terça-feira, 20 de janeiro de 2009

PROVÍNCIA DO QUEBEC RECRUTA ENGENHEIROS DA ÁREA DE AVIAÇÃO

A Província do Québec, no Canadá, está recrutando profissionais do setor de aviação para o mercado de trabalho local, com salários de até US$ 78 mil por ano.
Os candidatos devem ser engenheiros com especialização no setor aeroespacial. A área tem prioridade do mercado de trabalho local e oferece vagas para profissionais estrangeiros que desejam se inscrever no programa internacional de imigração da província canadense.
As ofertas de trabalho estão distribuídas por vários segmentos da indústria de aviação do Québec. Há vagas em fabricantes de aviões e aeronaves especiais, em operadoras de transporte aéreo e para pesquisas em instituições educacionais. As principais empregadoras no setor são Bombardier Aéronautique, Mecachrone e Héroux-Devtek.
A remuneração neste setor está em torno de US$ 78 mil anuais. As jornadas de trabalho são, em média, de 40 horas semanais, dependendo da empresa contratante.
O imigrante tem direitos trabalhistas, como assistência médico-hospitalar, previdenciária e até 14 salários/ano, entre outros benefícios extensivos também a familiares (mulher e filhos).Segundo Soraia Tandel, diretora do escritório de imigração do Québec em São Paulo, todos os selecionados saem do Brasil com o visto de residente permanente, que permite morar e trabalhar legalmente na maior província do Canadá. E, após três anos de residência, podem solicitar cidadania com direito a passaporte canadense.
Os candidatos devem acessar o site www.imigracao-quebec.ca para obter informações e fazer a inscrição.
Processo de seleção
O processo de seleção para imigração no Québec pode durar até um ano e leva em consideração, além de diploma reconhecido na área, conhecimento da língua francesa, experiência profissional comprovada, ter, preferencialmente, até 35 anos, e disposição para aprender a língua francesa, idioma oficial do Québec.O candidato não sai do Brasil com a garantia de emprego, mas o governo ajuda o imigrante na busca por uma colocação no mercado de trabalho.
“O recém-chegado tem acompanhamento do governo para elaboração de currículos e de cartas de apresentações, e inclusive dicas sobre o mercado de trabalho local. Se necessário, há ainda aulas gratuitas para aperfeiçoamento do francês”, destaca Soraia Tandel.
O site http://tinyurl.com/6xakoc apresenta profissões, vagas e remunerações oferecidas na Província do Quebec.
fonte: G1

OBAMA CONVIDA PILOTO QUE POUSOU AVIÃO NO RIO HUDSON PARA SUA POSSE

O piloto de avião Chesley Sullenberger, 57, que conseguiu pousar um Airbus da empresa US Airways com 155 pessoas a bordo sobre o rio Hudson, em Nova York, na quinta-feira (15), foi convidado a participar da cerimônia da posse de Barack Obama como presidente dos Estados Unidos, em Washington, informou o jornal americano "The New York Times".Sullenberger ganhou status de celebridade nacional, nos EUA, depois de conseguir realizar um pouso sobre o rio. O avião ficou parcialmente submerso, e todos seus ocupantes - 150 passageiros e cinco tripulantes - conseguiram sair a salvo. O resgate por embarcações que passavam no local e o Corpo de Bombeiros foi transmitido ao vivo, na TV americana.
Equipes de Nova York retiraram Airbus da US Airways de dentro do rio Hudson, dois dias depois do incidente que não deixou mortos.
Investigações preliminares dos dados do gravador de voz da cabine do avião da US Airways indicam que as turbinas perderam força ao mesmo tempo, segundo o Comitê de Segurança de Transportes. Conforme a porta-voz Kitty Higgins, na gravação, o capitão comenta que há pássaros na região e, em seguida, surge um barulho de pancada e de desaceleração.O piloto teria considerado retornar ao aeroporto de La Guardia, em Nova York, de onde havia decolado, antes de decidir pousar no rio. Conforme testemunhas, o piloto pediu a passageiros que se preparassem para um impacto e, em seguida, tocou a água. A pedido da investigação, Sullenberger ainda não deu declarações à imprensa."Milagres acontecem porque muitas coisas rotineiras acontecem por anos e anos. Essas pessoas sabiam o que tinham de fazer e o fizeram, e o resultado foi que ninguém morreu", afirmou a porta-voz.Segundo o porta-voz do Conselho Nacional de Segurança no Transporte (NTSB, na sigla em inglês), Peter Knudson, há suspeitas de que o radar da aeronave não tenha indicado nenhum obstáculo estranho, como pássaros.Desde o incidente, Sullenberger já recebeu elogios públicos do presidente George W. Bush, da primeira-dama, Laura Bush, do governador do Estado de Nova York, David Paterson, do prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, e do próprio Obama, além de uma homenagem no site Facebook.'
Fonte: Folha Online

