quinta-feira, 19 de novembro de 2009

PILOTO BRASILEIRO ATERRISA NO OCEANO PACÍFICO



O avião médico, da empresa: Pel-Air Aviação CareFlight que estava transportando um paciente em estado grave e outros cinco (02 médicos, conûge, piloto e co-piloto) de Samoa para Melbourne, começou a apresentar problemas quando se aproximava Ilha Norfolk, uma pequena ilha no Pacífico, ao largo da costa leste da Austrália.


O piloto tentou pousar três vezes na pista da Ilha Norfolk , mas foi incapaz de fazê-lo por causa do mau tempo.Ele decidiu que a única opção seria um pouso de emergência na água.

"Após várias aproximações falhadas e com o combustível a diminuir, o piloto em comando, o Capitão James Dominic, tomou a decisão de realizar um pouso controlado na água ao largo da costa da Ilha Norfolk", disse um porta-voz da CareFlight.

O jato pousou com sucesso na água, cerca de duas milhas náuticas da costa, todos foram evacuados com segurança antes que o avião afundasse,três minutos depois.

Todos foram resgatados por um barco e levado para o hospital Ilha Norfolk para observação.

Ningém sofreu ferimentos graves, mas estavam sendo tratados por choque e hipotermia. Eles deviam ser transferidos para a Austrália continental.

fonte/foto/7News



RED BUL AIR RACE NO AERÓDROMO DE SANTARÉM



O aeródromo de Santarém serve de campo de treino acrobático de equipas portuguesas e espanholas, sob a orientação do piloto francês da Red Bull Air Race, Nicolas Ivanoff.



O campo de treino acrobático surge no seguimento de eventos como o Red Bull Air Race e o Plácido Air Cup na espectacular modalidade da acrobacia aérea em Portugal. Organizado pela Associação Portuguesa de Acrobacia Aérea (APPA), este campo de treino contou com a participação de pilotos portugueses e espanhóis. Presentes neste campo de treino estiveram António Ideias e Lino Gonçalves, os representantes portugueses em campeonatos internacionais da modalidade, e que estão a preparar a constituição de uma selecção nacional para participar em campeonatos mundiais da modalidade. A estes dois pilotos, que voam num avião Extra 300 que participou no Red Bull Air Race, vieram juntar-se em Santarém outros pilotos portugueses e espanhóis. António Ideias sublinhou a “O Ribatejo” o objectivo de formar uma selecção nacional, que exige um mínimo de três pilotos.

O modo de treino comporta uma constante comunicação via rádio entre os pilotos, que realizam as manobras acrobáticas de grande dificuldade e perícia técnica, e o treinador Nicolas Ivanoff, no solo, que indica quais as correcções a serem efectuadas. Antes e após os voos, o treinador realiza briefings com os pilotos, indicando quais os pontos a serem trabalhados e aperfeiçoados para a obtenção da perfeição técnica nas manobras. As sessões de treinos decorreram em permanência entre os dias 13 e 17, no aeródromo de Santarém.

O treinador convidado, Nicolas Ivanoff, de 42 anos, é um dos pilotos da espectacular Red Bull Air Race. Com uma progressão crescente em termos de classificação geral desde a sua estreia em 2005, obteve este ano um impressionante 5º lugar, salientando-se a vitória na etapa de San Diego (USA). Conhecido no circuito como “The Quick Corsican”, Nicolas habituou já os fãs da competição a performances surpreendentes e espectaculares, faltando-lhe apenas alguma regularidade para a obtenção do título na geral, que chegará certamente num futuro próximo. Ivanoff tornou-se piloto acrobático em 1990, depois de ter passado a maior parte da sua vida adulta como instrutor de voo. Juntou-se à equipa de acrobacia aérea francesa sete anos mais tarde e fez parte da equipa francesa que ganhou os Campeonatos mundiais em Toulouse em 2000. Obteve nos anos seguintes, em europeus e mundiais de acrobacia, resultados sempre nos dez primeiros. Ficou em segundo no campeonato francês de acrobacia aérea ilimitada em 2004. É instrutor de voo na famosa escola corsa ‘Corse Voltige’.

