimônio público. O portal Nominuto.com teve acesso a documentos que mostram que a aeronave tem sido pilotada por quem ainda não possui licença, fornecida pela própria ANAC.

De acordo com o que foi apurado pela reportagem, o tenente Djalma Romualdo Sousa Brito Galvão, atual diretor do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ceiopear), não tem licença, mas tem atuado como co-piloto nos patrulhamentos e operações do helicóptero da Sesed.
No entanto, a ANAC, órgão que regulamenta a aviação brasileira, mais precisamente em seu artigo 61.3, da RBHA 61, estabelece que: “Co-piloto ou segundo em comando é o piloto, membro da tripulação de uma aeronave, cujas funções são as de auxiliar o comandante ou piloto em comando durante a operação da ae…

NOTA DE ESCLARECIMENTO À IMPRENSA - CEIOPAER/RN

Em razão da matéria “Helicóptero da Segurança é pilotado por policial sem licença da ANAC”, veiculado no portal www.nominuto.com, no dia 15, a Secretaria da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), a bem da verdade, esclarece as informações inverídicas publicadas sobre o CEIOPAER/RN:
1 – Na aviação de Segurança Pública, o assento do co-piloto, ao lado do comandante da aeronave, é ocupado pelo Coordenador de Operações Aéreas (COA). O COA não pilota a aeronave. A função do COA é a de coordenar as operações e tomar as decisões, bem como realizar o contato via rádio com as unidades envolvidas na operação. Ou seja, ele é o elo de ligação entre quem encontra-se no solo e os operadores aéreos.  Tal função é exercida, segundo a legislação, por profissional com treinamento especifico.  2 – O Tenente Romualdo Galvão, citado na matéria, possui TODOS OS REQUISITOS para desempenhar a função de COA.  Curso de Operações Aéreas pela Força Nacional de Segurança Pública;Cursos de Gerenciame…