BRASIL CEDE 4 HELICÓPTEROS ANTIDROGAS PARA A BOLIVIA

O governo brasileiro vai ceder quatro helicópteros militares à Bolívia para reforçar as ações de fiscalização e combate ao narcotráfico na fronteira. As aeronaves -usadas- serão submetidas à revisão e entregues sem custo ao governo boliviano, que se encarregará da manutenção.O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que os dois países estão "aprofundando a cooperação nas áreas policial e de defesa". O presidente Evo Morales agradeceu e disse que não aceitará nenhuma base militar estrangeira na Bolívia: "O nosso objetivo é regionalizar a luta contra o narcotráfico".Apesar de os dois presidentes terem falado apenas em combate às drogas, os helicópteros brasileiros também devem ser usados para transporte de autoridades. Eles substituirão aeronaves venezuelanas também emprestadas a La Paz, mas tidas como pouco confiáveis. Em julho, um Super Puma cedido pelo governo de Hugo Chávez caiu horas depois de ter transportado Morales.O acordo faz parte do pedido de ajuda da Bolívia ao Brasil na área do narcotráfico, depois que Morales expulsou a DEA, a agência americana de combate às drogas. A Bolívia deve perder toda a ajuda dos EUA -US$ 28 milhões anuais para financiar ações policiais (90% do orçamento total) e dez helicópteros. O Brasil é o principal consumidor da cocaína da Bolívia.fonte: Agência Folha

SEA KINGS PARA ARGENTINA

Os primeiros dois de seis helicópteros anfíbios Sikorsky UH-3H "Sea King" foram transferidos pela US Navy para a Marinha de Guerra Argentina e quatro outros serão entregues em março de 2009.A Argentina perdeu três helicópteros "Sea King" no incêndio ocorrido a bordo do navio oceanográfico em que viajavam, no Atlântico Sul, em 2007, e pedira ajuda dos Estados Unidos para repor sua frota dessas máquinas. Os helicópteros transferidos agora estavam fora de serviço. Foram reformados e revisados pela Marinha dos Estados Unidos em Pensacola (Flórida).
fonte: Aerobusiness

TRIP LINHAS AÉREAS TERÁ 29 AERONAVES ATÉ O FINAL DE 2009

Companhia aérea comemora recorde e divulga planos ambiciosos.No ano em que comemorou 10 anos de existência, a Trip Linhas Aéreas atingiu a marca de 1 milhão de passageiros transportados, quase o triplo em comparação a 2007.A companhia que atualmente é líder da aviação regional brasileira, progrediu buscando atender as necessidades do mercado, assim, investindo constantemente na expansão de sua frota, que conta 21 aeronaves, o dobro comparado a 2007 e que deverá chegar a 29, ainda neste ano, com a chegada dos novos jatos Embraer 175, orçados em US$ 167,5 milhões. Ainda nesse aspecto, a meta da empresa é incrementar de 55 para 71 a média de assentos disponíveis por aeronave até o final de 2010.A companhia que promove ligações entre cidades com baixa e média densidade de tráfego, pretende desenvolver sua rede de transporte aéreo por meio da integração regional, solucionando necessidades de deslocamento. “Novas rotas estão sendo estudadas. Nossa meta é chegar a marca de 100 municípios atendidos até o final de 2010”, afirmou o presidente da empresa, José Mário Caprioli.
Fonte: Brasilturis