Este tipo de espectáculo, mobilizador de massas devido à sua espectacularidade como se viu nas edições da Placido Air Show, conta já com um número considerável de praticantes em Portugal, sendo Santarém um pólo de desenvolvimento para o futuro da modalidade, devido às suas fantásticas condições de segurança. Mário Santos, director do aeródromo, sublinhou a O Ribatejo que este é o único aeródromo do país certificado para este tipo de provas e de treinos, possuindo condições de segurança ímpares, pela sua localização na lezíria ribatejana. Mário Santos disse que a selecção francesa de vôo acrobático deverá fazer um estágio este ano em Santarém.

fonte/O Ribatejo

AZUL REGISTRA OCUPAÇÃO ACIMA DE 87% EM AVIÕES


Prestes a completar um ano de existência, a companhia aérea Azul está operando com taxas de ocupação acima de 87%, informou hoje o vice-presidente operacional da empresa, comandante Miguel Dau. Segundo ele, a empresa teve média de 87,2% de assentos ocupados nos voos em outubro.

"Nem me fala, que isso está me tirando o sono. Operando acima de 87%, como está acontecendo, a área operacional está ralando. Eu nunca vi isso no mercado brasileiro. Há dia em que a nossa ocupação média bate 94%", disse o comandante Miguel Dau, após participar do anúncio de uma parceria com Embraer, GE e Amyris para o desenvolvimento de querosene de aviação de origem renovável.

Segundo Dau, a companhia vai terminar o ano operando 14 aviões (E-Jets Embraer) e receberá outros sete em 2010, ampliando a frota para 21 unidades. Atualmente, a Azul faz ligações entre 16 cidades brasileiras. Até o fim de 2013, espera alcançar 25 cidades. A empresa tem, no total, 36 E-Jets encomendados à Embraer e opções para outros 40 jatos.

Embora esteja otimista em relação ao mercado aéreo, a companhia ainda não está focada na ampliação de sua pequena fatia no mercado. "A Azul não está atrás de market share (porcentual de vendas no mercado). Buscar mercado tendo prejuízo é suicídio. A Azul quer crescer de forma sustentável", disse Dau.

O executivo não soube dizer que rota da companhia é a mais lucrativa. "Com essa média de ocupação, todas (as rotas) estão bombando", disse. No entanto, ele não acredita que o aumento da demanda entre o Natal e o Ano Novo provoque filas e problemas estruturais nos aeroportos. "Tomo como base o ano passado, que foi tranquilo. A gente estava começando, mas assistiu. Não acredito que enfrentaremos problemas. O que me preocupa é um fenômeno meteorológico de longas chuvas na região de Rio e São Paulo, que possa repercutir em todo o tráfego aéreo. Aí é o imponderável", afirmou. "Acho que as autoridades estão preparadas para isso. E acho que os usuários precisam ter bom senso para saber enfrentar situações como essa", afirmou.

fonte/Agência Estado/Abril.com

CANCELAMENTO DE VOO CAUSA TUMULTO NO AEROPORTO HERCÍLIO LUZ EM FLORIANÓPOLIS


O cancelamento de um voo de Florianópolis para Porto Alegre na manhã desta quinta-feira causou tumulto no Aeroporto Hercílio Luz, em Florianópolis. Os passageiros reclamam do atendimento da empresa Gol Linhas Aéreas.

Segundo os clientes, o voo estava previsto para sair por volta das 6h20min, mas a decolagem não teria ocorrido por causa de um nevoeiro em Porto Alegre. Os passageiros chegaram a embarcar no avião e aguardaram, mas o atraso seguiu devido à condição climática.

A confusão começou quando funcionários da Gol teriam pedido para que os passageiros se retirassem da aeronave, que seguiria outra rota, para Curitiba.

Os clientes se recusaram a sair do avião, e houve discussão. Pouco tempo depois eles deixaram a aeronave, mas a confusão continuou no saguão do aeroporto.

Passageiros disseram que a empresa não se agilizou para conseguir voos em outras companhias aéreas. Muitos ficaram descontentes em ter que esperar até as 12h30min para embarcar.

Procurada pela reportagem do Diário Catarinense, a Gol disse que apenas dois passageiros se exaltaram com o cancelamento do voo. Eles teriam sido realocados em um voo da TAM. Já os demais embarcaram às 12h30min.

A Empresa Brasileira de Infra-estrutura Aeroportuária (Infraero) informou que a situação deve ser resolvida entre a companhia e os passageiros.

Confira a reportagem da RBS TV

fonte/ Zero Hora

GOL AUMENTA PREÇOS EM 12% E QUER MAIS CARIBE

Em Londres, onde realizou apresentação para empresários na noite de ontem (18), o presidente Constantino de Oliveira Junior confirmou o primeiro aumento de tarifas da companhia neste ano – anunciando a média de 12% - e também de um provável aumento de operações do grupo aéreo na região do Caribe para onde já retomou voos para Aruba.

