Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho 16, 2009

ESQUADRÃO POTI COMEMORA 36 ANOS E AGUARDA CHEGADA DOS MI-35

Sediado na Base Aérea de Recife, Pernambuco, o Segundo Esquadrão do Oitavo Grupo de Aviação (2º/8º Gav), conhecido como Esquadrão Poti, tem suas origens no Centro de Formação de Pilotos Militares (CFPM) no Primeiro Esquadrão do Quinto Grupo de Aviação (1º/5º GAv), na então Base Aérea de Natal. Essa Unidade operava os bimotores Douglas B-26 Invader e foi transferido no início do ano de 1971 para a Base Aérea do Recife. Através da Portaria nº R-004/GM3, de 17 de abril de 1973, foi determinada a desativação no 15 de julho de 1973 do 1º/5º GAv e a ativação do Segundo Esquadrão Misto de Reconhecimento e Ataque (2º EMRA), subordinado ao Comando Aerotático, adotando como símbolo a figura do índio Poti. Inicialmente equipado com aeronaves North American T-6D/G Texan, Neiva L-42 Regente e helicópteros Bell OH-4 Jet Ranger, estes depois substituídos ao final de 1974 pelos Bell UH-1H Iroquois, teve também em sua dotação aeronaves Neiva T-25 Universal e Embraer U-7 Seneca. A denominação Segundo Esq…

POLÍCIA FEDERAL TESTA VEÍCULO AÉREO NÃO TRIPULADO NO OESTE DO PR

A Polícia Federal no Paraná iniciou nesta semana a fase de testes do veículo aéreo não tripulado (VANT), a ser usado em ações de repressão ao longo da faixa de fronteira, no Oeste do Estado. A ferramenta, de fabricação israelense, foi adquirida em meio ao programa de aparelhamento da PF, que inclui ainda binóculos de visão noturna. Hoje tem início também a Operação Força Alfa, que vai combater o narcotráfico na fronteira.

A aeronave voa sem tripulação e é controlada remotamente desde bases em terra. O VANT leva potentes câmeras que lhe permitem visualizar de grande altitude o movimento de veículos e pedestres. O aparelho tem mais de 10 metros de envergadura e autonomia de voo de mais de 20 horas. Não há um prazo final para a fase de testes, que mobiliza agentes da fronteira e de Brasília.

Esta é a primeira de uma série de três aeronaves adquiridas pela Polícia Federal, que assim se torna a primeira polícia do mundo a operar o equipamento, já utilizado em escala militar por diversas forç…

AGÊNCIA DE AVIAÇÃO AUTORIZA MAIS EMPRESAS A OPERAREM NO PAÍS

Enquanto companhias aéreas de todo mundo contabilizam perdas por conta da queda na demanda de passageiros e a oscilação do preço dos combustíveis, a El Al Israel Airlines Limited deve começar a voar no Brasil. A notícia foi confirmada em uma publicação no Diário Oficial da União, de ontem, quando a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) autorizou a empresa israelense a operar no Brasil.

Fora a israelense, outras definições positivas para a implantação de serviços aéreos de diversas empresas agrícolas e de táxi-aéreo também foram oficializadas. A autorização vale por cinco anos e foi concedida às companhias Aerodinâmica Aviação Agrícola, Agsafra Aviação Agrícola, Geotech Aerolevantamento e Tomé Aviação Agrícola.

Enquanto o setor aéreo força oportunidades no Brasil, lá fora as empresas contabilizam perdas. A US Airways, por exemplo, pretende cortar 600 funcionários, por conta da retração no fluxo de passageiros, informou a companhia em comunicado ao mercado.

Por sua vez, a American Airli…

FORÇA AÉREA PORTUGUESA VAI MODERNIZAR FROTA DE P3-C ORION

A Força Aérea Portuguesa (FAP) vai modernizar a frota de cinco aviões Lockheed P3-C ORION da Esquadra 601, comprados em 2005, já desactualizados e com 20 anos, num investimento total de quase 200 milhões de euros até 2012.

O investimento previsto para a modernização, a realizar nos Estados Unidos da América, inclui também a compra de equipamento terrestre para a esquadra e os 80 milhões de euros que a Força Aérea pagou à marinha de guerra holandesa pela compra dos aviões.

Apesar de já terem 20 anos, "em termos aeronáuticos", as aeronaves "estão novas" e "vão ser modernizadas" para "ficarem aptas a voar mais 20 anos", disse hoje à agência Lusa o tenente-coronel Paulo Costa, comandante da Esquadra 601, sediada na Base Aérea nº 11 (BA11) de Beja.

"As aeronaves vão ser equipadas com novos sensores e com computadores e sistemas de comunicação extremamente eficazes e com capacidade para captar e transmitir informações e imagens em tempo real", …

EQUIPES ENCONTRAM DUAS CAIXAS-PRETAS DE AVIÃO NO IRÃ

Autoridades do Irã anunciaram que foram encontradas duas das três caixas-pretas do avião da Caspian Airlines que caiu no norte do país, na quarta-feira, com 168 pessoas a bordo.

O principal investigador encarregado das buscas disse à rádio estatal iraniana que pelo menos uma das duas caixas estava danificada.

Ainda segundo a rádio, as caixas-pretas devem ser enviadas para análise na Rússia, pela fabricante do avião - um Tupolev Tu-154 com 22 anos de uso.

Os destroços da aeronave estão espalhados por uma grande área rural da província de Qazvin, a 120 km a noroeste de Teerã.

Sem manutenção O avião fazia o voo entre a capital iraniana e Yerevan, na Armênia, quando caiu 16 minutos após a decolagem.

Testemunhas afirmam ter visto a aeronave descer "de bico", com a cauda em chamas.

O presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, ofereceu os pêsames às famílias dos 153 passageiros e 15 tripulantes, e pediu que o Ministério do Transportes do país investigue a…