FORÇA AÉREA DA ÍNDIA TÊM PRIMEIRA MULHER CO-PILOTO

Uma jovem indiana de 20 anos tornou-se a primeira mulher co-piloto de um avião das Forças Aéreas da Índia, que permitiu a presença feminina nas cabines de pilotagem há apenas uma década e meia.Kavita Barala, natural de Jaipur, capital do estado turístico do Rajastão, foi a primeira a aspirar ao posto de oficial de navegação de um avião de transporte AN-32, mas seu exemplo já encorajou mais duas companheiras, segundo relatou hoje a soldado à agência "Ians"."Quando me alistei na academia das Forças Aéreas em Dundigal (no estado sudoeste de Andhra), soube que nenhuma mulher tinha optado por isso, portanto decidi me arriscar. Completei meu treino com sucesso e me transformei em co-piloto", relatou.Como oficial de voo, ela não terá o cargo de comandantes do avião; suas funções consistem em planejar os itinerários e informar ao piloto o tempo estimado de voo e outras coordenadas.Atualmente Kavita Barala está treinando na base aérea de Agra (no estado de Uttar, no Norte) para exercer suas funções como oficial de navegação em operações de ajuda e missões de bombardeio, mas ela pensa em voar mais alto."Uma vez que terminar meu treinamento, eu gostaria de me formar para pilotar em um (caça) Sukhoi-30", afirmou.As Forças Aéreas indianas se constituíram em 1932 e contam com cerca de 170 mil integrantes. Só 784 de seus oficiais são mulheres.
fonte: G1

AVIÕES MILITARES COLIDEM NA ESPANHAE TRES TRIPULANTES MORREM

Dois aviões de combate Mirage F-1 colidiram durante uma missão de treinamento na Espanha, nesta terça-feira (20). Os três tripulantes das aeronaves morreram, informou o Ministério da Defesa espanhol. Não estava claro se os aviões colidiram no ar e caíram próximos ou ficaram distantes um do outro após o acidente, em uma área rural da província de Albacete, no centro do país, revelou um funcionário do ministério.Um dos jatos produzidos na França tinha apenas um assento. O outro transportava duas pessoas. A ministra da Defesa espanhola, Carme Chacón, deixou Madri e partiu para Albacete para observar o local do acidente e conversar com parentes dos pilotos mortos, sediados em Los Llanos, segundo o funcionário, que falou sob condição de anonimato.Em 2004, outro Mirage-1 colidiu enquanto retornava de Los Llanos após uma missão aérea de reabastecimento, matando o piloto, segundo o ministério. Em 2006, um piloto conseguiu se ejetar antes de seu Mirage F-1 colidir, perto da mesma base.
fonte: JC Online

AIR AUSTRAL COMPRA DUAS AERONAVES DA AIRBUS

Air Austral compra duas aeronaves da Airbus
A Air Austral acaba de assinar um memorando de entendimento com a Airbus para a compra de duas aeronaves A380 de classe única.Em uma configuração de classe única, a aeronave acomodará 840 passageiros nos mais espaçosos assentos de classe econômica na cabine mais silenciosa da categoria. A Air Austral planeja que a aeronave opere na rota de La Reunion a Paris (França), por meio de uma de suas subsidiárias. A escolha do motor ainda não foi feita.“O nosso objetivo é oferecer um serviço de qualidade por um baixo custo na movimentada rota entre La Reunion e Paris, e a aeronave A380 nos permite tornar essa meta real", afirmou o presidente da Air Austral, Gerard Etheve. “A aeronave A380, que tem o menor custo por assento e é a aeronave mais ecologicamente correta em operação, oferece também um alto nível de conforto ao passageiro. Isso permitirá que Air Austral ofereça uma conexão melhor entre La Reunion e Paris por uma tarifa mais baixa”, finalizou o executivo.
Fonte: Brasilturis