O executivo confirmou que estão sob análise possibilidades de mais destinos com rotas a partir de Caracas e Bogotá, utilizando operações com a marca Varig.

As aeronaves Boeing 767 que não estão sendo utilizadas na frota normal da companhia voltarão a ter operações neste período de final de ano. Dois dos seis aviões já estão confirmados para charter da CVC Viagens e outras operadoras de turismo também estão interessadas.

Constantino analisou o panorama aéreo brasileiro reconhecendo que há uma forte reação de mercado no Brasil depois de um início de ano difícil. Chegou a projetar um crescimento de dois dígitos para o ano que vem e defendeu o aumento de operações e condições de Viracopos, em Campinas, como o terceiro principal aeroporto de São Paulo.

fonte/ Brasilturis

ORIENTE MÉDIO COMPRARÁ 1.400 NOVOS AVIÕES


A estimativa é da fabricante Boeing para 2028. Já de acordo com a francesa Airbus, o total pode chegar a 1,7 mil. O investimento total deve ficar entre US$ 248 bilhões e US$ 300 bilhões.

A demanda por novas aeronaves na região do Oriente Médio deverá ficar entre 1,4 mil e 1,7 mil nos próximos vinte anos, de acordo com estimativas das fabricantes Airbus e Boeing, respectivamente. As informações foram divulgadas pelo site de notícias Emirates Business 24/7.

"As linhas aéreas da região deverão precisar de cerca de 1,7 mil novas aeronaves, com custo total avaliado em US$ 300 bilhões, de agora até 2028", disse o vice-presidente de Marketing da norte-americana Boeing, Randy Tinseth.

Segundo o diretor de operações da francesa Airbus, John Leahy, "no momento, a previsão é de que haja melhoria no mercado, e não uma piora. Há seis ou nove meses, falava-se em atrasos ou cancelamento de pedidos (de novas aeronaves). A conjuntura agora é outra". Para a Airbus, nos próximos 20 anos, as companhias aéreas do Oriente Médio vão precisar de 1,4 mil novas aeronaves, com custo total de US$ 248 bilhões, para suprir a demanda.

Pelas projeções da Boeing, nos próximos 20 anos, US$ 3,2 trilhões deverão ser investidos no mundo todo na compra de 29 mil novas aeronaves comerciais. De acordo com a Airbus, serão adquiridas 25 mil novas aeronaves.

"O Oriente Médio e a Ásia deverão ser os principais responsáveis pela recuperação da indústria de aviação", disseram executivos das duas empresas, ao divulgar as previsões para os próximos vinte anos. "Deverá haver um forte crescimento no Oriente Médio, e as companhias da região estão bem posicionadas para suprir a demanda", disse Tinseth, da Boeing. De acordo com Leahy, da Airbus, "o Oriente Médio abrange todos os segmentos da indústria e serve de termômetro para o resto do mundo. A recuperação começa aqui".

Pelas previsões da Airbus, a frota da região deverá crescer de 586 aeronaves comerciais no início de 2009 para 1,6 mil em 2028. "Dessas, 586 aeronaves, modelos novos e mais ecoeficientes irão substituir 323 aeronaves antigas, 221 serão recicladas e 42 vão continuar operando", afirmou Leahy.

Segundo Tinseth, as companhias aéreas de baixo custo detêm 9% do mercado no Oriente Médio. Em termos de novos pedidos, a Airbus tem 59% do total, e a Boeing 41%. A carteira de pedidos da Airbus hoje soma 3,4 mil pedidos; desses, 18% se concentram no Oriente Médio, disse Leahy.

fonte/ ANB

QUEDA DE AVIÃO MATA 5 EM BELARUS



Destroços da aeronave de fabricação britânica, que caiu quando tentava aterrissar no aeroporto Minsk-2.
Cinco pessoas morreram na queda de um pequeno avião nos arredores de Minsk, nesta segunda-feira (26), informaram as autoridades de Belarus.

O avião BAe-125-800, de fabricação britânica e com capacidade para oito passageiros, caiu quando tentava aterrissar no aeroporto Minsk-2, informou a agência de notícias russa "Interfax".
A aeronave fazia um voo particular entre Moscou e Belarus, e desapareceu dos radares de Minsk-2 às 21h35 (17h35, Brasília) de segunda-feira. As autoridades aeronáuticas investigam ainda as causas para o acidente.

fonte/foto/G1

HELIPONTOS PARTEM PARA FRETAMENTOS E VENDAS

 Dois centros de serviços de helicópteros, o Helicentro, um dos mais antigos de São Paulo, fundado em 1994, e o Helipark, inaugurado em 2002, planejam mudar seu perfil. Atualmente focados em manutenção e hangaragem (estacionamento), que respondem por quase 100% de suas receitas, agora se preparam para vender e operar helicópteros.


As perspectivas do setor, também animam companhias de maior porte, como a Líder Aviação, que está investindo US$ 110 milhões até o final de 2010 para ampliar a frota que atende a indústria do petróleo.
Estimativa do Sindicato Nacional das Empresas de Táxi Aéreo (Sneta) indica que apenas o mercado de fretamento de helicópteros deverá crescer 8% em 2010.

Seu faturamento anual é de cerca de R$ 700 milhões só no atendimento a plataformas marítimas de exploração e produção de petróleo. "Há uma tendência de crescimento no fretamento para a indústria do petróleo, assim como no mercado corporativo", afirma o superintendente do Sneta, Fernando Alberto dos Santos, que já vinha observando a migração de helipontos para as atividades de venda e fretamento de helicópteros.

O Helicentro quer crescer vendendo helicópteros da americana MD Helicopters, cujos primeiros modelos foram desenvolvidos pelo aviador e polêmico empresário Howard Hughes, fundador daquela que já foi uma das maiores companhias aéreas americanas, a TWA.

fonte/anal do transporte

PANE NO SISTEMA DE CONTROLE AÉREO DOS EUA AFETA MILHARES DE VOO

Um problema no computador central do sistema de controle aéreo dos Estados Unidos levou hoje ao atraso ou cancelamento de milhares de voos em todo o país, informaram as autoridades de aviação.

O sistema no qual a falha foi registrada é o que controla os planos de voo das companhias aéreas, disse a porta-voz da Administração Federal de Aviação (FAA, em inglês), Kathleen Bergen.

Por enquanto, não se sabe o número exato de voos afetados, assim como quando o problema será resolvido, mas Bergen disse que, por enquanto, ainda há voos decolando e aterrissando.

Parte dessas operações é feita manualmente. Estão sendo investigadas as causas do problema e, enquanto isso, continua a cobertura de radar, assim como a comunicação com os aviões no ar neste momento.

fnte/EFE/G1

AZUL PODE ANTECIPAR RECEBIMENTO DE JATOS DA EMBRAER

A companhia aérea Azul poderá antecipar no ano que vem o recebimento de aeronaves da Embraer caso a demanda por passagens continue muito aquecida, declarou o diretor da empresa Miguel Dau.

Segundo ele, estão programados inicialmente para 2010 mais sete aviões modelos Embraer 190 e 195. "Pode ser mais. Estou muito otimista com o cenário", afirmou o executivo a jornalistas nesta quarta-feira.

A Azul, que estreou no mercado aéreo brasileiro em dezembro de 2008, vai fechar o ano com 14 aviões operando na malha nacional.

Conforme Dau, a taxa média de ocupação nos voos da Azul está acima de 87 por cento, chegando em algumas rotas a 94 por cento. "Trabalho há anos no setor aéreo e nunca vi um coisa igual", disse.

"O cenário econômico conspira a favor do setor em 2010", acrescentou, ressaltando que o PIB deve crescer cerca de 5 por cento no ano que vem.

A Azul ficou em outubro com 4,44 por cento de participação do tráfego de passageiros dentro do país, de acordo com dados da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). O diretor da empresa aérea disse que o market share da companhia deve aumentar no ano que vem.

"Dificilmente vamos dobrar isso, porque saímos do zero. Não estamos preocupados com market share. O passado mostra o preço que se pagou nessa busca. Queremos manter qualidade e satisfação do cliente, além dos custos baixos de operação."

fonte/Reuters/Brasil Online/O Globo

GRUPO EMIRATES APÓIA LANÇAMENTO DA SENEGAL AIRLINES

No Dubai Air Show que foi completado ontem, em Dubai, o grupo Emirates e o governo do Senegal anunciaram que será dado suporte técnico e comercial para a Senegal Airlines, a nova companhia aérea que vai operar a partir de 2010.