OGMA RECORRE A DÍVIDA PARA PAGAR SALÁRIOS

A OGMA - Indústria Aeronáutica de Portugal, onde a brasileira Embraer tem uma participação, já está a recorrer a dívida bancária para o pagamento dos salários dos trabalhadores. A medida, segundo escreve hoje o jornal "Público", foi uma das soluções encontradas para a crise do sector aéreo. A empresa admite que já está a sentir uma redução nas encomendas e encontra-se num processo negocial com os clientes para encontrar uma saída viável para a crise.Cézar Lima, director de vendas e de desenvolvimento da OGMA, disse ao "Público" que a fabricante "já recebeu pedidos de redução da cadência de produção" e "nota uma diminuição do nível de compras". Apesar de ainda não haver "um diagnóstico dos impactos reais da crise", o gestor afirma que, "tal como está a acontecer no resto do mundo, também em Portugal é natural que o negócio abrande".A OGMA, que fabrica material aeronáutico, é detida em 35% pelo Estado português e em 65% por um consórcio formado pela Embraer e pela EADS (a controladora da europeia Airbus). Além da "revisão em baixa dos pedidos", assiste-se a uma "dificuldade crescente dos clientes efectuarem pagamentos nos prazos contratuais", afirmou recentemente o presidente da empresa.O líder da OGMA admitia ainda, segundo o "Público", que o plano previsto para os próximos cinco anos, definido em Novembro do ano passado, se baseava num "cenário externo e numa procura de produtos e serviços que agora já não são verdadeiros" e que "a situação tem obrigado a recorrer à banca para manter os compromissos e para ter os salários pagos em dia, assim como as suas obrigações sociais com o Estado português".A OGMA está a introduzir medidas de redução de custos, que têm intensificado o conflito com os trabalhadores. É o caso da adopção de uma directiva, no final de Dezembro, que reduz de nove para seis os dias anuais remunerados a que os funcionários têm direito para tratar de assuntos pessoais. Também reduziu de dois para meio-dia o tempo regulamentar para dádivas de sangue.Cézar Lima afirmou que "ainda é cedo para falar numa reestruturação ou em redução da capacidade" porque a empresa "ainda está em conversações com os clientes para analisar os reais impactos da crise". Para já, pedir apoio ao Governo não faz parte dos planos. "Não podemos depender do auxílio governamental. Temos de conseguir as nossas próprias alternativas no mercado", disse o responsável.
Fonte: Portugal Digital

AVIÃO DA OCEANAIR SAI DA PISTA EM FLORIANOPOLIS, SANTA CATARINA


Uma aeronave da OceanAir saiu na pista durante uma decolagem no início da madrugada desta terça-feira no Aeroporto Internacional Hercílio Luz, em Florianópolis (SC). Chovia e ventava muito forte em Florianópolis no momento da decolagem.
Cerca de 100 passageiros estavam a bordo do vôo 6172, que partiu do Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, e seguia para a cidade de Chapecó, no oeste de Santa Catarina. No momento da decolagem, pouco antes de deixar o solo, a aeronave acabou saindo para um gramado localizado ao lado da pista.
Ninguém ficou ferido no incidente. Os passageiros foram retirados do local com o auxílio de profissionais da Infraero, que precisaram adaptar tapumes em meio à grama para que as escadas chegassem ao avião.
Os passageiros precisaram seguir viagem para Chapecó, distante 500 km da capital, em um ônibus oferecido pela companhia. Outros ainda devem embarcar para o oeste em um vôo previsto para as 14h.
A assessoria de imprensa da OceanAir informou que a companhia ainda não se manifestou oficialmente sobre o incidente.
Especial para Terra

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...