O anúncio foi feito após o encontro oficial entre Sua Alteza Sheikh Ahmed bin Saeed Al-Maktoum, presidente e CEO da Emirates Airline e do Grupo Emirates, e Karim Wade, ministro de Infraestrutura, Transporte Aéreo e Cooperação Internacional do Senegal. O Grupo Emirates contribuirá com sua expertise técnica e apoiará a nova empresa, colaborando para o desenvolvimento de produtos e serviços aéreos da Senegal Airlines. Para seu principal executivo, a Emirates tem interesse estratégico na África onde já opera em 17 destinos.

"O Senegal está fortalecendo sua indústria aérea e construindo um novo e tecnológico aeroporto internacional chamado Blaise Diagne Airport que, em conjunto com a nova companhia aérea, irá colaborar para que a aviação senegalesa se destaque não só na África, mas no mundo inteiro", disse Karim Wade.

fonte/Brasilturis

AEROPROTO DO GALEÃO, RIO DE JANEIRO, TEM NOVO SUPERINTENDENTE

André Luís Marques de Barros é o novo superintendente do Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro Galeão-Tom Jobim. Barros tomou posse no último dia 16, substituindo Mário Jorge Fernandes de Oliveira, que será o novo superintendente da recém criada Superintendência Regional do Sudeste, com sede em Belo Horizonte.

Barros é funcionário de carreira da Infraero desde 1994 e já atuou como supervisor do Aeroporto Internacional de Brasília, gerente comercial e de Operações da Superintendência Regional Brasília.

fonte/ Portal Panrotas

AEROPORTO DE FOZ DO IGUAÇU, RETOMA VOOS INTERNACIONAIS

Autoridades recepcionaram passageiros e diretores comerciais da Pluna

Após cinco anos, o Aeroporto Internacional Cataratas de Foz do Iguaçu voltou a receber um voo do exterior. A retomada ocorreu na tarde desta quarta-feira, 18, com a vinda do jato da empresa aérea Pluna, trazendo passageiros direto de Montevidéu, capital do Uruguai.

Após cinco anos, o Aeroporto Internacional Cataratas de Foz do Iguaçu voltou a receber um voo do exterior. A retomada ocorreu na tarde desta quarta-feira, 18, com a vinda do jato da empresa aérea Pluna, trazendo passageiros direto de Montevidéu, capital do Uruguai.

Representantes do turismo de Foz do Iguaçu e imprensa promoveram as boas-vindas na sala vip e pista do aeroporto, recepcionando diretores da empresa e jornalistas uruguaios que farão um famtour no Destino Iguaçu.

Estiveram presentes ao ato das boas-vindas, Joacir Araújo (Infraero), Felipe Gonzalez (Secretaria de Turismo de Foz do Iguaçu), Gilmar Piolla (Itaipu Binacional), Ênio Eidt (Iguassu CVB), Fernando Valente (ABAV-PR), recepcionando o gerente de projetos comerciais da Pluna, Roberto Oliveira Luiz, e o diretor-comercial da Pluna no Brasil, Gonzalo Mazzaferro Gilmet.

Na chegada o moderno Bombardier CRJ900 NextGen, com capacidade para 90 passageiros, foi batizado na pista por dois caminhões do Corpo que jogaram água no jato antes do desembarque.


A empresa vai operar dois voos semanais, nas quartas e sábados, partindo de Montevidéu às 13h20 e voltando de Foz do Iguaçu às 15h50. Na coletiva o gerente de projetos comerciais Roberto Oliveira Luiz, informou que, dependendo da demanda, os vôos podem duplicar já em 2010.

Já o superintendente regional da Infraero, Antonio Felipe Bergman Barcellos, informou que até o fim desse ano será lançado o edital para melhorias de ordem estrutural no aeroporto de Foz do Iguaçu, uma antiga reivindicação do trade turístico.

fonte/foto/ www.h2foz.com.br/AdislsonBorges

AEROPORTO DE JI-PARANÁ, EM RONDÔNIA PODE TER PERDIDO RECURSOS

Com a pista em estado precário o aeroporto José Coleto, em Ji-Paraná, segundo maior do Estado em números de embarques já corre sério risco de para de receber aeronaves de médio porte. Uma emenda de bancada no valor de R$ 16 milhões para a recuperação e ampliação da pista, e outros R$ 6 milhões, já empenhados sob a responsabilidade do Estado tiveram os prazos vencido, e com isso, os recursos devolvidos ao Governo Federal.

Com a chegada das festas de fim de ano a administração do aeroporto, José Coleto de Ji-Paraná espera, na media o embarque de cinco mil pessoas, somente no mês de dezembro. Em outubro foram 3.500 embarques nos cinco vôos diários realizados pelas empresas, Trip e Passaredo. A preocupação maior é com a recuperação da pista para os próximos dias, promessa do Departamento Estadual de Estradas e Rodagens (DER) ao presidente da Associação Comercial e Industrial de Ji-Paraná (Acijip), Marcito Pinto, em reunião realizada na última semana em Porto Velho.

Ministério da Defesa

De acordo com o deputado federal, Anselmo de Jesus, os recursos devolvidos haviam sido conseguidos através do Ministério da Defesa. “Lamentamos profundamente a falta de empenho do governo estadual com o aeroporto e com a própria população da região central do Estado. Devolver dinheiro por questões de inadimplência é, no mínimo, mostrar incapacidade de administrar o Estado”, criticou Anselmo de Jesus.

fonte/Diário da Amazônia foto/Portal Jipa

PARA GOL, NOVO AEROPORTO DE SÃO PAULO TEM DE SER VIRACOPOS

O presidente da Gol, Constantino de Oliveira Júnior, acredita que Viracopos, em Campinas, tem de ser o novo aeroporto que São Paulo precisa. Ele lembrou que o governo ainda estuda outras alternativas, já que Congonhas e Guarulhos hoje são insuficientes para dar conta do avanço do setor. "Para mim, Viracopos é o terceiro aeroporto de São Paulo", afirmou hoje em Londres, onde fez apresentação para investidores.

Na avaliação do presidente da Gol, há pontos que podem ser melhorados em Congonhas e Guarulhos, "mas nada que dará oportunidade de crescimento no mesmo ritmo do mercado doméstico". Já Viracopos, a cerca de 80 quilômetros da capital, necessita de investimento para acesso, como um trem expresso, o que já está sendo planejado pelo governo.

Conforme Constantino, a realização da Copa do Mundo em 2014 e das Olimpíadas em 2016 sensibilizam o governo brasileiro para a necessidade de investimentos em controle aéreo no País, até porque foram assumidos compromissos e prazos que precisam ser seguidos. "Do ponto de vista das companhias aéreas, não haverá problemas."

fonte/Agência Estado

AEROPORTO DE SÃO PEDRO, CABO VERDE, RECEBERÁ VOOS INTERNACIONAIS EM DEZEMBRO

A auditoria a ser efectuada pela Agência de Aeronáutica Civil ao aeroporto de São Pedro, na ilha de São Vicente, deverá ficar concluída dia 5 de Dezembro, afirmou na Praia o presidente da Aeroportos e Segurança Aérea de Cabo Verde (ASA).

De acordo com Mário Paixão, a auditoria terá início a 30 de Novembro e prolongar-se-á até 5 de Dezembro, após o que o aeroporto receberá de imediato o certificado correspondente.

Concluída esta fase, prosseguiu o presidente da ASA, a Agência de Aeronáutica Civil emitirá o certificado que autoriza o aeroporto a receber voos internacionais, o que acontecerá ainda em Dezembro.

O aeroporto deveria ter sido aberto ao tráfego internacional em Agosto passado, após a homologação feita em Julho, mas atrasos e avarias nos aviões de calibragem da pista goraram as expectativas.

Os atrasos também inviabilizaram os voos internacionais directos para Mindelo anunciados pela transportadora aérea portuguesa TAP durante o verão.

O novo terminal do Aeroporto Internacional de São Vicente tem uma área de cerca de 11 mil metros quadrados, distribuída por três pisos, com capacidade para receber 500 passageiros/hora.

fonte/ Macauhub

AEROPORTO DE PONTA DELGADO, AÇORES ENTRE OS MELHORES DA EUROPA

A conclusão resulta do Inquérito de Satisfação Geral dos Passageiros da ACI (Airport Council International) relativo ao terceiro trimestre de 2009.

Uma classificação que até poderá melhorar, tendo em conta o actual investimento da ANA, Aeroportos de Portugal S.A. na infraestrutura aeroportuária de São Miguel. Isto mesmo admite Guilhermino Rodrigues, presidente ANA, que à margem de um encontro informal com a comunicação social realizado segunda-feira em São Miguel, salientou ao Açoriano Oriental a importância das obras em curso no aeroporto João Paulo II, as quais irão permitir um aumento considerável de capacidade de recepção de aeronaves, pasageiros e carga. Mesmo assim, preferiu não adiantar a “validade” da futura capacidade daquele aeroporto.

fonte/Jornal Açoriano Oriental

PROCON PUNE A TAM PELA LEI DA FILA

Os passageiros que tentaram embarcar pela TAM , ontem, no Aeroporto Internacional de Brasília, não puderam seguir viagem sem antes enfrentar uma longa fila.

A demora no atendimento se intensificou no horário de almoço, o que motivou várias denúncias ao Instituto de Defesa do Consumidor (Procon-DF).

Os fiscais do órgão estiveram no local e a companhia acabou autuada por descumprimento à Lei nº 2.457/2000, conhecida no Distrito Federal como Lei da Fila.

No aeroporto, a equipe de fiscalização do Procon-DF constatou demora no atendimento de pelo menos uma hora e meia

O tempo extrapola o limite de 30 minutos para atendimento aos consumidores, estabelecido pela legislação em vigor na capital federal.

fonte/ Correio Braziliense

MUDANÇA DE ROTA CAUSA TUMULTO EM VOO DA GOL

A manhã desta quarta-feira, 18, começou com protesto dos passageiros do voo 1771 da Gol, que deveria ter saído às 4h10 da madrugada de Palmas com destino a São Paulo, fazendo escalas em Brasília e Goiânia. A aeronave chegou a decolar do Aeroporto Lysias Rodrigues no horário previsto, mas após 25 minutos de voo o comandante informou que o radar meteorológico estava com problemas e retornou à Capital do Tocantins.

Assim que o dia amanheceu os passageiros foram informados que o radar havia sido consertado e que retornariam à aeronave. Já dentro do avião, foi comunicado que o voo iria direto a Goiânia, sem passar por Brasília. A mudança causou tumulto e muitos dos passageiros que tinham compromisso no Distrito Federal ou fariam conexões naquela Capital não aceitaram a mudança. Os passageiros foram convidados a voltar para o aeroporto, onde foram informados que, devido ao protesto, o voo seria cancelado.

A empresa informou que uma nova aeronave será enviada a Palmas e partirá por volta das 10h30. A aeronave estava lotada, inclusive com bebês de colo, crianças e idosos. Uma mulher que faria concurso na tarde desta quarta em Curitiba não chegará a tempo.

fonte/O Girassol

TAM TEM 52% DE VOOS ATRASADOS, MOTIVO ATUALIZAÇÃO DE SOFTWARE

Quase 52% dos voos da TAM em todo país atrasaram ou estão atrasados na manhã desta quinta-feira (19). Os voos com problemas se concentram nos aeroportos de Congonhas e de Guarulhos, ambos em São Paulo.

Dos 290 voos da TAM programados até as 11h de hoje, 152 atrasaram e 14 (4,8%) foram cancelados. Considerando todas as empresas aéreas, são 221 atrasos e 29 cancelamentos em um total de 824 voos programados.

Segundo informações da Infraero em Guarulhos, pela manhã a empresa teve um problema durante a atualização de um software por volta de 6h, o que acarretou em atrasos na realização do check-in. Por conta do problema, longas filas se formaram em Guarulhos e em Congonhas.

De acordo com a TAM, o problema foi corrigido às 8h40. A empresa afirmou que os voos serão regularizados ao longo do dia e que deverá utilizar aviões reservas.

Voos atrasados neste momento
Há 61 voos atasados neste momento em todo o país - o que representa 7,4% do total -, dos quais 38 são da TAM. Em Congonhas, foram cancelados, nesta manhã, três voos da TAM para o Rio, previstos para decolagem às 9h, 9h30 e 9h40. Também foram cancelados voos para Vitória (8h10), Belo Horizonte (10h) e Brasília (10h20).

Em Guarulhos, foram cancelados voos para Buenos Aires (10h20) e Miami (10h30). Atrasaram, pela manhã, decolagens para Fortaleza, Rio de Janeiro, Manaus, Montevideo (Uruguai) e Campo Grande.

Pela manhã, uma forte neblina fechou o Aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre, para pousos por cerca de duas horas e meia. As decolagens estavam liberadas, segundo a Infraero. Dos oito voos programados para chegada a Porto Alegre até 11h, cinco atrasaram e três foram cancelados.

fonte/UOL

AVIÃO DA AIR FRANCE RETORNA PARA RECIFE DEPOIS DE PASSAGEIRO PASSAR MAL

Um voo da empresa Air France pousou no areoporto de Recife, às 4h de quarta-feira, depois de um passageiro passar mal a bordo. Segundo a assessoria da empresa, o avião com destino a Paris, saiu do Rio de Janeiro às 18h40 de terça-feira, mas ao sobrevoar o Oceano Atlântico, o piloto resolveu retornar à capital pernambucana, pois um passageiro apresentava sintomas de infarto.

A assessoria da companhia aérea diz que, em Recife, todos desembarcaram. O passageiro foi atendido e passa bem.

Depois do procedimento, a aeronave seguiu a Paris, mas fez ainda uma parada técnica em Casa Blanca, no Marrocos, para a troca de tripulação e revisão do avião. De acordo com a Air France, o voo chegou na capital francesa às 20h de ontem.

fonte/Terra

PASSAGEIROS ENFRENTAM PROBLEMAS EM GUICHÊS DA TAM

Os saguões dos aeroportos de Congonhas e Guarulhos, em São Paulo, ficaram lotados na manhã desta quinta-feira devido a problemas técnicos nos guichês da companhia TAM Linhas Aéreas.

Segundo a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), o guichê de check-in de voos da Companhia apresentou problemas no sistema de emissão de passagens. A situação foi normalizada por volta das 9h.

A TAM informou, em nota, que lamenta por eventuais transtornos e afirmou que a malha aérea deverá estar regularizada ao logo do dia, inclusive com o uso de aviões reservas.

De acordo com a Infraero, desde a 0h desta quinta-feira, dos 66 voos programados, 15 sofreram atrasos no aeroporto de Cumbica, em Guarulhos. Já no aeroporto de Congonhas, na zona sul da capital, dos 64 programados, 23 voos registraram atrasos.

fonte/Terra

EMIRADOS COMPRA 25 PILATUS PC-21

PC-21-UAE-01 - foto Pilatus aircraft

Nesta terça-feira, 17 de novembro a Pilatus Aircraft anunciou que a Força Aérea e Defesa Aérea dos Emirados Árabes Unidos (UAE Air Force & Air Defense AF&AD) assinou um contrato que para a compra de 25 treinadores turboélices PC-21. Segundo a empresa, o valor do contrato ultrapassa 500 milhões de francos suíços (aproximadamente 495 milhões de dólares ou 850 milhões de reais) e inclui um sistema integrado de treinamento no solo e um pacote de apoio logístico.

É o terceiro país a adotar o Pilatus PC-21, nas palavras da empresa, “a mais moderna e mais avançada aeronave turboélice de treinamento hoje no mercado”. Os outros dois compradores da aeronave foram a Suíça (país de origem da Pilatus Aircraft) e Singapura.

As entregas deverão ser iniciadas em 2011. A compra foi decorrente, segundo a empresa, de uma avaliação completa e rigorosa dos EAU, lembrando que a empresa já tem 25 anos de relacionamento com a Força Aérea dos Emirados Árabes Unidos, apoiando a frota existente de treinadores PC-7.


fonte/foto/PilatusDivulgação

PARENTES DAS VÍTIMAS DO ACIDENTE DA GOL QUEREM PUNIÇÃO DE PILOTOS AMERICANOS

A associação de parentes das vítimas do acidente com o avião da Gol vai pedir ao governo americano a cassação da autorização de voo dos pilotos envolvidos na tragédia. Nesta quarta-feira (18), em Brasília, eles receberam apoio do Congresso Nacional.

Já se passaram mais de três anos do acidente com o voo 1907 e as famílias continuam lutando por uma punição. Em setembro de 2006, o boing e um jatinho executivo se chocaram no ar. O avião da companhia aérea caiu na floresta amazônica matando 154 pessoas. Sete pessoas eram da região de Campinas e um da região Central.

A associação quer pedir a cassação das autorizações de vôo dos dois pilotos do Legacy ao governo americano. Para isso, contam com a ajuda dos deputados da Comissão de Viação e Transportes da Câmara. O pedido será enviado também à agência americana de controle da aviação.

Na reunião, a comissão entregou o documento de apoio à associação com 232 assinaturas de deputados e 41 de senadores. Ele será entregue nos EUA ainda este ano. Nenhum processo criminal envolvendo o acidente da Gol foi concluído até agora.

fonte/ EPTV

PRESIDENTE DO CHILE INAUGURA NOVO CENTRO DE CONTROLE DE TRÁFEGO AÉREO










A Presidenta da República do Chile, Michelle Bachelet, e a Direção Geral de Aeronáutica Civil (DGAC), inalgurou as novas dependências do Centro de Controle de Tráfego Aéreo de Santiago, é o mais moderno do continete americano.

fonte/foto/DChile/divulgação

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...